Vários municípios da Bahia estão sem titular em suas delegacias

  • Da Redação
  • 26 Dez 2013
  • 16:46h

De acordo com dados da Polícia Civil, dos 417 municípios do Estado, há 141 sem delegados titulares, como é o caso de Jiquiriçá. A previsão é que, a partir do ano que vem, os 100 aprovados no último concurso comecem a ser chamados. No momento, o processo seletivo se encontra em fase de entrega de documentos. No ano que vem será feito o treinamento e a capacitação pela Academia de Polícia Civil (Acadepol). Os municípios com maior déficit terão prioridade, segundo a Polícia Civil. Das 27 cidades que integram a 4ª Coordenadoria de Polícia do Interior (4a Coorpin) em Santo Antônio de Jesus, além de Jiquiriçá, São Miguel das Matas também está sem titular na delegacia. Quando é preciso, o reforço chega das cidades vizinhas. Quando o Correio visitou as cidades no último dia 22, o delegado estava de férias e era substituído pela colega Aline Cristina Nogueira, de Ubaíra. O coordenador da 4ª Coorpin, delegado Paulo Roberto Guimarães, em Santo Antônio de Jesus, ficou satisfeito ao saber que duas cidades da região não registram homicídios há quase três anos, mas pediu reforço. “Jiquiriçá é uma cidade com menor número de ocorrências, então pedi ao delegado de lá para vir para cá, que precisa mais”.

Criança de 3 anos de idade é internada após ingerir micro-ponto de LSD

  • Brumado Urgente
  • 26 Dez 2013
  • 15:52h

(Foto: Reprodução)

Um garoto de três anos foi internado na Santa Casa de São Carlos, município da Região Metropolitana de São Paulo, após ingerir, acidentalmente, um microponto de LSD, tipo de droga alucinógena feita de ácido lisérgico. A criança deu entrada no hospital por volta 2h desta terça-feira (24) e teve alta às 16h do mesmo dia. Ele chegou a ser internado na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), segundo a assessoria de imprensa da unidade. O menino mora com a família em Ibaté (SP) e teve acesso à droga graças a um tio, que deixou o entorpecente à mostra sobre um criado-mudo na casa. O Conselho Tutelar acompanha o caso.

Brumado: Cavalo cai na correnteza do Rio do Antônio e morre afogado

  • Daniel Simurro / Brumado Urgente
  • 26 Dez 2013
  • 14:29h

O animal não resistiu à força das águas e acabou morrendo (Foto: Leitor / Brumado Urgente)

A forte correnteza do Rio do Antônio, que se avolumou muito acima do normal, vem causando ainda preocupação nos moradores que têm suas residências nas margens do rio. Segundo a previsão para essa quinta e sexta-feira (26,27) as chuvas devem dar uma trégua, o que, acaba trazendo alívio para eles. Agora, em meio a esse turbilhão de águas, alguns relatos têm chegado, os quais apontam a morte de animais, que acabam não tendo o devido cuidado e são tragados pela correnteza. Há poucos instantes um leitor do Brumado Urgente enviou uma imagem de um cavalo que acabou caindo no rio, na região do bairro São Félix e não teve forças para voltar, morrendo afogado próximo a antiga barraginha.  Segundo informações colhidas pela nossa equipe o volume de águas deve ter uma queda, mas ainda todos os cuidados devem ser tomados, já que o Rio Paiol, em Caculé, continua com seu volume muito elevado. A Barragem do Truvisco, ao contrário do que tinha sido cogitado, não está ainda com sua capacidade máxima, sendo assim, as suas comportas não foram abertas, o que ajuda a tranquilizar os ribeirinhos. 

