Médica é baleada em assalto, dirige por 400 metros, atropela três e morre

  • Informações do Blog de Giorlando Lima
  • 10 Mai 2019
  • 17:29h

A médica acabou não resistindo e morrendo (Foto : O Globo)

Depois de ter sido baleada por assaltantes, dentro do carro, a médica Danielle Vivian Midea Lasmar de Almeida, de 51 anos, conseguiu dirigir por cerca de 400 metros, até a Rua General Canabarro, no Maracanã, perdeu o controle do veículo subiu numa calçada, atropelou três pessoas e em seguida morreu. Ela sofreu a tentativa de assalto na manhã desta sexta-feira (10), nas proximidades da Mangueira, na Zona Norte do Rio de Janeiro, e tentou fugir do bandido, que atirou. De acordo com o Globo, o atropelamento ocorreu em frente ao Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet). As vítimas são um estudante da Cefet, de 16 anos, o segurança do Cefet Ribamar Ferreira, de 58, e um funcionário da Petrobras não identificado pela reportagem. O adolescente e Ribamar foram encaminhados para um hospital da região. Já o funcionário da Petrobras foi atendido no local e liberado.