Chapada: Acidente entre van e caminhão deixa quatro mortos na BR-242

  • 18 Abr 2017
  • 16:56h

Quatro pessoas morreram em um acidente entre uma van e um caminhão, na manhã desta terça-feira (18), em Seabra, na região da Chapada Diamantina, na Bahia. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), por volta das 6h, o caminhão bateu na lateral da van, na altura do Km 378. Ainda segundo a PRF, os quatro mortos são três mulheres, duas de 54 anos e uma de 21, e um homem, de 29 anos. Os corpos foram levados para o Departamento de Polícia Técnica de Irecê. Outras 11 pessoas que estavam na van tiveram ferimentos leves e foram levadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Seabra. A Polícia Rodoviária Federal informou que a van saiu de Alagoas com destino ao Mato Grosso, e fazia o transporte de passageiros de forma regular. As causas do acidente serão investigadas. Há a suspeita de que o caminhão, que estava carregado com tomates, estava em excesso de velocidade. O motorista do caminhão não teve ferimentos.

Motorista de carreta morre em grave acidente na rodovia BR-116

  • BDM
  • 18 Abr 2017
  • 16:11h

Um trágico acidente ocorreu no final da manhã desta terça-feira (18), na rodovia BR-116, com saldo de uma pessoa morta, entre Cândido Sales e Divisa Alegre (MG). Segundo os primeiros relatos, uma carreta de combustíveis do tipo bitrem teria ficado sem controle da direção, em uma curva aberta, vindo a tombar. Com o impacto, o veículo se “desmanchou”. Ainda não está claro se outro veículo se envolveu no acidente. Pelas imagens é possível ver o tamanho da destruição. O motorista teria morrido na hora, preso às ferragens. Não há relatos de feridos. Equipes da ViaBahia, PRF e SAMU estão no local para prestarem assistência. A pista esta interditada nos dois sentidos, bloqueada pelo veículo totalmente destruído. A ViaBahia jogou areia na pista, pois haveria risco de explosão de material inflamável vazado. A qualquer momento, novas informações.

Eliana Calmon diz que 'é impossível fazer política sem corrupção'

  • Tribuna da Bahia
  • 18 Abr 2017
  • 15:47h

(Foto: Reprodução)

A ministra aposentada do Superior Tribunal de Justiça (STF), Eliana Calmon, disse nesta terça-feira, 18, que não se surpreendeu com os nomes citados nas delações dos executivos da Odebrecht, presos na Operação Lava Jato. Em entrevista à Rádio Metrópole, Calmon comentou o depoimento que deu ao jornal Folha de S. Paulo, onde falou que a Lava Jato também irá afetar o Poder Judiciário. “A empresa Odebrecht passou mais de 30 anos fazendo esses absurdos todos que estão aí, será que nada disso passou pelo Judiciário? O Judiciário teve uma participação muito forte em tudo isso que está acontecendo. Conforme a Constituição de 1988 não se pode fazer nada sem a deliberação do poder judiciário. 

Os “Sérgios Moros” da vida surgem de mentirinha. Tudo passou pelo Judiciário, então, muita coisa virá a tona dessa conivência de mais um poder que se alia a esse lixo que está exposto. As empresas foram sendo comparadas pela Odebrecht, quem fazia oposição foi sendo quebrada e isso foi passando pelo judiciário de uma forma incólume, sem ninguém ter visto”, disse. Eliana Calmon destacou, ainda, que depois que foi candidata ao Senado viu ‘o amago da política e vi que pelas regras do jogo é impossível fazer política sem haver corrupção, as campanhas são milionárias e o mercado está viciado, todo mundo quer dinheiro e muito dinheiro. É natural saber que o político não vai fazer doação de campanha em vão. Depois que eu estava em campanha eu fui descobrindo que existe o caixa 2 e faz com que os políticos apliquem na campanha e parte em sua conta pessoal. Tanto que quase todo político é rico. Aliás, uma coisa que eu falei, eu era a candidata mais rica para senado, meu patrimônio era maior que os companheiros que disputaram comigo, que são políticos há muito tempo. De onde vem esse dinheiro? Vem do caixa 2 das empresas. Como é que pode 300 milhões numa campanha para a presidente Dilma? Será possível que essa quantia seja retirada de empresas assim, de uma hora para outra? Isso tinha conivência das autoridades”, completou Eliana.

