BUSCA PELA CATEGORIA "Bahia"

Bahia: Mulher nega pedido de namoro e é morta a golpes de estilete

  • 08 Abr 2019
  • 14:11h

Foto: Cloves Neto/Liberdade News

Uma mulher foi morta a golpes de estilete, na cidade de Medeiros Neto, no sul da Bahia, após negar relacionamento com um homem. O suspeito do crime fugiu, foi encontrado um dia depois e morreu em confronto com a polícia.De acordo com a delegada Valéria Chaves, a vítima, identificada como Silvani Fernandes da Silva, era do estado de São Paulo, tinha 44 anos e estava em Medeiros Neto há cerca de um mês. O caso aconteceu no final da tarde de sexta-feira (5).Investigações da Polícia Civil apontam que Fernando Souza Lima, que não teve idade divulgada, tentou namorar com Silvani, que não quis o envolvimento amoroso. Por conta disso, ele agrediu a vítima enquanto ela caminhava no centro da cidade.A vítima chegou a ser socorrida para o Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF), mas não resistiu aos ferimentos e morreu logo depois de dar entrada na unidade. Não há informações sobre velório e sepultamento de Silvani. Fernando foi encontrado por policiais no sábado (6), em uma fazenda na zona rural de Medeiros Neto. Durante a tentativa de abordagem, o suspeito trocou tiro com os policiais e foi baleado. Ele morreu na hora.

Falso advogado é preso em flagrante em Conquista

  • G1
  • 08 Abr 2019
  • 12:41h

(Foto: Blog

Um homem que prestava serviços de advogacia sem ter registro profissional foi preso em flagrante na cidade de Vitória da Conquista, na região sudoeste da Bahia, depois que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA) recebeu denúncias sobre o caso. Conforme a OAB-BA, após investigações, o homem, que não teve a identidade revelada, foi localizado na sexta-feira (5), quando fazia atendimento jurídico em uma residência na Avenida Cuiabá, no bairro Brasil. No momento do flagrante, o homem confessou que não era advogado e alegou que não advogava, fazia apenas a consultoria jurídica. Ele foi preso pela Polícia Militar (PM) e encaminhado para o Distrito Integrado de Segurança Pública (DISEP) de Conquista. Não há informações sobre se ele permanece detido.Além da PM, a ação contou coma participação da Comissão de Fiscalização Profissional, de Defesa das Prerrogativas e Ética e Disciplina da OAB-BA.

Sudoeste: Suspeito de tráfico que obrigava família dar abrigo a ele é morto em confronto com a polícia

  • G1
  • 07 Abr 2019
  • 14:13h

(Foto: Blog do Rodrigo Ferraz)

Um homem não identificado, suspeito de tráfico de drogas, foi morto a tiros, após confronto com policiais, na cidade de Encruzilhada, no sudoeste da Bahia.De acordo com informações da Polícia Militar (PM), quando a abordagem foi feita, na sexta-feira (5), o homem estava em uma casa do distrito de Corte do Arroz, obrigando a família que mora no imóvel a dar abrigo a ele. Ainda segundo a PM, após os policiais realizarem o cerco do imóvel, o suspeito passou a disparar contra a guarnição. Na troca de tiros, ele foi atingido, encaminhado ao Hospital Municipal de Encruzilhada, porém não resistiu aos ferimentos. Com ele, a polícia encontrou um revólver calibre 38, contendo três cartuchos deflagrados e três cartuchos percutidos e não deflagrados, 10 petecas de substância semelhante à maconha, um tablete de 300 gramas de substância semelhante à maconha.

Cerca de 10 anos após 1º leilão de fontes eólicas, Bahia lidera comercialização de parques e gera 40 mil empregos diretos

  • 07 Abr 2019
  • 09:13h

Foto: João Ramos/Ascom SDE

A cerca de 10 anos após o primeiro leilão de fontes eólicas no Brasil, a Bahia é o estado que lidera a comercialização de parques geradores da energia renovável. Durante esse período, mais de 40 mil empregos diretos foram gerados.De acordo com a ABEEólica (Associação Brasileira de Energia Eólica), a comercialização de parques nos leilões de energia na Bahia representa 30,58% do total do país, que é o 8º maior produtor de energia eólica no mundo. Hoje, o estado tem 147 equipamentos em operação. Com capacidade instalada de 3.730 MW, essas usinas geram 1.330 GWh/mês e têm capacidade para abastecer 11 milhões de residências, beneficiando uma média de 33 milhões de habitantes. Além dos parques que geram energia eólica, o estado tem um parque industrial voltado para produção de equipamentos e é o principal polo nacional na fabricação de componentes. A cadeia produtiva conta com seis grandes empreendimentos, que somam R$ 704 milhões de investimentos e geram 1,3 mil empregos, beneficiando os municípios de Juazeiro, Jacobina, Camaçari e Simões Filho.

