Gêmeas siamesas nascidas na Bahia passam por cirurgia de separação em Goiânia

  • 13 Jan 2016
  • 14:34h

Foto: Reprodução / TV Anhanguera

As gêmeas siamesas Júlia e Fernanda, nascidas em Itamaraju, extremo sul da Bahia, passam por uma cirurgia de separação na manhã desta quarta-feira (13) em um hospital de Goiânia. As crianças nasceram unidas pelo abdome e pelo tórax, e compartilham o fígado e uma membrana do coração. De acordo com o G1, a assessoria do Hospital Materno Infantil (HMI) informou que a operação começou às 9h15 no horário local. Cerca de 15 profissionais participarão do procedimento e a expectativa é que a cirurgia dure pelo menos oito horas. Ainda segundo o G1, Valdenir Neves e Lindalva Nascimento de Jesus, pai e mãe das crianças, saíram de Itamaraju para Goiânia em agosto do ano passado com o objetivo de conseguir a cirurgia.

Site do Sisu volta a funcionar após manutenção

  • 13 Jan 2016
  • 13:51h

(Foto: Divulgação)

O site do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ficou fora por cerca de uma hora na manhã desta quarta-feira, 13. O portal voltou a funcionar por volta das 12h50. Na página, o Ministério da Educação informava: "sistema em manutenção". Nesta quarta, terceiro dia do período de inscrições para o sistema, os candidatos enfrentaram, desde o meio da manhã, alguma dificuldade para acessar a página e consultar a nota de corte para os cursos selecionados. 

Entenda a diferença entre exercício físico e atividade física

  • por Vítor Cotrim
  • 13 Jan 2016
  • 13:14h

Foto: Laércio de Morais I Brumado Urgente

É considerado  atividade física qualquer movimento corporal onde se utiliza músculos e é usado mais energia do que em repouso, a atividade física pode ser classificada basicamente em cinco pontos.

1- Descanso, higiene, sono, refeições

2- trabalho

3- tarefas domésticas

4- lazer e tempo livre

5- atividades esportivas

O exercício físico é toda atividade planejada, estruturada, repetitiva e voltada para melhorar  o condicionamento físico.

Portanto não devemos confundir atividade física com exercício físico apesar de o exercício físico ser considerado como atividade física.

Para melhores resultados nos exercícios físicos procure sempre por orientação do professor de Educação Física.   

Conselho de Medicina publica novas regras para cirurgia bariátrica

  • 13 Jan 2016
  • 12:26h

(Foto: Reprodução)

O Conselho Federal de Medicina (CFM) publicou no Diário Oficial da União (DOU) resolução com mudanças nas regras para tratamento da obesidade mórbida por meio da cirurgia bariátrica. O novo texto indica o procedimento para pacientes com Índice de Massa Corporal (IMC) maior que 35kg/m?, e não mais acima de 40kg/m?, e para pacientes com IMC maior que 35kg/m? que também sejam portadores de comorbidades, doenças agravadas pelo sobrepeso e que melhoram quando a obesidade é tratada de forma eficaz. A nova resolução do CFM aponta 21 doenças associadas à obesidade que podem levar a uma indicação da cirurgia, dentre elas depressão, disfunção erétil, hérnias discais, asma grave não controlada, diabetes, hipertensão, ovários policísticos. As regras alteram o anexo da Resolução CFM 1.942/2010, que trazia como indicações para a cirurgia IMC acima de 40kg/m? ou IMC acima de 35kg/m?, desde que portadores de comorbidades "tais como diabetes tipo 2, apneia do sono, hipertensão arterial, dislipidemia, doença coronariana, osteo-artrites e outras". A resolução publicada hoje amplia o rol dessas doenças. O texto também faz mudanças relacionadas à idade mínima para a cirurgia. De modo geral, o procedimento é voltado para maiores de 18 anos. Antes, jovens entre 16 e 18 poderiam fazer a cirurgia, caso o risco-benefício fosse bem analisado. Agora, de acordo com o CFM, além dessa análise e outras regras anteriores, devem ser observadas novas exigências, como a presença de um pediatra na equipe multiprofissional e a consolidação das cartilagens das epífises de crescimento dos punhos. Para menores de 16 anos, a bariátrica só será permitida em caráter experimental e dentro dos protocolos do sistema Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CEP/Conep). Pacientes com mais de 65 anos poderão fazer a cirurgia desde que respeitadas as condições gerais descritas na resolução e após avaliação do risco-benefício.

