TÁ COM A MOLÉSTIA: Joaquim Barbosa pede prisão imediata para 21 réus condenados no mensalão

  • Blog do Fábio Sena
  • 15 Nov 2013
  • 12:03h

(Foto: Reprodução)

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, votou pela execução da pena de 21 réus condenados na Ação Penal 470, o processo do mensalão. O voto de Barbosa foi proferido após os ministros rejeitarem os segundos embargos de declaração apresentados pelos réus condenados no processo. A decisão atinge a maioria dos condenados, dos quais pelo menos 15 já devem começar a cumprir pena. Entre eles estão o ex-ministro José Dirceu, o deputado licenciado José Genoino, o publicitário Marcos Valério e o delator do mensalão, Roberto Jefferson. Na sessão de hoje, o Supremo negou o pedido de prisão domiciliar de Jefferson, que está com câncer. O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu estava em uma praia no sul da Bahia, descansando, quando recebeu a notícia da decisão do Supremo, relatou o iG. Até 21h desta quarta-feira os assessores de Dirceu não sabiam dizer quando ele voltaria a São Paulo para se apresentar à Polícia Federal. Dirceu viajou na segunda-feira, em avião particular, depois de acompanhar a votação e o início da apuração do Processo de Eleições Diretas (PED) do PT. Policiais federais estarão a postos para executar o mandado de prisão a partir das 6h de quinta-feira. Pela decisão do STF, alguns condenados, como Dirceu e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, começará a cumprir a pena de prisão em regime semiaberto, uma vez que a condenação por formação de quadrilha é alvo de embargos. No início da sessão, os ministros decidiram executar as penas do ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil, Henrique Pizzolato, condenado a 12 anos e sete meses de prisão, pelos crimes de lavagem de dinheiro e peculato. Barbosa concordou com parecer enviado nessa terça-feira (12/11) ao Supremo pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Ele pediu a prisão dos condenados que têm direito a outro tipo de recurso, os embargos infringentes, além dos segundos embargos. O STF entendeu que os réus que obtiveram pelos menos quatro votos pela absolvição têm direito a novo julgamento. No entanto, segundo o procurador, como estes condenados foram também receberam penas que não permitem o novo julgamento, as condenações podem ser executadas.

Adolescente se mata após vídeo íntimo vazar na internet

  • Informações do G1
  • 15 Nov 2013
  • 10:15h

(Fotos: Reprodução)

A Polícia Civil do Piauí investiga a morte de uma adolescente de 17 anos. A suspeita é que a jovem tenha se matado depois que um vídeo íntimo em que ela aparece fazendo sexo vazou na internet através do WhatsApp. A jovem Julia Rebeca teria filmado o vídeo íntimo, no qual ela aparece tendo relações com um rapaz e outra adolescente. A adolescente se matou neste último domingo (10), depois de deixar mensagens no Twitter anunciando a própria morte, se despedindo e pedindo desculpas. Ela foi encontrada morta dentro do quarto, enrolada no fio de uma chapa de alisar cabelos. Nas redes sociais, ela escreveu primeiro "É daqui a pouco que tudo acaba". Ainda no mesmo texto, Julia postou "Eu te amo, desculpa eu n ser a filha perfeita mas eu tentei... desculpa desculpa eu te amo muito", e em seguida "E tô com medo mas acho que é tchau pra sempre". O delegado regional da cidade, Rodrigo Moreira, confirmou que a Polícia Civil está investigando as circunstâncias da morte da jovem. A adolescente foi encontrada morta por uma tia. "O inquérito foi aberto, mas não vamos falar muita coisa para não atrapalhar as investigações", disse Moreira ao G1. Ao portal terra, ele falou que pode pedir informações à empresa responsável pelo WhatsApp para ajudar a identificar como o vídeo se propagou. "Solicitamos perícia em celulares e estamos analisando todos as redes sociais que foram usadas para a divulgação do vídeo. Os culpados vão responder por crimes previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente", acrescentou. A polícia também vai investigar se houve crime contra a honra dos outros dois jovens que aparecem no vídeo compartilhado pelas redes sociais. A população de Parnaíba ficou chocada com o acontecimento e a cidade está em choque. Muitas mensagens de solidariedade foram deixadas na página de Julia.

