Moradores na Princesa Isabel querem com urgência volta da trafegabilidade na via

  • Daniel Simurro | Brumado Urgente
  • 28 Out 2014
  • 11:48h

A trafegabilidade da Av. Princesa Isabel foi muito afetada com a chuva desta segunda-feira (Foto: Leitor Brumado Urgente via Whatspp)

As chuvas em Brumado são motivo de grande alegria, principalmente para os milhares de moradores do meio rural, mas, em contrapartida, as precipitações pluviométricas trazem “dores de cabeça” para setores da população rural, já que muitas vias são afetadas. A chuva que caiu sobre a cidade nesta segunda-feira (27), a qual nem teve um índice alto, ficando em torno dos 15 mm, já confirmou esta tendência, pois os moradores da Av. Princesa Isabel, no Bairro Malhada Branca, ficaram impedidos de ter a sua mobilidade urbana, porque um lamaçal tomou conta da rua após a chuva. A situação acabou se agravando devido a uma obra recente de implantação de uma rede de esgoto que foi conquistada pelos esforços do vereador Catoze, a qual, ao ser coberta, teve argila como material, a qual é pior que o barro propriamento dito. Em contato com o Brumado Urgente, eles relataram que “não tinha como passar de forma alguma, nem as motos conseguiam, o que acabou atrapalhando a nossa vida, porque não tínhamos como nos locomover para ir ao trabalho”. Logo após as solicitações dos moradores, entramos em contato com o secretário municipal de infraestrutura, André Cardoso, que disse que providências já tinham sido tomadas para devolver a mobilidade aos moradores da Princesa Isabel. Passado um tempo, os moradores voltaram a entrar em contato com a nossa redação falando que a máquina já passou na rua, mas que só isso não resolveria a situação, que era necessário um cascalhamento da via. Em novo contato com o secretário, ele afirmou que “caso isso seja necessário será feito”. 

Reconhecimento: Prefeito Aguiberto parabeniza os servidores públicos municipais de Brumado

  • BBCom
  • 28 Out 2014
  • 11:06h

O prefeito Aguiberto fez questão de parabenizar os servidores públicos municipais (Foto: Daniel Simurro | Brumado Urgente)

Uma administração de sucesso se faz com a força e competência de uma equipe. É com esse pensamento que o prefeito Aguiberto Lima Dias, vem, com muita alegria parabenizar os servidores públicos municipais de Brumado pela passagem do seu dia. O chefe do executivo brumadense reconhece os valorosos esforços de todos os servidores e faz questão de parabenizar a cada um deles pelos brilhantes serviços prestados ao município. “O servidor público é uma peça fundamental em nossa administração e, nesse dia tão especial, em que se comemora o Dia do Servidor Público, não podemos deixar de expressar a nossa gratidão e reconhecimento pelo grande trabalho que é prestado ao nosso município”. E finaliza afirmando que “parabéns servidores públicos de Brumado, vocês são os grandes parceiros na construção de uma cidade cada vez melhor”

Brumado: População se mostra mais tranquila com a volta do policiamento ostensivo nas ruas da cidade

  • Brumado Urgente
  • 28 Out 2014
  • 09:47h

A volta do policiamento ostensivo nas ruas da cidade vem sendo elogiada pela população (Foto: Brumado Urgente)

Uma das grandes deficiências na área da Segurança Pública de Brumado era a falta do policiamento ostensivo nas ruas da cidade, o qual, outrora era muito eficaz, mas, devido à ações governamentais, uma parte do contingente foi transferido para outras cidades da região, em especial, Vitória da Conquista. De lá para cá, Brumado ficou com esse vácuo e, com isso, a criminalidade se aproveitou e começou a intensificar seus delitos, tanto que, neste espaço de tempo, os índices criminais no município tiveram um aumento acentuado, inclusive com inúmeros homicídios, que seria o componente mais robusto nesse sentido. Recentemente a 34ª CIPM recebeu cerca de 20 novos policiais que vieram dos cursos de formação da PM, então, rapidamente, o comando da instituição militar colocou esses novos soldados nas ruas, para cobrir a lacuna da falta de policiamento ostensivo na cidade. Os resultados foram imediatos, já que a população brumadense já dá sinais de que está mais tranquila, pois a sensação de segurança com os policias nas ruas é melhor. Nesta manhã, na Rua Sergipe, uma abordagem feita por dois policiais do motopatrulhamento a dois suspeitos, foi observada de perto por muitos populares, os quais não escondiam a sua satisfação em ver a Polícia agindo nas ruas da cidade. 