CONTINUE LENDO

Oportunidade: Vende-se terrenos nas proximidades da Fazenda Lamarão em Brumado

  • 18 Abr 2017
  • 15:40h

Ter um sítio para passar os finais de semana e descansar da correria da cidade é o sonho de muitas pessoas, então, você que sempre sonhou em possuir um terreno com ótima localização para construir o seu recanto de lazer e descanso, chegou a hora, oportunidade única. A propriedade além de ser bem localizada, possui uma área de 1000 metros quadrados, água encanada, energia elétrica e uma vista de tirar o fôlego. Entre em contato agora mesmo com o proprietário através do telefone (77) 9-9997-9314 e adquira o seu lote.

Guajeru é contemplado com quadra esportiva, equipamentos para a agricultura familiar e abastecimento de água e luz

  • Joana D'Arck | Assessoria Parlamentar
  • 18 Abr 2017
  • 15:06h

(Foto: Divulgação)

A assinatura de ordem de serviço para a construção de quadra poliesportiva, feita pelo presidente da Superintendência de Desportos (Sudesb), Elias Dourado, foi o primeiro compromisso da extensa agenda da comitiva de Guajeru, nesta segunda-feira (17), em visita a órgãos e secretarias do Governo do Estado para defender melhorias para o município. O grupo liderado pelo prefeito Gil Rocha esteve acompanhado dos deputados Waldenor Pereira (federal) e Zé Raimundo (estadual) e foi integrado pelo vice-prefeito, Jilvan Galego, a presidente e a primeira secretária da Câmara Municipal, vereadoras Eliene Rocha e Luslene Maciel, respectivamente, e os vereadores Manoel de Noca, Zé Carlos Rodrigues​ e Ney Costa. A quadra poliesportiva será construída com recursos no valor de R$ 235 mil 488, resultantes​ de emenda parlamentar do deputado Waldenor Pereira, que também está destinando outro montante para beneficiar a agricultura familiar local.  O parlamentar anunciou na visita seguinte à Sudesb, realizada na Companhia de Ação Regional (CAR), que está contemplando Guajerú com outras emendas para a aquisição de dois tratores agrícolas, um caminhão com carga seca, um caminhão frigorífico para a Cooperleite e 18 quilômetros de tubos e 350 caixas de 500 litros para abastecimento de água na zona rural. 

 

(Foto: Divulgação)

A comitiva também entregou ao presidente da CAR, Wilson Dias, solicitação de inclusão de comunidades rurais nos projetos de apoio e fomento à agricultura familiar. Durante as reuniões, o prefeito Gil Rocha destacou a importância do apoio dos mandatos de Waldenor e Zé Raimundo na defesa das demandas do município. “É com muita alegria que recebemos mais estes benefícios para a nossa população, graças ao apoio desses dois deputados e do governador Rui Costa”, agradeceu. A agenda constou ainda de visita à Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra), onde o grupo apresentou à coordenação do programa Luz Para Todos solicitação de novas ligações de luz elétrica na zona rural e de iluminação pública no acesso à sede do município. Para finalizar, a delegação guajeruense esteve com o secretário de Recursos Hídricos, Cássio Peixoto, solicitando a construção da adutora  do Truvisco e tratar da  elaboração do plano de saneamento básico, para o qual também foi contemplado com emenda parlamentar dos mandatos de Waldenor e Zé Raimundo. Requisitou também a dragagem do antigo reservatório dá Embasa que fornece água para a cidade, o que foi acatado pelo secretário.

