Ele foi uma iluminação mística’, diz Caetano sobre João Gilberto

  • Redação
  • 07 Jul 2019
  • 17:20h

Foto: Reprodução/Facebook/Caetano Veloso

O cantor Caetano Veloso usou as redes sociais neste domingo (7) para homenagear João Gilberto, pai da bossa nova, que morreu no sábado (6), aos 88 anos, no Rio de Janeiro. “João Gilberto foi o maior artista com que minha alma entrou em contato. Antes de completar 18 anos, aprendi com ele tudo sobre o que eu já conhecia e como conhecer tudo o que estivesse por surgir. Com sua voz e seu violão, ele refez a função da fala e a história do instrumento. Pôs em perspectiva todos os livros que eu já tinha lido, todos os poemas, todos os quadros, todos os filmes que eu já tinha visto. Não apenas todas as canções que ouvi”, escreveu Caetano. Na publicação, ele compartilha cinco fotos com com João Gilberto, que também era baiano. Segundo Caetano, os registros foram feitos em São Paulo e Buenos Aires, em 1999; no estúdio da Tupi, em 1971, durante uma turnê na Europa; e no Festival Internacional de Jazz na França, em 1990.

João Gilberto
Caetano Veloso
Iluminado

Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.