PRB ‘permanece independente’ e não terá ‘alinhamento automático’ com Bolsonaro, diz Roma

  • Rodrigo Daniel Silva
  • 06 Dez 2018
  • 10:14h

Foto: Reprodução / Facebook

Depois de uma reunião com o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), o deputado federal eleito João Roma disse que seu partido, o PRB, vai “permanecer independente” e não terá “alinhamento automático” com o futuro governo.Ao Bahia Notícias, o ex-chefe de gabinete afirmou que o encontro teve a intenção de “aproximar” a bancada do futuro chefe do Palácio do Planalto. “Não tratamos de detalhamento da reforma da Previdência, da estrutura do governo, por exemplo. Foi uma reunião boa para aproximação. O PRB vai permanecer independente e não terá alinhamento automático ao presidente Bolsonaro”, ressaltou.Roma negou a informação que o presidente eleito tenha pedido apoio ao PRB para acabar com o fim do Ministério Público do Trabalho (MPT), como noticiou o jornal Estado de São Paulo. “[No meu caso], defendo mudanças e avanços na Justiça Federal, mas não o fim do MPT”, emendou.