CONTINUE LENDO

Brasil: Idosa é espancada por enfermeiro dentro de UTI de hospital

  • 18 Abr 2017
  • 14:16h

A idosa de 78 anos foi espancada por enfermeiro dentro de UTI de hospital de São Paulo, na madrugada de domingo (16) (Foto: Reprodução/TV Globo)

Uma idosa de 78 anos, a Thereza Aparecida, foi agredida dentro da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo por um enfermeiro que trabalhava no local, na madrugada de domingo (16). O funcionário suspeito do crime já foi afastado, segundo informou o hospital. A agressão correu durante o período de recuperação pós cirúrgico da senhora de idade, que, na semana anterior, havia sido submetida à uma cirurgia vascular. De acordo com informações do "G1", o enfermeiro trabalha no hospital há 27 anos e, segundo a direção do hospital, nunca havia ocorrido qualquer reclamação a seu respeito. A senhora foi encontrada pelos filhos com rosto, olho e queixo cobertos de hematomas roxos. "Ele me xingou de tudo quanto foi nome e foi me batendo, e bateu até cansar", disse Thereza Aparecida em um vídeo gravado por um dos filhos.

"Minha mãe realmente foi espancada. Ver minha mãe com olho roxo, o rosto roxo, o queixo roxo, impossibilitada de se defender, uma senhora de 78 anos, é inadmissível isso", disse Hedilaine Aparecida Garcia, filha da vítima. "Foram puxões de cabelo, tapa na cara", completou Hedilaine conforme relatos da mãe. Quando ouvido, o superintendente do Hospital do Servidor Público Municipal, Antonio Célio Camargo Moreno, descreveu o crime como uma "agressão desagradável". "Ele entrou e começou a ter alguma eventual discussão, alguma coisa, e acabou tendo uma agressão desagradável", disse ele. "Aparentemente foi algum tapa no rosto pelo que a gente está vendo na foto", completou o superintendente. Segundo a família da idosa, no entanto, não foi apenas um tapa, mas várias agressões durante a madrugada. O nome do funcionário não foi divulgado, mas, segundo afirmou o superintendente, ele já está afastado, e uma sindicância para apurar a agressão foi aberta. O enfermeiro ainda será ouvido De acordo com o "G1", a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal da Saúde informou em nota que "na manhã deste domingo, após a troca do plantão, o médico constatou um hematoma no rosto da paciente Thereza de Jesus Garcia, internada na UTI da unidade". "Questionada, a própria paciente relatou que foi agredida por um dos enfermeiros do plantão noturno. Diante da situação a unidade identificou e afastou imediatamente o funcionário", completa a nota divulgada, que acrescenta que, em seguida, comunicou a família da paciente e então abriu a sindicância administrativa para apurar o fato. "Caso comprovada a agressão, serão tomadas as medidas cabíveis, como advertência, suspensão ou até mesmo exoneração do funcionário. Por fim, informamos também que a unidade está elaborando um relatório para notificar o Conselho Regional de Enfermagem (Coren SP) sobre o ocorrido". Antes de ser liberada para ir para casa, Thereza precisa se recuperar da cirurgia e, agora, das agressões. Mas os filhos da vítima temem deixá-la sozinha no local. "Ela ficou com medo do dormir à noite, achando que ele (o agressor) ia voltar para matar", disse Hedilaine. A idosa ainda não tem previsão de receber alta médica.

CONTINUE LENDO

Operação Estados identifica suspeitos de acumular cargos públicos na Bahia

  • 18 Abr 2017
  • 13:27h

(Foto: Reprodução)

Na Bahia, 17 servidores estaduais são suspeitos de acumular cargos públicos no estado de Minas Gerais. Os casos foram identificados e divulgados nesta terça-feira (18) pela Procuradoria-Geral do Estado (PGE), que realizou a Operação Estados, em conjunto com a Secretaria da Fazenda de Minas Gerais. Em um dos casos, um agente penitenciário lotado em Salvador acumula um cargo de investigador de polícia no município de Águas Vermelhas, Minas Gerais. A identificação levou o Estado a investigar outros casos considerados suspeitos já que, pela legislação, o acúmulo de funções no setor público não é permitido. Outra questão considerada pela Corregedoria é a distância entre as cidades, superior a 700 quilômetros, o que inviabiliza o servidor de cumprir a jornada dupla de trabalho, devido ao tempo de deslocamento entre os locais. 