Procurado há 4 anos por estuprar alunas, ex-diretor de grupo de dança é preso na BA; suspeito ameaçava vítimas com 'entidade'

  • 06 Abr 2019
  • 09:12h

Foto: Reprodução/TV Santa Cruz

Um homem procurado há quatro anos pela Polícia Civil por estuprar nove crianças e adolescentes, na cidade de Ilhéus, no sul da Bahia, foi preso nesta sexta-feira (5), na cidade de Porto Seguro.Uadson Lima de Souza, de 30 anos, era diretor de um grupo de dança e as vítimas eram alunas dele. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito usava uma "entidade" para ameaçar as garotas.As vítimas contam que o homem dizia incorporar o "ser" que faria mal para as famílias delas caso as meninas tentassem evitar os abusos sexuais ou contassem sobre eles para alguém."Ele dizia que se a gente saísse do grupo, ia acontecer alguma coisa com alguém da nossa família. Qua alguma entidade ia fazer, ia matar", contou uma das vítimas, que prefere não se identificar."Uma vez mesmo, ele disse que era para eu ficar sozinha com ele lá dentro. Mandou a outra menina sair. Aí ele falou que tinha uma maldição na minha família, que todo mundo bebia, e que só ia sair depois que eu fizesse o ato sexual com ele. Depois eu saí, outra menina entrou também e ele fez a mesma coisa. Ele sempre usava a nossa família", completa.Os crimes ocorreram entre os anos de 2007 e 2013, quando as vítimas procuraram a polícia para denunciar o caso. Na época, as meninas tinham idades entre 11 e 17 anos."A primeira vez que ele me fez isso, ele falou que se eu abrisse o olho, para poder olhar o que estava acontecendo ali, ele iria me cegar. Mas, no caso, ele não dizia que era ele. Dizia que era uma das entidades fazendo isso. Dos 11 aos 15 anos foi nisso", conta outra vítima.Segundo a polícia, a prisão do suspeito foi decretada em 2015. Desde então, ele estava foragido.Uadson Lima foi localizado nesta sexta, após reportagem sobre o caso da TV Santa Cruz, afiliada da TV Bahia, que gerou denúncias.O suspeito teve mandado de prisão cumprida na casa onde morava atualmente, no bairro Cambulo, em Porto Seguro. Em seguida, ele foi apresentado na 23ª Coordenadoria da Polícia Civil do Interior (Coorpin), em Eunápolis, também no sul do estado.De acordo com a polícia, em depoimento, Uadson negou a autoria, disse desconhecer que era procurado pela Justiça e contou que sequer tinha conhecimento da existência de uma ação penal contra ele. O G1 não conseguiu contato com a defesa do suspeito.Depois de audiência de custódia, conforme a polícia, Uadson Lima será apresentado à Delegacia de Ilhéus.

Mais de 395 mil contribuintes já enviaram declaração do Imposto de Renda na Bahia

  • 05 Abr 2019
  • 20:21h

Foto: Fernanda Zauli/G1

A Receita Federal informou que 395.353 contribuintes já enviaram a declaração do Imposto de Renda na Bahia. Os dados foram contabilizados até as 17h de quinta-feira (4). A expectativa é que até o final do prazo, no dia 30 de abril, mais de 1 milhão declarações sejam entregues no estado.Em todo o Brasil, a Receita já recebeu 9.482.661 declarações, conforme nota divulgada pela assessoria de comunicação do órgão, em Brasília.