Previsto para 2015, novo aeroporto de Vitória da Conquista está com obras paradas

  • 13 Jan 2016
  • 11:32h

Foto: Reprodução / Blog do Anderson

O novo aeroporto de Vitória da Conquista seria inaugurado em 2015, apontavam as previsões. Entretanto, 2016 chegou e o que se vê não são aviões aterrissando e levantando voo do local onde deveria ser o aeroporto, mas obras paradas. De acordo com o Blog do Anderson, a construção da primeira etapa do projeto está avançada, mas ainda não previsão para a retomada das obras. Em entrevista ao Tribuna da Bahia, o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, afirmou que o processo de licitação será publicado, mas também não arriscou prazo para isto. “Estamos concluindo a parte de pista do aeroporto de Vitória da Conquista e devemos lançar o edital de licitação para o terminal de passageiros em breve”, explicou. O novo aeroporto da cidade está sendo construído em área de 6 milhões de metros quadrados. O orçamento da primeira fase foi de R$ 60,3 milhões. O governo federal já destinou R$ 20 milhões para a segunda. 

Imagem do Dia: Equinos atravessando pista da BA-142

  • Brumado Urgente
  • 13 Jan 2016
  • 10:45h

Os animais transitavam livremente e atravessavam a rodovia em momento de fluxo de veículos movimentado (Foto: Daniel Simurro | Brumado Urgente)

Comprovadamente, o período de férias tem um número muito maior de registros de acidentes nas estradas da região, resultado do aumento do fluxo de veículos, principalmente os que são oriundos do Distrito Federal e Goiás que se dirigem para o litoral baiano. A alta velocidade e a imprudência muitas vezes provocam fatalidades que acabam se tornando manchetes trágicas na mídia regional. Diante disso, a prudência deve ser redobrada, já que, além disso, existe o fato dos animais soltos na pista, que também são grandes causadores de acidentes. A reportagem do Brumado Urgente flagrou na manhã desta quarta-feira (13) um trio de equinos, provavelmente macho, fêmea e filhote, atravessando tranquilamente a pista da BA-142, nas proximidades do anel viário que faz a interligação com a BR-030. Esse tipo de registro ainda é muito comum, ficando aqui o alerta para os motoristas mais desavisados desse risco. Apesar dos esforços feitos pela Polícia Rodoviária Estadual no sentido de retirar os animais das pistas, os proprietários se mostram ainda muito irresponsáveis, pois vidas humanas podem ser ceifadas em acidentes, mas mesmo assim, eles colocam os animais soltos nos acostamentos das rodovias para os mesmos irem em busca de alimento. 

Região Sudoeste: Adab apreende mais de 300 kg de carne em Urandi

  • 13 Jan 2016
  • 10:27h

Foto: Reprodução/ Blog da Resenha Geral

A Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) apreendeu 320 kg de carne in natura, durante uma fiscalização móvel realizada na BR 122, no município de Urandi. Os bovinos foram abatidos clandestinamente e a estavam sendo transportados em dois veículos para serem comercializados no mercado municipal de Urandi. A carga apreendida foi levada para o aterro sanitário de Guanambi. Com informações Ascom/ADAB. (Blog da Resenha Geral).

Sisu 2016: segunda nota de corte pode ser consultada por candidatos

  • 13 Jan 2016
  • 09:33h

(Foto: Reprodução)

As segundas notas de corte para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) de 2016 foram divulgadas nesta quarta (13) e já podem ser consultadas pelos estudantes no portal de inscrições. Elas representam a menor nota para o candidato ficar entre os potencialmente selecionados para as 228 mil vagas em 131 instituições públicas de educação superior. Ontem, o Ministério da Educação já havia divulgado, pela manhã, as primeiras notas de corte dos cursos. Hoje, elas foram atualizadas de acordo com a procura dos candidatos nas últimas 24 horas. Na quinta (14), a partir das 9 horas, serão reformuladas e reproduzidas pela última vez no portal. Aqueles que buscam uma vaga devem se inscrever até as 23h59 (horário de Brasília) de quinta-feira (14).

 

Monitorar o sistema pode ajudar o estudante a aumentar suas chances de aprovação. Como o Sisu funciona de forma dinâmica, é possível mudar a inscrição quantas vezes for necessário até o prazo final. Se a nota de corte estiver muito acima da pontuação obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a melhor saída é escolher outro curso e/ou instituição com nota mínima mais baixa. Para participar do processo seletivo, o candidato deve ter feito o Enem em 2015. As notas foram divulgadas na última sexta (8).