(Reprodução)

Chapa 2 vence eleições e Paulo Barrocas é o novo presidente do Sindicato do Bancários de Conquista

  • ASCOM | SEEB
  • 15 Nov 2013
  • 09:53h

Um momento histórico no Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e Região finaliza as Eleições Sindicais 2013. Com uma diferença de 53 votos, a “Chapa 2 – Chapa dos Bancários” foi escolhida para representar os bancários no triênio 2014-2016. A apuração começou por volta das 19h40, sendo interrompida por mais de uma hora para atender a reivindicações das chapas. A contagem dos votos foi retomada próximo às 22h30, sendo finalizada às 23h30. No total foram 345 votos para a Chapa 1 e 398 votos para a Chapa 2. Sete votos ficaram em suspenso, sendo compensados para a Chapa 1 após análise da Comissão Eleitoral.

Ministra do STJ Eliana Calmon denuncia compra e venda de sentenças na Justiça baiana

  • Informações do Tribuna da Bahia
  • 15 Nov 2013
  • 09:19h

(Foto: Reprodução)

“Existe”. Foi assim, secamente, que a ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Eliana Calmon, respondeu ao questionamento sobre a existência de compra e venda de sentença no Judiciário baiano. A afirmação foi feita durante entrevista à rádio Tudo FM, quando a ex-corregedora do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) assegurou que as denúncias realizadas por ela, desde 2011, não têm foco eleitoral. “Estou me manifestando porque tudo está sub judice, para mostrar que é absolutamente uma leviandade o que está se falando que eu usei isso para fins eleitoreiros. Porque lá atrás, quando não havia nenhuma notícia de eleição, de candidatura, de nada, que eu venho falando sobre os desmandos do Tribunal da Bahia”, frisou a ministra.

UMA INVERSÃO SUBLIMINAR DE VALORES

  • Dr. Cleio Diniz
  • 14 Nov 2013
  • 18:03h

Dr. Cleio Diniz é articulista do Brumado Urgente (Foto: Laércio de Morais)

O maior risco é aquele a princípio imperceptível a sensibilidade mediana do cotidiano. A muito se tem falado na questão da insegurança, impunidade, ou seja, na insatisfação da sociedade com o sistema atual vivido por todos. Diga-se de passagem, todos os cidadãos que encontram-se no lado licito da sociedade, cumpridores de seus direitos. A percepção da real situação, para onde ela caminha e qual a perspectiva de futuro, se torna complexa dificultando a adoção de medidas coerentes e precisas para que a sociedade volte aos trilhos dos princípios e valores do Estado Democrático de Direito com equilíbrio e valoração do trabalho, honestidade, princípios de família e conduta ilibada. Onde se ressalta o homem de bem. As lacunas do sistema, das leis, das normas de conduta daqueles que tem por obrigação preservar pela lisura e separar o joio do trigo, permitem a justificativa e explicação legal de conduta que nem sempre coadunam com os princípios basilares de uma sociedade justa, honesta e equilibrada.

