Modera defende a Barragem de Cristalândia no Comité do Contas

  • Ascom | Modera
  • 30 Dez 2019
  • 10:11h

(Foto: Divulgação)

A Barragem de Cristalândia foi construída como uma providência para se superar o déficit hídrico na Sub-Bacia do Rio do Antônio, em especial a demanda de água para a população da Cidade de Brumado, que no período de 1998 a 1999 passou por uma crise de abastecimento sem precedentes. Hoje, aquela Barragem vem garantindo não só o abastecimento da Cidade de Brumado, como também de Malhada de Pedras e ainda tendo captações destinadas à agricultura irrigada. Por outro lado, o crescimento da demanda da água da Barragem de Cristalândia vem trazendo preocupações, pois a mesma está localizada em um rio temporário, numa região climática de estiagens prolongadas e no Bioma Caatinga, resistente à seca, mas de difícil regeneração.

Diante dessa realidade, o MODERA vem debatendo esse assunto em seu programa de Educomunicação Ambiental, Ambiente em Mente, pela Rádio Nova Vida e na I Conferência Municipal de Saneamento de Brumado, em 17 de junho de 2019, defendeu uma moção que solicite ao Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – INEMA, as fiscalizações ambientais e de outorga para captação de água, bem como o balanço hídrico da Barragem de Cristalândia, a fim de se apurar a capacidade dessa Barragem atender as demandas do abastecimento humano e da agricultura irrigada. A moção foi aprovada pela Plenária da Conferência e enviada ao Conselho Municipal de Saneamento para encaminhamento ao INEMA. O Conselho por sua vez, sabendo que o INEMA funciona como secretaria executiva do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Contas, no âmbito da gestão dos recursos hídricos dessa Bacia, decidiu encaminhar a moção àquele Comitê, por intermédio dos seus membros, Capitão Henrique Moreira Rocha, Coordenador Geral do MODERA e o Engenheiro Frederico Maciel de Carvalho Neves, Diretor da Associação das Covas de Mandioca, os quais compõem tanto o Conselho de Saneamento como o Comitê do Contas.

 

Recebimento da Moção

 A Moção foi prontamente acolhida pela Plenária do Comitê, realizada na Cidade de Jequié, no último dia 12 de dezembro e a Presidenta do Comitê, Rita de Cássia Silva Braga e Braga, disse que a Moção será encaminhada ao INEMA, junto à ata da Plenária.

 

Plano de Bacia

 Resultado de trabalhos técnicos e de mobilização social, na Plenária do Comitê foi aprovado o Plano de Recursos Hídricos da Bacia do Rio das Contas, o qual entre as suas disposições converge com a preocupação referente ao uso da água da Barragem de Cristalândia, pois a implementação do Plano possibilitará a gestão sustentável das águas da Bacia, tanto em quantidade como em qualidade.