Bahia será o maior parque eólico do Brasil, diz governador Rui Costa

  • 10 Ago 2015
  • 15:44h

(Foto: Reprodução)

O governador Rui Costa disse que a Bahia vai ser o Estado com o maior parque eólico do Brasil e já a partir do próximo ano pretende tomar essa liderança do Rio Grande do Norte, com a atração de mais empresas para se instalarem nas regiões de Juazeiro, chapada Diamantina e Sudoeste (Caetité). Conforme afirmou o governador, durante solenidade em Morro do Chapéu, onde foi participar dos eventos dos 105 anos de emancipação do município e da apresentação da produção experimental de vinhos produzidos na região, a Bahia vai potencializar o uso da energia eólica na agricultura irrigada e no fornecimento de energia nas escolas rurais.

 

Rui Costa destacou que o estado vai bancar a infraestrutura, a exemplo do que fez em Caetité e em Morro do Chapéu, para que as empresas interessadas na exploração de energia eólica (produzida pela força dos ventos) possam se instalar no interior. “A diferença dos outros estados produtores, é que esses ventos se concentram mais no litoral, e no nosso caso, na região do Semiárido, com potencial bem maior “disse””. Além da energia eólica, cujos parques em Morro do Chapéu, Brotas de Macaúbas (Chapada Diamantina) e Caetité, Igaporã e Guanambi (Sudoeste) já foram instalados, a ideia é que a partir de 2016 seja instalado um novo parque, em Juazeiro. Mas também será intensificado o uso da energia solar. “Nossos projetos são para que toda escola da zona rural seja abastecida por energia solar e o funcionamento dos poços artesianos seja por energia eólica”, disse o governador.

Vinhos e morangos
Aproveitando as inaugurações que fez em Morro do Chapéu, por conta do aniversário de emancipação do município, o governador Rui Costa, acompanhado do vice-governador, João Leão, e do ministro da Defesa, Jaques Wagner, participou da degustação da safra de vinhos da Chapada Diamantina, produzida por Christian Jojot, presidente de uma das suas principais cooperativas de adegas francesas, aCave Coopérative DesRiceys. A produção de uvas, em fase experimental e com apoio da Embrapa, pode tornar o município de Morro do Chapéu um grande produtor de vinhos espumante, semelhante aos produzidos na região de Champagne, na França. Com isso o estado passará a ter duas regiões vinícolas, a Chapada Diamantina, com produção em Morro do Chapéu e Mucugê, e o Vale do São Francisco, com produção em Juazeiro e Casa Nova, e onde já existe a vinícola Miolo. O Projeto de ‘Avaliação Técnica e Econômica de Videiras Viníferas e de Culturas de Clima Temperado em Morro do Chapéu’, na Chapada Diamantina, foi elaborado no final de 2008, quando a Secretaria da Agricultura da Bahia analisou as condições de solo e clima, e prospectou a possibilidade de produção de uvas para a fabricação de vinhos finos naquela região. Em Morro do Chapéu foram produzidos nesta safra (safra de 2014) 800 garrafas de vinhos espumante, tinto, rosé e branco. O município de Morro do Chapéu está na dianteira, plantando de forma experimental 12 variedades viníferas, entre elas Cabernet Sauvignon, Tannat, Malbec, Merlot, Syrah, Sauvignon Blanc, Chardonnay e Moscat.A transformação das uvas em vinho é realizada, ainda experimentalmente, em Juazeiro pela Embrapa Semiárido e pela vinícola Miolo, parceiras do projeto.  O município também vem se tornando um grande produtor e morango, cuja safra deste ano foi capaz de produzirdois milhões de caixas que foram exportadas para o Estado de Santa Catarina, e consumo interno nos municípios de Salvador, Juazeiro e Feira de Santana. Para a safra do próximo ano foram plantados 1,8 milhão de pés de morango. Maçãs, peras, ameixa e figo ainda estão em fase experimental de plantio e colheita.

Governador pede bom senso aos deputados e senadores

Sem se furtar de comentar a atual crise política e econômica do Governo Federal, o governador Rui Costa pediu que os deputados e senadores mantivessem o equilíbrio necessário ao debaterem e votarem projetos que garantam a governabilidade no País, pedindo que aos parlamentares bom senso. Segundo o governador, “Do jeito que a coisa está acontecendo, a Câmara vai quebrar o país”, afirmou, referindo-se à chamada “pauta bomba” que seria apresentada nos próximos dias pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. O governador disse ainda que “as atuais votações não refletem a realidade por qual passa o país e demonstra uma falta de responsabilidade”, disparou. Já o ministro da Defesa, Jaques Wagner, também presente aos eventos em Morro do Chapéu, surpreendeu a plateia ao se referir de forma elogiosa ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso por ter sido o seu governo o responsável pelo controle da inflação e estabilidade econômica com o Plano Real. Em seguida Wagner afirmou que dentre todos os governos a presidente Dilma é a que melhor tem estrutura para se combater a corrupção no país. “Não troco os 12 anos de governo do PT por nada, mesmo com os erros de alguns e os momentos de aperto que estamos vivendo”, disse. Segundo o ministro da Defesa, “em vez de julgar o Partido dos Trabalhadores por erros de alguns, é preciso que as pessoas não se esqueçam das realizações feitas no país nos últimos 12 anos”, afirmou.