Natal solidário: Nova Vida FM faz entrega de doações em bairros de Brumado

  • Izidy Ramel
  • 26 Dez 2013
  • 14:11h

(Foto: Divulgação)

Foi um momento de emoção aliado à surpresa, pois naquele momento nem mesmo os moradores dos bairros; Urbis ll, Malhada Branca, Jardim de Alá, São Felix, São Jorge e Esconso, sabiam da visita da equipe da “Nova Vida FM” na entrega de doações, realizada na tarde desta quarta-feira (25). Em seu oitavo ano, a campanha bateu recorde de arrecadação de roupas, calçados, brinquedos e alimentos não perecíveis para serem distribuídos aos mais necessitados do município. O sucesso mais uma vez se deu a partir do empenho da direção da emissora, comunicadores, comerciantes, e com o indispensável apoio da população brumadense através do gesto solidário beneficiando diversas famílias. "Essa foi uma forma de devolver todo carinho recebido, a Nova Vida FM como veículo de comunicação, deu sua pequena parcela de contribuição aos que mais precisam”, disse Genilson Correia, diretor da emissora, que completou, “pretendemos continuar com o natal solidário em 2014”.

No momento da entrega das doações (Foto:Divulgação)

Embasa atua para normalizar abastecimento em bairros de Brumado e Malhada de Pedras

  • Ascom / Embasa
  • 26 Dez 2013
  • 11:12h

Em vários locais existem quebramento na adutora (Foto: Daniel Simurro / Brumado Urgente)

Após identificar o quebramento na adutora que conduz água bruta da barragem de Cristalândia até a Estação de Tratamento II (ETA) de Brumado, a Embasa aguarda a correnteza no rio amenizar para iniciar o serviço de correção.  Enquanto isso, a empresa já iniciou os trabalhos para reestabelecer o fornecimento de água nos bairros afetados e na cidade de Malhada de Pedras de forma alternativa a partir da ETA I, localizada na Praça Coronel Zeca Leite. Na última segunda, 24, após chuvas caírem na região, uma forte cheia atingiu o Rio do Antônio e provocou uma enxurrada que arrastou e danificou um trecho da adutora.  Em decorrência disso, o fornecimento de água tratada encontra-se paralisado nos bairros Dr.Juracy, São Jorge, Novo Brumado, Esconso, São Felix, Esmeralda, Malhada Branca, Jardim de Alá, Urbis II, Urbis III, Loteamento Malhada Branca e na cidade de Malhada de Pedras. Diante desta situação, a Embasa orienta aos moradores dos locais afetados sobre a necessidade e a importância da economia de água e o consumo racional até a normalização do sistema.

Brumado: Residência centenária teve que ser derrubada no centro da cidade

  • Daniel Simurro / Brumado Urgente
  • 26 Dez 2013
  • 10:07h

A construção teve que ser derrubada (Foto: Daniel Simurro / Brumado Urgente)

Os efeitos das fortes chuvas que caíram no município de Brumado ainda são evidentes em toda a cidade, inclusive com riscos de desabamento em várias áreas. Na manhã desta quinta-feira (26) o Setor de Infraestrutura Municipal, por meio do secretário, engenheiro   André Cardoso, teve que derrubar uma residência na Rua Oflávio Silveira Torres, antiga Ladeira do Cinema. O Brumado Urgente esteve no local e falou com o secretário que explicou que “após fazermos uma vistoria minuciosa na residência e em torno dela e constatamos que os riscos de desabamento eram muito grandes, então, não houve outra forma a não ser derrubar”. Ele ainda argumentou que “no local morava uma senhora de 83 anos, que corria sérios riscos, já que a construção tem quase cem anos e, com essas chuvas, estava já para ruir”. O trânsito está interditado no local pelo DTTU e os motoristas devem evitar transitar pela região. 

