Usar cosméticos fora da validade pode causar problemas à pele e aos olhos

  • 25 Mar 2018
  • 18:00h

Foto: Reprodução / Pixabay

É importante ficar atenta ao prazo de validade dos cosméticos que você está utilizando. A composição química complexa e o contato direto com a pele e mucosas exige atenção em relação ao tempo de duração. “A maioria dos produtos têm prazo de validade de 6 a 12 meses após abertos, mesmo que conste na embalagem um período maior”, diz Carla Albuquerque, dermatologista da Clínica Carla Albuquerque, localizada em São Paulo. “Todo o produto fora da data de vencimento pode trazer alergias e levar até a complicações mais graves”, ensina Karla Assed, da Clínica Karla Assed, do Rio de Janeiro. Esmaltes, por exemplo, tem um prazo de validade de 1 a 2 anos. Depois desse período, eles ficam com uma aparência mais grossa e a cor muda, isso porque, ao longo do tempo, o solvente evapora, podendo causar mudanças na textura da unha e irritações na cutícula. No caso dos Xampus, quando fora da validade, perdem o efeito de limpeza de maneira eficaz, podendo levar ao aparecimento de caspa ou deixar o cabelo enfraquecido e intensificando a oleosidade. Produtos de maquiagem como bases e pós, quando manipulados tem a validade de três meses, enquanto os industrializados podem valer de um a dois anos. Quando utilizados fora desse período, podem causar alergia e irritações após o vencimento. Máscaras de cílios possuem a validade média de um ano e podem deixar os cílios enfraquecidos, causando queda dos fios, além do perigo de entrarem em contato diretamente com os olhos, podendo causar infecções, deixando os olhos vermelhos e inchados. Hidratantes fora da validade podem causar ezcema ou rash, que é uma erupção cutânea que deixa a pele avermelhada e áspera. No caso de desodorantes, a pele fica com um aspecto duro e ressecado, podendo aparecer pequenos cortes nas axilas. Protetores solares, se utilizados com validade vencida, perdem o efeito de proteção contra os raios UV, o que pode levar a melasma, além de irritações na pele. Vale uma atenção especial para os produtos que contém vitamina C ou hidrouinona (utilizado no clareamento de manchas), que costumam oxidar, deixando os cremes amarelados. Já os produtos que têm conservantes, que de acordo com o site da revista Cosmopolitan, servem para evitar contaminações na fórmula, depois do prazo de validade vencida não possuem mais essa propriedade, podendo deixar o consumidor exposto aos riscos citados acima. Também é válido prestar atenção nas mudanças do aspecto e cheiro dos produtos, para evitar o acúmulo de bactérias e fungos, e consequentemente, se prevenindo de infecções e alergias.


Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.