Contribuinte tem até sexta-feira (31) para quitar IPVA sem multa

  • Marjorie Moura
  • 28 Out 2014
  • 08:23h

O calendário 2014 do IPVA foi encerrado em setembro | Raul Spinassé | Ag. A TARDE | 09.02.2014

Os contribuintes do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) que não quitaram o tributo em 2014, dentro do prazo previsto pela terminação numeral das placas, têm até esta sexta-feira, 31,  para efetuar o pagamento sem notificação e pagamento de 60% sobre o valor principal do imposto. Segundo Aline Lessa, gerente de IPVA da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), são cerca de 270 mil veículos ainda estão em condição irregular quanto ao pagamento do imposto. Ela lembra que o calendário 2014 do IPVA foi encerrado em setembro, com os pagamentos dos veículos de placas finais 9 e 0. A partir da primeira quinzena do mês de novembro, a Secretaria da Fazenda, conforme previsão legal, vai organizar edital a ser publicado no Diário Oficial do Estado com a relação dos veículos e determinações sobre a emissão da notificação.

Sindsemb parabeniza os servidores públicos municipais de Brumado

  • Brumado Urgente
  • 28 Out 2014
  • 07:30h

(Divulgação)

28 de outubro - Dia do Servidor Público

Parabéns a todos servidores que exercem com
DIGNIDADE sua profissão!!!!!
 
SINDSEMB 
SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS M. DE BRUMADO-BA.
 
" A mais honrosa das ocupações é servir o público e ser útil ao
   maior número de pessoas".
                                                               Michel de Montaigne
 
E para comemorar a data em grande estilo, o Sindsemb irá realizar uma grande festividade, nesta sexta-feira (31), às 21 horas, na Lagoa do Meio. 

Brumado: Mais uma tentativa de homicídio mostra que cresce a rivalidade entre gangs rivais

  • Brumado Urgente
  • 28 Out 2014
  • 06:44h

(Fotocomposição: Brumado Urgente)

O crescimento da criminalidade em Brumado está atingindo níveis cada vez mais preocupantes, deixando a população, - principalmente os moradores dos bairros mais periféricos -, em constante apreensão. Após o homicídio ocorrido no último sábado (25), véspera do segundo turno das eleições, uma atmosfera de medo pairou sobre a cidade, já que várias ameaças e tentativas de retaliação começaram a ocorrer, com disparos por alguns pontos da cidade. Na noite desta segunda-feira (27), a saga, ao que tudo indica, continuou, com uma nova tentativa de homicídio, desta feita, próximo à Rua da Estação. Segundo informações colhidas pelo Brumado Urgente, dois elementos em uma motocicleta chegaram ao local e dispararam vários tiros contra outros dois jovens que transitavam pelo local, os quais também estavam em outra motocicleta Os tiros atingiram um deles, que teve que ser encaminhado ao hospital para receber cuidados médicos, mas, ao que se sabe, não corria risco de morte. Ainda segundo informações, os tiros foram dados como alerta, já que o atirador teria dado um aviso nesse sentido. A rivalidade entre gangues na cidade está cada vez maior e o problema é grave, já que muitas vezes isso acaba em homicídios. A Polícia está fazendo uma ampla investigação dos fatos. 

Dilma afirma que anunciará até o fim do ano medidas para a economia; assista a entrevista

  • De Redação
  • 28 Out 2014
  • 06:22h

Presidente Dilma Rousseff (PT) durante entrevista ao 'Jornal Nacional' | Reprodução l Jornal Nacional

A presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) defendeu na noite desta segunda-feira, 27, a consulta popular como essencial para se implementar a reforma política no País. Em entrevista ao Jornal Nacional, da TV Globo, Dilma disse ter certeza que essa consulta será possível, pois durante a campanha conversou com diversos setores que contribuíram com formas de se fazer um plebiscito. "O Congresso vai ter sensibilidade para perceber que isso é uma onda que avança", disse sobre a cooperação do Congresso Nacional com essa sua proposta, já que após as manifestações de junho do ano passado não teve apoio maciço dos congressistas para fazer a reforma através de consulta popular. Das medidas para tal reforma, citou a possibilidade de proibir doações de empresas, mantendo apenas doações privadas individuais - proposta que é defendida pelo PT. "Tem várias propostas na mesa, a oposição fala muito em fim da reeleição", afirmou, sobre a pauta que foi defendida por Aécio Neves (PSDB) e por Marina Silva (PSB). No início da entrevista, Dilma reforçou a mensagem de união que havia colocado no discurso de vitória de ontem. "Nessa eleição, mesmo com visões e posições contraditórias, os brasileiros apresentaram uma visão comum: a busca de um futuro melhor para o Brasil. Essa busca é a grande base para que tenhamos união." Como na entrevista que tinha dado poucos minutos antes à TV Record, Dilma disse que seu segundo mandato será da construção de pontes e do diálogo. Citou também a palavra "mudança" que pautou tanto o discurso da oposição como o dela própria, que usou o slogan "muda mais" durante a campanha. "Temos de ser capazes de garantir as mudanças que o Brasil precisa e exige. Isso fica claro nessas eleições", afirmou. A presidente disse estar comprometida em assegurar um País mais moderno, inclusivo e produtivo, mensagem que foi repetida por ela no fim da entrevista. Ela voltou também ao discurso de unir os brasileiros após o processo eleitoral, chamando ao "Brasil da solidariedade". "Acredito que, depois de eleição, temos que respeitar todos os brasileiros, os que votaram em mim e os que não votaram em mim; abrir e construir, através do diálogo, as pontes para que possamos juntos fazer com que Brasil tenha um caminho de crescimento, de futuro." Ela também afirmou que o seu governo focará na educação, na cultura, ciência e inovação. No aspecto social, destacou o olhar para a população mais pobre, mulheres, jovens e negros.

Veja 5 desafios a serem enfrentados pela presidente reeleita

  • Terra
  • 27 Out 2014
  • 19:04h

(Foto: Divulgação)

Nos próximos quatro anos, a presidente reeleita Dilma Rousseff mais uma vez terá que lidar com uma infinidade de problemas e desafios que o Brasil enfrenta, fazendo o possível para minimizá-los e resolvê-los. Ao longo da campanha eleitoral e, principalmente, no segundo turno, ela e o candidato pelo PSDB Aécio Neves debateram a respeito de diversos assuntos. O Terra, com a ajuda de cientistas políticos, elencou os cinco maiores desafios que o eleito terá que encarar. Assuntos das mais variadas áreas como inflação e crescimento econômico, corrupção, governabilidade, saúde e gestão de programas sociais tiveram um destaque especial durante toda caminhada eleitoral, e são eles os desafios do novo presidente. Confira os cinco desafios:  

Inflação e crescimento econômico
O baixo crescimento econômico e a alta da inflação foi, talvez, o principal assunto debatido nas eleições. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), indicador oficial de inflação do País, atingiu em setembro, no acumulado em 12 meses, 6,75%, maior nível desde outubro de 2011, e tem se mantido acima do teto da meta do Banco Central, de 6,5%, desde agosto. No primeiro semestre deste ano, a economia entrou em recessão técnica, com o Produto Interno Bruto (PIB) contraindo 0,6% no segundo trimestre, após encolher 0,2% nos três primeiros meses do ano.
 
“A retomada do crescimento é um assunto mais sério do que a questão inflação. Ela está acima da meta, mas não é uma inflação descontrolada. Mas o mais grave é realmente a taxa de crescimento que é muito baixa, que produz a impossibilidade de você aprofundar as políticas sociais, manter o nível de emprego. Porém entendo que a inflação é uma questão sim. O governo vai ter que encontrar uma fórmula para conseguir baixar essa inflação sem comprometer ainda mais o crescimento. Vai ter que encontrar meio de incentivar o empresário a investir mais”, diz Claudio Couto, professor do Departamento de Gestão Pública da Fundação Getúlio Vargas (FGV).
 
Para o professor Milton Lahuerta, da Universidade Estadual de São Paulo (Unesp), o futuro não será nada fácil na questão do crescimento econômico, já que o presidente terá que lidar com a crise energética. “Isso tudo se torna mais grave, porque vai ter um forte impacto no governo que é a necessidade de realinhar os preços da energia, como petróleo, álcool, diesel, principalmente da energia elétrica. Os preços estão administrados e estão defasados. As distribuidoras estão gastando muito mais do que recebendo. O governo não só dá dinheiro para essas empresas mas media um conjunto de empréstimos. Vai ter que ter reajuste e vai ter impacto na inflação”, afirma.
 

Corrupção
Em 2014, a corrupção não saiu da pauta eleitoral. Acusações por parte dos dois candidatos tomaram conta dos jornais e revistas, principalmente com os desvios de dinheiro envolvendo a estatal Petrobras e o PT e o esquema do Cartel do Metrô e trens em São Paulo, referente a membros do PSDB. Apesar das acusações, as investigações de ambos os casos ainda estão em curso e ninguém foi condenado.
 