O maior risco é aquele a princípio imperceptível a sensibilidade mediana do cotidiano. A muito se tem falado na questão da insegurança, impunidade, ou seja, na insatisfação da sociedade com o sistema atual vivido por todos. Diga-se de passagem, todos os cidadãos que encontram-se no lado licito da sociedade, cumpridores de seus direitos. A percepção da real situação, para onde ela caminha e qual a perspectiva de futuro, se torna complexa dificultando a adoção de medidas coerentes e precisas para que a sociedade volte aos trilhos dos princípios e valores do Estado democrático de Direito com equilíbrio e valoração do trabalho, honestidade, princípios de família e conduta ilibada. Onde se ressalta o homem de bem. As lacunas do sistema, das leis, das normas de conduta daqueles que tem por obrigação preservar pela lisura e separar o joio do trigo, permitem a justificativa e explicação legal de conduta que nem sempre coadunam com os princípios basilares de uma sociedade justa, honesta e equilibrada. Recentemente dois casos ilustram esta situação. Em um deles, após o bárbaro assalto ocorrido na cidade de Mucugê, Ba, largamente notificado na imprensa, um departamento da polícia imediatamente passou a atuar com determinação e mesmo sabendo do alto potencial bélico dos criminosos não se intimidou. Neste caso não houve manifestação conhecida quanto as imagens exibidas da barbárie cometida durante o assalto, nem das vítimas ensanguentas e jogada no chão, assim como não se teve qualquer iniciativa de apoio a estas vítimas nem a família de quem veio a falecer em resultado da ação criminosa, todavia, contrario sensu ao ser divulgado a foto de um criminoso morto, e diga-se de passagem, morto por resistir a prisão enfrentando a policia com armamento pesado  e proibido em nosso País, já se abriu sindicância, criticas e apareceu o instituto dos direitos humanos. Afinal, quem é o mocinho e quem é o bandido? quem é a vítima, o bandido ou os cidadãos que foram feridos ou faleceram? Outro caso mostra a conduta do sistema, onde um cidadão foi procurado por um indivíduo em sua residência, que após não ter satisfeito suas vontades se dirigiu a uma delegacia de policia, onde registrou uma ocorrência vazia acusando o cidadão de ameaça-lo. Surpreendentemente, mesmo não havendo qualquer prova, motivo plausível, ou até mesmo um enredo coerente que desse sustentabilidade ao fato alegado na denuncia onde mostra a inexistência, mesmo que superficialmente da possível existência de indícios do fato denunciado. O cidadão sim foi intimado para prestar esclarecimentos e demonstrar a inexistência do feito, ou seja, sua inocência, (não se exige a prova da culpa, mas a prova da inocência) vindo a ser lavrado o TCO – Termo Circunstanciado de Ocorrência, passando o cidadão, que foi incomodado em sua residência a figurar como autor de um crime, vindo a ser processado, onde terá que dispor de vulto financeiro, contratar advogado e provar que não cometeu o crime que lhe é atribuído, contrariando o dispositivo legal (art 156 Código Penal). Mais uma vez é o cidadão cumpridor de suas obrigações que é posto na berlinda. Tais situações me remetem às aulas de história, mais precisamente sobre a época conhecida como “Contra Reforma”, ocorrida na Europa, quando por uma denuncia anônima, sem qualquer prova um cidadão era preso e torturado, tendo ele que provar sua inocência de uma acusação vazia. Onde aquele que zelava por uma sociedade correta muitas vezes era subjugado. Francamente luto para não concordar com o mestre Rui Barbosa, em sua afirmativa premonitiva de que chegara o dia em que o homem terá vergonha de ser honesto.

CONTINUE LENDO

Programa Show da Vida da Rádio Nova Vida FM se torna um grande sucesso da rádio brumadense

  • Daniel Simurro / Brumado Urgente
  • 14 Nov 2013
  • 15:33h

Izidy Ramel e Clayton Gomes uma dupla de sucesso do rádio brumadense (Foto: Divulgação)

Desde o seu início em 20 de julho de 2013 quando foi lançado nesse novo formato, o Programa Show da Vida, vem conquistando cada dia mais ouvintes fiéis, e simultaneamente está mostrando que tem um diferencial para apresentar ao seu público por meio dos seus quadros repletos de conteúdos, criados e realizados pelos locutores do programa Cleiton Gomes e pela Jornalista Izidy Ramel. O quadro Biografia, que tem a intenção de contar um pouco sobre a vida de pessoas que são ou foram importantes para Brumado de alguma maneira, independente da sua origem, já presenteou os ouvintes com a história do querido padre Osvaldino, Miriam Azevedo Gondim Meira, fundadora do CEMNAS/Cirandinha, mãe de Taísa – atual diretora, e do o inconfundível cantor Lázaro Jacarine.
 

Preocupados em transmitir informação de qualidade , curiosidades relevantes e dicas de interessantes de saúde e lazer, outros quadros como o “4 em 1”,  “Mercado de Trabalho” e “Mensagem do Dia”, são feitos com todo o cuidado previamente para que no sábado possam ser veiculados no programa com segurança. Os locutores Cleiton Gomes e Izidy Ramel fazem questão de agradecer principalmente ao seu público que os acompanham todos os sábados, à diretoria da rádio na pessoa de Genilson Correia, ao pároco José Silva, ao sempre dedicado Adonato Moreira, ao sonoplasta dos quadros especiais do programa Marcelo Dias e aos seus colegas de emissora. Todos os sábados - das 07:40hs às 11:00hs – o SHOW DA VIDA na Rádio Nova Vida FM espera por você, 87,9! A rádio da família! Show da Vida, um programa diferente, moderno, feito com todo carinho pra você!

