Sociedade é ‘sexista’ e ‘preconceituosa’, critica Dilma no Twitter

  • Brumado Urgente
  • 25 Nov 2013
  • 15:42h

Foto: Reprodução

A presidente Dilma Rousseff declarou nesta segunda-feira (25), Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher, que a agressão é uma “forma de preconceito” do “mais forte” somente “pelo fato de ser mulher”.  “A violência contra a mulher envergonha uma sociedade que, infelizmente, ainda é sexista e preconceituosa. #ViverSemViolência”, escreveu a mandatária, em postagem no Twitter. Ela afirmou que combater a violência contra a mulher é condição para uma nação mais justa, cidadã e igualitária. Dilma também defendeu que o Brasil está em processo de mudança graças às lutas femininas, com o alicerce da Lei Maria da Penha. “Agora, as Casas da Mulher- programa da @SPMulheres - são o caminho para garantir um combate permanente e sistemático a essa violência. Nessas casas estarão os serviços para o atendimento à mulher, com delegacia, Judiciário, Defensoria Pública, Ministério Público e atendimento psicossocial”, afirmou. O Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher foi criado pela ONU em 1999. A data homenageia três irmãs ativistas, Pátria, Minerva e Maria Teresa Mibal, que foram assassinadas, em 1961, pela ditadura de Leonidas Trujilo (1930-1961), na República Dominicana. A presidente citou as Casas da Mulher, que fazem parte do programa Mulher Viver sem Violência, coordenado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres. A iniciativa pretende reunir em um mesmo espaço serviços públicos necessários ao combate à violência contra a mulher.

Latrocínio de Baixa de Areia: Polícia age rápido e prende dois suspeitos de serem autores do crime

  • Daniel Simurro / Brumado Urgente
  • 25 Nov 2013
  • 12:18h

O crime aconteceu às margens da BA-262, na divisa entre os municípios de Aracatu e Brumado (Foto: Daniel Simurro / Brumado Urgente)

A Polícia intensificou as buscas para solucionar o caso do Latrocínio de Baixa de Areia, no qual uma idosa de 79 anos acabou sendo violentada e depois morta por dois elementos neste domingo (24). Na manhã desta segunda-feira equipes da PETO, seguiram várias pistas e evidências e fizeram uma busca em uma residência no Bairro São Jorge, em Brumado, onde foram encontradas duas motocicletas roubadas, as quais podem ter sido utilizadas no crime. Também foram apreendidos dois suspeitos, os quais foram encaminhados para a 20ª Coorpin para serem reconhecidos pelo marido da idosa. 

Uso indiscriminado de Ritalina pode causar 'genocídio do futuro', diz pediatra

  • Informações da Agência Brasil.
  • 25 Nov 2013
  • 10:44h

Foto: Reprodução

Indicada para tratar portadores de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), a ritalina vem sendo indicada de maneira descontrolada no país. Atualmente, o Brasil ocupa a segunda posição mundial de consumo da droga, atrás apenas dos Estados Unidos. No caso das crianças, que tem o organismo ainda em fase de crescimento, o risco é ainda maior. “Fala-se muito que, se a criança não for tratada, vai se tornar uma dependente química ou delinquente. Nenhum dado permite dizer isso. Então não tem comprovação de que funciona. Ao contrário: não funciona. E o que está acontecendo é que o diagnóstico de TDAH está sendo feito em uma porcentagem muito grande de crianças, de forma indiscriminada”, diz a pediatra Maria Aparecida Affonso Moysés, docente do Departamento de Pediatria da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp. A especialista diz que se não haver um controle mais rigoroso sobre a droga, as gerações futuras poderão sofrer consideravelmente. “A gente corre o risco de fazer um genocídio do futuro”, disse.  A ritalina é um metilfenidato, da família das anfetaminas, e tem como objetivo, melhorar a concentração, diminuir o cansaço e acumular mais informação em menos tempo. Ocorre que a droga pode trazer dependência química, pois tem o mesmo mecanismo de ação da cocaína, e é classificada pela Drug Enforcement Administration como um narcótico. As reações adversas ao consumo da droga se dão em todo o organismo e, no sistema nervoso central, são mais incisivas. “Isso é mencionado em qualquer livro de Farmacologia. A lista de sintomas é enorme. Se a criança já desenvolveu dependência química, ela pode enfrentar a crise de abstinência. Também pode apresentar surtos de insônia, sonolência, piora na atenção e na cognição, surtos psicóticos, alucinações e correm o risco de cometer até o suicídio. São dados registrados no Food and Drug Administration (FDA)”, diz a pediatra. 