Aplicativo do Sisu
Neste ano, o MEC lançou um aplicativo para os sistemas Android, Windows e IOS. A ferramenta é voltada apenas para consulta de informações do programa, já que a inscrição é realizada exclusivamente no endereço eletrônico sisu.mec.gov.br. O aplicativo, gratuito, oferece consultas a vagas disponíveis e uma calculadora eletrônica, que permite simular a classificação parcial. Ele também oferece uma agenda para datas de inscrição até a convocação da lista de espera.Para disputar as vagas, além de ter feito a edição 2015 do Enem, os candidatos devem ter obtido nota na prova de redação que não seja zero. O Sisu é um sistema eletrônico gerenciado pelo MEC que seleciona os alunos de acordo com o desempenho no Enem. O estudante pode se inscrever em até duas opções de vagas, por ordem de preferência. Ao fazer sua inscrição, o candidato ainda precisa apontar se deseja concorrer às vagas de ampla concorrência, às vagas reservadas para Lei de Cotas ou às destinadas às demais políticas afirmativas da instituição selecionada. Durante o período de inscrição, é possível verificar a nota de corte de cada curso e mudar a candidatura, otimizando as chances de aprovação.

CONTINUE LENDO

OAB entrega selo de qualidade a nove cursos de direito na Bahia; Uneb está na lista

  • 13 Jan 2016
  • 08:44h

(Foto: Divulgação)

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) vai entregar nesta quarta-feira (13) um selo de qualidade aos cursos de direito que são recomendados pela entidade. Dos 139 cursos contemplados no Brasil, nove estão na Bahia. Em Salvador, integram a publicação a Universidade do Estado da Bahia (Uneb), a Faculdade Baiana de Direito e Gestão, a Universidade Federal da Bahia (Ufba) e a Universidade Salvador - Unifacs. No interior foram recomendados os cursos da Uneb de Juazeiro, da Faculdade Nobre de Feira de Santana (FAN), da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb). Os 139 cursos recomendados em todo o país, representa aproximadamente 10% dos mais de 1.300 que existem no Brasil. O selo de qualidade é atualizado a cada três anos e tem como critérios de avaliação os índices de aprovação no Exame de Ordem Unificado e de aprovação no Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes). “O Selo de Qualidade OAB Recomenda é uma forma de estimular a qualidade do ensino jurídico do Brasil, um convite a que as demais faculdades possam também ingressar nesse seleto time de bons índices de aprovações nos exames", explica o presidente nacional da Ordem, Marcus Vinicius Furtado Coêlho.

Moradores da Pompeia felizes agradecem a Catoze pela conquista do Sistema de Abastecimento

  • Daniel Simurro | Brumado Urgente
  • 13 Jan 2016
  • 08:11h

O presidente da Associação dos Moradores, Hernane Gomes com sua família agradecendo ao vereador Catoze pela conquista (Foto: Daniel Simurro | Brumado Urgente)

“Um sonho de 30 anos que se tornou realidade pela luta incansável do vereador Catoze ”, foi dessa forma que os moradores da Pompeia definiram a grande conquista do sistema de abastecimento para a comunidade, o qual já está possibilitando que a água tratada da Embasa possa estar caindo nas torneiras de cerca de 250 residências, ou seja, mais de 1.000 pessoas beneficiadas com essa ação. Após 3 anos de idas e vindas a Embasa de Vitória da Conquista e Salvador, o vereador Catoze fez questão de visitar a comunidade neste último final de semana para comemorar junto com todos a instalação do sistema de abastecimento. Acompanhado do seu assessor parlamentar Aurino Anjos, Catoze foi primeiramente à casa do presidente da Associação dos Moradores da Pompeia, Hernane Gomes, o qual, juntamente com toda a sua família agradeceu a Catoze, não escondendo a felicidade por ver cair a água tratada da Embasa em sua residência. Em seguida foram visitadas outras famílias que também expressaram a sua gratidão a Catoze. Destacando os depoimentos do motorista Carlos Viera, de Dona Miúda, de 84 anos, uma das moradores mais antigas da comunidade e de Dona Dezinha, que eufórica abraçou o vereador, agradecendo pela realização do sonho. Catoze fez questão de citar que “eu não posso deixar de agradecer o apoio imprescindível do deputado federal Waldenor Pereira, que sempre esteve ao nosso lado nessa luta” e ainda lembrou que “o companheiro Edmundo, como também o gerente regional da Embasa, Dr. Olímpio, também merecem a nosso reconhecimento por essa conquista”. Catoze afirmou que “vamos continuar buscando benefícios para a região que ainda tem outras demandas. Estamos satisfeitos, já que, após ter conquistado a energia para essas comunidades, agora podemos presenciar o precioso líquido caindo nas torneiras das casas, realizando um sonho de mais de 30 anos”. Confira imagens da visita e do agradecimento da comunidade: 