CONTINUE LENDO

Produção Industrial da Bahia cresceu 4% em Junho

  • 10 Ago 2015
  • 15:12h

(Foto: Reprodução)

A indústria baiana apresentou avanço de 4,1%, em junho de 2015, em relação ao igual mês do ano passado. Ao ser comparada com maio deste ano, a produção industrial de transformação e extrativa mineral da Bahia, ajustada sazonalmente, apresentou crescimento de 2,2% após assinalar duas taxas negativas consecutivas. As informações são da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia da Secretaria do Planejamento (Seplan). No mês de junho, houve expansão de quatro das 12 atividades pesquisadas. O setor de veículos (277,6%) registrou o principal impacto positivo no período.

 

Outros dados positivos no indicador foram observados nos segmentos de produtos derivados de petróleo e biocombustíveis (2,3%), produtos de borracha e material plástico (7,8%) e couros, artigos para viagem e calçados (0,7%).As contribuições negativas vieram dos setores de metalurgia (-20,6%), produtos químicos (-5,8%), equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (-64,0%), produtos alimentícios (-6,1%), celulose e papel (-2,8%) e bebidas (-7,0%).

CONTINUE LENDO

Mãe que confessou ter envenenado bebê de 1 ano é solta de prisão na BA

  • 10 Ago 2015
  • 14:42h

(Foto: Reprodução)

A mãe suspeita de tentar matar a filha de 1 ano e 8 meses com veneno foi libertada do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas, no sul da Bahia. O advogado de Daniela Albertino Santos informou ao G1 que a cliente deixou a unidade no sábado (8) após uma decisão judicial favorável ao pedido de relaxamento de prisão. A soltura foi confirmada junto ao presídio. "Nós pedimos o relaxamento da prisão com a liberdade provisória. Eu não tive acesso ao alvará para dizer o teor da decisão, mas ela foi libertada no sábado", disse o advogado Rafael Reis Pinto.

Na semana passada, a mãe sofreu agressão dentro do presídio. De acordo o diretor da unidade prisional, Osiris Moreira Cardoso, as presas cortaram o cabelo dela. A interna foi colocada em cela separada e recebeu atendimento médico. Um procedimento foi instaurado para investigar as responsáveis pela agressão, que ocorreu na última terça-feira (4). A criança chegou a ficar internada no Hospital Regional de Eunápolis, e foi liberada. O diretor do presídio divulgou que o bebê está na casa de uma tia. Não há informações se o pai da criança prestou depoimento sobre o caso. Apesar de ter confessado que colocou veneno na mamadeira, a defesa acredita que ela sofreu depressão pós-parto. "A filha, inclusive, chegou a ser internada na sexta e no sábado [o caso teria ocorrido no domingo, 2 de agosto], vomitando. Provavelmente no domingo foi a mesma coisa. Ela ficou em estado de desespero e chamou a polícia, a mídia, dizendo que a criança foi envenenada, mas, na verdade, não ocorreu envenenamento", defende o advogado.

Confissão
“Eu coloquei na água para eu beber, só que aí falaram que se eu bebesse primeiro eu iria morrer e ela não. Eu fui e coloquei só um pouco, só que, na hora que ela começou a beber, eu tomei e liguei para a polícia para falar. Depois, eu coloquei ela no táxi e levei para o hospital”, disse Daniela Santos. O caso ocorreu na cidade de Eunápolis. A mãe contou que se arrependeu logo depois do que fez e procurou a polícia. Ela falou sobre o motivo do crime: “Porque o pai dela não queria mais ficar com a gente. Eu me arrependi. Por isso que eu me entreguei e levei ela para o hospital." Daniela foi presa em flagrante, na segunda-feira (3), no Hospital Regional de Eunápolis. A polícia investiga quem vendeu o chumbinho (o que é proibido por lei) e quem passou orientações sobre como o veneno deveria ser usado. Segundo a Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), ela vai ser indiciada por tentativa de homicídio. “O homicídio tem a pena de 12 a 30 anos. Na forma tentada, vai ter a redução de um terço a dois terços da pena”, disse Valéria Fonseca Chaves, coordenadora da 23º Coorpin da cidade. O pai da criança não foi localizado.

