Após Ibicuí, Santo Antônio de Jesus e Irecê também cancelam São João; tendência deve ser dominante em todo o estado da Bahia

  • Redação
  • 07 Abr 2020
  • 12:02h

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

A cidade de Ibicuí, um dos destinos mais procurados no período junino, anunciou no fim da tarde da última segunda-feira (6) o cancelamento da festa de São João que aconteceria na praça principal da cidade, Régis Pacheco, dos dias 19 a 24 de junho, devido a pandemia do coronavírus. Pela primeira vez em mais de 50 anos de história, o evento, que se consolidou como uma das mais importantes festas do estado durante o mês de junho, cancelou sua realização. Cerca de 10 atrações já estavam pré-acordadas para se apresentar na cidade, além de bandas regionais e o tradicional Festival de Quadrilhas. Na última segunda-feira (6) de abril, foi assinado um Termo Conjunto de Cancelamento de 9 das maiores festas de São João do Nordeste. Além de Ibicuí chegaram ao comum acordo os municípios de Amargosa, Senhor do Bonfim, Irecê, Miguel Calmon, Seabra, Itaberaba, Piritiba, Cruza das Almas e Santo Antônio de Jesus. “Nós, que somos representantes de algumas das maiores festas juninas do Nordeste, entendemos que por maior que seja o prejuízo econômico e cultural, o mais importante no momento é a saúde e, principalmente, a vida das pessoas. E nós, como grandes e tradicionais no São João, precisamos dar o exemplo. Cancelamos este ano, mas com a certeza que no próximo voltaremos ainda maiores e mais fortes”, finaliza o prefeito Marcos Galvão.