Gabriel Jesus erra pênalti, e Brasil perde para Argentina com gol de Messi

  • G1
  • 15 Nov 2019
  • 16:40h

(Foto: AFP)

A derrota para a Argentina iguala sequência de resultados do fim da passagem de Mano Menezes e início da volta de Felipão na Seleção. Na ocasião, o Brasil empatou com a Colômbia (1 x 1), perdeu para a Argentina (1 x 2), as duas partidas com Mano, perdeu para a Inglaterra (1 x 2), e empatou com Itália (2 x 2) e com a Rússia (1 a 1). Nesta sequência, o Brasil empatou com a Colômbia (2 a 2), perdeu para o Peru (0 a 1), empatou com Senegal e Nigéria, e agora perdeu para a Argentina. Gabriel Jesus sofreu pênalti e perdeu mais um - foi o terceiro erro nos último quatro cobrados. Messi foi derrubado por Alex Sandro, perdeu a cobranças, mas no rebote de Alisson marcou. Não foi uma partida de muitas chances, como é comm em muitos clássicos. Tite promoveu duas mudanças na equipe, com Paquetá na vaga de Coutinho e Militão no lugar de Marquinhos. O zagueiro do Real foi bem, mas o meia do Milan pouco criou. Finalizou uma vez sem força. Na segunda etapa, Coutinho voltou e criou boa jogada para Jesus, mas foi só. Depois, a Argentina retomou controle da partida e poderia ter marcado. Lautaro perdeu chance clara. E o Brasil só pressionou no fim. Tite colocou Renan Lodi e ainda promoveu estreias de Rodrygo e Wesley, mas o time brasileiro pouco ameaçou.

Homem se mata após ser chamado de ‘corno elétrico’ em jornal do SBT, família vai processar emissora

  • Blog do Rodrigo Ferraz
  • 15 Nov 2019
  • 14:49h

(Foto: Reprodução)

O soldador Ailton Soares, de 38 anos, tirou a própria vida na manhã da terça-feira (12) após ser xingado em rede nacional de “corno elétrico”. O xingamento foi feito por Marcão do Povo, no “Primeiro Impacto” (SBT). O apresentador debochou de um vídeo em que o homem ameaçava se matar, pendurado em cabos de energia elétrica. A esposa da vítima, Simone do Nascimento Soares, falou sobre a situação ao site Notícias da TV e disse que irá processar a emissora. Segundo ela, Ailton era depressivo e tomava remédios controlados há 1 ano e meio. “Vou atrás dos meus direitos, e o nome dele eu vou limpar. Ele se viu na TV e ficou pior do que já estava. E é culpa desse Marcão aí. Meu marido era um homem trabalhador e honesto. Depois dessa palhaçada que fizeram, eles acabaram com a minha vida e com a do meu filho, que tem só três anos e agora não tem mais o pai dele. Não consigo parar de chorar”, disse.

Brasil: Criança pede comida em carta para o Papai Noel e comove PMs

  • G1
  • 15 Nov 2019
  • 12:29h

(Foto: Divulgação/Polícia Militar)

