'Para nós, todo dia é dia de risco', diz presidente da associação de delegados da PF após morte de agente na Bahia

  • G1
  • 15 Set 2023
  • 13:15h

Policial morto foi identificado como Lucas Monteiro Caribe — Foto: Arquivo Pessoal

O presidente da Associação de Delegados da Polícia Federal (ADPF), Luciano Leiro, falou ao blog sobre a morte do policial federal Lucas Monteiro Caribe. Ele mais quatro homens morreram em um confronto durante uma operação na manhã desta sexta-feira (15), em Salvador (BA).

"É muito triste recebermos a notícia que perdemos mais um policial quando atuava na luta contra o crime organizado. Os policiais federais sabem que correm riscos diários e que são inerentes à sua profissão", disse Leiro.

"A nossa missão é combater a criminalidade organizada, lutar contra a corrupção, enfrentar a violência, muitas vezes com o sacrifício da própria vida. E esse risco pode estar presente até mesmo na entrega de uma simples intimação ou em operações contra facções criminosas. Para nós, todo dia é dia de risco", continuou.

A associação também cobrou punições aos envolvidos e lamentou o ocorrido. Em nota, a ADPF afirmou que recebeu a notícia com tristeza, repudiou os ataques e cobrou respostas rápidas