Jequié: TJ condena loja por acusar jovem de furto, despi-la e obrigá-la a lavar banheiro

  • Cláudia Cardozo
  • 05 Abr 2019
  • 15:13h

Uma adolescente de Jequié será indenizada em R$ 20 mil por uma loja de importados por ser acusada de furtar objetos do estabelecimento. De acordo com os autos, a garota, a pedido da mãe, foi até a loja com a quantia de R$ 20 para comprar utensílios domésticos. Quando se dirigiu ao caixa para efetuar o pagamento, foi abordada por dois seguranças que a acusaram de furto. A jovem ainda narrou que os seguranças ainda a levaram à presença da esposa do proprietário da loja, que ordenou que tirassem a roupa dela para fazer uma revista. Mesmo não encontrando nada, ela ainda foi obrigada a lavar dois banheiros da loja. Na ação, ela disse teve a honra e a dignidade violadas. A empresa, em sua defesa, disse que a loja não possui sistema de câmeras e que os funcionários envolvidos no episódio não eram seguranças. Disse que no momento da abordagem, a jovem passava mercadorias envolvidas em sacolas plásticas para o guarda volumes, com o objetivo de retirá-los na saída. Ainda pediu que a ação fosse julgada improcedente. A vítima fez um boletim de ocorrência no mesmo dia do ocorrido e uma testemunha confirmou o constrangimento sofrido por ela no interior da loja, na presença de outras pessoas. Para o juízo de 1º Grau, os proprietários tentaram fazer “justiça com as próprias mãos” e a jovem deve ser indenizada pelos danos sofridos no valor de R$ 20 mil. A empresa recorreu da decisão. O recurso foi relatado pela desembargadora Maria de Lourdes Pinho Medauar, da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). A empresa alegou que o fato não existiu. Entretanto, a autora conseguiu comprovar o fato. Segundo a relatora, ela apresentou o boletim de ocorrência, “e a partir da sua leitura depreende-se que a narrativa nele constante está em harmonia com os fatos aduzidos em inicial”, além da testemunha. “Em verdade, quem não obteve sucesso em provar o quanto afirmado foi a parte ré, que se limitou a refutar as alegações iniciais, sem, entretanto, produzir qualquer tipo de prova”, declarou a desembargadora, que manteve o valor da indenização.

Inscrições para concurso de auditor na Bahia terminam sexta; salários chegam a R$ 15 mil

  • Varela Notícias
  • 04 Abr 2019
  • 12:45h

(Foto: Divulgação)

As inscrições para o concurso de auditor fiscal na Bahia chegam ao fim na próxima sexta-feira (05), às 14h. Para participar da seleção, os interessados em concorrer a uma das 60 vagas devem se inscrever no site da Fundação Carlos Chagas, organizadora do certame. Os salários podem chegar a R$ 15.819,35. A taxa de inscrição é no valor de R$ 170. Podem participar da seleção profissionais com formação superior em Administração, Ciências Econômicas, Ciências Contábeis, Direito, Engenharia, Informática, Sistemas de Informação, Ciência da Computação ou Processamento de Dados. Todas as graduações devem ser reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). A validade do concurso é de um ano e pode renovado por igual período.

Confira vagas:

Administração, Finanças e Controle Interno – 24

Tecnologia da Informação – 17

Administração Tributária – 19

Bebê de nove meses é internado após ser agredido na Bahia; mãe e avó são investigadas

  • 04 Abr 2019
  • 09:04h

Foto: Reprodução/TV Oeste

Um bebê de nove meses foi internado no Hospital do Oeste, em Barreiras, após ser agredido na segunda-feira (1°). De acordo com a Polícia Civil, a mãe e a avó materna da vítima são as principais suspeitas de cometerem o crime.De acordo com informações do coordenador regional da Polícia Civil, Rivaldo Luz, os vizinhos do bebê descobriram a agressão e denunciaram o caso para o Conselho Tutelar. O menino chegou à unidade médica, no mesmo dia, com hematomas e cicatrizes pelo corpo.O coordenador informou que o bebê fez o exame de corpo de delito, que confirmou as agressões. Não há informações sobre o estado de saúde da criança.Segundo o Conselho Tutelar da cidade, a mãe do bebê, que não teve a identidade revelada, chegou a confessar a agressão, mas contou versões diferentes."De início, ele negou. Depois de inúmeros diálogos, ela acabou relatando que estava alcoolizada e que, devido ao fim da separação com o ex-companheiro e genitor da criança, ela acabou perdendo a cabeça devido ao choro da criança e acabou agredindo a criança fisicamente. Logo depois, ela falou falou que teria sido a avó que teria agredido a criança fisicamente devido ser alcoólatra, ter essa dependência do álcool", afirmou a conselheira Ana Paula Lacerda."Encaminhamos ela [a mãe] para a delegacia para ela prestar novo depoimento para que os fatos fossem investigados", completou Paula.A polícia informou que abriu inquérito, que está ouvindo várias pessoas e que deve indiciar as suspeitas por lesão corporal ou negligência."A mãe está alegando que foi a avó que tinha maltratado a criança. Como a criança apenas é um bebê de nove meses, estamos ouvindo as pessoas e investigando para que a gente possa pedir a prisão por esse crime absurdo", afirmou o investigador.O bebê está sob os cuidados do pai. A polícia disse que o caso será levado ao Ministério Público da Bahia (MP-BA), após a conclusão das investigações.

