Frio e resistência à Zona Azul fazem com que área comercial de Brumado ficasse com baixa movimentação no início da manhã desta segunda-feira (22)

  • Brumado Urgente
  • 22 Jul 2019
  • 09:38h

As ruas do centro comercial de Brumado no início da manhã estavam com um número de veículos estacionados bem abaixo do normal (Foto: Whatsapp Brumado Urgente)

A resistência às transformações e mudanças são comuns no comportamento das pessoas, ainda mais quando elas atingem uma das “áreas mais sensíveis” que é o bolso.  Segundo estudos somente com o tempo que a adaptação vai acontecendo. Brumado passa por um momento de adaptação em um setor que é tido como uma das “áreas nervosas” da cidade que é o trânsito no centro comercial, o qual, de uns anos para cá, ficou cada vez mais movimentado, tendo, nesse contexto, o aumento da dificuldade de se estacionar. Esse teria sido o esteio para a instalação do Sistema de Zona Azul, que dividiu opiniões, mas que, teve a aprovação de vários segmentos da sociedade, pois representaria o progresso. A dificuldade no processo de adaptação aconteceu na maioria das cidades do país. O grande questionamento local, não é sobre a vinda da Zona Azul, mas sobre o momento em que ela está chegando. Mas discussões à parte, o que se viu no início da manhã desta segunda-feira (22), primeiro dia em que os serviços estão sendo cobrados, foi as ruas vazias da área comercial, com os estacionamentos livres. 

Segundo defensores do sistema da Zona Azul, os proprietários dos estabelecimentos comerciais é que utilizam o espaço de estacionamento, o que, agora, com a cobrança não acontecerá mais (Foto: Whatsapp Brumado Urgente)

Alguns creditaram o clima frio e nebuloso, que é totalmente atípico, para o baixo movimento, que, inevitavelmente irá ter seu crescimento. Mas, segundo postagens nas redes sociais, foi mesmo a resistência aos serviços, tendo alguns apontado esse fato como um protesto de cunho político. Nesse contexto, é provável que a Zona Azul poderá passar por adequações, mas, no final, acabará sendo metabolizada. Um dos argumentos defendidos é que, nesse horário da manhã, as ruas eram tomadas pelos proprietários dos establecimentos comerciais, os quais, agora, devido ao pagamento, não irão utilizar o serviço já que ficaria oneroso. Outro motivo apontado como positivo seria a facilitação por meio de um aplicativo de celular, onde, inclusive a cobrança não seria integral, somente pelo tempo em que o veículo ou moto fica estacionado, o restante seria estornado no próprio aplicativo. A fluência no trânsito, ou seja, a tão necessária mobilidade urbana para que Brumado se torne um grande polo regional pode estar mais próxima, mesmo muitos não compreendo essa mudança.

Zona Azul
Cobrança
Resistência

Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.