Os riscos de desabamentos eram bem grandes (Foto: Daniel Simurro / Brumado Urgente)

Brumado: Moradores desafiam Defesa Civil e desbloqueiam Ponte sobre o Rio do Antônio

  • Daniel Simurro / Brumado Urgente
  • 26 Dez 2013
  • 08:27h

A Polícia esteve logo cedo no local para evitar que carros e pedestres passassem pela ponte (Foto: Daniel Simurro / Brumado Urgente)

O temor dos moradores que moram às margens do Rio do Antônio em Brumado, que fez com que várias famílias fossem deslocadas para escolas municipais na noite desta quarta-feira (25), devido à Cheia do Rio do Antônio, ainda continua, já que o nível do rio continua algo. O Brumado Urgente esteve logo no início da manhã num dos pontos mais críticos, a Ponte do Bairro São Jorge, a qual foi interditada pela Defesa Civil, mas que, tinha sido desbloqueada, já que os veículos passavam normalmente. Segundo o engenheiro agrimensor Aroldo Meira, que presenciou na época a construção da ponte “não há perigo dela desabar, porque foi muito bem construída com uma estrutura é bem sólida”. Mesmo com essa afirmação, segundo contatos feitos com o DTTU – Departamento de Trânsito de Transportes Urbanos a ponte será novamente bloqueada, para que os moradores e motoristas não corram riscos. A nossa equipe verificou que já existem rachaduras em uma das extremidades da ponte e a comunidade local está mesmo temorosa, mesmo tendo o volume do rio baixado um pouco. A previsão é de mais chuva na região, sendo que em Caculé, onde fica localizada a Barragem do Truvisco, que ainda não sangrou, os índices passam dos 100 mm, o que deve fazer com que as autoridades fiquem em total alerta, pois os riscos de enchentes e desabamentos ainda existe. A outra ponte que está em construção que liga o centro ao Bairro São Félix, nessa manhã estava com o nível de água um pouco mais baixo que no final da tarde de ontem e, segundo os técnicos da prefeitura municipal, também não corre risco de ser levada pela força das águas, já que sua base é bem sólida. Veja fotos: 

O nível da água no final da tarde de ontem (25) era muito alto e os riscos de alagamentos eram visíveis (Foto: Brumado Urgente)


Loja Maçônica Manoel Carvalho entregou presentes neste Natal

  • Paulo Esdras
  • 26 Dez 2013
  • 08:04h

(Foto: Divulgação)

Quando o fim do ano se aproxima, o espírito solidário costuma se revigorar. O Natal sensibiliza as pessoas criando um cenário que deveria existir durante o ano inteiro. A CAMPANHA NATAL SOLIDÁRIO da Loja Maçônica Manoel Carvalho promoveu pelo quarto ano seguido a entrega de presentes pedidos ao Papai Noel através de cartas enviadas ao correio com destino ao bom velhinho. Bicicletas, material escolar, Carrinhos de controle remoto, Cestas natalinas, bonecas e skates foram os presentes mais pedidos pelas crianças. Quem quiser ajudar as crianças carentes que não receberam o presente neste final de ano ainda dá tempo! Basta entrar em contato pelo email [email protected] ou pelo telefone (77) 9992-2367.

Cartinhas aguardando para serem atendidas:

- 10 Bicicletas
- Materiais escolares
- Mochila da Turma da Mel com materiais escolares para menina
- Roupas, fraudas e leite para menina de 6 meses
- Roupa para 2 anos e sandália nº 24
- Carrinho de controle remoto
- Chuteira
-6 maletas de maquiagem
- Motinha infantil
- Video game
- Televisão

Brumado: Veja cenas da Cheia do Rio do Antônio

  • Daniel Simurro / Brumado Urgente
  • 25 Dez 2013
  • 15:49h

As imagens realmente impressionam (Foto: Daniel Simurro / Brumado Urgente)

As imagens do Natal em Brumado foram marcadas pela cheia do Rio do Antônio, que, desde 1992 não tinha um volume de águas tão grande como agora. As correntezas são impressionantes e vem arrastando muito vegetação, mostrando que a densidade das chuvas foi muito forte. Este 25 de dezembro, Dia de Natal, a população deixou o aconchego dos seus lares para se aglomerar nas pontes para observar o grande volume de água que está vindo “rio abaixo”. Como uma grande atração turística, já que a cidade é carente nesse sentido, os brumadenses correram para garantir lugar neste grande espetáculo da natureza. Confira as imagens abaixo. 