De acordo com o cientista político Milton Lahuerta, da Universidade estadual Paulista (Unesp), o tema é um dos mais complexos. Para ele, os desafios envolvem mudanças institucionais, na cultura política.“De imediato, o que seria razoável para reduzir o tema é que os governantes tivessem maior zelo pelas instituições. (...) É um desafio que atormenta o imaginário da sociedade brasileira e por isso pode ser o maior, mas não o mais importante. Estamos vivendo uma espécie de moralidade elástica, mas, se tivermos a certeza de que não fomos descobertos, subornamos e aceitamos os pequenos subornos”, diz Lahuerta.
 

Governabilidade
Negociações com o Congresso Nacional são um grande desafio para os próximos anos. Há tempos uma eleição presidencial não foi tão disputada voto a voto. Apesar da polarização PT/PSDB, milhões de pessoas se mobilizaram e foram às ruas defender seu partido, evidenciando ainda mais o momento de “Brasil dividido”.
 
“Não vejo drama no que se refere a relação Congresso/presidente, mas penso que a campanha atual ganhou um contorno de ‘guerra santa’, instituindo uma ‘guerra civil’. Mas é totalmente artificial, deseducativo e que lamentavelmente há excesso dos dois lados. (...) Se o Aécio ganha vai haver vai haver proliferação de manifestações de rua e com atos que podem ser violentos. Se a Dilma ganha não vejo isso, mas se reproduzirá a lógica que agora é guerra e pau”, afirma Lahuerta, da Unesp.
 
O professor da FGV Claudio Couto não pensa da mesma maneira e acredita que haverá problemas nas relações com o Congresso. “Eu acho que o problema mais sério será o fato de o Congresso estar mais fragmentado, então será necessário negociar mais do que hoje. Tende a ficar mais difícil. O número de partidos aumentou e você vai ter que ter espaço para abrigar todo mundo no governo. Há também um âmbito de conflagração que foi construído no Brasil nos últimos anos e que é muito grande. A política é muito polarizada, de propagação de discurso de ódio por alguns setores da sociedade e de ilegitimação do adversário. Eu não vejo isso como uma preocupação de longo prazo, mas é um acirramento que pode se avolumar”, diz.
 

Saúde
Tema que gera bastante revolta e reclamação por parte da população, a saúde não deixou de estar nos debates e discussões entre os candidatos à presidência.
 
“É a área mais mal avaliada por parte da população. Claro que esse problema passa pelo volume de recursos, não é só o sistema. É preciso pensar em formas mais eficazes de gestão para que os recursos se tornem mais efetivos e a população possa ter acesso a um sistema de saúde que atende às suas necessidades e às suas expectativas. Mas sem uma reforma de gestão, acho muito difícil que isso ocorra”, diz Claudio Couto, da FGV.
 
Já para Lahuerta, o problema parte da qualidade do ensino nas faculdades de medicina. “Precisa sistematicamente trabalhar o tema, com a própria formação dos médicos. Como formar médicos com compromisso mais sólidos com a sociedade? Temos que formar melhores médicos. A medicina é necessária. Na formação tem que ter uma formação maior na dimensão social, investir em determinadas áreas do País, formar médicos com compromisso. É preciso um redesenho da área de saúde. O SUS tem que estar à altura das necessidades e expectativas da população”.
 

Gestão de programas sociais
A discussão sobre manutenção e mudança de programas sociais como Bolsa Família e Minha Casa Minha Vida, criados pelo PT, também foi pauta das eleições. Tucanos afirmaram ser os grandes idealizadores dos programas sociais, fato rebatido pelos petistas. A presidente Dilma, porém, reconhece que precisa aprimorar os programas, já que mais de 500 mil famílias extremamente pobres ainda precisam ser identificadas e inseridas no programa.
 
“O Bolsa Família avançou muito e tem um papel importante, mas é preciso que se transforme em política de Estado e não de governo, que tenha uma legislação definitiva, construção de uma renda mínima. Penso que esse seria o grande passo a ser dado. Em relação ao Minha Casa Minha Vida, foi um mecanismo de atacar de frente e estimular a própria indústria da construção civil. Economicamente, eles são importantes, geram emprego, dinamismo. Esses programas precisam ser aprimorados”, analisa Lahuerta, da Unesp. 