"Papai Noel, mande aqui para a minha casa uma cesta de alimentos", pediu Gabriel, de 10 anos, em uma cartinha de pedidos de presentes de Natal em Peruíbe, no litoral de São Paulo. A cartinha foi entregue a policiais militares em patrulhamento nesta quinta-feira (14) para que chegasse até os Correios mas, em vez de levarem até a agência, os policiais decidiram realizar os desejos da criança. "A mãe do menino viu a viatura em patrulhamento e pediu ajuda", conta um dos policiais envolvido no caso, o soldado Fabiano Santil. "Pensamos até que era alguma ocorrência, mas ela pediu que a gente levasse uma carta a uma agência dos Correios na cidade". O policial concordou em levar a carta, mas ainda não sabia a quem ela estava endereçada. "Ela não explicou muito, só pediu para levar. Quando olhei atrás, o remetente era o Papai Noel. Imediatamente, sabíamos que a carta iria para a campanha de Natal dos Correios." O agente se refere à campanha 'Papai Noel dos Correios', que recebe cartinhas de crianças com pedidos de presentes de Natal para que sejam 'adotadas' por voluntários que compram os presentes pedidos e realizam os desejos. Os policiais concordaram em presentear o menino que escreveu a carta, mas o que os agentes não esperavam era os 'presentes' que a criança estava pedindo. "Nós esperávamos ler a carta com um pedido de brinquedo, algum jogo e, quando abrimos, ele pedia comida para a família passar o Natal e dois pares de chinelo, um para ele e outro para o irmão, que tem autismo", conta. "Me deu um nó na garganta. Nós temos filhos,e é muito triste ver uma criança pedindo comida para a família", se emociona o policial. Eles compraram uma cesta básica e os calçados pedidos, além de doces para as crianças. Na entrega, que aconteceu no mesmo dia, as crianças ficaram muito felizes, de acordo com Fabiano. "Dissemos aos meninos que o Papai Noel estava pelo Centro da cidade e que já tinha adiantado os presentes", relata. "O Gabriel não esperava. Ficou muito feliz", finaliza.

Sobrevivente de acidente aéreo na BA, ex-piloto de Stock Car já havia escapado de carro em chamas

  • G1
  • 15 Nov 2019
  • 09:09h

( Foto: Reprodução/Instagram)

O ex-piloto de Stock Car, Tuka Rocha, um dos sobreviventes da queda de um avião, nesta quinta-feira (14), em Maraú, baixo sul da Bahia, também já havia escapado de um grave acidente durante uma competição da Stock Car, em 2011, no Rio de Janeiro. Tuka conseguiu escapar do veículo. O carro começou a pegar fogo na segunda volta da corrida, o piloto pulou, mesmo sem conseguir enxergar nada por causa da fumaça. Na época, TuKa revelou aos jornalistas sobre os momentos em que as chamas tomaram o veículo, contou que começou a desmaiar e não conseguia ver onde que era o freio. Diante disso, ele se jogou do carro e saiu rolando. Na época, ele teve uma leve lesão no pulmão provocada pela queda.No acidente desta quarta-feira, ainda não há detalhes do estado de saúde dele, mas Tuka está em uma unidade de saúde de Salvador. Além dele, parentes do deputado licenciado Guilherme Mussi estavam na aeronave. No acidente, uma mulher morreu e nove pessoas, incluindo Tuka, ficaram feridas. Segundo informações da assessoria de comunicação de Guilherme Mussi, a pessoa que morreu foi a irmã da esposa de Eduardo Mussi, que é irmão do deputado. A identidade dela não foi divulgada. Também estavam na aeronave o filho da vítima, Eduardo e a esposa dele. Todos eles sobreviveram, ainda conforme a assessoria de Mussi. Além de Tuka e Eduardo, outro nome de vítima confirmado é de Maísa Marques Mussi. Todos os sobreviventes foram transferidos para Salvador, por meio de um avião e dois helicópteros do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer). Dos noves passageiros feridos, cinco estão no Hospital Geral do Estado (HGE) e três no Hospital Municipal, um foi encaminhado para o Hospital do Subúrbio, informou a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab). Do total de feridos, segundo o órgão, oito são adultos, sendo cinco homens e três mulheres, e uma criança do sexo masculino. A assessoria de imprensa do deputado Guilherme Mussi informou que ele está a caminho de Salvador para acompanhar de perto o estado de saúde dos familiares.