CONTINUE LENDO

Tríplice epidemia: Ministério da Saúde autoriza repasse de R$ 1,6 mi para Sesab

  • 10 Ago 2015
  • 14:03h

(Foto: Reprodução)

O Ministério da Saúde autorizou, em publicação do Diário Oficial da União desta segunda-feira (10), repasse de R$ 1,6 milhão para ações emergenciais de controle e prevenção da dengue, chikungunia e zika vírus na Bahia. De acordo com o último boletim da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), publicado na última quinta-feira (6), foram registrados 53,5 mil casos suspeitos de dengue, 41,6 mil de zika vírus e 11,7 mil de chikungunya entre janeiro e o começo de agosto. As três doenças já compõem uma tríplice epidemia no estado. À Agência Brasil, a superintendente de Vigilância e Proteção à Saúde, Ita de Cácia, afirmou que o repasse de recursos foi em resposta a uma solicitação do governo do Estado, a partir da necessidade de melhorar as ações de enfrentamento à doença. Ao todo, foram solicitados ao Ministério da Saúde R$ 15 milhões para realizar ações que incluem compra de teste rápido para detecção da febre chikungunya e de material para o controle do Aedes aegypti, mosquito transmissor das três doenças. 

Para Ita, entre as ações emergenciais necessárias está promover a capacitação de profissionais de controle de endemias e profissionais de saúde dos municípios para que casos graves sejam imediatamente identificados e tratados. "Esses recursos são necessários não só por conta da dengue, mas pelas outras duas epidemias que estão em curso. Se fossemos somar os casos das três, que são transmitidas pelo mesmo vetor, daria um número muito grande. Nós não conhecemos bem ainda como a chikungunya e a Zika vírus vão se comportar. Tanto que, em relação à zika, logo no início, achamos que seria uma virose mais branda. Foi quando começaram a aparecer os casos de complicações neurológicas", explicou a superintendente, referindo-se aos casos da Síndrome de Guillain-Barré que surgiram principalmente entre pessoas que tiveram antes sintomas de doenças causadas pelos vírus. Até o momento, a Sesab notificou 57 casos da síndrome.

CONTINUE LENDO

Nestor Duarte assegura a presidente do legislativo Alessandro Lobo que obras do presidio de Brumado devem ser reiniciadas nos próximos dias

  • ASCOM/CMB/Eliana Costa
  • 10 Ago 2015
  • 13:30h

O secretário Nestor Duarte e o presidente do Legislativo, Alessandro Lôbo vêm mantendo contatos diretos para tentar resolver a questão do CDP (Foto: Brumado Urgente Conteúdo)

A área da segurança pública em Brumado tem sido motivo de grande preocupação por parte das autoridades locais e da população, que tem vivido momentos de grande apreensão pelo grande número de ações praticadas por meliantes.A notícia da construção de um CDP – Centro de Detenção Provisória trouxe um certo alívio, já que a atual delegacia local não tem condições para abrigar de forma segura os detentos. Porém, após uma grande mobilização para que fosse escolhido o terreno para a construção do CDP veio a frustação da notícia por parte da Secretaria de Administração de Segurança penitenciária de que as obras foram paralisadas em razão dos recursos terem sido devolvidos para a União, visto que o terreno tinha se transformado em um lixão. Nestor Duarte informou, ainda, ao presidente que ao contrário do que foi divulgado nunca existiu verba do governo federal, que o Estado contraiu empréstimo na ordem de 1,2 bilhões para serem divididos entre as secretarias, sendo que 150 milhões ficaram para a SEAP. “O secretário Nestor Duarte tem sido muito atencioso em relação as nossas inquirições. Na verdade o que observo é uma mistura de informações acerca dos terrenos doados e a fonte dos recursos, pois sempre soubemos que teria uma verba federal já depositada. Quanto ao terreno com lixão, faz parte de um antigo processo e após realização de sessões na Câmara de Vereadores foram disponibilizadas duas áreas a serem definidas conforme melhor atendessem a determinação da Secretaria, tudo em tempo hábil. Na verdade o que nos interessa agora é o inicio da obra”, pontuou Alessandro Lôbo. Continua dizendo que “Nestor Duarte também me informou que esteve no gabinete do secretário da Fazenda, Manoel Vitorino o qual lhe informou que a segunda parcela deverá ser liberada na próxima segunda-feira, quando então as obras do CDP de Brumado serão reiniciadas. O prazo para construção deve ser de cinco meses”. Finaliza frisando que estará atento a toda essa movimentação para que realmente as obras sejam reiniciadas conforme explicações do secretário Nestor Duarte. “Essa obra é de fundamental importância para a segurança de nossa população. Confiamos que assim que forem liberados os recursos a obra seja efetivamente retomada conforme nos assegurou Nestor Duarte”, afirmou Alessandro Lôbo.

 

Homenagens em memória de Eduardo Campos unem hoje PT e oposição

  • 10 Ago 2015
  • 13:03h

(Foto: Reprodução)

O PSB dará início nesta segunda-feira às homenagens de um ano da morte do ex-governador Eduardo Campos com um evento, no Recife, que devem unir oposição e governo. Aécio Neves, que preside o PSDB, e Rui Falcão, presidente do PT, ao lado dos governadores Geraldo Alckmin (PSDB-SP) e Marconi Perillo (PSDB-GO), da vice na chapa de Campos, Marina Silva, e das principais lideranças do PSB, participarão de atos que lembrarão a morte de Campos, em acidente aéreo durante a campanha presidencial. O ato, no Recife Antigo, contará ainda com a família de Campos, que completaria 50 anos nesta segunda. Em seguida, familiares e amigos repetirão uma tradição que Campos mantinha nos aniversários: acompanhar a missa campal em São Lourenço da Mata.