CONTINUE LENDO

Brumado: Jovem passa mal, cai na fonte da Zeca Leite e quase se afoga e é levado pelo SAMU 192

  • Daniel Simurro | Brumado Urgente
  • 27 Out 2014
  • 16:36h

O rapaz teve um princípio de afogamento e foi resgatado primeiramente por um homem que passava pelo local (Foto: Darlan Ribeiro | Brumado Urgente)

Um fato incomum e, porque não dizer, misterioso, chamou a atenção de quem passou pela Praça Coronel Zeca Leite na manhã desta segunda-feira (27). Segundo testemunhas, um rapaz, aparentando 25 anos, estava caminhando pela praça, teve um mal estar e ai sentou à beira da fonte luminosa e, na sequência, acabou caindo dentro dela. Ele que começou a ter um princípio de afogamento, foi resgatado primeiramente por um homem que passava pelo local e percebeu a cena. Logo em seguida uma equipe do SAMU 192 chegou ao local e removeu o rapaz para o Hospital Magalhães Neto. Não se sabe ainda qual é o quadro clínico do jovem e o que ele sentiu, mas, acredita-se que ele será reanimado e deverá ter logo a sua saúde restabelecida. Algumas pessoas chegaram a afirmar que ele teria passado mal devido ao forte calor, mas, somente com exames mais minuciosas irá se ter o relatório oficial do que realmente aconteceu. 

O jovem depois foi levado pela equipe do SAMU 192 para o Hospital Magalhães Neto (Foto: Darlan Ribeiro | Brumado Urgente)

Brumado: Grávida passa momentos de pânico com bando armado que rouba sua motocicleta

  • Brumado Urgente
  • 27 Out 2014
  • 11:45h

(Composição: Brumado Urgente)

Em Brumado, os bandidos não respeitam nem a Democracia, já que, em plena comemoração da vitória da candidata Dilma Rousseff que se reelegeu presidente do Brasil, assaltos aconteceram na cidade. Em um deles, no Bairro São Félix, por volta das 22 horas, 4 elementos, que, ao que tudo indica, eram menores de idade, assaltaram uma motociclista, a qual viveu momentos de pânico. Ela que estava grávida e acompanhada de uma filha adolescente, sendo que as duas vinham de um culto religioso, quando foram abordadas pelos 4 elementos, sendo que dois deles estavam armados e se mostravam muito perigosos. Ela, após ter tido um revólver apontado para a sua cabeça, entregou a motocicleta rapidamente e chegou a ter um princípio de mal súbito, mas conseguiu se controlar. A boa notícia para ela foi que, na manhã desta segunda-feira (27), a Polícia encontrou a motocicleta. Bandos de menores armados em Brumado estão cada vez mais comuns em Brumado, o que preocupa muito a população, já que eles se mostram implacáveis e sem medo de nada.  

João Santana, o baiano que é o mago da publicidade política

  • Brumado Urgente
  • 27 Out 2014
  • 09:40h

(Foto: Reprodução)

A presidente Dilma Rousseff tem de, neste segundo mandato, a ficar menos devedora do PT e de Lula. Devedora, se tivesse que ser, seria de João Santana, um vitorioso incontestável desta eleição. De acordo com informações publicadas pelo colunista Lauro Jardim, nesta segunda-feira (27), Santana soube desconstruir  adversários – como ninguém, aliás. Mas também soube construir. Num país com a economia estagnada, com indicadores preocupantes para 2015, com a crise energética batendo as portas, Santana conseguiu um milagre. De acordo com o Datafolha de quarta-feira passada, o otimismo do brasileiro com a economia voltou aos índices de 2007. Esse, sim, é o santo milagreiro da campanha petista.

Brumado: Direção do PC do B afirma que a vitória de Dilma foi gigantesca

  • Brumado Urgente
  • 27 Out 2014
  • 07:33h

O vereador Édio Pereira e lideranças do PC do B de Brumado comemoraram muito a vitória da candidata petista (Foto: Daniel Simurro | Brumado Urgente)

A Direção municipal do PC  do B, os vereadores Édio Pereira, Ágno Meira e a militância partidária estão comemorando de forma entusiástica a reeleição da presidente Dilma Rousseff nas eleições do segundo turno realizada ontem. Para o vereador Édio Pereira, "tem gente achando que a vitória foi pequena", mas ele argumenta que "a vitória foi gigantesca, pois vencemos um sistema financeiro que sabotou o Brasil por meses a fio; vencemos um império da comunicação que vem nos massacrando por vários anos e Dilma venceu sem ter o apoio dos jornais, das televisões, dos bancos e das grandes empresas". E encerrou afirmando que "por estes e muitos motivos é hora de comemorar, para, depois, nos prepararmos para contribuir para que as grandes mudanças que a sociedade brasileira exige, possam ser efetivadas. Foi uma grande vitória, foi uma vitória do Brasil". 