Conquista: Polícia conclui que morte de motorista de aplicativo foi premeditada e mandante de crime está preso por tráfico

  • G1
  • 15 Nov 2019
  • 07:01h

(Foto: Reprodução/Redes Sociais)

A Polícia Civil concluiu que a morte do jovem de 24 anos que trabalhava como motorista por aplicativo na cidade de Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia, foi premeditada. Conforme o delegado Marcus Vinicius, que investiga o caso, o mandante do crime está preso no no conjunto penal do município por tráfico de drogas. Segundo informações de Marcus Vinicius, os dois jovens, de 21 e 22 anos, que foram presos pela suspeita de matarem a vítima, no sábado (9), mudaram de versões durante as investigações. De acordo com o delegado, os suspeitos chegaram a usar o celular da vítima para dizer que Hiago Evangelista Freitas tinha envolvimento com o tráfico de drogas. "Pegou um chip, usou o próprio aparelho da vítima para mandar uma mensagem para a família informando que seria uma dívida do tráfico e colocou o nome de um integrante da facção rival. Nós percebemos logo no início que isso poderia ser uma forma de atrapalhar nossas investigações", disse o delegado. Os suspeitos contaram em depoimento que Hiago Evangelista Freitas tentou um envolvimento amoroso com a companheira do presidiário e por isso, ele teria ordenado a morte da vítima. "Segundo informações, a vítima teria começado a tentar um envolvimento com a mulher que tem o seu companheiro preso no conjunto penal. A partir do momento em que esse preso soube disso, ele determinou a morte e a subtração dos bens da vida. Não foi só o homicídio em si, ele também quis subtrair os pertences da vítima", contou Marcus Vinicius. Ainda segundo o delegado, um dos suspeitos, dias antes do crime, teria feito amizade com Hiago em uma rede social, no dia do crime. A corrida foi contratada por meio de um aplicativo de mensagens. "Ele confirmou que fez amizade na semana do crime, nós verificamos isso e é verdade. Foi para procurar saber um pouco da vida da vítima e investigar a vida. Ele convidou o Hiago para uma corrida pelo WhatsApp", explicou. O estudante de odontologia desapareceu após sair para fazer uma corrida, foi queimado vivo. A vítima foi encontrada morta no início da tarde de sexta-feira (8). Alexandre Cruz Brito, de 21 anos e Rodrigo Porto Oliveira Silva, de 22, confessaram o crime à polícia. Ao delegado Fabiano Aurich, responsável pela investigação do crime, a dupla disse que assaltou Hiago com um revólver falso e que o crime foi premeditado. Segundo informações do delegado Fabiano Aurich, que também investiga o caso, os suspeitos foram encontrados com a ajuda de um cão farejador. O animal levou os investigadores da Polícia Civil a um local próximo da casa do suspeito Rodrigo Porto, onde os policiais encontraram objetos pessoais da vítima. Hiago Evangelista Freitas era estudante de odontologia e desapareceu na noite de quarta-feira (6), após deixar a namorada em casa para fazer corridas no município. Ao delegado, os dois disseram ainda que depois imobilizaram Hiago e o levaram para a estrada que liga o bairro de São Sebastião à cidade de Barra do Choça, onde ele foi morto a facadas. O corpo de Hiago foi encontrado carbonizado. Os suspeitos disseram que mataram a vítima porque tinham medo de serem denunciados. Na casa de Rodrigo, a polícia apreendeu vários objetos pessoais da vítima, incluindo documentos, cartões de banco, a chave do carro que Hiago dirigia e o celular dele. O carro de Hiago foi deixado pelos suspeitos no bairro Alto Maron, também em Vitória da Conquista. Os policiais encontraram, também na casa de Rodrigo, o revólver falso usado para cometer o assalto. Os dois foram autuados em flagrante por latrocínio, que é o roubo seguido de morte, e por ocultação de cadáver. Além disso, Rodrigo também responderá por associação ao tráfico de drogas, adulteração de sinal identificador e posse ilegal de munição, por outros materiais encontrados na casa dele. O corpo da vítima foi enterrado no cemitério municipal de Guanambi, cidade natal do jovem que fica a cerca de 276 km de Vitória da Conquista, no sábado (9).