Bahia: Mulher que jogou neto de janela diz que cometeu crime por não gostar do genro

  • 04 Abr 2019
  • 08:07h

Foto: Itana Alencar/G1BA

mulher de 53 anos que foi presa por arremessar o neto, um bebê de dois meses, da janela da casa onde mora, disse à polícia ter cometido o crime por não gostar do namorado da filha. Familiares disseram à polícia que ela tem problemas psicológicos.O caso aconteceu no início da manhã desta quarta-feira (3), no bairro de Cosme de Farias, em Salvador, após a suspeita chegar em casa e encontrar a filha com o namorado. A criança está internada em estado grave no Hospital Geral do Estado (HGE). Eli Machado de Souza foi levada para a Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca), por volta das 11h30. Em depoimento à delegada Simone Malaquias, plantonista da Dercca, a suspeita detalhou que estava na igreja e, ao chegar na residência, encontrou a filha com o rapaz. Ela disse que ficou revoltada com a situação por não gostar do rapaz e não concordar com o relacionamento, e resolveu jogar a criança da janela. À polícia, Eli Machado disse ainda que a filha e o namorado tentaram agredi-la com socos, depois que ela arremessou o bebê da janela. De acordo com a delegada, há conflitos no depoimento de Eli e de testemunhas do crime. A delegada informou ainda que Eli Machado será submetida a exames psicológicos e de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) Nina Rodrigues. Testemunhas do crime e parentes da vítima já foram ouvidas. A mãe da criança ainda não prestou depoimento, porque acompanha o bebê, que está internado no HGE. Eli Machado ficará detida na Dercca até a audiência de custódia, quando juiz vai determinar se a prisão em flagrante será convertida em prisão preventiva ou não. Ela deve ser autuada por tentativa de homicídio.

Bahia: Polícia investiga Avó é presa suspeita de jogar neto de 2 meses de janela de casa

  • 03 Abr 2019
  • 16:12h

Foto: João Souza/G1

Um bebê de dois meses foi arremessado da janela de casa onde mora, na manhã desta quarta-feira (3), no bairro de Cosme de Farias, em Salvador. Segundo a Polícia Civil, a avó da criança, suspeita de cometer o crime, se apresentou na Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca) e foi presa em flagrante. De acordo com informações da polícia, a vítima foi arremessada de uma altura de seis metros. O bebê foi socorrido e encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE). Não há informações sobre o estado de saúde dele, nem sobre as circunstâncias do ocorrido. Segundo a Polícia Civil, Eli Machado de Souza, de 53 anos, foi autuada por tentativa de homicídio. A motivação do crime ainda não foi descoberta. Não há detalhes sobre os pais da criança. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Sudoeste: Caminhão com carga de cigarros contrabandeados tomba e pega fogo

  • TV Sudoeste
  • 03 Abr 2019
  • 15:09h

Foto: Divulgação/PRF

Um caminhão com carga de cigarros contrabandeados tombou na madrugada desta quarta-feira (3), na BR-116, trecho da cidade de Jequié, no sudoeste do estado. As informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Após tombar na pista, o caminhão, com placa de São Paulo, ainda pegou fogo. Não há registro de feridos. O motorista do caminhão não foi achado no local do acidente e a polícia suspeita que ele tenha fugido. A PRF informou que, com o incêndio, parte da carga pegou fogo e outra parte foi saqueada.A polícia não tem detalhes das causas do acidente, mas também suspeita que o caminhoneiro dormiu ao volante. Alguns pacotes que não foram saqueados caíram na rodovia. O caminhão ficou destruído com o acidente.