Alerta Vermelho: A Zona Rural e a Violência sem Limites

  • Daniel Simurro / Brumado Urgente
  • 25 Nov 2013
  • 10:02h

A residência do casal de idosos fica na Baixa de Areia, às margens da BA-262 (Foto: Daniel Simurro / Brumado Urgente)

Apesar de algumas correntes céticas e conservadoras rotularem a imprensa online de sensacionalista, grande parte da população e da mídia em geral, remam contra essa maré, alardeando aos 4 ventos notícias de crimes brutais, os quais não podem, de forma alguma, serem banalizados e vistos como comuns ou irrelevantes. Um acontecimento brutal, que beira os limites do macabro, que teve a localidade de Baixa de Areia, próximo à Fazenda Riachão em Aracatu, como cenário, vem comprovar que a onda de violência que vem se alastrando para o meio rural está mesmo sem limites. Segundo fontes ouvidas pelo Brumado Urgente, que esteve no local na manhã desta segunda-feira (25) dois elementos em uma motocicleta, - ao que tudo indica menores de idade -, invadiram, por volta das 21:00 horas, a residência de um casal de idosos, a qual fica às margens da BA-262. Segundo as informações eles estavam completamente fora de si, possivelmente drogados e, de forma impiedosa agrediram o casal Geracino Antônio de Souza (80) e sua esposa Doralice Maria de Jesus (79), exigindo uma grande quantia em dinheiro. Como isso não ocorreu eles acabaram indo embora, mas, depois de um tempo retornaram ainda mais violentos e, como não teriam conseguido o seu intento criminoso, eles teriam abusado da idosa, chegando às raias do insano, estrangulando-a de forma cruel com um pedaço de corda, configurando assim um dos piores latrocínios da história do município de Aracatu. A zona rural que vem sendo cada vez mais alvo de ações criminosas está desprotegida, o que facilita a ação dos bandidos, já que o contingente policial é insuficiente na região. Uma equipe da PETO de Brumado foi acionada e foi logo ao local do crime e fez buscas incessantes durante a madrugada a fim de capturar os autores do latrocínio, mas não obtiveram sucesso.  Seriam necessárias ações urgentes por parte da Polícia, em criar uma Ronda Rural nos municípios que compreendem a circunscrição da 34ª CIPM de Brumado, para combater essa onda de violência que vêm tirando o sono da população rural. A morte da idosa vem acender o “alerta vermelho” e não pode, de forma nenhuma, ser banalizada, como mais um crime qualquer, pois os requintes de crueldade e a barbaridade praticada pelos autores mostram a gravidade da situação, tanto que as famílias que moram na cidade estão exigindo que seus parentes saiam da zona rural, para não serem as próximas vítimas desses desalmados criminosos. Espera-se que o Governo do Estado reformule o orçamento e venha a agir com rapidez, ampliando o contingente policial e dotando os municípios de uma estrutura mais robusta na área da segurança pública, pois o medo está tomando conta dos cidadãos de bem, que ficam cada vez mais acuados em suas residências, clamando aos céus para se verem livres da violência sem limites. 