Além do caso do agente penitenciário, foram identificados professores, policiais e analistas universitários com carreira em mais de um órgão público. Segundo o Corregedor-Geral da Bahia, Luís Henrique Brandão, o acúmulo de cargos públicos é permitido somente para profissionais da área de saúde e professores, quando há compatibilidade de carga horária entre os dois empregos. Neste caso, são considerados critérios como o total de horas semanais nos dois vínculos empregatícios, a distância entre os locais de trabalho e os intervalos para descanso e refeições do servidor. Do total de 17 suspeitos, cinco já se enquadram como ilegais a partir desses critérios. Os outros 12 terão sindicância aberta para investigação. “Estamos encaminhando as providências para a instalação de processo administrativo disciplinar nos cinco casos confirmados. Os demais são casos de professores com vínculo na Bahia e em Minas Gerais, o que ainda precisa ser investigado em relação ao cumprimento de cargas horárias", disse o corregedor.

CONTINUE LENDO

Ministros da lista de Fachin não sinalizam interesse em sair do governo Temer

  • 18 Abr 2017
  • 12:44h

(Foto: Reprodução)

Os ministros do governo Michel Temer citados nas delações da Odebrecht não sinalizaram interesse em deixar seus cargos. Eliseu Padilha (Casa Civil), Moreira Franco (Secretaria-Geral), Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia e Comunicações), Bruno Araújo (Cidades), Aloysio Nunes (Relações Exteriores), Marcos Pereira (Indústria e Comércio), Blairo Maggi (Agricultura) e Helder Barbalho (Integração) foram alvos da lista de inquérito do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, por conta das delações. De acordo com o blog do Camarotti, no G1, os ministros não têm interesse em sair do governo e Temer não deverá demitir nenhum auxiliar. A avaliação é que se algum deles for retirado do cargo, o gesto abrirá procedentes para os demais. A situação é encarada como um problema para o governo, que teria que lidar com as trocas de ministros em um momento de trabalho para aprovação de reformas no Congresso. 

Governo aceita reduzir período de contribuição para mulheres na previdência

  • Correio 24h
  • 18 Abr 2017
  • 11:54h

(Foto: Reprodução)

Mais de quatro meses após a apresentação da proposta de reforma da Previdência pelo governo federal, o relator do projeto na Câmara, deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), deve apresentar nesta terça-feira (18) seu texto com mudanças que o tornam bem distante da versão original. As alterações mais recentes foram a redução da idade mínima para a aposentadoria das mulheres, a inclusão de uma regra de transição para políticos e a exigência de uma idade mínima para que servidores públicos que ingressaram até 2003 tenham direito ao benefício integral. O maior impasse gira em torno da idade mínima para aposentadoria das mulheres. A bancada feminina na Câmara insistiu em reduzir de 65 anos para 62 anos ou 63 anos. Elas não aceitaram a ideia do presidente Michel Temer de reduzir o tempo mínimo de contribuição de 25 anos para 23 anos.  Oliveira Maia resolveu ceder e consentiu em reduzir a idade mínima delas no texto final. A expectativa do relator é sair do café da manhã marcado para esta terça com o presidente Michel Temer e deputados da base no Palácio do Alvorada com a definição entre 62 anos ou 63 anos. "Acho que é muito grande a chance de mudar a idade da mulher".