Brumadinho: técnico em mecânica é a 254ª vítima identificada

  • G1
  • 14 Nov 2019
  • 19:10h

(Foto: Arquivo pessoal)

O corpo de Aroldo Ferreira de Oliveira, do técnico em mecânica da Vale, uma das vítimas da tragédia de Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi identificado nesta quinta-feira (14). Ele tinha 54 anos, 32 deles dedicados à mineradora. No momento do rompimento da Barragem Córrego do Feijão, Aroldo estava na oficina da mineradora. Com dois filhos já adultos, era avô de uma menina de 9 anos. O corpo identificado por exame de DNA. A tragédia aconteceu no dia 25 de janeiro. Agora já são 254 vítimas identificadas. Outras 16 pessoas continuam desaparecidas. Nesta quarta-feira (13), a Polícia Civil havia identificado o corpo de Miraceibel Rosa, de 38 anos. Ele trabalhava na mina como funcionário terceirizado da Vale havia cerca de uma semana quando a barragem se rompeu. Natural de Mariana e solteiro, tocava tarol em uma banda de um distrito da cidade.

Cúpula do Brics: política externa tem 'olhos' no mundo, mas Brasil está em 1º lugar, diz Bolsonaro

  • G1
  • 14 Nov 2019
  • 18:06h

(Foto: Marcos Corrêa/PR)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (14), durante reunião de cúpula de líderes do Brics, em Brasília, que a política externa de seu governo “tem os olhos postos no mundo”, mas coloca o Brasil “em primeiro lugar”. Bolsonaro deu a declaração ao discursar na sessão plenária do encontro de cúpula do bloco, formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. A reunião neste ano é realizada em Brasília, já que o Brasil exerce a presidência rotativa do bloco. Ao se dirigir aos demais líderes do Brics, Bolsonaro afirmou que prioriza o Brasil na política externa de seu governo a fim de ficar em "sintonia" com a sociedade, na tentativa de melhorar as condições de vida dos cidadãos brasileiros. “Senhores chefes de estado e de governo, a política externa do meu governo tem os olhos postos no mundo, mas em primeiro lugar no Brasil, para estar em sintonia com as necessidades da nossa sociedade”, disse Bolsonaro, que acrescentou: “Reconhece como parte de suas obrigações ajudar a ampliar o bem-estar de nossos cidadãos, sob forma de avanços em ciência, tecnologia e inovação, de mais e melhores empregos, de mais renda, de melhor sistema de saúde pública, tudo mais que faça diferença para o melhor cotidiano de todos.”Desde que assumiu a Presidência, Bolsonaro declara que deseja fazer comércio com todos os países do mundo, sem o que chama de "viés ideológico". No discurso, Bolsonaro também destacou que a relevância econômica do Brics é "inquestionável" e tende a crescer nas próximas décadas. “Hoje, a relevância econômica do Brics é ainda mais inquestionável e seguirá crescendo nas próximas décadas. A sua pujança no plano econômico, junto à diversidade e à criatividade e o vigor das nossas sociedades e de nossos povos", disse. O presidente brasileiro pregou a necessidade de ampliar a cooperação entre os cinco países do grupo e lembrou que o mundo percebeu a relevância de economias emergentes durante a crise financeira global da década passada. “Há dez anos, em meio a uma das mais graves crises financeiras da história, tornou-se evidente a importância das economias emergentes para a estabilidade e vitalidade da economia mundial", disse o presidente. Pouco antes do encerramento da cúpula, Bolsonaro submeteu a aprovação a declaração conjunta das delegações que integram o Brics. Segundo Bolsonaro, no documento "está refletida a visão do Brics em relação à necessidade de reformar o sistema multilateral, à importância de fortalecer a arquitetura econômica financeira internacional, ao imperativo de resolver situações situações e crises regionais por meio do diálogo e da diplomacia e ao futuro da cooperação intra-Brics” “O Brics sai fortalecido por essas manifestações claras de convergência, de proposito e interesse comum em levar adiante nossa cooperação”, afirmou.