Eleições 2014: Rui Costa será o candidato governista

  • Daniel Simurro / Brumado Urgente
  • 25 Nov 2013
  • 08:59h

Rui Costa estava cada vez mais em evidência, o que deixava claro as intenções do governador Wagner em ele ser o preferido para a sua sucessão (Foto: Daniel Simurro / Brumado Urgente)

Na viagem recente à Bahia, o governador Jaques Wagner e o ex-presidente Lula se acertaram em torno da sucessão baiana e o candidato do PT ao governo estadual será Rui Costa, o preferido de Wagner, já o senador Walter Pinheiro lançará sua pré-candidatura, sem o aval de Lula, dizem fontes ligadas ao PT. A escolha de Rui Costa já era mais do que esperada, já que ele vinha aparecendo cada vez mais ao lado de Wagner nas sucessivas inaugurações que estão sendo feitas em toda a Bahia. Se realmente se confirmar o racha na base de situação, a oposição poderá ganhar fôlego e ir para uma disputa extremamente acirrado no pleito de 2014. A falta de carisma e o jeito sisudo de Rui Costa irão ser um grande desafio para ele, mas isso, segundo a própria militância petista será superado pela imagem do ex-presidente Lula e do próprio Wagner. 

Brumado Indoor 2013: Está chegando a hora do maior evento musical deste final de ano

  • Daniel Simurro / Brumado Urgente
  • 25 Nov 2013
  • 08:26h

Foto: Divulgação

As chuvas deste final de semana trouxeram alegria para os brumadenses, o que fez com que o clima ficasse festivo na cidade e, por se falar em festa e alegria, a expectativa para o maior evento musical do final de ano, o Brumado Indoor 2013, que em sua quarta edição está trazendo grandes nomes da música da atualidade como Pablo do Arrocha, Saulo Fernandes e Torres da Lapa, além do DJ sensação das pistas na Bahia, Rafa Gouveia. As obras de reestruturação do Planet Show II estão em fase final e a casa de espetáculos ficará em grande estilo para receber o grande público que deverá lotar as dependências do PS2. A contagem regressiva para o evento entra na semana final para a festa, com uma atmosfera festiva e alegre na capital do minério. 

A praga do jornalismo declaratório

  • Carlos Castilho / OI
  • 24 Nov 2013
  • 20:09h

(Foto Ilustrativa)

Os desdobramentos da matéria publicada pelo jornal Estado de S.Paulo na sexta feira (22/11) sobre o escândalo dos trens em São Paulo ofereceram uma prova a mais do batido recurso do “ele disse, ela disse” que engana o leitor ao divulgar uma declaração como se ela fosse um dado, quando na realidade é apenas a desculpa canhestra de suspeitos de corrupção. A maioria dos jornais que repercutiu a matéria do Estadão se limitou a publicar negativas e explicações sem aprofundar um milímetro nas investigações sobre as denúncias feitas pelo ex-funcionário da Siemens, Everton Rheinheimer, contra dirigentes de partidos oposicionistas como PSDB, DEM e PPS. O uso extensivo da técnica declaratória dá uma falsa impressão de imparcialidade ao leitor ou telespectador, que acaba ainda mais confuso depois de ler ou assistir ao noticiário sobre o caso. Os envolvidos obviamente negam tudo porque a consulta do repórter foi burocrática, do tipo “o que o senhor tem a dizer sobre a denúncia?” O leitor que se vire para entender a notícia.