 

Até esta sexta-feira, as homenagens vão prosseguir com uma série de batismos de equipamentos públicos. Na quarta, uma sessão solene na Câmara lembrará a vida política de Campos e, na quinta, uma missa será celebrada na Igreja Matriz de Recife. A missa será dedicada ainda aos 10 anos da morte de Miguel Arraes, avô de Campos e também ex-governador de Pernambuco. — (Nesta segunda-feira) será um cerimonial para celebrar a vida, e não a morte, no dia em que Eduardo faria 50 anos — diz o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE). Um ano após a morte do ex-governador e de outros seis ocupantes do avião, dirigentes do PSB e a vice Marina dizem que Campos tem feito falta nesse momento da política brasileira: — Se estivesse vivo, o desfecho e o quadro político e econômico não seriam diferentes. Mas ele seria uma voz equilibrada em meio ao caos, uma voz com reconhecimento nacional para ajudar a liderar a busca de um caminho — diz o presidente da Fundação João Mangabeira, o ex-governador Renato Casagrande. — Creio que Eduardo estaria percorrendo o país para conversar com as lideranças regionais, insistindo em temas como o pacto federativo e a reforma tributária, estaria na luta. Sua presença certamente daria mais qualidade à política brasileira — diz Marina. Sobre 2018, Beto Albuquerque, que em 2014 assumiu, depois do acidente, o papel de vice na chapa de Marina, diz que o partido disputará a Presidência: — Só temos um caminho: o PSB tem que disputar a Presidência. Não podemos recuar.


 

CONTINUE LENDO

Ibitira: Em assalto à lotérica, bandido é morto em troca de tiros com a Polícia

  • Brumado Urgente
  • 10 Ago 2015
  • 12:30h

A troca de tiros aconteceu em frente à lotérica (Foto: Brumado Urgente)

Os assaltos a correspondentes bancários e lotéricas vêm aumentando consideravelmente em toda a região. As quadrilhas que vêm se especializando nesse tipo de delito também se mostram mais destemidos, já que, devido à falta de contingente policial, o caminho fica mais livre. Mas, na manhã desta segunda-feira (10), bandidos que foram assaltar uma lotérica no Distrito de Ibitira, pertencente ao município de Rio do Antônio, acabaram se dando mal, já que uma guarnição da Polícia Militar agiu rápido e, em troca de tiros com os bandidos, um acabou morrendo e o outro ficou ferido, o qual está sendo encaminhado para o Hospital Magalhães Neto. Segundo informações os bandidos são de Brumado e vêm agindo em toda a região. Os nomes ainda não foram revelados, mas segundo informações preliminares um deles foi um dos que fugiram recentemente da 20ª Coorpin. Foi a primeira vez que aconteceu uma morte desta natureza no município de Ibitira. 

Frentistas na BA entram em greve por tempo indeterminado nesta segunda

  • 10 Ago 2015
  • 12:25h

(Foto: Reprodução)

Os frentistas que trabalham em postos de combustíveis da Bahia param por tempo indeterminado a partir desta segunda-feira (10). De acordo com o diretor de Comunicação do Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Combustíveis e Derivados do Petróleo na Bahia (Sinposba), Paulo Félix, a greve começou porque o setor patronal não apresentou nenhuma proposta após dez reuniões com a categoria. Porém, em nota enviada na última sexta-feira (7), o Sindicato dos donos de postos de combustíveis (Sindicombustítveis) informou que esteve aberto ao diálogo e fez propostas para reajustar os salários em 9% e o auxílio-alimentação em 15,8%, elevando o valor de R$ 190 para R$ 220 mensal.

 

Paulo Félix afirma que os postos das avenidas Bonocô, Ogunjá e de vários pontos de Salvador estão fechados. Conforme o diretor do sindicato, a categoria também adere ao movimento em Lauro de Freitas, Camaçari e Feira de Santana. “A tendência é que a greve vá aumentando em mais cidades", avalia. Segundo o sindicalista Paulo Félix, a categoria tem mais de um ano sem aumento de salário. “Estamos há mais de 90 dias buscando solução para evitar que a greve fosse deflagrada. Estamos há 15 anos lutando para buscar um plano de saúde para a categoria”, reclama o sindicalista. Ele ainda alega falta de segurança nos postos, já que dois trabalhadores teriam sido mortos em assaltos nos últimos dois meses na Bahia. “As empresas descontam o valor do assalto do salário dos trabalhadores. Também descontam cheque sem fundo e cartão clonado. Recebemos um auxilio alimentação de R$ 7,30 por dia que não dá para nada”, critica. A greve foi decretada em assembleia pela categoria no último 24 de julho.