Brumado: Cheia do Rio do Antônio se torna atração turística

  • Daniel Simurro / Brumado Urgente
  • 25 Dez 2013
  • 11:49h

Um grande número de populares se aglomerou na Ponte do Bairro São Jorge para presenciar a cheia do Rio do Antônio (Foto: Daniel Simurro / Brumado Urgente)

Num misto de perplexidade, admiração e temor a população brumadense em pleno Dia de Natal saiu de suas residências para presenciar a cheia do Rio do Antônio, que, neste ano de 2013, já se equipara com a de 2008 e, ainda guardada as devidas proporções com a de 1968, que foi a maior da história da capital do minério. Com as barragens leito a cima todas cheias, somente falta sangrar a do Truvisco em Caculé, que segundo informações colhidas pelo Brumado Urgente, pode acontecer nas próximas 48 horas, já que o volume de água continua aumentando, os riscos de alagamentos e, consequentemente, de desabamentos aumenta consideravelmente. Nossa equipe esteve na manhã desta quarta-feira (25) em três pontos de observação, onde se deu para comprovar que a volume do leito do rio continua aumentando, trazendo preocupação para os ribeirinhos. A ponte do Bairro São Jorge, se tornou um grande ponto turístico, onde um grande número de populares se aglomerou para presenciar a força da natureza, que impressiona, já que o volume de água que desce rio abaixo é avassalador. Em outro ponto, na ligação para o Bairro Apertado do Morro, as águas cobriram a estrada e os moradores têm que dar uma grande volta para chegar às suas residências. Outro ponto muito visitado nesta manhã de Natal foi a nova ponte que ainda está em construção que liga o Centro ao Bairro São Félix, onde centenas de brumadenses não escondiam a sua admiração pelas cenas “diluvianas” que chocam e mostram que a Natureza está dando a sua resposta às ações devastadores que são realizadas pelos seres humanos, que vêm desmatando a mata nativa, assoreando rios e despejando o esgoto, comprovando uma total falta de consciência ambiental. Caso o volume de água continue a aumentar residências que ficam localizadas às margens do rio podem ser destruídas. A Defesa Civil e a Prefeitura Municipal já estão de prontidão e já foi feito um planejamento de emergência com as escolas já preparadas para receber desabrigados, caso a força das águas continue aumentando. A previsão aponta chuva para os próximos dias em toda a região, então, os riscos de alagamentos e desabamentos continuam deixando as autoridades em estado de alerta.  Veja fotos: 

A nova ponte do Bairro São Félix também reuniu um grande número de populares (Foto: Daniel Simurro / Brumado Urgente)


Mercado procura obscurecer Jesus e impor Papai Noel no Natal

  • Negro Belchior
  • 25 Dez 2013
  • 09:30h

Carlos Alberto Libânio Christo, mais conhecido como Frei Betto, vive no convento de ordem dominicana, em Perdizes. Autor de 53 livros, já ganhou o Prêmio Jabuti pelas obras “Batismo de Sangue” e “Típicos Tipos – perfis literários”. Adepto da Teologia da Libertação, é um grande defensor dos direitos humanos no Brasil e uma das maiores vozes em favor dos movimentos populares. Foi assessor especial do presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, entre 2003 e 2004, e coordenou o programa Fome Zero. Desde de que professou na Ordem Dominicana, em 1966, acompanha as mudanças na Igreja Católica. Em entrevista concedida ao Brasil de Fato SP, Betto elogia o Papa Francisco, analisa as mudanças no Vaticano e a crise da Igreja Católica no Brasil. Ele demonstra preocupação com o processo de “confessionalização da política”.

 

Qual é sua avaliação sobre o Papa Francisco?