Mas os excessos no uso do “ele disse, ela disse” têm um aspecto ainda pior, pois tratam, como fato ou dado, declarações às vezes flagrantemente falsas ou distorcidas, sem que o leitor ou telespectador seja alertado pelo texto, áudio ou imagens do repórter ou editor. Tudo isso configura uma clara omissão de grande parte das redações, que preferem seguir procedimentos burocráticos em vez de meter a cara na investigação cumprindo a missão que todos os leitores, ouvintes, telespectadores e internautas esperam dos jornalistas: dados, fatos e notícias capazes e facilitar a tarefa de entender o que está acontecendo. A investigação de tantos escândalos e denúncias simultâneas complica extraordinariamente o trabalho dos jornalistas, ainda mais se levarmos em conta que os suspeitos ou acusados usam, rotineiramente, técnicas de omissão ou distorção de fatos. Mas a complexidade das situações não é desculpa, pois quando o noticiário não vai mais a fundo nos problemas quem sai beneficiado é quase sempre quem está sob suspeita. Muitos profissionais alegam, com razão, que o jornalista não dispõem dos mesmos recursos materiais e legais atribuídos à policia e ao ministério público para fazer investigações ou esclarecer denúncias. Mas o fato de não poder indiciar suspeitos não elimina a responsabilidade dos jornalistas em ajudar os leitores, ouvintes, telespectadores e internautas a compreender o que acontece à sua volta. O compromisso dos jornalistas é com o público, e não com as autoridades ou com quem estiver envolvido nas denúncias. Se as versões dos implicados, da polícia, juízes ou advogados são incompletas, incoerentes, contraditórias ou distorcidas, a função do jornalista é dar conhecimento ao público dessas questões. Os problemas com coberturas de escândalos, cada vez mais frequentes, impõem aos jornalistas uma obrigação adicional de estar sempre bem informado para poder fazer avaliações das declarações. A maioria dos entrevistados sempre sabe mais do que o jornalista. É uma situação normal porque é justamente por esse maior conhecimento que está sendo consultado. Isto cria um desequilíbrio informativo em que o entrevistado sempre tem maior capacidade para manipular ou criar contextos verossímeis para fatos, eventos e dados. Para neutralizar esse desequilíbrio, o profissional depende de seu conhecimento e experiência. É um risco enorme usar intensivamente repórteres muito jovens ou inexperientes para entrevistar “raposas” da política, porque normalmente o resultado será o recurso ao “ele disse, ela disse” como padrão para a reportagem. É a forma de o repórter inexperiente salvar a sua pele, mas a responsabilidade é de quem o destacou para o trabalho. O jornalismo declaratório começa a se tornar endêmico nos jornais, revistas, telejornais e páginas Web causando uma grande irritação entre leitores, ouvintes, telespectadores e internautas que, ao não conseguirem entender o que realmente está acontecendo, acabam diante de um dilema: ignorar tudo ou passar a não acreditar na imprensa.

CONTINUE LENDO

Latas de alumínio e a importância da reciclagem

  • Brumado Urgente
  • 24 Nov 2013
  • 18:45h

O alumínio é o metal não ferroso mais utilizado pela humanidade, está presente no computador, nos automóveis, nos talheres, nas latas de bebidas, nas bicicletas e numa infinidade de itens. Por ser leve, macio, resistente, maleável (dos cerca de 68 metais existentes, é o segundo mais maleável), e resistente à corrosão, ele é bastante usado nas indústrias. Apesar de ser um metal abundante na crosta terrestre (8,1%), raramente é encontrado livre. Para o obtenção do alumínio, há diversas maneiras, mas a maior parte delas utiliza a extração de bauxita. O método mais utilizado atualmente é o de Hall-Héroult,que consiste em um processo elétrico do refinamento da bauxita a elevadas temperaturas e tratamentos químicos. Um dos problemas desse método é o seu elevado custo energético (utiliza-se cerca de 14,5 kW/h para a produção de um quilo de alumínio). No entanto, após a extração, ele tem inegáveis vantagens. A extração de bauxita ocorre em menor escala - são necessários cerca de quatro toneladas para produzir uma tonelada de alumínio primário, enquanto a proporção de bauxita é bem maior com outros métodos; e o índice de gasto de energia é bem mais baixo na hora da reciclagem dos materiais (pode-se produzir cerca de 20 novas latas recicladas com a mesma quantidade de energia usada na produção de uma lata feita com minérios virgens).

Como reciclar?

