Membros da Quadrilha do 'Giroflex' morrem em confronto com a Polícia

  • Com informações do Correio
  • 07 Ago 2014
  • 06:46h

(Imagem Ilustrativa)

Um suspeito de participar de diversos roubos a banco na região do Recôncavo foi morto na madrugada desta quarta-feira (6) durante um assalto na BR-116. Gilmar Baitinga de Carvalho, conhecido como Marcelo Baitinga, era um dos bandidos mais procurados da região, segundo a 4ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin/Santo Antônio de Jesus). Segundo a investigação, por volta de 1h da manhã Baitinga e um comparsa, Rafael Alves dos Santos, roubou o carro de um  casal na altura do rio Paraguassu, perto da cidade de Santa Terezinha. As duas vítimas forma colocadas no banco de trás e iam sendo levadas quando o homem, que é um policial de Jequié, reagiu e atirou, matando os dois ladrões. Um terceiro comparsa, que dava cobertura durante o assalto, fugiu em uma S10. Ele foi identificado somente como Blackstyle. Outros três membros da quadrilha ainda tentaram resgatar e ajudar o fugitivo da S10 e acabaram sendo presos. Eles estão na carceragem da 4ª Coorpin. A quadrilha de Baitinga era conhecida por roubar carros usando um golpe conhecido como "giroflex" - ele colocava uma sirene simulando ser policial para abordar as vítimas. Além dos roubos a banco, Baitinga era acusado de mais de 30 roubos a carro. Baitinga fazia parte do "Baralho do Crime" da Secretaria da Segurança Pública (SSP).