Naufrágio mata 90 pessoas na costa da Líbia

  • 03 Fev 2018
  • 15:00h

Um barco que levava imigrantes da Líbia para a Europa naufragou na manhã desta sexta-feira (2) na costa do país africano, deixando cerca de 90 mortos. De acordo com a Organização Internacional de Migração, apenas três pessoas sobreviveram ao afundamento, que aconteceu próximo à cidade de Zuwara (a 100 quilômetros de Trípoli). Até a noite desta sexta (1º), segundo o órgão, dez corpos haviam sido encontrados, sendo oito de paquistaneses e dois de líbios, mas o restante continuava desaparecido. A porta-voz da organização, Olivia Headon, afirmou que o número de paquistaneses que tentam entrar na Europa pela Itália em barcos saindo da Líbia tem aumentado nos últimos meses. Estima-se que, no incidente dessa sexta, a maior parte das vítimas seja daquela nacionalidade. "Ainda temos de verificar o número exato de pessoas que perderam a vida durante a tragédia", disse Headon em Tunis, na Tunísia. Segundo ela, as informações iniciais sugerem que o barco naufragou porque estava superlotado.  Cálculos indicam que cerca de 600 mil pessoas já tentaram entrar na Europa ilegalmente, a partir da Líbia, nos últimos quatro anos. O fluxo, porém, diminuiu a partir de julho de 2017, depois de medidas do governo local para conter a imigração –o pacote foi anunciado em resposta à pressão da Itália e da União Europeia.

 

.

 

 

 


Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.