CONTINUE LENDO

Notável: Aluna do CEB é aprovada para o Curso de Medicina da Uesb de Jequié

  • Daniel Simurro | Brumado Urgente
  • 10 Ago 2015
  • 11:27h

A estudante Rafaela Machado Gomes muito feliz com a sua aprovação para o Curso de Medicina da UESB (Foto: Brumado Urgente)

Rafaela Machado Gomes (17) estudou sempre em escola pública, o que para muitos iria dificultar os seus planos universitários. Mas a estudante brumadente é mais uma que vem colocar por terra esse estigma que o ensino público é deficitário: Ela que concluiu o Ensino Médio no CEB- Colégio Estadual de Brumado no ano de 2014, conseguiu um feito notável, ser aprovada para o Curso de Medicina, um dos mais cobiçados pelos milhares e milhares de jovens baianos. Neste ano ela fez o tradicional cursinho e conseguiu uma média muito boa no Enem, 722 pontos, o que a credenciou, em segunda chamada, para fazer para o Curso de Medicina da UESB de Jequié, considerado um dos melhores da Bahia. Muito feliz ela fez questão de agradecer os seus professores, desde o ensino fundamental, os quais foram muito importantes para o seu sucesso. Ela que comemorou a vitória junto de sua família vem se constituir num grande exemplo de que a escola pública oferece sim as condições para os alunos terem êxito na conclusão dos seus estudos. 

Após fim da greve dos professores, servidores da Uesb de Vitória da Conquista, Jequié e Itapetinga param a partir desta segunda

  • Mirian Neto I ConquistaUrgente
  • 10 Ago 2015
  • 11:16h

Foto: Reprodução/TV Bahia

Uma paralisação foi decretada em assembleia na última sexta-feira (7)  pelos servidores técnico-administrativos da Universidade do Sudoeste do Estado (Uesb) a partir desta segunda-feira (10) até a próxima sexta (15), nos campi de Vitória da Conquista, Itapetinga e Jequié. E acontece no mesmo dia de retorno dos professores às aulas após greve. Os funcionários técnico-administrativos já haviam parado as atividades na semana passada, na quarta-feira (5). De acordo com o Sindicato dos Servidores Técnico-Administrativos da Uesb, os trabalhadores pedem o reestabelecimento do pagamento do adicional de insalubridade, ampliação do quantitativo de vagas para promoção funcional e abertura de concursos públicos para o setor. A categoria também reivindica o percentual de 7% da Receita Corrente Líquida (RCL) para os orçamentos das universidades estaduais e 1% da RCL para o Programa de Desenvolvimento e Capacitação dos técnico-administrativos. Os servidores ainda querem que seja encaminhada para a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) o projeto de lei para criação de carreira. *As informações são do G1 BA

Banco do Brasil abre concurso para 860 vagas de escriturário

  • 10 Ago 2015
  • 10:44h

(Foto: Reprodução)

Banco do Brasil divulgou nesta segunda-feira (10) edital de concurso para o cargo 860 vagas de escriturário. São 95 vagas imediatas e 860 para formação de cadastro de reserva. É a primeira vez que BB oferece vagas no edital e não apenas cadastro de reserva. O salário é de R$ 2.227,26. A Cesgranrio é a organizadora responsável pela seleção. No site do "Diário Oficial da União" é possível ver o edital. Clique aqui para acessar. Os candidatos devem ter nível médio. A jornada de trabalho será de 30 horas semanais.Entre as funções do cargo estão comercialização de produtos e serviços do banco, atendimento ao público, atuação no caixa (quando necessário), entre outras atividades.

 

Do total das oportunidades, 5% são reservadas para pessoas com deficiência (PCD) e 20% para pessoas pretas e pardas (PPP). (Os termos preto e pardo são os utlizados oficialmente pelo IBGE). As oportunidades são para Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. Além do salário, o BB oferece participação nos lucros ou resultados, nos termos da legislação pertinente e acordo sindical vigente, vale-transporte, vale-cultura, auxílio-creche, ajuda alimentação/refeição, auxílio a filho com deficiência; plano odontológico, assistência médica (planos de saúde) e previdência privada. As inscrições estarão abertas de 11 a 31 de agosto pelo site www.cesgranrio.org.br. A taxa é de R$ 42. A seleção será feita por meio de avaliação de conhecimentos (25 questões de conhecimentos básicos e 45 de conhecimentos específicos) e prova de redação. Ainda haverá perícias médicas e procedimentos admissionais. As provas objetivas terão duração de 5 horas e serão aplicadas na data provável de 18 de outubro, nas cidades de Maracanaú (CE), Itapipoca (CE0, Sobral (CE), Quixadá (CE), Russas (CE), Cratéus (CE), Juazeiro do Norte (CE), Fortaleza, João Pessoa, Campina Grande (PB), Patos (PB), Sousa (PB), Recife, Jabotão dos Guararapes (PE), Olinda (PE), Palmares (PE), Vitória de Santo Antão (PE), Timbaúba (PE), Caruaru (PE), Garanhuns (PE), Serra Talhada (PE), Petrolina (PE), Parnaíba (PI), Teresina, Picos (PI), Floriano (PI), Natal, Mossoró (RN), Aracaju, Estância (SE), Nossa Senhora da Glória (SE), Itabiana (SE), Lagarto (SE) e Capela (SE). As questões de conhecimento básico serão de Língua Portuguesa , Raciocínio Lógico-Matemático, Atualidades do Mercado Financeiro. Já as de conhecimento específico vão abranger Cultura Organizacional, Técnica de Vendas, Atendimento, Domínio Produtivo da Informática, Conhecimentos Bancários e Língua Inglesa. A seleção externa terá validade de 1 ano e poderá ser prorrogada, uma vez, por igual período.