O processo de reciclagem do alumínio é bastante praticado no Brasil: mais de 98,1% de todas as latas de alumínio do país foram recicladas em 2011, principalmente por cooperativas de reciclagem e catadores de lixo, segundo dados da associação Compromisso Empresarial para Reciclagem (CEMPRE). O alumínio é um material atraente para o mercado de reciclagem devido ao seu preço elevado: em novembro de 2011, a tonelada de alumínio reciclado chegava a custar R$ 300 – para efeito de comparação, o quilo do papel custa R$ 0,10 e 20 garrafas PET dois litros têm o preço de R$ 0,30. O processo de reciclagem começa com o recolhimento da sucata do alumínio por ONGs, cooperativas e catadores. Depois da coleta, as sucatas de alumínio são enviadas aos centros de coletas das indústrias de reciclagem, onde passam por esteiras para que todas as impurezas sejam removidas. Após a remoção das impurezas, a sucata de alumínio é prensada em fardos e, então, enviada aos centros de fundição, onde passam por um novo processo de triagem. Depois, as latas são trituradas e passam por um processo químico, para a retirada de substâncias que possam estar presentes no alumínio, como tintas e vernizes. Depois da remoção de todas as impurezas, a sucata de alumínio é colocada em fornos e fundida até alcançar o estado líquido, momento no qual é transformada em lingotes; após isso, a sucata é laminada e vendida para as indústrias de alumínio. Um dos grandes problemas deste processo é o elevado volume de escória produzido. A escória possui um elevado teor de produtos tóxicos e perigosos, como nitretos,carbetos e metais pesados, e, por isso, é classificada como resíduo perigoso pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). Contudo, a escória pode ser aproveitada em outras áreas industriais, como a de concreto. O concreto constituído por escória apresenta um maior poder de aglutinação e tempo de secagem muito menor do que o concreto normal, o que a torna aproveitável.

Onde Reciclar?

As latas de alumínio demoram de 200 a 500 anos para serem decompostas, enquanto a reciclagem desse material ocorre em um tempo bem menor. O alumínio é um material 100% reciclável e pode passar por esse processo infinitas vezes sem causar a perda de suas características. Para isso, existem muitas cooperativas de reciclagem espalhadas pelo país e muitas indústrias que se especializaram na reciclagem do alumínio. Para dar esse destino aos itens de alumínio, basta descartá-los no local específico das lixeiras de reciclagem.

CONTINUE LENDO

Dicas para pedalar com muito estilo

  • NINA FINCO
  • 24 Nov 2013
  • 16:33h

Foto: Reprodução

A bicicleta está na moda. É uma das saídas sustentáveis para o trânsito congestionado das cidades. E o ciclista? Ele também pode andar na moda? Calças ou bermudas coladas ao corpo e camisetas fluorescentes são ainda vistos por muitos como as vestimentas confortáveis para a pedalada. Muita gente tem dúvidas de como se vestir para enfrentar as ruas em uma bicicleta e chegar ao escritório sem ter de mudar completamente o visual. Estudos indicam que 75% dos brasileiros estão mais dispostos a utilizar a magrela como meio de transporte diário. A pesquisa CONECTAí, do IBOPE, mostrou que os principais motivos alegados são necessidade e agilidade.  Para divulgar a pedalada com estilo, existe o movimento Cycle Chic (bicicleta chique, em português), que prega que é possível utilizar o meio de transporte sustentável vestindo roupas comuns do dia a dia. O fotógrafo canadense e especialista em mobilidade urbana Mikael Colville-Andersen cunhou o termo em 2007 ao lançar o blog de streetstyle Copenhagen Cycle Chic. A novidade, que trazia fotografias de diversos looks sobre rodas, fez barulho na internet e ganhou variantes em diversos países mundo a fora. O blog já foi chamado pelo jornal britânicoThe Guardian de “Sartorialist em duas rodas” (em referência ao famoso blog de moda do fotógrafo americano Scott Schuman) e o próprio Colcille-Andersen foi apelidado de “o papa do ciclismo urbano” pelo canadense La Presse

