Mês de agosto se inicia com confirmação de novo óbito causado pela Covid-19 e com a mesma frequência de casos positivos

  • Brumado Urgente
  • 05 Ago 2020
  • 08:01h

(Fotocomposição: Brumado Urgente)

Em meio à tantas opiniões e estudos feitos pelas mais diversas autoridades sanitárias, ainda não se sabe se o mês de agosto será o pico da pandemia causada pelo novo coronavírus no Brasil. Segundo a OMS – Organização Mundial da Saúde, o país ainda tem um longo caminho a percorrer até que a vacina esteja disponível. Em Brumado, onde muitos apostavam que este mês seria de que os números da doença estariam em “queda livre”, o que está se vendo é uma situação oposta, com o mesmo fluxo da média de 10 registros de casos positivos diários da doença. Outro fator, desta feita, muito mais agravante é que um novo óbito foi registrado, contabilizando agora 05 pessoas que não resistiram e vieram a falecer. Então, diante disso, todas as precauções têm que ser redobradas, pois a taxa de transmissão ainda está alta, ou seja, todo o cuidado é pouco para não se infectar com o vírus. Caso essa tendência seja mantida durante este mês, algumas medidas como a volta às aulas terão que ser adiadas, pois os riscos de contágio são ainda muito perigosos.

O boletim desta terça-feira (04) saiu quase a meia-noite e confirmou mais um óbito | Divulgação: SESAU Brumado

Covid-19
Brumado
Pico
Óbito

Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.