Bahia: Aeronave cai durante pouso em pista de resort e pega fogo; um morre

  • G1
  • 14 Nov 2019
  • 17:04h

(Foto: Dudu Face/Camamu Noticias)

Uma aeronave caiu durante o pouso na pista de um resort em Barra Grande, distrito do município de Maraú, no baixo sul da Bahia, na tarde desta quinta-feira (14). Segundo informações da assessoria de comunicação da prefeitura do município, o acidente ocorreu pouco depois das 14h, e deixou uma pessoa morta e outras feridas. Ainda não há informações sobre quantas pessoas estavam na aeronave, que é um jato executivo, e nem sobre o que provocou a queda do avião. Os feridos foram encaminhados, inicialmente, para um posto de saúde de Barra Grande. As vítimas não tiveram nomes e idades divulgadas. Não há informações sobre o estado de saúde dos sobreviventes, que, segundo a prefeitura, devem ser transferidos ainda nesta quinta para Salvador. Conforme registro da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), aeronave, um bimotor Cessna C550, de prefixo PT- LTJ, é de propriedade do empresário José João Abdalla Filho. Não se sabe se ele estava na aeronave, que foi fabricada em 1981.O pescador Ronaldo Amaral disse que viu o momento em que a aeronave deu uma volta no ar e depois começou a cair. "Eu estava pescando e vi o avião passando por cima de mim. Ele fez uma volta bem rápida e, depois, voltou para a pista. Em questão de segundos a fumaceira subiu", destacou.Silvia Almeida, que mora em Barra Grande, também disse ter visto o momento da queda da aeronave. "Eu estava passando pela praia de Taipu de Dentro e vi. Aí eu fui pra perto e comecei a filmar. Eu só não sei dizer se morreu alguém", relatou ao G1.

Bahia: Mulher denuncia racismo após filha ser expulsa de prédio por trançar cabelo

  • G1
  • 14 Nov 2019
  • 16:06h

(Foto: Reprodução)

A mãe de uma adolescente de 17 anos denunciou por racismo o porteiro e o condomínio onde mora com a família, em Pernambués, bairro de Salvador, após a filha dela ter sido abordada e expulsa da área de lazer do prédio porque a jovem trançava o cabelo de um amigo. Em entrevista ao G1 nesta quinta-feira (14), Sandra Moreira disse que já tinha usado as redes sociais para desabafar sobre a abordagem que a filha sofreu, no dia 12 de outubro. De acordo com ela, a menina estava sentada em uma das áreas comuns do prédio onde ocorria uma festa, quando o porteiro chegou abordando com tom agressivo."Ela estava trançando o cabelo do amigo até que o porteiro desceu gritando com ela. Agressivamente com ela. Mandando sair, batendo palma. Dizendo: 'aqui não é salão de beleza. Estou mandando você sair'. Em seguida, ele interfonou para minha casa dizendo: 'Dona Sandra, eu estou tendo problemas com sua filha. Ela está incomodando os moradores'. Eu então questionei: "O que ela está fazendo de errado?", disse.Horas depois, ainda segundo Sandra, o síndico também ligou para o apartamento da família. Nesse momento ficou decidido entre os dois que a adolescente iria para um outro local, a poucos metros de onde estava inicialmente. Mas houve uma segunda abordagem do porteiro."Ele [síndico] ligou pedindo para eu colocasse ela em outro lugar. Então eu mandei ela ficar embaixo, na área verde. Ela estava ouvindo muitas piadinhas. Uma moradora mandou que ela se retirasse do local também. Teve uma senhora que mandou ela pegar a cadeira para ela, dizendo que ela tinha que pegar. Eles não disseram nada antes. Já chegaram dizendo que minha filha estava incomodando. Mandaram que ela desligasse as luzes e tirasse as cadeiras. E ainda disseram que ela estava proibida de ficar ali embaixo", contou. "Ela sempre ficava ali embaixo. Já trançou o cabelo outras vezes, no mesmo local. Mas era durante a semana. Nunca teve nada. Ninguém proibiu ela de fazer. Por que justamente naquele dia? Só tinha ela de negra e mais dois amigos negros. E as pessoas que estavam aqui embaixo eram todas brancas. Qual o motivo de tirar minha filha do lugar se ela e moradora como outros?", questionou. A mulher disse ainda que se sente impotente diante da situação e que vai se mudar do condomínio, pois a filha passou a não se sentir bem no local. "Eu me sinto impotente. Muito triste. Nos dias de hoje a gente tem que conviver com esse tipo de ação. A minha filha teve que ir para o hospital, ficou três dias sem ir ao colégio, depois passou mal novamente. Começou a chorar dentro da minha casa. Ela não quer ficar aqui, de forma nenhuma. Vou me mudar por causa dela. Ela não se sente bem, não quer permanecer aqui. Não vou forçar minha filha a passar por isso. Não vou me calar", afirmou. Um mês após o caso, a adolescente conta que já não frequenta mais os espaços de lazer e que tem vivido com muita angústia. "Eu não entendo essa situação. Difícil. Tenho preferido ficar em casa. Já não descia muito, agora que eu realmente não desço mais. Eu não me sinto à vontade. Não quero nada, nada daqui. Já não gostava, agora pior. É um sentimento de angústia, de tristeza, raiva. É ruim. É horrível", pontuou a adolescente. O caso foi registrado na Delegacia Especializada de Repressão a Crime contra Criança e Adolescente (Dercca), no mês de outubro. Segundo a advogada da família, as investigações estão em andamento e ainda não há previsão para a conclusão do inquérito. O G1 procurou a administração do condomínio, mas até a última atualização desta reportagem, ninguém se manifestou sobre o caso.