PRE solicita perda de cargo eletivo com 14 políticos com mandatos eletivos em vigor

  • Bahia Notícias
  • 14 Nov 2013
  • 15:05h

(Foto: Reprodução)

A Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE-BA) entrou com diversas ações junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) para solicitar perda de cargo eletivo de catorze políticos com mandatos eletivos em vigor. O motivo é a desfiliação sem justa causa dos partidos pelos quais se elegeram. Na lista, aparecem deputados estaduais, vereadores e até o vice-prefeito de Lauro de Freitas, Robério Carvalho. Entre os parlamentares baianos, estão o deputado e líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Elmar Nascimento, que deixou o PR e filiou-se ao DEM; o deputado Sargento Isidório, que deixou o PSB e foi para o PSC; Graça Pimenta, que trocou o PR pelo PMDB; e Maria Luiza Barradas Carneiro, que trocou PSD por PSC. Para o procurador Sidney Madruga, a filiação de seis dos acionados a novos partidos, realizadas entre um e três dias após a desfiliação sem justa causa, evidencia a intenção de trocar de legenda com o objetivo de disputar as eleições gerais, em 2014. Os partidos de destino também foram acionados pela PRE-BA. “Antes de pertencer ao partido, o mandato pertence ao povo, que escolhe as diretrizes e ideais que deverão nortear a condução do Estado; daí dizer-se que a retirada injustificada do candidato de determinada agremiação enseja a manutenção do mandato com esta última, em tese a defensora do ideário eleito, razão pela qual o cargo não pode ser objeto de conchavo ou negociata que retire da soberania popular o poder/direito de escolha que lhe é inerente”, diz a ação.

Grandes Contrastes: No Brasil presídios lotados, já na Suécia eles estão sendo desativados

  • Da Redação
  • 14 Nov 2013
  • 14:27h

A criminalidade é quase inexistente nos países escandinavos (Foto: Reprodução)

Enquanto o Brasil sofre com a superlotação de presídios e o alto índice de criminalidade, autoridades da Justiça da Suécia decidiram fechar quatro prisões e um centro de detenção pelo baixo número de detentos recebidos nos últimos anos. A quantidade de presidiários no país, que caía cerca de 1% ao ano desde 2004, despencou em 6% de 2011 para 2012 e deve registrar declínio semelhante este ano e em 2014, segundo o diretor dos serviços penitenciários e de liberdade vigiada suecos, Nils Oberg. "Vimos um declínio extraordinário no número de detentos. Agora temos a oportunidade de fechar parte de nossa infraestrutura, por não necessitarmos dela no momento", informou ao The Guardian. A queda das prisões gerou o encerramento das atividades nas cidades de Aby, Haja, Bashagen e Kristianstad. Duas das unidades devem ser vendidas e outras duas transferidas a outras instituições governamentais para uso temporário. "Certamente esperamos que os esforços investidos em reabilitação e em prevenir a reincidência no crime tenham tido impacto, mas não acreditamos que isso baste para explicar toda a queda de 6%", completou. Os tribunais suecos têm aplicado sentenças mais brandas a delitos relacionados ao uso de drogas, depois de uma decisão do supremo tribunal do país em 2011, o que explicaria parte da queda no número de novos presidiários. De acordo com Oberg, em março deste ano, havia 200 pessoas a menos em cumprimento de sentenças por crimes relacionados a drogas na Suécia do que em março do ano passado.

Vereador Édio Pereira comemora resultado da licitação para urbanização da área da Cesta do Povo

  • Brumado Urgente
  • 14 Nov 2013
  • 12:07h

O vereador Édio Pereira e o deputado Daniel Almeida em recente visita à área da Cesta do Povo conversaram sobre detalhes do projeto (Foto: Daniel Simurro / Brumado Urgente)

