XP/Ipespe: Cresce índice da população que considera governo Bolsonaro ruim ou péssimo

  • Redação
  • 18 Jan 2021
  • 17:55h

(Foto: Reprodução)

Nova rodada da pesquisa XP/Ipespe  mostra crescimento de má avaliação do presidente da República Jair Bolsonaro em comparação com o levantamento anterior. Os dados mostram que passaram de 35% para 40% o índice da população que considera ruim ou péssimo o governo. O percentual é semelhante ao do início da pandemia da Covid-19, em abril de 2020. Houve queda entre aqueles que classificam a gestão como ótima ou boa o índice passou de 38% para 32%. É a primeira vez, desde maio do ano passado, em que há aumento no percentual dos críticos ao governo e redução no de apoiadores.  É também a primeira vez, desde julho, em que a avaliação negativa supera a positiva.  Na análise é possível identificar que o movimento coincide com uma piora na percepção da atuação de Bolsonaro para enfrentar o coronavírus. São 52% os que a consideram ruim ou péssima, 4 pontos a mais que em dezembro. A avaliação dos governadores, por sua vez, oscilou um ponto percentual para baixo no mês tanto no ótimo e bom, para 35%, quanto no ruim e péssimo (25%). A avaliação regular passou de 35% para 38%. Houve ainda melhora gradual, mas contínua, dos governadores da região sudeste, cuja aprovação passou de 23% em agosto para 32% agora.