Dicas úteis para a sua cozinha

  • Brumado Urgente
  • 24 Nov 2013
  • 15:09h

Foto: Reprodução

A correria do dia a dia deixa qualquer um exausto. E, depois de chegar do trabalho, é terrível se deparar com pequenos incômodos que tarefas culinárias proporcionam. Para evitar essas coisinhas chatas, aí vão quatro dicas simples:

Sem chorar - ao cortar uma cebola, é impossível que lágrimas não escorram dos seus olhos. Para evitar esse incômodo e a ardência nos olhos, você deve colocar a cebola no congelador por 15 minutos. Em seguida, retire-a e é só cortar;

Conservar sorvete - se você deseja que o sorvete dure mais tempo, mantendo a consistência, embrulhe-o em papel alumínio e mantenha-o na geladeira (e não no congelador);

Teste do ovo (foto) - se você tem ovos com integridades questionáveis na sua casa, faça o teste para descobrir se estão prontos para o consumo. Jogue-os em uma jarra com água. Se eles afundarem, significa que ainda estão frescos; se ficarem boiando, quer dizer que não estão aptos para o consumo. Com os frescos, depois de comer, é possível reaproveitar a casca. Confira aqui oito maneiras diferentes; 

Conservar cacho de banana - as suas bananas estão perdendo seu brilho muito cedo? Procure cobrir a parte superior do cacho com um saco plástico. Isso vai conservar a fruta. Também é possível reaproveitar bananas que amadureceram demais (confira aqui seis maneiras). 

Coisas que toda mãe de jornalista deveria saber

  • Escrito por Duda Rangel
  • 24 Nov 2013
  • 15:04h

(Foto: Reprodução)

Esse jeito meio estranho do seu filho é normal. Jornalista é um povo esquisito. Não é o caso de a senhora começar a rezar ou procurar um psiquiatra. Ao menos, por enquanto. Sim, blog não é emprego e não dá dinheiro, mas não há mal algum em deixar sua filha ter um blog. Praticar a nobre arte de escrever é sempre louvável. O filho da vizinha que é advogado não é melhor do que o seu filho por mais que a desgraçada da vizinha tente te convencer disso. Não é por sacanagem que sua filha não estará presente no almoço do Dia das Mães. Tem um negócio no nosso ramo chamado plantão e geralmente cai em datas festivas.Não é por sacanagem que ela também não vai lhe dar um presente decente no Dia das Mães. É falta de grana mesmo. Mas olha: este porta-retratos de segunda mão até que é bonito, hein? Seu filho ficará feliz se a senhora disser que assistiu à reportagem dele e que ficou tudo maravilhoso. Vale mentir. Ah, a senhora não sabe mentir? Ok, peça então ajuda ao filho da vizinha, o advogado. Se sua filha não quer prestar concurso público como a senhora tanto sonha, não force a barra. Sim, eu sei que é para o futuro dela. Sim, eu sei que a senhora só quer o bem dela. Sim, minha senhora, eu sei. Porra, eu não falei pra senhora não forçar a barra? Essa coisa de ele passar o dia (e a noite) em frente ao computador também é normal. Mas é o caso de mandá-lo a um ortopedista com urgência, porque a coluna dele já deve estar toda ferrada. Essa coisa de sua filha ficar horas sem comer não é greve de fome por uma grande causa. É falta de tempo. Deixe sempre uma maçã perto da bolsa dela. Ela vai te achar a melhor mãe do mundo. A gente não escolhe as paixões dos nossos filhos. Se eles amam o jornalismo, só resta apoiá-los, por mais que o Banco do Brasil dê mais futuro. Eles vão te achar a melhor mãe do mundo e de todas as galáxias de todos os tempos.