Toffoli manda BC entregar relatórios com dados bancários de 600 mil pessoas e empresas

  • G1
  • 14 Nov 2019
  • 15:01h

(Foto: Reprodução)

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, determinou ao Banco Central que envie cópia dos relatórios de inteligência financeira produzidos pelo antigo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), atual UIF (Unidade de Inteligência Financeira). A informação foi publicada na edição desta quinta-feira (14) do jornal “Folha de S.Paulo” e confirmada pelo G1. O Banco Central informou que não irá comentar. Com essa decisão o presidente do Supremo terá acesso aos dados sigilosos de 600 mil pessoas e empresas. São relatórios de inteligência financeira produzidos nos últimos três anos pelo antigo Coaf. Na resposta que deu ao pedido do presidente do STF, a UIF informou que disponibilizou acesso a 600 mil documentos mencionados, dos quais 412.484 de pessoas físicas e 186.173 de pessoas jurídicas. Esses documentos incluem um "número considerável" de pessoas consideradas expostas politicamente e de pessoas com prerrogativa de foro por função. A resposta ao ministro afirma que há um “grau de sensibilidade” das informações, já que parte está sob segredo de Justiça ou relacionada a investigações em curso. E faz um alerta para que medidas de restrição de acesso cabíveis sejam avaliadas pela autoridade judicial. Segundo informou a "Folha de S.Paulo", o procurador-geral da República poderá questionar a medida de Toffoli depois de receber parecer interno de um integrante do Ministério Público Federal que consultou a UIF. Toffoli recebeu o acesso ao material no âmbito do processo em que ele determinou a suspensão de compartilhamento de dados detalhados de Coaf, Banco Central e Receita Federal com orgãos de investigação sem autorização da Justiça. Essa determinação será analisada pelo plenário do Supremo Tribunal Federal em julgamento marcado para o próximo dia 20. Nesta quarta-feira (13), um grupo de trabalho sobre corrupção da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) manifestou "preocupação" com a suspensão das investigações.

