Twitter teve 2,7 milhões de mensagens sobre ataques motivados por política

  • 13 Out 2018
  • 18:56h

(Foto: Pixabay)

O Twitter teve 2,7 milhões de postagens relacionadas a ataques motivados por divergências político-ideológicas entre as 19h de domingo (7) e as 15h de quinta-feira (11). De acordo com o levantamento feito pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), a parcela populacional que mais manifestou apreensão diante das ocorrências foram pessoas LGBTI+, negros e mulheres. O ápice do número de publicações com esse teor foi registrado já na primeira hora de análise, quando foi identificada uma média de 3,2 mil tweets por minutos. Segundo a Diretoria de Análise de Políticas Públicas (Dapp), a maioria das publicações mencionavam o medo diante dos resultados do primeiro turno.  No dia seguinte, a morte do capoeirista Mestre Moa em Salvador foi citada em 112 mil publicações no Twitter. Também foram identificados conteúdos que noticiavam agressões a jornalistas e eleitores.


Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.