Foi uma grande novidade a eleição do [Jorge Mario] Bergoglio. É um latino-americano e tem muita sensibilidade pela questão social. Realmente, seus primeiros passo são positivos. Começou uma reforma da Igreja de cima pra baixo, o que corresponde à estrutura piramidal da Igreja Católica. Foi um fato praticamente inédito a renúncia do Bento XVI. E ele deixou o cargo deixando claro as razões. Disse que havia uma esquema de corrupção na Igreja, que precisava ser combatido mas que não tinha forças.

O que mudou com o novo Papa?

Ele abandonou uma série de símbolos que eram da nobreza, como a capa, o sapato vermelho e a cruz de ouro. Abandonou títulos derivados muito mais do Império Romano do que da tradição cristã como sumo pontífice. Também é interessante o fato dele preferir morar na Casa de Santa Marta, que é uma casa de hóspedes, com um refeitório usado pelo pessoal que trabalha no Vaticano, largando a residência pontifícia.

Houve alterações na estrutura da Igreja?

Agora, ele nomeou uma comissão de oito cardeais de cinco continentes para estudar a reforma da cúria, mas só saberemos o resultado no fim de janeiro. O novo Papa deu sinais também de querer reformar ou até erradicar o Banco do Vaticano, que oficialmente tem o nome de Instituto de Obras Religiosas. Os fundamentalistas de direita dentro da Igreja começam a ficar preocupados.

O que essas modificações apontam?

Deslocam o debate dentro da Igreja do pessoal para o social. Abre-se pistas para uma nova teologia, principalmente a respeito da moral sexual, que é um tema congelado dentro da Igreja desde o século 16. Acentua-se também a questão da opção pelos pobres e a denúncia da desigualdade social.

Qual é o principal desafio da Igreja agora?

O desafio principal está na questão dos ministérios, da ordenação de mulheres e na moral sexual. A questão financeira também é importante, porque há corrupção, mas não é prioritário. O mais urgente é a Igreja se abrir para a pós-modernidade. Portanto, rever questões como o celibato, ordenação de mulheres, patriarcalismo, volta ao ministérios sacerdotal dos padres casados. Quando o Papa fala que a Igreja precisa de uma Teologia da Mulher, está abrindo portas para uma reflexão. Estamos mais perto dessa abertura do que com os pontificados anteriores. Passamos praticamente 35 anos de pontificados conservadores. Agora existe muita esperança de melhora.

Você fala em diferentes teologias dentro da mesma religião. O que isso significa?

Tudo depende da Teologia que os agentes pastorais assumem, aqueles que animam a comunidade. Se é uma Teologia fundamentalista, reacionária, ou se é uma teologia da libertação, que coloca todos nós, cristãos, como discípulos de um prisioneiro político. Jesus não morreu de hepatite na cama nem em um desastre de camelo em uma esquina de Jerusalém.

A morte de Jesus tem um significado…

Ele foi preso e torturado, julgado com dois presos políticos e condenado a pena de morte dos romanos. Que fé os cristãos tem hoje que não questionam essa desordem estabelecida? A fé de Jesus o levou a ser considerado subversivo, portanto, uma ameaça para a desordem estabelecida. Aí ele foi eliminado. Não é nem questão de politizar a história, é retomar o passado como realmente foi.

O Natal é um exemplo história religiosa que mudou de sentido?

O que é o Natal? Um casal de Nazaré, Maria e José, vão para Belém. Lá são rejeitados e convocados pelo recenseamento do Império Romano. Tem várias hipóteses de por quê eles foram rejeitados. A minha é que foram rejeitados porque Maria chegou grávida e eles não estavam oficialmente casados. Então, eles literalmente ocuparam uma terra privada. Eu costumo brincar que, no dia seguinte, o “Diário de Belém” deve ter dado a manchete: Família de sem-terra ocupa propriedade rural. Jesus nasceu em um curral. Isso é muito simbólico. Na época de Jesus, quem lidava com animais, como o açougueiro, era socialmente rejeitado. Está lá na Bíblia visivelmente. Mas muita gente não tem olhos pra ver.

Mesmo com esse pano de fundo, por que o Natal se transformou em um feriado de troca de presentes?