Preço da placa Mercosul na Bahia pode cair

  • Juliana Almirante
  • 03 Abr 2019
  • 11:06h

Foto: Pablo Jacob I Agência O Globo

Os donos de automóveis no estado podem passar a pagar menos pelas novas placas Mercosul, de acordo com a Associação dos Fabricantes de Placas do Interior da Bahia (Afapi).A redução nos preços deve ocorrer porque a empresa fabricante baiana de blank (a chapa de alumínio com a película na qual são impressos os dados de identificação do veículo) está conseguindo se ajustar ao novo processo.  Com isso, os custos são reduzidos gradativamente e repassados aos estampadores. Sendo assim, são criadas condições para a redução do custo final. “Se ajustar a esse novo processo está sendo um desafio, mas estamos trabalhando visando atender com eficiência e melhores condições para toda a cadeia, particularmente o consumidor final”, declarou a presidente da Afapi, Maria Soledade, durante encontro em Feira de Santana, que reuniu os empresários do setor. No encontro, a presidente da Afapi anunciou a redução do preço cobrado pelo fabricante de blank. O par de placas para os estampadores, no caso dos automóveis e caminhões, passou de R$ 89 para R$ 41 e o de motos, de R$ 45 para R$ 21.  Outra redução foi anunciada pelo empresário José Carlos Cabral, presidente da CSO, empresa de tecnologia parceira da Afapi. O custo de transmissão de dados dos veículos para a fabricação das placas passou para R$ 10.  “Acreditamos que essa redução de custos vai acabar impactando também no custo final para os proprietários de veículos, que poderão pagar menos pelas novas placas”, disse o presidente da CSO.

Homem é preso suspeito de estuprar filha há cinco anos na Bahia; vítima e irmãos eram mantidos em cárcere privado

  • 03 Abr 2019
  • 08:13h

Foto: Reprodução/TV Oeste

Um homem de 28 anos foi preso nesta terça-feira (2) suspeito de abusar sexualmente da filha há cinco anos, na cidade de Barreiras, no oeste da Bahia. De acordo com informações da Polícia Civil, a vítima, que tem 12 anos, era estuprada desde os 7. A menina morava com o pai e outros dois irmãos. "Ela [a menina] estava tendo uma vida quase que de casal com o pai, dormindo no mesmo quarto, na mesma cama. Ela relatou todos os acontecidos. Levamos para a perícia técnica e constatou que ela vinha sendo abusada há algum tempo. Tinha lesões recentes e lesões antigas. Ela é uma criança de 12 anos, mas com corpo de 9", disse o delegado Rivaldo Luz, coordenador regional da Polícia Civil.O caso foi descoberto após denúncia de vizinhos da família. Conforme a polícia, as crianças eram mantidas em cárcere privado, em situação de miséria, e tinham hematomas nos corpos."A casa estava em uma situação de bastante miséria. Só tinha lâmpada em um lugar da casa. As roupas sujas. Muito pouca comida. As crianças estavam sendo muito maltratadas. Eram três crianças: uma de 12, uma de 7 e uma de 4. O que demonstra o total menosprezo do pai pelos filhos", contou o delegado. O suspeito foi encaminhado para a delegacia da cidade. A prisão preventiva dele foi solicitação à Justiça. A mãe das crianças não foi encontrada. Os meninos foram levados para o Conselho Tutelar. "Segundo depoimento das próprias crianças, tem quase cinco anos que ela [mãe] abandonou o lar, em virtude das violências e do ciúme do pai. Ficou comprovado depois que ele [pai] tinha a mesma relação de ciúme com a filha, dizendo que quando ele saía para trabalhar ela colocava outros homens dentro de casa", falou o delegado.

Sudoeste: Carga com sete toneladas de madeira nativa da Mata Atlântica é apreendida

  • 02 Abr 2019
  • 20:10h

Foto: Secretaria do Ambiente

Uma carga com sete toneladas de madeira nativa da Mata Atlântica foi apreendida por policiais civis e funcionários da Secretaria do Ambiente da cidade de Itagibá, no sudoeste da Bahia, na segunda-feira (1º). Segundo a Polícia Civil, ninguém foi preso.De acordo com informações da polícia, a apreensão fez parte da operação "Pau Brasil". A carga estava dividida em 66 pranchas de madeira, conhecida como vinhático. O órgão informou que as árvores foram cortadas de forma ilegal em uma fazenda perto do distrito de Tapiraji. Os moradores da região contaram para os policiais que a prática é comum no local. Conforme a polícia, o material foi apreendido e levado para um galpão da prefeitura de Itagibá e ficarão à disposição da Justiça. O caso é investigado pela delegacia da cidade.