Vereador Catoze comemora vitória de Dilma ao lado da família e de correligionários

  • Daniel Simurro | Brumado Urgente
  • 27 Out 2014
  • 06:29h

O vereador Catoze reuniu em seu residência amigos, seu colega de bancada José Carlos de Jonas, familiares e correligionários para comemorar a vitória de Dilma (Foto: Brumado Urgente)

Um dos mais felizes e eufóricos com a vitória da candidata do PT, Dilma Rousseff, neste segundo turno das eleições presidenciais em Brumado, foi o vereador Catoze, o qual comemorou muito o triunfo.  Ao lado de familiares, do seu colega de bancada, José Carlos de Jonas, amigos e correligionários, ele se reuniu em sua residência para comemorar a vitória de sua candidata. Ele que foi um dos cabos-eleitorais mais participativos da campanha do PT em Brumado, falou rapidamente ao Brumado Urgente afirmando que “estou muito feliz, porque o nosso Brasil irá continuar no trilho do desenvolvimento”. Catoze ainda destacou que “a vitória de Dilma foi excelente para Brumado e para a Bahia, que, agora, com certeza, sob o comando de Rui Costa irá avançar ainda mais, melhorando a vida de todos e fazendo com que a justiça social seja cada vez mais uma realidade”. E finalizou dizendo que “vamos comemorar, porque a vitória é do povo. Pra frente Brasil”. 

Dilma agradece vitória e promete plebiscito em discurso

  • Bruno Porciuncula
  • 27 Out 2014
  • 06:14h

Dilma agradeceu ao ex-presidente Lula e cantarolou "olê, olê, olê, olá, Lula" | Ueslei Marcelino | Agência Reuters

Dilma Rousseff, candidata reeleita pelo PT, agradeceu aos brasileiros pela confiança em colocá-la mais uma vez como presidente. "Quero ser presidente muito melhor do que fui até agora. Quero ser uma pessoa ainda melhor do que tenho me esforçado para ser", disse. A presidente reeleita também prometeu um plebiscito com a população para discutir a reforma política. "Nós vamos encontrar a força e a legitimidade para levarmos à frente a reforma política. Quero discutir este tema profundamente com o novo Congresso Nacional e com toda a população brasileira", disse. Antes de começar, Dilma agradeceu ao ex-presidente Lula e cantarolou, junto com os militantes, "olê, olê, olê, olá, Lula, Lula". Ela aproveitou para agradecer "a militância combativa, a força dessa vitória".  Dilma também disse não acreditar em um País dividido. Ela conclamou os brasileiros a se unirem para um futuro melhor do País e do povo. "Em lugar de ampliar divergências, criar um fosso. Tenho forte esperança de que a energia mobilizadora tenha preparado um terreno para construção de pontes. O calor liberado na disputa pode ser transformado em energia construtiva de um novo momento do Brasil", afirmou. A presidente também garantiu que ia dialogar com todos os setores da sociedade e fortalecer o combate à corrupção. "Terei o compromisso rigoro de combater a corrupçao, fortalecendo as instituições de controle e propondo mudanças na legislação atual para acabar com a impunidade, a protetora da corrupção", enfatizou.

Que Deus tenha misericórdia do Brasil, diz Malafaia após vitória de Dilma

  • De Redação
  • 27 Out 2014
  • 05:53h

(Reprodução Twitter)

O pastor Silas Malafaia, presidente da igreja Assembleia de Deus, crítico ferrenho do Partido dos Trabalhadores (PT), foi para o Twitter fazer suas considerações sobre a reeleição de Dilma Rousseff (PT). Após elogiar a eleição de Pezão para governador do Rio de Janeiro, o líder disparou contra a ala petista. "Dilma venceu! Preparem-se porque os corruptos vão continuar reinando no Brasil!", disse. Em postagens seguintes, Malafaia diz que com a vitória de Dilma, quem perde é o Brasil e que "Deus tenha misericórdia do Brasil". No último dia 18, o pastor promoveu no Twitter uma campanha anti-PT e conseguiu levar o 'tuitaço' para os assuntos mais comentados do microblog.