Bahia registra 84 novos casos de microcefalia em uma semana e vai para 450 ocorrências

  • 13 Jan 2016
  • 07:42h

(Foto: Reprodução)

Em apenas uma semana, a Bahia notificou 84 novos casos de bebês com microcefalia. Agora, o Estado reúne 450 registros em 83 municípios, de acordo com boletim divulgado pela pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia nesta terça-feira (12). No primeiro boletim de 2016, do dia 5 de janeiro, em todo o estado havia 366 casos suspeitos da condição neurológica. No final do ano passado a Sesab ajustou a definição de caso suspeito de microcefalia, quando o bebê nasce com perímetro cefálico menor ou igual a 32 centímetros. Antes o perímetro considerado era de 33 cm.  Segundo a Sesab, o primeiro caso foi registrado entre os dias 4 e 10 de outubro do ano passado. De lá para cá, o número de notificações vem aumentando, principalmente depois do dia 15 de novembro de 2015. Dos casos de microcefalia, 220 (48,9%) crianças apresentaram perímetro cefálico de 32 cm, 89 (19,8%) entre a 31,5 a 30,5 cm, e 141 (31,3%) com o perímetro igual ou menor que 30 cm. O menor notificado até hoje foi de 22 cm. De acordo com o boletim, 121 mães (26,9%) referiram ter tido Zika durante a gestação. Dessas, 68 informaram que a doença ocorreu no primeiro trimestre, 32 no segundo trimestre, nove no terceiro trimestre e 12 não lembravam ou não souberam precisar o trimestre. Durante a gestação, 207 (46%) não apresentaram a doença e 122 (27,1%) não souberam dizer. Das notificações recebidas pela Sesab, 74 mães (17%) tiveram o diagnóstico intraútero. As outras 375 (83,3%) ficaram sabendo da condição após o nascimento do bebê e uma mãe (0,2%), não tem essa informação.

MEC diz que nas universidades federais 50,6% dos alunos são de escolas públicas

  • 13 Jan 2016
  • 07:01h

(Foto: Reprodução)

O ensino público federal oferece metade das vagas para estudantes de escolas públicas, segundo dados do Ministério da Educação (MEC). De acordo com a Agência Brasil, a reserva está estipulada na Lei de Cotas - nº 12.711/2012. De acordo com o ministério, apesar do prazo para atingir a porcentagem terminar no segundo semestre deste ano, a maioria das universidades e dos institutos federais já atingiu, individualmente, a reserva de metade das vagas para esses estudantes. “A maioria das instituições já cumpre a lei e as demais terão todas cumprido até o segundo semestre de 2016, prazo que estipula a lei”, diz o ministro da Educação, Aloizio Mercadante. Os dados gerais nacionais mostram que, nas universidades federais, 50,6% dos estudantes são de escolas públicas.

 Nos institutos federais, esse percentual é 50,5%. O MEC divulgou, também, que nesta edição do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), 42,9% das vagas são reservadas para a Lei de Cotas. Outras 7,4% são para ações afirmativas das próprias instituições. O Sisu oferece aos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) vagas no ensino superior público. Participam 131 instituições, entre universidades e institutos federais. Quanto ao desempenho dos estudantes, o MEC diz que está recebendo pesquisas das universidades. Um estudo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Ufrn) mostra que mais estudantes cotistas (25,3%) atingem índice de eficiência acadêmica maior que 7 - mais alto considerado. Entre os estudantes de ampla concorrência, 24,4% superam o índice. “A universidade ganha porque passa a ser espaço mais diverso, deixa de ser de único grupo social ou etnia e acaba sendo mais plural”, explica o pró-reitor de graduação da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Penildon Silva Filho, integrante do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Graduação. Segundo ele, as pesquisas nas universidades sobre o desempenho dos estudantes cotistas são diversas e os resultados variam de acordo com a área do conhecimento. “Mas não é significativo, nem atrapalha a universidade”.