A data tem um sentido religioso muito forte e é muito sedutora do ponto de vista de seu simbolismo. O mercado procura cada vez mais obscurecer a dimensão de Jesus de Nazaré e impor o Papai Noel, que tinha originalmente a cor verde. A Coca-Cola impôs a cor vermelha. Isso é histórico. Há uma ‘Papainoelização’ que transforma o Natal em uma festa do consumo.

O que você indica para retomar o sentido original?

Eu tenho dito a muitos casais que têm sensibilidade religiosa e filhos pequenos que tenham muito cuidado. Temos que resgatar a espiritualidade e do sentido religioso da festa. Se não vamos entrar no grande paradigma da pós-modernidade, que pode ser o mercado e não a solidariedade. A religião foi um paradigma medieval. A razão foi o paradigma moderno.

E agora?

O mercado quer se impor na pós-modernidade. É a mercantilização de todas as dimensões da vida. Isso já ocorre fortemente nas duas grandes datas cristãs, que são o Natal e a Semana Santa. Essa última virou miniférias. Poucos se lembram que é a celebração da morte e ressurreição de Jesus.

O Brasil passou e ainda passa por um processo de diversificação de religiões. Em números absolutos, mais pessoas se declaram de diferentes religiões, diferentes da católica. O que você pensa disso?

Eu não acho nem negativo nem positivo. Como católico, eu faço autocrítica. A Igreja Católica vem perdendo terreno pela sua incapacidade de se adaptar aos tempos atuais. Eu gostaria que essa mensagem, do ponto de vista cristão da Teologia da Libertação, tivesse muito mais incidência na sociedade.

Por quê?

Quando a Teologia da Libertação e as comunidades eclesiais de base eram bem vindas na Igreja Católica, havia muito maior número de católicos. Com a repressão e marginalização, houve uma colonização dos movimentos carismáticos e espiritualistas. Aí começou um esvaziamento da Igreja. É o caso de perguntar: é esse o caminho, já que a Igreja está se esvaziando?

A consequência é a multiplicação de novas religiões…

Temos um pluralismo religioso que questiona profundamente a Igreja Católica. E isso é muito positivo. Não dá pra competir com as igrejas evangélicas, que formam um pastor em oito meses. Na Igreja Católica, é preciso oito anos: quatro de filosofia, quatro e teologia e ainda a heroica virtude do celibato. Não dá pra competir. Na minha opinião, nem se trata de competição ou de uma disputa. A Igreja Católica está sendo questionada e levada a rever seus métodos de evangelização, o perfil como instituição e o trabalho dos ministros. Tudo tem que ser profundamente revisto.

Você acha que existe clima para uma revisão dessa magnitude dentro da instituição?

Com Francisco, sim. Ele está aberto a essa revisão profunda, com tudo aquilo que tem dito. Eu tenho muito otimismo. Agora, as coisas na Igreja são lentas e a instituição tem uma estrutura muito pesada. Não tenho esperança que isso aconteça muito depressa. Mas será desencadeado um processo novo de renovação da Igreja.

Como você vê a representação política de grupos religiosos na política? Você considera nocivo para a democracia uma figura religiosa disputar um espaço político?

Não, a figura religiosa pode participar, sem desrespeitar o pluralismo religioso e querer transformar a sua concepção religiosa em lei universal a ferro e fogo. Foi o que aconteceu com o deputado que foi eleito para a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara e dos Deputados [referência ao pastor da Igreja Assembleia de Deus Marcos Feliciano] na questão da homossexualidade.

Qual o impacto dessa conduta?

A política é um espaço laico. Portanto, quando se confessionaliza a política, se nega a laicidade desse espaço. É evidente que os evangélicos fundamentalistas gostariam de impor a sua doutrina, principalmente sua doutrina moral, ao conjunto da população. Para isso, só há um jeito: a persuasão, através da pregação e a conversão. Temo que a gente esteja assistindo silenciosamente a um ascenso de um projeto de confessionalização da política. Seria um passo atrás em relação à modernidade e ás conquistas da autonomia do Estado, do espaço político e da laicidade.