Último concurso
A última seleção do Banco do Brasil ofereceu 2.499 vagas em cadastro de reserva para o cargo de escriturário nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e Sergipe. O concurso teve 535 mil candidatos inscritos.

CONTINUE LENDO

Prefeitura de Brumado irá ampliar ainda mais a ‘Operação Bairro Limpo’

  • 10 Ago 2015
  • 10:41h

O aspecto das ruas vem ficando muito melhor (fotos: Divulgação)

Dentro das várias frentes de atuação da Secretaria Municipal de Infraestrutura, uma começa a ganhar mais atenção da pasta, que é a limpeza dos bairros da cidade, com a retirada do entulho e mato das ruas. Denominada “Operação Bairro Limpo”, as equipes e as máquinas da Seinfra estão trabalhando intensamente para colocar o planejamento em prática, deixando também as vias desobstruídas, facilitando a vida dos motoristas e motociclistas. Essa semana será concluída a limpeza das ruas dos Bairros Feliciano Pereira Santos e Bairro dos Prazeres, deixando os referidos locais bem mais aprazíveis, além de eliminar focos de animais peçonhentos e, principalmente do "aedes aegypti", o que feito em parceria com a Secretaria de Saúde que também vem dimensionando as suas ações de combate ao mosquito, que além da Dengue, também transmite a Chikungunya e a Zika. Em seguida serão atendidos os bairros Santa Tereza, Dr. Juracy e Rodoviário. Segundo o secretário de infraestrutura André Cardoso a operação vem atender os anseios dos moradores que vêm fazendo reiteradas solicitações para que esse tipo de serviço fosse realizado. 

Conquista: Homem com deficiência mental espera há 9 meses por cirurgia na BA

  • 10 Ago 2015
  • 10:15h

Pedro Sena Brito aguarda há nove meses por uma cirurgia para retirada de pedra renal que se alojou na uretra (Foto: Reprodução/Facebook)

Um homem de 53 anos, que tem deficiência mental, aguarda há nove meses por uma cirurgia pelo Sus, para remover uma pedra renal que se alojou em sua uretra. Pedro Sena Brito é morador da cidade de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. A irmã de Pedro, Manuela Sena, afirma que o paciente sofre de problemas de pedras nos rins há 8 anos. “Ele passa por sessões regulares de litotripisia – tratamento que fragmenta as pedras -, e consegue eliminar as pedras. Certa vez, demorou para conseguirmos marcar esse procedimento e um apedra desceu e se alojou na uretra”, conta Manuela. la conta que a cirurgia não é feita em Vitória da Conquista e que o irmão já foi encaminhado pela Secretaria de Saúde do município várias vezes para o Hospital Santa Isabel, em Salvador, mas nunca conseguiu a operação.

“Ele sente dores muito fortes. Tem épocas que ele prende a urina, por causa dor. Aí temos que ir ao médico, para eles conseguirem retirar a urina. E com as dores, ele fica agressivo, e acaba tendo que tomar  remédio controlado. Ele tem passado a maioria do tempo dormindo, por causa do remédio”, diz Manuela. A irmã do paciente contou ao G1 que chegou a fazer orçamentos da cirurgia pela rede particular, mas se desanimou. “Aqui em Conquista, o médico mais barato me cobrou R$ 7 mil, mas tem gente que cobra de R$ 10 a R$ 12 mil”, diz. Para ajudar Pedro, Manuela criou um grupo no Facebook, para pedir contribuições em dinheiro e tentar pagar a cirurgia pela rede particular. Manuela conta ainda que registrou o caso, na última sexta-feira (7), junto à Defensoria Pública do Município. O defensor Pedro Souza confirmou que está acompanhando o caso. “Tomamos conhecimento dessa situação na sexta-feira. Vamos prestar todas as orientações ver se conseguimos uma solução extrajudicial ou se precisaremos entrar na Justiça para resolver a questão”, disse Pedro. O G1 entrou em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), que informou que Pedro Sena Brito não está cadastrado na regulação, e que neste caso específico, ele tem que ser encaminhado pela Secretaria Municipal de Saúde de Vitória da Conquista, pois ele já está inscrito no programa de Tratamento Fora do Domicilio (TFD), que é de responsabilidade da gestão municipal. O G1 não conseguiu contato com a assessoria da Secretaria Municipal de Saúde de Vitória da Conquista. Do G1 BA