Conquista: Menino escreve pedido para que mãe deixe ele faltar aula e faz sucesso na web

  • G1
  • 14 Nov 2019
  • 14:07h

( Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Um pedido por escrito para faltar aula, feito por um garoto de 12 anos, morador de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, fez sucesso nas redes sociais. O post feito pela mãe do adolescente através do Twitter recebeu mais de 30 mil curtidas e 5 mil compartilhamentos. "Mamãe, este recado é para lhe fazer uma pergunta: amanhã, você me autoriza a faltar? a) Sim, claro (5% de chance) b) Não, como sempre (95% de chance). Dependendo da sua resposta, eu, Lucas, entendo. Obrigado pela compreensão", dizia o recado do garoto. A funcionária pública Narjara Sandes, de 38 anos, mãe de dois garotos, Lucas, e Caio, de 9 anos, contou que foi dormir na noite de quinta-feira (7) e deixou os filhos acordados. No dia seguinte, a mãe acordou com uma surpresa. Lucas, que está no 7° ano do Ensino Fundamental, e ainda dormia, deixou um bilhete em cima da mesa pedindo para faltar a aula. "Eu já tinha ido dormir e ele [Lucas] ficou acordado. Quando eu acordei no outro dia, li o recado dele, mas não tinha como não deixar ele faltar. Eu achei tão engraçado, fiquei com uma pena de não deixar ele faltar, mas tinha que ter responsabilidade", disse Narjara.Segundo Narjara, o menino não poderia faltar aula, porque tinha atividades escolares para entregar na sexta-feira (8) e ainda precisa alcançar a média para passar de ano. No post, Lucas representou as chances de conseguir faltar a aula, em porcentagem: "apenas 5%". Ele também deixou claro o motivo do pedido: "Só quero uma folga". "Esse ano, ele [Lucas] não tem chance mais de faltar, agora só vai poder curtir nas férias. Se um dia mais tranquilo ele me pedir, eu posso até tentar, mas não pode ser uma coisa corriqueira", brincou a mãe de Lucas. "Ele ainda brincou comigo: 'Tá vendo, mamãe? Todo mundo falando pra você deixar eu faltar'", falou Narjara. Segundo ela, apesar de não ser um aluno que tira notas altas, Lucas é muito criativo e engraçado. "Eu dou muita risada com ele. É um aluno mediano em questão de nota, mas eu gosto de falar que nota não define as pessoas. Ele é muito engraçado, muito criativo, gosta de imitar as pessoas".

Brasil: Menina de 2 anos ajuda pais com deficiência a andar e usar celular

  • G1
  • 14 Nov 2019
  • 13:11h

( Foto: Arquivo Pessoal)

A pequena Ana Clara Mello tem apenas 2 anos mas já entende que os pais, que têm deficiência visual, possuem limitações e até consegue orientá-los nas atividades do cotidiano. Morando em Fortaleza com a família, Clarinha, como é chamada, transforma em brincadeira atividades como guiar os passos dos pais, direcionar o dedo da mãe na tela do celular e até sinalizar objetos caídos pelo chão da casa. As ações foram incentivadas e ensinadas pelos pais, mas também adotadas naturalmente pela própria menina, como conta a mãe de Ana Clara, a cabeleireira Marlene Mello, que possui entre 5 e 10% da visão. “Quando ela tinha uns dez meses, eu a arrumei e falei: ‘filha, mostra para o papai como você está linda’ e eu fiquei pensando em como ela iria mostrar. Ela pegou a mão dele e foi mostrando o laço, a roupa, o sapato”. À medida que ia crescendo, a criança também mostrava para o pai o tamanho do cabelo e nascimento dos dentes. “Ela sabe que eu enxergo um pouco e sabe que o pai dela precisa mais do que eu, então ela segura na mão do pai dela”, conta. Marlene perdeu parte da visão por conta de uma hidrocefalia, o acúmulo de líquido no cérebro. “Passei dois meses internada, entre a vida e a morte. Consegui colocar a válvula, mas demorou e, por isso, eu perdi a visão”, relata. A mãe de Clarinha consegue ver vultos com cores, mas não tem definição. “Para mexer no celular, eu uso leitor de tela, não consigo ver o rosto da Clarinha com nitidez, são imagens distorcidas”. Já o pai da criança, Alex Mello, nasceu com retinose pigmentar, doença em que a retina é danificada, e enxerga somente vultos.O casal se conheceu em um bate-papo na internet e namorou por três meses à distância, ela em Fortaleza e ele em São Carlos, município de São Paulo. “Logo depois ele veio me conhecer e já veio para a gente se casar, nós nos conhecemos no dia do casamento”, lembra Marlene.

