Sob pressão, MEC desiste de retorno das aulas em universidades

  • Redação
  • 02 Dez 2020
  • 15:47h

(Foto: Reprodução)

A portaria que fixa a data de 4 de janeiro para o retorno às aulas nas instituições federais será revogada. A mudança de rumo menos de 24 horas depois de publicada a adecisão foi confirmada pelo ministro da Educação, Milton Ribeiro, em entrevista à CNN Brasil. Nesta quarta-feira (2), a pasta ficou sob fogo cruzados de universidades que comunicaram a não adesão à retomada programada. Na Ufba, o Conselho Universitário – órgão colegiado máximo da instituiçãoo – avisou que não acataria a decisão. “Nossa Universidade não colocará em risco a vida de nossa comunidade, nem deixará de cumprir, com autonomia, sua missão própria de ensino, pesquisa e extensão”, afirmou o reitor João Carlos Salles. Na CNN, o ministro afirmou nesta quarta que fará uma consulta para definir o novo momento do retorno. “Quero abrir uma consulta pública para ouvir o mundo acadêmico. As escolas não estavam preparadas, faltava planejamento”, afirmou Ribeiro.


Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.