CONTINUE LENDO

Julgamento no STF pode levar Brasil a descriminalizar porte de drogas

  • 10 Ago 2015
  • 09:46h

(Foto: Reprodução)

O Brasil pode se igualar aos demais países da América do Sul que descriminalizaram o porte de drogas hoje ilícitas e passar a ser tolerante com o consumo e com o cultivo para uso próprio. A medida depende do Supremo Tribunal Federal (STF) que deve julgar, neste mês, ação questionando a inconstitucionalidade da proibição. A Defensoria Pública do Estado de São Paulo recorreu à Corte, alegando que o porte de drogas, tipificado no Artigo 28 da Lei 11.343, de 2006, não pode ser considerado crime, por não prejudicar terceiros. O relator é o ministro Gilmar Mendes, que finalizou o voto e deve colocar o tema em votação ainda este mês.

Para especialistas em segurança pública, direitos humanos e drogas, o STF tem a chance de colocar o Brasil no mesmo patamar de outros países da região e dar um passo importante para viabilizar o acesso de dependentes químicos ao tratamento de saúde, além de pôr fim à estigmatização do usuário como criminoso. “A lei de drogas manteve a posse de drogas como crime, mas não estabeleceu a pena de prisão – o que foi um avanço. O entendimento que se tem é que isso [a proibição] é inconstitucional, diante dos princípios da liberdade, da privacidade, no sentido que uma pessoa não pode ser constrangida pelo Estado, sob pena de sanção, por uma ação que, caso faça mal, só faz mal a ela”, explicou a coordenadora do Grupo de Pesquisas em Política de Drogas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Luciana Boiteux. O diretor para a América Latina da Open Society Foundation, organização não governamental que defende direitos humanos e governança democrática, Pedro Abramovay, diz que em nenhum país onde o porte de drogas foi flexibilizado houve aumento do consumo. “O Brasil está atrasado e se descriminalizar vai se igualar a dezenas de países que já passaram por esse processo. Todos os países que descriminalizaram o consumo, que falaram que ter o porte para o consumo pessoal não é mais crime, não viram o consumo crescer. Então, esse medo que as pessoas têm, de haver aumento, é infundado com os dados da realidade”, destaca. Ele acredita que a medida pode fazer com que dependentes tenham acesso facilitado à saúde. “Hoje, um médico que trata uma pessoa que usa crack, lida com um criminoso, tem a polícia no meio, o que torna a abordagem mais e mais difícil”, destacou Abramovay, que já foi secretário nacional de Justiça. 

Traficante x usuário

Com a decisão do STF, também pode sair das mãos da polícia e do próprio Judiciário a diferenciação entre quem é traficante e quem é usuário, que tem levantado críticas de discriminação e violação de direitos humanos nas prisões. A lei atual, de 2006, não define, por exemplo, quantidades específicas de porte em cada caso, como em outros países, e deixa para o juiz decidir, com base no flagrante e em “circunstâncias sociais e pessoais”. “Em outras palavras: quem é pobre é traficante, quem é rico é usuário”, critica Abramovay. Segundo ele, o STF deve recomendar, na sentença, que sejam estabelecidos critérios para a caracterização de usuários, por órgãos técnicos como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “O Supremo pode dizer que, para garantir que a Constituição seja respeitada, sem discriminação, são necessários critérios. Esse não é um tema menor, a falta de indefinição leva ao encarceramento. Estamos falando de um a cada três presos no país”, destacou Abramovay. Em evento no Rio de Janeiro, na semana passada, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, reconheceu que as “lacunas legais” para diferenciar traficantes e usuário alimenta o ciclo de violência e superlota o sistema prisional. Segundo ele, o tráfico é o segundo tipo de crime que mais coloca pessoas atrás das grades, depois de crimes contra o patrimônio. No caso de mulheres, o tráfico aparece em primeiro lugar na lista. “Sabemos que temos uma cultura, que não me parece adequada, de querer forçar a barra de tudo quanto é traficante para poder criminalizar. Temos muita gente que é usuária – que deveria receber tratamento de saúde – entrando nas unidades prisionais em contato com organizações criminosas: ou seja, entra usuário e sai membro do tráfico”, lamentou o ministro. A professora da UFRJ Luciana Boiteux aposta na regulação – da produção à venda das substâncias – como solução para enfrentar a violência e os homicídios no país relacionados ao combate ao tráfico. 