Uma publicação do Diário Oficial do Estado desta quinta feira (14) , mostrou o resultado da licitação para urbanização da área da Cesta do Povo, cujo projeto garantirá calçamento, estacionamento, arborização e iluminação, que representa uma grande conquista para a população de Brumado. A CONTRIC ENGENHARIA LTDA venceu a licitação com a proposta no valor de R$ 510.403,84. A urbanização da referida área foi uma articulação e iniciativa do vereador Édio Pereira junto ao Deputado Federal Daniel Almeida do PC do B, que garantiu os recursos junto ao governo do Estado através da CONDER – Companhia de Desenvolvimento Regional. A Prefeitura Municipal elaborou o projeto e foi responsável pela remoção dos feirantes do local. O presidente da CONDER, José Lúcio Machado, já convocou a empresa para assinatura do contrato e se não houver recurso as obras começarão no próximo mês de dezembro. O vereador Édio Pereira, PC do B, comemorou muito o resultado da licitação lembrando que “a região em breve deixará de ser uma horrorosa favela que tanto envergonhava a população e passará a ser um cartão postal da cidade, propiciando mais conforto e qualidade de vida principalmente aos comerciantes”. Édio e o deputado Daniel Almeida, também viabilizaram os recursos para a obras de reforma do Estádio dos Prazeres, do Ginásio de Esporte da Urbis I, cujas obras estão em andamento e também das quadras poliesportivas de Várzea de Areia, que já foram concluídas e do Jacaré que está em construção, bem como a extensão de água da Embasa para as comunidades do André, Coqueiros, Jacaré, Gatos e Pedra Preta, Campo de Dentro, Lagoa dos Algodões e Itaquerê. Com essa gama de ações, o vereador Édio Pereira vem honrando os compromissos e mostrando grande efetividade de seu mandato parlamentar. 

O vereador Édio Pereira (em destaque) explicou pontos importantes para serem colocados no projeto (Foto: Daniel Simurro / Brumado Urgente)

Votação de piso salarial de agentes comunitários de saúde é mais uma vez adiada

  • Informações do Tempo Jornalismo
  • 14 Nov 2013
  • 11:59h

(Foto: Reprodução)

Urgências constitucionais trancaram a pauta de votação do plenário da Câmara dos Deputados, nesta semana, impedindo a votação do piso salarial de agentes comunitários de saúde (ACS) e agentes de combate às endemias (ACE). Projeto deverá ser votado na próxima quarta-feira (20). De acordo com estimativas da Polícia Militar, cerca  de 300 agentes  se concentravam na Praça dos Três Poderes na tarde da terça-feira (20), a fim de acompanhar a movimentação no Congresso. Ao tomarem conhecimento do adiamento, os agentes se revoltaram, já que a votação já havia sido adiada em 23 de outubro, ocasião em que  a deputada Alice Portugal (PCdoB-BA) – que é membro da Comissão de Criação do Emprego Público de Agente de Combate às Endemias (PL7495/06) e acompanha a luta desses profissionais pelo piso salarial -  conduziu a votação do PCdoB em plenário e declarou o voto contrário do partido ao adiamento da votação.

 

Representantes do governo conduziram 10 membros  da categoria até o Ministério das  Relações Institucionais, onde foram recebidos pela chefe da pasta, ministra Ideli Salvatti. Os agentes deixaram a reunião por volta das 20h30 sem entendimento com o governo. Representantes do Executivo prometeram que os profissionais  seriam recebidos pela presidenta Dilma Rousseff na próxima semana. Alice defende  a criação da carreira e a instituição de piso para os agentes comunitários de saúde e de  combate às endemias. A deputada lamentou mais uma vez o adiamento da votação. “Eu sou aliada dos agentes comunitários de saúde, porque eles têm direito a ter sua carreira e um piso salarial. É um piso pequeno, mas que dará dignidade a esses profissionais que trabalham no dia a dia, de sol a sol nos nossos municípios. Este ano ainda isso será resolvido”, apostou. Pela proposta original, o piso salarial dos agentes comunitários de saúde seria de R$ 950 em 2014 e sofreria reajustes conforme a inflação a partir de 2015. Atualmente, não há um mínimo salarial, mas o governo federal repassa, por meio de portaria, R$ 950 por mês aos municípios para cada agente comunitário. Como não há piso, alguns municípios transferem aos profissionais apenas o salário mínimo e utilizam o restante dos recursos para outras finalidades. Segundo o Ministério da Saúde, em agosto havia 256,1 mil agentes comunitários de saúde atuando em 5.424 municípios. A estimativa do ministério é que eles sejam responsáveis pelo acompanhamento de 125 milhões de pessoas atendidas pelo programa Saúde da Família.