Outras alterações já estão claras. A transição para as novas regras de aposentadoria será escalonada; serão mudadas as regras para acesso ao Benefício de Prestação Continuada (BPC), destinado aos mais pobres, e para a aposentadoria rural; as pensões também terão regras diferentes das do projeto original, assim como as aposentadorias especiais para policiais e professores. O relator também deve mudar a regra de cálculo do benefício, reduzindo de 49 anos para 40 anos o tempo necessário para se obter o valor integral. Nos últimos dias, as movimentações de parlamentares para flexibilizar ainda mais o projeto foram intensas, enquanto a equipe econômica tentava barrar ideias que desidratassem demais a proposta. Mesmo assim, mudanças de última hora não podem ser descartadas. Há até mesmo a possibilidade de adiamento do relatório, pelas dificuldades de Maia em fechar o texto do parecer. A mais significativa das mudanças é a da regra de transição, que passou a prever pedágio menor, de 30%, sobre o tempo que falta de contribuição e a exigência de uma idade mínima. Essa idade mínima sobe ao longo da transição e tem escalas diferentes para trabalhadores vinculados ao INSS, servidores públicos e categorias especiais (professores e policiais). O relator ainda decidiu incluir os políticos com mandato atual na regra de transição. A ideia é seguir os mesmos moldes da transição para os servidores públicos, com pedágio de 30% sobre o tempo restante de contribuição e a previsão de uma idade mínima, que passará dos atuais 60 anos para os 65 anos ao longo de uma década. Segundo interlocutores, o relator quer mostrar que os políticos atuais não estarão livres de seguir regras mais duras. Na proposta original do governo, a definição da transição para a classe foi delegada a eles próprios, e não havia prazo determinado para que a formulação do modelo fosse concluída - até lá, continuariam seguindo as regras atuais de aposentadoria: idade mínima de 60 anos e tempo de contribuição de 35 anos. Esse ponto, no entanto, passou a ser muito criticado por economistas, que viram omissão do governo Temer na hora de apertar as regras para políticos, como mostrou o Estado. O governo também apertou as regras de aposentadorias dos servidores públicos federais. A integralidade da aposentadoria e a paridade (garantia de reajuste igual ao dos servidores da ativa) para servidores que ingressaram no funcionalismo antes de 2003 só devem valer para quem esperar a idade mínima de 65 anos. No caso de policiais, a idade cai para 60 anos. Pelas regras atuais, todos os servidores que entraram antes de 2003 têm direito à integralidade e paridade.

CONTINUE LENDO

Bahia: Homem cravou chave de fenda em bebê após suspeitar de roubo de R$ 600

  • Correio 24h
  • 18 Abr 2017
  • 11:09h

Claudinor atacou a menina enquanto ela dormia no quarto da casa onde morava Foto: Divulgação/Polícia Civil

Enquanto uma menina de 1 ano dormia dentro de casa no bairro de Itinga, em Lauro de Freitas, Claudionor Alves da Silva, 51 anos, que é companheiro da avó da garotinha, pegou uma chave de fenda e enfiou no peito da menina, que teve o tórax perfurado. A delegada Elaine Laranjeiras, de Itinga, afirmou ao CORREIO que Claudionor confessou que praticou a tentativa de homicídio porque tinha "perdido a cabeça" ao suspeitar de um roubo. A agressão aconteceu às 17h de segunda-feira (17) dentro da casa da família no Loteamento Vila Pedrita, em Itinga. Claudiodor foi preso minutos depois do crime.  "Em depoimento ele disse que perdeu a cabeça porque as pessoas da família estavam roubando ele. A menina estava dormindo quando ele pegou a chave de fenda e agrediu a criança. Quando o tio da menina passou pelo quarto ouviu o choro da criança e viu que ela estava com uma chave de fenda no peito. 

Ele correu para dar socorro e levou ela para a UPA de Itinga", explica a delegada. Depois de ser atendida na UPA de Itinga, a menina foi levada para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, onde está internada até o momento. O estado de saúde do bebê não foi divulgado.  A delegada conta que os familiares ouvidos na unidade policial revelaram que Claudionor achava que a mãe da menina tinha roubado R$ 600 dele. "Ele disse que ficou irritado e achou que as pessoas estavam roubando ele e, por conta disso, acabou agredindo a criança", relatou a delegada que afirmou estar chocada com a história. "Sempre acompanhamos casos de violência, mas ver uma pessoa dizer que agrediu uma criança desse jeito é chocante". Claudionor, a avó da criança, a mãe e o tio de manina moravam na mesma casa.  Depois de tentar matar a menina, Claudionor - que disse na delegacia que sobrevive fazendo bicos - foi espancado por vizinhos e familiares que o seguraram em casa até a chegada da polícia. "Ele afirmou várias vezes que só ele colocava dinheiro em casa, que estava agoniado e pensava até em se matar", destacou a delegada. Claudionor foi autuado por tentativa de homicídio. Ele foi levado, na manhã desta terça-feira (18), para audiência de custódia no fórum de Lauro de Freitas. 

