Ao contrário da grande maioria dos municípios brasileiros, Brumado está em posição privilegiada na prevenção do Câncer de Mama

  • Ascom | PMB
  • 17 Jan 2020
  • 08:20h

(Foto: Ascom | PMB)

Uma recente auditoria realizada pela TCU (Tribunal de Contas da União) em Secretarias de Saúde de 14 estados, no INC – Instituto Nacional do Câncer e no Ministério da Saúde revelou números muito preocupantes na área de prevenção ao Câncer de Mama, que é o que mais atinge as mulheres brasileiras. Segundo os dados apresentados somente 22% dos municípios possuem mamógrafos, tanto pelo SUS ou pelo setor privado. Outra informação que causa muita apreensão é que 54% das pacientes obtêm o diagnóstico com a doença em estágio muito avançado, justamente, devido ao baixo número de aparelhos de mamografia, o que acaba inviabilizando um tratamento eficaz. Segundo o levantamento, a região sudeste é que mais apresenta acesso aos exames com 47,44%; a nordeste 22,2%; a sul apresenta índice de 15,7%; o Centro-Oeste 8,51%; e a norte 6%. Neste contexto ainda negativo, Brumado está na contramão, estando numa posição privilegiada já que o município possui 2 aparelhos de mamografia, os quais estão conveniados ao SUS, o que juntamente com o atendimento prestado nas UBSs, coloca o município numa posição de destaque na prevenção ao Câncer de Mama, inclusive com a realização de campanhas de conscientização sobre os graves riscos da doença. Por mês são ofertadas mais de 500 mamografias, uma quantidade que supera a demanda, comprovando um planejamento muito eficaz feito pela Secretaria Municipal de Saúde. A prevenção é o meio mais eficaz de se obter um tratamento de sucesso, então, quanto antes for feito o exame, maiores as chances de cura.