Brumado: Processo de Pedido de Cassação do prefeito e do vice deve chegar ao TRE nos próximos dias

  • Brumado Urgente
  • 08 Out 2019
  • 11:31h

Agora caberá ao TRE julgar a AIJE movida pelo MPE (Foto: Divulgação)

Enquanto os embates políticos envolvendo principalmente a Zona Azul continuam acontecendo em Brumado, uma questão muito representativa tem ficado adormecida, mas, ao que tudo indica ela deverá voltar à cena midiática nos próximos dias. Trata-se do Processo de Cassação do Prefeito Eduardo Vasconcelos (PSB) e do seu vice Édio Pereira (PC do B), que foram condenados em primeira instância pela Justiça Eleitoral de Brumado e que, após os últimos ajustes no âmbito local, teve, segundo os comunicados oficiais, a sua remessa para o TRE em Salvador, a qual é feita por meio de malote, já que é um processo físico. A ação que é uma AIJE – Ação de Investigação Judicial Eleitoral, movida pelo Ministério Público Eleitoral, agora vai ser analisada pelo colegiado de segunda instância, que poderá manter a cassação ou absolver o prefeito e o vice. A grande questão é se a decisão será também sobre a permanência ou não no cargo, pois caso a hipótese seja a segunda, o afastamento poderá ser efetivado. Não se pode fazer previsões sobre qual será o veredito, mas, caso a cassação seja mantida, mesmo sem o afastamento do cargo, como aconteceu na primeira instância, o prefeito Eduardo Vasconcelos e o vice Édio Pereira, podem ficar inelegíveis, o que promoveria uma mudança significativa no cenário eleitoral brumadense, caso isso venha a se confirmar. Segundo apurações feitas pelo Brumado Urgente o presidente assim que ter em mãos o processo deverá sortear o relator, para em seguida ser dado o andamento normal, mas, dificilmente, a decisão será tomada ainda este ano, sendo o mais provável ela sair após o carnaval de 2020. Ainda segundo informações colhidas pela nossa equipe, o prefeito e o vice estão muito tranquilos e alegam que foram objeto de perseguição e que o fato de terem vencido o pleito com cerca de 70% dos votos deixaria desidratado o processo.

O processo já teve a sua remessa para o TRE (Reprodução Justiça Eleitoral)

Processo
TRE
AIJE
Cassação
Absolvição

Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.