Fraude: Auxílio Emergencial é concedido para 27 mil foragidos da Justiça

  • SD
  • 03 Jun 2020
  • 10:12h

(Foto: Reprodução)

Dados de um levantamento realizado pela Controladoria Geral da União (CGU) e obtidos pelo Fantástico, trouxeram a público que cerca de 27 mil foragidos da Justiça foram aprovados para receber o auxílio emergencial de R$ 600 do governo federal. Os beneficiários representam uma despesa para União de mais de R$ 16 milhões. A equipe de reportagem do Fantástico cruzou esses dados com informações disponíveis no site do Ministério da Justiça e descobriu que, só no estado de São Paulo, são mais de 6.879 foragidos que receberam o dinheiro do governo. O GCU também descobriu que houve benefícios aprovados com dados de pessoas que já morreram. Ainda não se sabe como foi possível, mas os órgãos responsáveis trabalham com a hipótese de que os cadastros foram feitos por presos, por meio de celulares clandestinos. Outro dado apontado pelo levantamento é de que cerca de 23 mil brasileiros que moram no exterior estão entre os nomes aprovados de forma irregular. A GCU acredita que 233 mil brasileiros podem ter recebido o auxílio indevidamente, o que representa um custo de quase R$ 140 milhões aos cofres públicos. Procurada para explicar como tanta gente poderia ter recebido o auxílio indevido, a Caixa Econômica Federal informou que apenas realiza os pagamentos e não participa do processo de avaliação. Especialistas ouvidos pela reportagem do Fantástico acreditam que não houve um cruzamento de informações com todas as bases de dados disponíveis, como a do Tribunal Superior Eleitoral e a do Conselho Nacional de Justiça. O Ministério da Cidadania informou, por meio de nota, que há casos em reanálise que estão passando por filtros de checagem para evitar erro nos pagamentos. Também informou que os recursos para o auxilio já passam de R$ 150 bilhões e que a parceria com os órgãos de controle e fiscalização auxiliam na transparência da iniciativa. O ministério também lembra que “quem prestar declarações falsas ou utilizar qualquer outro meio ilícito para conseguir o benefício, será obrigado a devolver os valores recebidos”. Até o momento, 58 milhões de brasileiros foram aprovados para receber os R$ 600 emergenciais.

Auxílio
Emergencial
Foragidos
Justiça

Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.