CONTINUE LENDO

Cachaça Assassina: Três agricultores morrem em Riacho de Santana após ingerirem a bebida

  • 13 Jan 2016
  • 06:50h

Polícia, que já coletou amostras da bebida, suspeita que a cachaça foi preparada com adição de etanol. (Foto: Google Earth)

Três agricultores morreram após beberem uma cachaça antes de irem para o trabalho na manhã desta terça-feira (12), em Riacho de Santana, no sertão da Bahia. Segundo a Polícia Civil local, João Uildo Barbosa Rodrigues, Vitor Barbosa Teodoro e Antonio Barbosa de Azevedo faleceram antes mesmo de o socorro chegar ao povoado de Barreiro do Bom Sucesso, zona rural da cidade. A escrivã da delegacia, Ione Rosa de Souza, informou que a perícia já esteve no local do ocorrido e coletou amostras da cachaça para análise. Ela disse ainda que as vítimas são da mesma família, mas não soube informar o grau de parentesco. A suspeita é que eles tenham consumido cachaça feita com etanol. Não se sabe ainda ao certo onde eles adquiriram o líquido. Os corpos das vítimas, segundo a escrivã, foram levados para o Instituto Médico Legal de Barreiras.

Mulheres sobrevivem a capotamento na BA-142, entre Tanhaçu e Ituaçu

  • Tanhaçu Urgente
  • 13 Jan 2016
  • 06:47h

Equipe do SAMU 192 esteve no local e prestou os primeiros socorros as duas ocupantes do veículo. (Foto: Tanhaçu Urgente)

No início da tarde desta terça-feira (12), um acidente foi registrado na BA-142, entre Tanhaçu e Ituaçu próximo a Itaguarana. Segundo informações passadas à reportagem, a condutora do veículo teria perdido o controle da direção, que saiu da pista e veio a capotar. A equipe do SAMU 192 esteve no local e prestou os primeiros socorros as duas ocupantes do veículo, que foram encaminhadas ao Hospital Municipal de Tanhaçu e felizmente não correm risco de morte.

Zika pode ter chegado ao Brasil na Copa de 2014

  • 12 Jan 2016
  • 19:33h

(Foto: Reprodução)

Transmitido também pelo Aedes aegypti, pode-se dizer que o Zika é um vírus “primo” da dengue, mas com consequências menores. Febre, dores no corpo e náuseas são alguns dos sintomas apresentados por esse vírus e os médicos têm dificuldade em diferenciá-lo da dengue ou do chikungunya. Hoje, porém, sabe-se que o zika vírus pode ter uma consequência grave em gestantes, por causar microcefalia no bebê. Segundo Carolina Cipriano, infectologista do Hospital Badim, no Rio de Janeiro, uma das hipóteses é que a zika tenha chegado ao Brasil durante a Copa do Mundo de 2014. A zika se manifesta com uma febre mais baixa do que a dengue, mas em muitos casos, além da dor no corpo comum, causa conjuntivite e irritação na pele. No entanto, ela não causa queda de plaquetas como na dengue, portanto não há risco de hemorragias.

 

Em tese, o paciente que contrair a zika poderia ser tratado com medicamentos comuns que são proibidos nos casos de dengue, como o caso do ácido acetilsalicílico (AAS). Os médicos, no entanto, não permitem, já que o exame que detecta qual tipo de vírus contaminou o doente só fica pronto em 12 dias, e até esse resultado sair não é possível saber se é dengue, chikungunya ou zika. Se o enfermo usar o AAS e não for zika, e sim dengue, o risco de complicações é muito alto, já que o remédio pode causar sangramentos. Logo, o AAS continua proibido em todos os casos. Os laboratórios comuns, no entanto, não têm infraestrutura para detectar a zika. Atualmente, segundo o infectologista do Hospital 9 de Julho, Antônio Pignatari, os exames são feitos nos laboratórios do Instituto Adolfo Lutz e Fiocruz.

De onde a zika veio

A zika foi relatada pela primeira vez na África, na floresta Zika, em Uganda - daí o nome. Os macacos rhesus estavam infectados, diz Pignatari. “Ele foi isolado na década de 40, e é muito parecido com o vírus da dengue”, conta. “Agora, podemos ter os três circulando no Brasil”. Em tese, quem é contaminado uma vez desenvolve imunidade contra o vírus. Pignatari faz uma ressalva: por ser um vírus ainda não muito estudado, não se sabe se há outras variações dele, o que dificultaria a fabricação de uma vacina e faria uma pessoa ser contaminada mais de uma vez.

CONTINUE LENDO