CONTINUE LENDO

Diretor da Dires 19 ressalta que a prevenção é a melhor arma contra a Dengue

  • Daniel Simurro / Brumado Urgente
  • 14 Nov 2013
  • 11:33h

O diretor da 19ª Dires, Dr. Dante Guedes, falou ao Brumado Urgente sobre a realização da AP (Foto:Daniel Simurro / Brumado Urgente)

Mostrando grande preocupação com um novo surto de Dengue em Brumado e nos municípios que fazem parte de sua circunscrição, a 19ª Dires realizou na noite desta quarta-feira (13) uma importante Audiência Pública “Todos contra Dengue”, o qual tinha como principal objetivo alertar a população e autoridades sobre os riscos constantes da doença. O Brumado Urgente falou com o diretor da 19ª Dires, Dr. Dante Guedes, que fez questão de ressaltar que “a nossa preocupação com o crescimento da Dengue em Brumado e região fez com que viéssemos a realizar essa audiência pública, que tem como objetivo principal, dar um grito de alerta à população sobre os graves riscos da doença”. Ele ainda destacou que “no ano passado tivemos surtos em cidades da região como Malhada de Pedras e Livramento, além de Brumado e, visando que isso não aconteça novamente, realizamos essa audiência me tempo hábil para buscar chamar a atenção da comunidade em geral para que as ações preventivas sejam tomadas, visando a não proliferação do vetor”. Guedes ainda observou que “como parceiros do SUS, estamos fazendo a nossa parte, a Dires tem o papel de coordenar, de treinar as equipes municipais e os membros do Conselho Municipal de Saúde e fazer com que eles prestem o melhor serviço às populações”. E finalizou declarando que “no ano passado tivemos um óbito em Brumado causado pela doença, então, visando que isso não ocorra novamente convidamos todos os parceiros e autoridades para participarem desta importante audiência”. 

O diretor abriu oficialmente a AP da Dengue (Foto: Daniel Simurro / Brumado Urgente)

Reunião da AIBRUM com participações especiais da Magnesita e CDL

  • Izidy Ramel Comunicação
  • 14 Nov 2013
  • 10:16h

(Foto: Divulgação)

Nesta segunda-feira, 11, a AIBRUM – Associação das Indústrias de Brumado – cujo presidente José Adalberto Moreira Nunes, em mais uma reunião realizada, contou com a presença dos associados, como também de representantes da Magnesita Refratários S.A (uma das empresas associadas), dentre eles o diretor de minas recém chegado, Fabrício Rodrigues Amaral, e do  convidado, Manoel Messias, presidente da CDL. Tal reunião foi realizada no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas em que o seu propósito foi tratar de questões de interesse da sociedade brumadense, e principalmente apresentar o novo diretor executivo da Magnesita já supracitado. Ao expor várias questões sobre o planejamento da Magnesita e frisar que as portas da empresa estão abertas para todos que a procurarem, Fabrício Amaral, comentou sobre o cenário previsto para 2014 no que se refere às ações da Magnesita para a capital do minério, e comentou sobre o projeto Grafita, desenvolvido em Almenara – MG, que se trata da criação de uma mina especial para a extração desta (mineral bruto), cuja utilização é muito importante para a qualidade de produção de refratários.

Basicamente duas vertentes serão trabalhadas no próximo ano aqui na cidade, sendo uma delas a movimentação das minas – envolvendo outras empresas de extração mineral, o que traz geração de empregos, renda, como é o caso da VIX, por exemplo, que vai continuar com um crescimento notável. E a outra importante vertente englobará reformas internas – o que vai movimentar cerca de 46 milhões de reais em manutenção, meio ambiente e mineração, qualificação de pessoas, dentre outros aspectos dessa linha. Em determinado momento da reunião Fabrício Amaral afirmou que “o governo está usando a máquina para controlar a inflação, e isso é uma ameaça”, visto que essa atitude afeta diretamente o cenário financeiro da Magnesita, já que o preço de matérias primas como as da empresa caiu bastante no que tange à exportação. A reunião foi bastante proveitosa, pois, foi um momento de aproximação entre as grandes indústrias e comércio em geral (atacado e varejo), o que proporciona benefícios certeiros para quem mais precisa: a sociedade brumadense. A reunião foi finalizada com os agradecimentos do presidente da AIBRUM, José Adalberto Moreira Nunes e do presidente da CDL (convidado da noite), Manoel Messias.