Mais um lote do abono PIS-Pasep é liberado hoje

  • G1
  • 14 Nov 2019
  • 12:11h

( Foto: Reprodução/TV Globo)

Começa a ser pago nesta quinta-feira (14) o abono salarial PIS do calendário 2019-2020, ano-base 2018, para os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em novembro. O PIS é pago na Caixa Econômica Federal. Também será liberado o Pasep, que é pago para servidores públicos por meio do Banco do Brasil, para quem tem final da inscrição 4. Quem nasceu nos meses de julho a dezembro ou tem número final de inscrição entre 0 e 4 receberá o benefício ainda no ano de 2019. Já os nascidos entre janeiro e junho e com número de inscrição entre 5 e 9 receberão no primeiro trimestre de 2020. Em qualquer situação, o recurso ficará à disposição do trabalhador até 30 de junho de 2020, prazo final para o recebimento. O valor do abono varia de R$ 84 a R$ 998, dependendo do período trabalhado formalmente em 2018. No caso do PIS, mais de 1,8 milhões de trabalhadores receberão o abono em outubro, totalizando R$ 1,3 bilhões, segundo a Caixa. No total, serão cerca de R$ 16,5 bilhões para mais de 21,6 milhões de beneficiários do PIS até o final do calendário.

Frota revela que flagrou deputada federal fazendo sexo dentro da sala da CCJ

  • Redação
  • 14 Nov 2019
  • 11:59h

(Foto: Reprodução)

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB) provocou polêmica nas redes sociais, nesta quinta-feira (13), ao revelar que flagrou uma deputada fazendo sexo dentro da Câmara dos Deputados. Segundo ele, o flagra aconteceu em uma sala dentro do local onde acontecem as sessões da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa. “Muita gente me perguntando o que foi que eu vi na salinha que fica dentro da CCJ? Eu entrei na sala não tinha ninguém e abri a porta da salinha e peguei uma parlamentar no estilo canguru perneta com um contente”, escreveu. O parlamentar não revelou o nome da deputada flagrada.

Moradores da Comunidade do Jacaré preocupados com a paralisação das obras da ponte; ‘vamos ficar ilhados’, relatam

  • Brumado Urgente
  • 14 Nov 2019
  • 11:36h

Em visita feita nesta quinta-feira ao local, o vereador Palito constatou que as obras foram paralisadas (Foto: Assessoria Parlamentar)

A construção da ponte na Comunidade do Jacaré era uma das obras mais aguardada pelos moradores, já que, na época das chuvas os mesmos ficam praticamente ilhados devido ao grande volume das águas do Riacho do Gustavo, que impossibilita a trafegabilidade dos veículos. A administração municipal iniciou as obras da ponte, mas segundo os moradores, que procuraram a redação do Brumado Urgente, as mesmas foram paralisadas, o que deixou todos muito preocupados, pois o ciclo das chuvas está para se iniciar. O vereador Palito foi procurado pelos moradores, já que, segundo ele, a obra foi iniciada em atendimento à uma indicação de sua autoria. O parlamentar esteve visitando as obras na manhã desta quinta-feira (14) e constatou a paralisação e se prontificou a buscar esclarecimentos e a pronta retomada dos serviços. “Esperamos contar com a sensibilidade da prefeitura em retomar com urgência as obras, já que se as chuvas vierem todos nós ficaremos ilhados”, relatam. Um dos moradores, “Alex do Pirão”, enviou um vídeo também, onde ele relata a situação, veja abaixo: