Ministério da Saúde recebe última remessa da vacina da Moderna contra variante do coronavírus

  • Por Mônica Bergamo | Folhapress
  • 23 Mai 2024
  • 14:05h

Foto: Divulgação/Bahia Notícias

A farmacêutica Moderna concluiu, nesta quarta-feira (22), a entrega ao governo brasileiro da última remessa das 12,5 milhões de doses da vacina Spikevax, que é contra uma variante específica do coronavírus. Elas foram adquiridas pelo Ministério da Saúde no dia 19 de abril.

O imunizante, registrado pela Adium, contém fragmentos da sublinhagem XBB.1.5 da ômicron, que tem a replicação mais veloz até o momento, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde).

As vacinas vieram das fábricas da Moderna localizadas nos Estados Unidos e na Europa. Foram necessários 34 voos para realizar a entrega das doses.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou no dia 6 de março o registro da vacina Spikevax. Ela foi a segunda vacina monovalente contra a XBB 1.5 autorizada pela agência. A primeira foi a Cominarty, da Pfizer.

O imunizante é indicado com administração de duas doses para bebês a partir dos seis meses e dose única para adultos.