 

CONTINUE LENDO

Brumado Urgente Utilidade: Cão Desaparecido

  • Divulgação
  • 14 Nov 2013
  • 10:08h

Com baixa participação popular Dires 19 realiza AP sobre a Dengue

  • Daniel Simurro / Brumado Urgente
  • 14 Nov 2013
  • 09:49h

Com a presença de várias autoridades e servidores da área, mas com baixa participação popular a audiência foi considerada positiva (Foto: Daniel Simurro / Brumado Urgente)

A frase emblemática “A Dengue é uma Luta de Todos” não pode ser aplicada à Audiência Pública que foi realizada na noite desta quarta-feira (13) na Câmara de Vereadores de Brumado numa ação conjunta da 19ª Dires/Suvisa/Divep/Sesab, já que a participação popular foi quase inexistente. A não participação da população não pode ser atribuída à falta de publicidade do evento, já que o mesmo foi muito bem divulgado pela cidade, então, nas conjecturas, alguns participantes arriscaram dizer que o horário e o dia eram impróprios, já que nas noites de quarta-feira a paixão pelo futebol fala mais alto, mas também existiram aqueles que afirmaram que o povo de Brumado não tem mais interesse em audiências públicas. Independente disso, a Audiência Pública foi muito proveitosa, já que as renomadas palestrantes, Dra. Alcina Marta de Souza Andrade, da Superintendência de Vigilância e Proteção da Saúde (Suvisa) e Dra. Maria Aparecida Araújo, da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep) fizeram uma ampla explanação sobre o tema, mostrando dados estatísticos e o mapeamento da Dengue na Bahia, que teve em 2009, o maior surto da doença, sendo que, até outubro de 2013, foram notificados 78.368 casos da doença no estado. O município de Brumado está na preocupante 9ª colocação no ranking dos municípios com maiores números de casos na Bahia, com 2.231 casos notificados. Devido a isso, a presença da população era vital para tomar conhecimento desses dados e também ser alertada sobre as medidas preventivas que devem ser constantes. Na hora de um surto a população cobra das autoridades ações emergenciais de combate, mas a prevenção é uma das armas mais eficazes contra a Dengue. 

Dra. Alcina Marta de Souza Andrade, da Superintendência de Vigilância e Proteção da Saúde (Suvisa) fez uma palestra muito ampla sobre a Dengue na Bahia (Foto: Daniel Simurro / Brumado Urgente)

Filho de vereadora é executado em Barreiras

  • Informações do Bocão News
  • 14 Nov 2013
  • 08:39h

(Foto: Reprodução)

Caio Crisostomo Macêdo Antônio, de 18 anos, foi executado em frente à residência de um amigo, na tarde de quarta-feira (13), na cidade de Barreiras, no Oeste da Bahia. De acordo com informações da polícia, dois homens chegaram em uma moto, estacionaram próximo ao local e o carona se aproximou, sacou uma pistola ponto 40 e efetuou vários disparos contra as vítimas. Caio é filho da vereadora Karlúcia Macêdo (PMDB). Alvejado com pelo menos oito tiros, o jovem não teve tempo de reagir e morreu na calçada ao lado do veículo. Já o amigo que o acompanhava foi encaminhado para o Hospital do Oeste, onde permanece internado. De acordo com a unidade de saúde ele foi atingido por um tiro no nádega e deverá passar por cirurgia para a retirada do projétil. Testemunhas informaram que após o assassinato, o autor retirou o capacete da cabeça e fotografou o corpo usando um aparelho celular, e logo em seguida, fugiu na garupa da moto. A Polícia Militar fez ronda na área tentando localizar os criminosos, mas não obteve êxito. No bolso de Caio a polícia encontrou R$ 11.470,00. O delegado Francisco Carlos de Sá investiga a motivação assim como a autoria do crime. O corpo e um aparelho celular que ele usava foram encaminhados para exames do Polícia Militar (DPT), no Complexo Policial de Barreiras.