Atriz Regina Duarte é convidada para assumir Secretaria da Cultura

  • 18 Jan 2020
  • 08:02h

( Foto: Reprodução)

A atriz Regina Duarte foi convidada pelo presidente Jair Bolsonaro a assumir a chefia da Secretaria Especial de Cultura, vaga que era ocupada até esta sexta-feira (17) por Roberto Alvim.Ela vai decidir se assumirá o cargo até sábado (18). A informação é da colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.Conhecida por defender posições políticas de direita, Regina Duarte apoiou publicametne a candidatura de Bolsonaro em 2018. Nos últimos anos, ela se engajou em defesa de pautas conservadoras e entrou em discussões com artistas que defendem partidos de esquerda.No final do ano passado, a atriz usou suas redes sociais para criticar o então secretário de Cultura Roberto Alvim. "Quem me conhece sabe que, seu eu pudesse opinar, teria sugerido outro perfil. Alguém com mais experiência em gestão pública e mais agregadora da classe artística", disse ela. Em 2002, a participação de Regina Duarte em uma propaganda do candidato José Serra (PSDB) teve grande repercussão. Ela afirmou que tinha medo que o PT e o ex-presidente Lula chegassem ao poder e mencionava um suposto retrocesso econômico para o país.Em 2019, em entrevista ao programa Conversa com Bial, da Rede Globo, a atriz criticou oradicalismo do PT. “Em 2002 fui chamada de terrorista e hoje sou chamada de fascista, olha que intolerância”, disse Duarte. No ano passado, ela já havia sido chamada para participar do governo, mas não aceitou.


Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.