 

Fotógrafo inglês lamenta falta de homenagens a Senna no GP Brasil

  • Folha Esporte
  • 24 Nov 2013
  • 13:08h

Ormuzd Alves - 28.mar.1993/Folhapress

"É triste, muito triste. Ele não pode ser esquecido." Foi assim que Keith Sutton resumiu, com olhos fitando o horizonte, a falta de homenagens a Ayrton Senna em meio à semana do GP Brasil de F-1. Sutton, fotógrafo até hoje, registrou muito da carreira de Senna antes da chegada à F-1. Ambos se conheceram em 1981, na etapa de Thruxton da Fórmula Ford, e logo depois foi contratado pelo piloto. A relação se intensificou com o passar dos anos, mesmo com a consolidação do brasileiro como astro.

 

Mais de três décadas depois, o temor do inglês pelo esquecimento do amigo se dá porque, exatos 20 anos após a segunda e última vitória de Senna em Interlagos, não há qualquer celebração à façanha. A organização do GP Brasil não fará qualquer menção ao acontecimento e nem a F-1. "Algo deveria ser feito. Foi há vinte anos que ele [Senna] ganhou sua última corrida. Ele tinha o apoio maciço dos brasileiros. Quando Ayrton morreu, milhões foram às ruas [em São Paulo]", lembra Sutton. Enquanto a data passa batida, no próximo ano Senna será tema de samba enredo da carioca Unidos da Tijuca. Pior é saber que o esquecimento não algo exclusivo a Senna. O autódromo de Interlagos, mais tradicional palco do automobilismo brasileiro, não tem qualquer acervo das provas e pilotos históricos que recebeu em seus 73 anos. "Já houve um projeto para a criação de um museu aqui, em 2005, e até o Emerson Fittipaldi se envolveu. Mas tudo é decisão política, não é simples", afirma Chico Rosa, administrador do autódromo. De acordo com o dirigente, não existem artefatos históricos mantidos no circuito. As memórias foram apagadas. "Muita coisa se perdeu no tempo. Não sou de guardar objetos. Na minha sala, há apenas fotos dos brasileiros que foram campeões mundiais. Mas é mais para enfeitar que qualquer outra coisa", diz. Interlagos já recebeu 30 corridas de F-1 e foi palco da definição de seis campeões do Mundial de Pilotos. Apesar de nenhum de tais títulos acabarem com brasileiros, o circuito teve momentos de exaltação nacional. Um dos maiores foi justamente a vitória de Senna em 1993, quando fãs invadiram o traçado logo após a bandeirada final. "Se nos lembrarmos bem, Senna ficava mais feliz de vencer no Brasil do que conquistar um título mundial", afirma Felipe Massa, da Ferrari.

CONTINUE LENDO

Previsão de chuva para os próximos dias anima os brumadenses

  • Daniel Simurro / Brumado Urgente
  • 24 Nov 2013
  • 09:39h

As previsões são animadoras com chuvas também no início de dezembro (Foto: Reprodução Seagri)

O forte calor dos últimos dias, com temperaturas chegando próximas da casa dos 40 graus, associado a uma estiagem prolongada, estavam criando um clima de grande ansiedade nos brumadenses, os quais vêm rogando aos céus para que as tão esperadas chuvas pudessem vir. Na noite deste sábado (23) as preces foram atendidas e os céus derramaram chuva, criando assim uma atmosfera de alívio e alegria, já que a situação, principalmente da população rural vinha se agravando sobremaneira. O domingo amanheceu com indícios que as chuvas irão continuar e, segundo a previsão do Seagri, deverá chover cerca de 3mm. A boa nova é que as previsões são de chuvas para toda a semana, com destaque especial para quarta-feira (27) onde está previsto um índice pluviométrico de 38mm. Ainda são previstas chuvas até o final de novembro e início de dezembro, o que cria um ambiente muito positivo na capital do minério. Outro fator positivo é que os termômetros deverão entrar em queda, com temperaturas oscilando na casa dos 29 graus. As chuvas são motivo de grande contentamento para os sertanejos que vibram com a chegada do período chuvoso, o qual, também, traz um incremento importante para a economia, além de espantar o “fantasma” do desabastecimento que vem rondando cada vez mais a zona rural. 