Outro lado

Contrário à descriminalização do porte de drogas para consumo próprio, o deputado federal Osmar Terra (PMDB-RS) acredita que a medida é o primeiro passo para a legalização das drogas o que, de acordo com ele, seria ruim para a sociedade. “Se descriminalizar o uso, acabou, legalizou a droga. Se não for crime usar [a droga], as pessoas vão andar com droga à vontade. Vão levar para o colégio, para a praça, distribuir para os amigos. E como é que pode não ser crime comprar, mas ser crime vender? Como se resolve esse paradoxo? Isso vai acabar legalizando a venda. Os traficantes vão [fingir] ser todos usuários. Isso vai aumentar a circulação da droga. Liberar a droga só agrava o problema, não melhora”, disse Terra que preside a  Subcomissão de Políticas Públicas sobre Drogas da Câmara dos Deputados. Ele discorda da tese de que o uso de drogas é uma liberdade do indivíduo, que só afeta a ele. “A dependência química é uma doença incurável. A pessoa vai levar aquilo para o resto da vida. Isso pode reduzir sua capacidade laborativa e de cuidar da família. Muitas vezes, [o usuário] sobrecarrega a família, porque a maioria é desempregada e não consegue cuidar da família. Ele sobrecarrega seus pais, irmãos, que têm que cuidar dele, tem que arrumar dinheiro para manter, tem que trabalhar mais. A liberdade de ele usar droga é a escravidão da família”, afirma. O deputado relaciona ainda o uso de drogas, lícitas e ilícitas, ao aumento da violência no país. “Nossa epidemia da violência é filha da epidemia das drogas. O Brasil é o país em que mais se mata gente no mundo. Mata mais em homicídios, em acidentes de trânsito. Se liberar, vai aumentar tudo isso. Qual é a maior causa de violência doméstica? É o álcool, porque é uma droga lícita. Não é crime comprar álcool. A violência doméstica vai aumentar muito em função da circulação das drogas ilícitas”, diz. A opinião é compartilhada pelo empresário Luiz Fernando Oderich, que fundou a organização não governamental Brasil Sem Grades, que pede mais segurança e defende leis mais duras para combater a violência. Max, filho de Oderich, foi assassinado há 13 anos durante uma tentativa de assalto. Segundo ele, o usuário não deve ser tratado como criminoso. Entretanto, muitas vezes, ele se envolve em outros crimes por causa do uso de drogas. “Existe uma relação entre um comportamento não social e o consumo de drogas. Alguns, de uma maneira menor, e outros, de uma maneira maior. É uma coisa que não faz bem”, disse o empresário. O psiquiatra Osvaldo Saide, da Associação Brasileira de Alcoolismo e Drogas (Abrad), diz que o ideal é não tratar o usuário como criminoso, mas encaminhá-lo para tratamento. No entanto, segundo ele, é preciso que a legislação deixe claro o que fazer em casos de pessoas que cometam crimes sob efeito de drogas e em casos de venda de drogas pelos usuários para sustentar seu próprio vício. Para Saide, seria necessário criar alternativas ao usuário como receber a pena pelo outro crime cometido ou se submeter a tratamento compulsório. “A Justiça pode pressionar a pessoa para o tratamento em uma situação em que ela não tem a noção da gravidade do seu problema, até porque a dependência química leva a uma falta de noção da gravidade do próprio problema. Às vezes, uma pessoa com profissão fica imersa, por exemplo, no crack”, disse. A presidenta da Associação Brasileira de Estudos de Álcool e outras Drogas (Abead), a psiquiatra Ana Cecília Marques, acredita que a descriminalização do uso precisa ser discutida pela sociedade, mas discorda que isso seja feito por um julgamento do STF. “É preciso que haja uma lei que defina claramente os casos específicos, como se ele é um usuário eventual, se tem uma dependência. Sou a favor de descriminalizar, mas acho que precisa ter todo esse rigor, que não é algo que existe nas nossas leis de drogas. Elas não são claras, deixam várias lacunas. E no país faltam políticas para as drogas. Sou a favor, mas temo por esse processo de descriminalização”, disse.

CONTINUE LENDO

Barra da Estiva: Assaltante é encontrado morto após tentativa de assalto

  • Barra Urgente
  • 10 Ago 2015
  • 09:16h

(Foto: Leitor whatsapp)

Uma tentativa de assalto acabou terminando com um assaltante morto na madrugada desta segunda-feira (10), em Barra da Estiva. De acordo com informações, o proprietário de um bar ao fechar seu estabelecimento e se deslocar para sua casa que próximo ao bar, notou que havia uma movimentação estranha e que seu cachorro estava latindo constantemente. Em seguida, o proprietário ouviu três disparos e viu a moto saindo rapidamente. O solicitante ligou para a polícia e ao ser informada desloucou-se ao local. Após a busca realizada pela polícia, foi encontrado o individuo que havia feito o assalto, caído na vegetação. Ao verificar notou-se que o mesmo encontrava-se baleado e sem sinal de vida. De acordo com a polícia, o individuo usava do brucutu e estava em posse de uma pistola aparentemente calibre 6,35. A polícia continuou no local aguardando procedimentos.