Índices de violência diminuem no Carnaval, diz balanço do governo do estado

  • 02 Mar 2014
  • 12:16h

(Foto: Reprodução)

Nos  três dias do Carnaval em Salvador, a Coordenação de Documentação e Estatística Policial (CDEP) contabilizou a ocorrência de um homicídio - mesmo número registrado em 2013 - e a redução de 29% dos casos de lesões corporais - 71, contra 101 no ano passado. Também não foram registrados caso de tentativa de homicídio, ao contrário de 2104, quando ocorreram dois. As informações foram passadas na reunião de avaliação que acontece na manhã deste domingo (2), no Quartel dos Aflitos, com a presença do governador Jaques Wagner. Nesse balanço parcial também foi contabilizando a redução de 40% dos casos de furtos - 244, contra 407 no ano passado. Segundo o governo do estado, o número de roubos também caiu. Este ano, foram registradas 35 ocorrências de roubo, contra 49 em 2013, tendo redução de 28,6%. A polícia conduziu 578 pessoas às delegacias, sendo 38 em flagrante. Também foram conduzidas 224 pessoas, por uso ou tráfico de drogas. No total, a polícia apreendeu 18 armas (brancas e de fogo). Da noite de sábado até às 7h de domingo, não houve registros de homicídio e tentativa de homicídio, nos três circuitos da festa (Dodô, Osmar e Batatinha). A polícia registrou 23 lesões corporais, contra 48 no mesmo período em 2013. A redução foi de 52%. Em relação a furtos e roubos, os índices também caíram. Foram registrados 100 furtos em 2014, contra 228 no ano passado. A redução foi de 56%. Já os roubos somaram 13 registros, contra 21 em 2013. O que significa uma redução de 38%.


Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.