CONTINUE LENDO

Universidades estaduais paralisam atividades nesta terça-feira (18)

  • Tribuna da Bahia
  • 18 Abr 2017
  • 10:26h

(Foto: Reprodução)

Nesta terça-feira (18), as universidades estaduais – Uneb, Uefs e Uesc – vão paralisar as atividades. De acordo com a Associação dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia (Aduneb), a pauta de reivindicação inclui melhoria salarial para docentes e funcionários, além da garantia dos direitos trabalhistas. O movimento reivindica um aumento salarial de 30,5% e o repasse de 7% da Receita Líquida de Impostos para as universidades estaduais. O percentual, que atualmente chega a cerca de 5%, é um pleito antigo que se arrasta desde 2012, segundo a Aduneb.

Seminário da Comissão Especial da Câmara Federal reúne agentes comunitários de saúde e endemias

  • Joana D'Arck | Assessoria Parlamentar
  • 18 Abr 2017
  • 09:45h

(Foto: Divulgação)

Ao participar do Seminário Estadual para analisar o Projeto de Lei nº 6.437/2016, que dispõe sobre as atribuições dos Agentes Comunitário de Saúde e de Endemias,os deputados Waldenor Pereira (federal) e Zé Raimundo (estadual) reafirmaram o apoio às categorias. O evento foi realizado hoje (17), em Salvador, pela Comissão Especial da Câmara Federal, quando agentes comunitários de saúde dos diversos municípios do estado lotaram o auditório da Assembleia Legislativa da Bahia. Assim como ocorreu em Salvador, o PL nº 6.437/2016 está sendo debatido em todo o país, com a realização de seminários em todas as capitais brasileiras. 

(Foto: Divulgação)

Membro da Comissão Especial da Câmara Federal sobre este PL, que atualiza as atribuições dos agentes comunitários de saúde e agentes de endemias, Waldenor reafirmou o apoio à luta das categorias e aproveitou a grande plateia para protestar contra o golpe parlamentar-institucional no Brasil, que completa um ano neste 17 de abril e que resultou na cassação do mandato da presidente Dilma Roussef. “Não poderíamos deixar de protestar neste dia contra o golpe que destituiu uma presidenta honesta, contra a qual não se comprovou qualquer crime ou desvio de recursos”, disse. O deputado Zé Raimundo lembrou que apoia a categoria desde a sua gestão como prefeito de Vitória Conquista ( no período de 2002 a 2008), quando regulamentou a profissão dos agentes no município. “Sem vocês não teremos um SUS (Sistema Único de Saúde) democrático e eficiente”, destacou o parlamentar. Os agentes no município. “Sem vocês não teremos um SUS (Sistema Único de Saúde) democrático e eficiente”, destacou o parlamentar. 

CONTINUE LENDO

Brumado: Kezinha Produções realiza Páscoa Solidária no Brisas IV

  • 18 Abr 2017
  • 08:55h

Páscoa ou Domingo da Ressurreição é uma festividade religiosa e um dia que celebra a ressurreição de Jesus ocorrida três dias depois da sua crucificação no Calvário, conforme o relato do Novo Testamento. É a principal celebração do ano litúrgico cristão e também a mais antiga e importante festa cristã , dia de solidariedade. Neste ultimo domingo (16) KEZINHA PRODUÇÕES se empenhou para arrecadar doações com amigos e  voluntários e realizou um linda festa de Páscoa para as crianças e famílias no conjunto habitacional Brisas 4 em Brumado, o evento iniciou as 10 h da manhã e durou até o final da tarde ,onde foi montada uma estrutura com parquinho infantil , cobertura com toldos , acomodações com mesas e cadeiras. Foi servido refrigerantes , algodão doce ,o tradicional almoço (um delicioso caruru ) ,além do kit páscoa com chocolates, brinquedos e doces. Uma equipe de animadores caracterizados de coelhinhos da páscoa encantaram as crianças com brincadeiras e pinturas artísticas . O evento Páscoa Solidária. atingiu uma grande meta que reuniu cerca de 250 crianças do bairro. 