CONTINUE LENDO

Chuva rompe adutora e afeta abastecimento em Brumado e Malhada de Pedras

  • Ascom Embasa
  • 25 Dez 2013
  • 08:25h

Uma grande correnteza nas águas do Rio do Antônio, provocada pela forte enxurrada da chuva registrada durante a noite desta terça, 24, voltou a danificar um trecho da adutora que conduz água da barragem de Cristalândia para a Estação de Tratamento II (ETA) de Brumado. O local do quebramento já foi identificado, mas os técnicos da empresa aguardam a força da correnteza amenizar para iniciar os trabalhos de correção. Por conta disso, o fornecimento de água tratada encontra-se paralisado nos bairros Dr.Juracy, São Jorge, Novo Brumado, Esconso, São Felix, Esmeralda, Malhada Branca, Jardim de Alá, Urbis II, Urbis III, Loteamento Malhada Branca e na cidade de Malhada de Pedras. A Embasa está estudando uma segunda alternativa de abastecimento para estes locais. Para evitar o desabastecimento, a empresa recomenda que a população mantenha a economia, consumindo de forma racional até a normalização do sistema.

Brumado: Prefeito Aguiberto visita Barragem e já formata planejamento de emergência

  • BBCom
  • 24 Dez 2013
  • 20:34h

O prefeito conferindo a situação da Barragem do Rio do Antônio (Foto: BBCom)

O grande volume de águas que vem descendo com o Rio do Antônio já está colocando as autoridades de alerta, já que existem riscos de uma possível enchente nas regiões ribeirinhas. O prefeito Aguiberto Lima Dias, preocupado com a situação, cancelou seus compromissos particulares e visitou a Barragem do Rio do Antônio e também algumas localidades às margens do referido rio para averiguar “in loco” a realidade dos fatos, para que medidas emergenciais possam ser tomadas, caso haja um agravamento da situação. Junto com populares, o gestor acompanhou a vinda das águas da ponte do Bairro São Jorge, onde ficou patente que o volume das águas é grande e que, caso continuem as chuvas com a mesma densidade o risco de desabamentos e alagamentos é real. O prefeito também está comunicando aos proprietários de residências que ficam às margens do rio e dos riachos que as escolas municipais já estão sendo preparadas para receber desabrigados, caso ocorram enchentes. A cheia do Rio do Antônio não acontece há muitos anos; a última de maior densidade ocorreu em 1968, quando houve vários desabamentos e a população ficou muito assustada. 

 

O prefeito Aguiberto fez questão de conferir de perto a situação da cheia do Rio do Antônio (Foto: BBCom)

Brumado: População nas pontes para ver a cheia do Rio do Antônio

  • A população parou para ver o volume das águas na ponte do Bairro São Jorge (Foto: Brumado Urgente)
  • 24 Dez 2013
  • 20:19h

Como se fosse uma grande atração. É dessa forma que a população de Brumado está acompanhando a cheia do Rio do Antônio que já fez a barragem sangrar, coisa que não acontecia há cerca de dez anos. O volume de água está sendo muito acima do normal e, caso as chuvas continuem com a mesma intensidade, os riscos de alagamento e até de desabamentos aumenta em propriedades que estão localizadas às margens podem ser mesmo atingidas. O fenômeno da natureza é incomum no sertão tão castigado pelas secas, então, diante disso, a população está indo aos pontos de mais fácil observação para verificar a força das águas. As autoridades estão de alerta e as escolas municipais já foram colocadas de prontidão, caso haja desabrigados. A previsão é de mais chuva para os próximos dias, então, o sinal de alerta continua aceso. 

A cena atípica acabou se tornando um grande atração na cidade (Foto: Brumado Urgente)

Mensagem de Boas Festas do Brumado Urgente

  • Daniel Simurro / Brumado Urgente
  • 24 Dez 2013
  • 16:28h