O domingo se iniciou com nuvens na Serra das Éguas, o que seria um forte indicativo de que novas precipitações poderão ocorrer durante o dia (Foto: Daniel Simurro / Brumado Urgente)

Semana Nacional da Conciliação começa nesta segunda-feira (25)

  • Brumado Urgente
  • 24 Nov 2013
  • 09:15h

(Foto Ilustrativa)

Começa nesta segunda-feira (25) e segue até o próximo dia 06, a Semana Nacional da Conciliação. A Semana é uma oportunidade de resolver processos na Justiça de forma mais rápida. Na edição de 2012, somente em Vitória da Conquista, cerca de 1.300 processos participaram da Semana Nacional de Conciliação. Na Bahia, 35 mil processos foram avaliados em 2012, resultando em quase 18 mil acordos. O projeto é coordenado pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ – BA) e, após inscrição, os processos passaram por uma triagem feita pela Comissão Permanente de Planejamento e Execução do Movimento pela Conciliação na Bahia (Coppemc), para só então serem selecionados ou não para o mutirão. Critérios como número de partes envolvidas no caso, a viabilidade do acordo e o tempo em que o processo está tramitando na Justiça serão avaliados.

Mulheres de fiscal da máfia do ISS querem capitalizar fama

  • Roberto de Oliveira / Folha
  • 24 Nov 2013
  • 09:06h

Vanessa já escolheu o slogan para a futura campanha: "Ser ladrão é muito fácil, quero ver ser honesto no meio de tantos ladrões" / Adriano Vizoni/Folhapress

As duas mulheres que giram em torno do fiscal Luís Alexandre de Magalhães, um dos pivôs da máfia do ISS em São Paulo, querem capitalizar mais que 15 minutos de fama. Recém-ingressa no "elenco" da trama, a personal trainer Nagila Coelho, que namora Luís há quatro meses, aproveita a exposição na mídia para lançar coleções de moda. Produz uma série de vídeos para a internet com treinos e dieta para quem busca um "corpo sarado" --já treinou mulheres-frutas como a Moranguinho (Ellen Cardoso, mulher do cantor Naldo). Com uma carreira desenhada pela exibição do corpo, fez parte do grupo Banana Split, participou de programas de auditório e de competições que valorizam os músculos, como a Garota Fitness Brasil. É formada em educação física pela FMU. 

Assediada por revistas masculinas, ela jura que a nudez não é sua praia

Mas, como diz em um vídeo postado no YouTube em 2012, endereçado ao "BBB", "não basta ter um corpo bonitinho e ser inteligente se não tiver grana no bolso". Nagila estava dormindo com Luís quando os dois foram surpreendidos pela polícia, que invadiu o apartamento do casal e o levou preso. Ela nega que esteja "surfando" na onda de superexposição do namorado, que conheceu num site de relacionamentos. A morena --hoje loira a pedido de Luís-- reconhece, porém, que nunca esteve tanto sob os holofotes. Assediada por revistas masculinas, ela jura que a nudez não é sua praia. Nesse quesito, a "rival", a ex-namorada de Luís, Vanessa Alcântara, testemunha-chave no escândalo, tem versão semelhante. Ela diz que também está sendo sondada tanto por revistas como por reality shows, mas afirma que seu foco agora é a política. Sim, ela quer disputar as eleições do ano que vem. Ainda não sabe por qual partido ou para qual cargo, mas já tem um slogan para a futura campanha: "Ser ladrão é muito fácil, quero ver ser honesto no meio de tantos ladrões". Movida pelo desejo de desforra do ex, Vanessa detalhou os bastidores do esquema. Publicitária formada pela Unip, a loira diz que mudou sua rotina e vive com as economias de seu trabalho como consultora de lojas. Tenta na Justiça reaver a guarda dos dois filhos, que estão com os respectivos pais.

CONTINUE LENDO