A ação teve como principal objetivo proporcionar um momento de alegria e partilha para as crianças e seus familiares na qual muito deles são bem carentes e não conhecem o verdadeiro significado da páscoa. “O principal objetivo da campanha é fazer com que essas crianças se integrem à  sociedade e não fiquem isoladas nas suas comunidades . Na Páscoa existe um sentimento de renovação e esperamos que essas crianças tenham um novo horizonte”, declarou o organizador do evento Kezinha Produções , que teve a iniciativa e contou com o apoio de pessoas solidárias.“Qualquer atividade social é muito importante para proporcionar momentos de alegria”. Na oportunidade Kezinha agradece o apoio de cada pessoa que contribuiu com esta ação “Me sinto realizado em poder dar uma esperança de dias melhores para essas crianças, e vê-las feliz é uma grande alegria”, revelou.

CONTINUE LENDO

Planalto: 'Nem consigo andar', diz vítima de queda de arquibancada

  • 18 Abr 2017
  • 08:11h

Minha coluna está doendo muito. Eu nem consigo andar”. Esse é o relato da dona de casa Maria Ilda Oliveira, uma das 54 pessoas que ficaram feridas após uma arquibancada desabar durante uma tourada no distrito de Geribá, na cidade de Planalto, sudoeste da Bahia, na noite de domingo (16). Imagens feitas com um celular registraram o momento em que a arquibancada desabou. É possível notar o susto do público e, logo depois, a correria. A estrutura é bem simples. Os responsáveis pelo evento não quiseram falar sobre o assunto, mas informaram que, ao menos, 300 pessoas estavam na tourada. A prefeitura de Planalto informou que o evento não tinha autorização para ser realizado. Do total de feridos, seis vítimas, entre elas Maria Ilda, continuam internadas no Hospital de Planalto e outras 12 foram transferidas para o Hospital Geral de Vitória da Conquista, na região sudoeste, e para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na mesma cidade. 

Os casos mais graves são de três pessoas com fraturas expostas, mas, ninguém corre risco de morrer. Maria Ilda estava no local com o marido, o lavrador José Pereira. Ele teve ferimentos leves e já recebeu alta. Assim como a dona de casa, José Cruz também estava no evento e ficou ferido. Ele continua internado. O homem estava na arquibancada e disse que ouviu um barulho antes da queda da estrutura. “Estava na arquibancada, lá em cima, e depois o ferro [da estrutura] subiu. Quando o ferro subiu, desabou tudinho”, relatou. No local onde estava sendo realizado a tourada foi possível notar que apenas uma parte da arquibancada ficou de pé -- a outra parte desabou completamente. A estrutura foi erguida com madeira e ferro. O entulho da arquibancada foi retirado nesta segunda-feira (17), por pessoas que trabalham na tourada. A Polícia Civil informou que vai fazer uma perícia no local do acidente para apontar as causas e reponsabilidades.

CONTINUE LENDO

Comercial Vitória: Hoje é dia de frutas e verduras fresquinhas

  • 18 Abr 2017
  • 07:04h

Toda terça-feira é dia de você comprar frutas e verduras fresquinhas no Comercial Vitória. São frutas e verduras selecionadas e trazidas direto dos melhores produtores da região. Além de contar com produtos das melhores marcas, aqui no comercial Vitória seu carrinho de compras sai mais cheio, pois, aqui você economiza muito mais. Então corra e aproveite, por que toda semana temos produtos em promoção! O Comercial Vitória está localizado a Rua Antônio Francisco da Silva, 93, Bairro do Tanque, fone: 3441-1414.