Obama pede pressa a assessores para desenvolvimento de vacina contra Zika

  • 27 Jan 2016
  • 18:32h

(Foto: Reprodução)

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, se reuniu nesta terça-feira (26) com seus principais assessores de saúde e segurança nacional para discutir o surto do zika vírus nas Américas e pediu pressa no desenvolvimento de uma vacina e de tratamentos contra a doença. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, um estudo feitos por médicos do Canadá identificou que 60% da população nortea-americana é vulnerável ao vírus. Os EUA já emitiram um alerta a mulheres grávidas para evitar viagens ao Brasil e outros 13 países da América Latina e Caribe afetados pelo surto e agora, reforçaram os estudos que relacionam a zika à ocorrência de microcefalia e má-formação em recém-nascidos. A OMS estimou nesta segunda-feira (25) que a doença se espalhará por toda a América, com exceção do Chile e do Canadá. "O presidente enfatizou a necessidade de acelerar os esforços de pesquisa para tornar disponíveis exames de diagnóstico melhores, desenvolver vacinas e tratamentos e garantir que todos os americanos tenham informação sobre o vírus zika e as medidas que podem tomar para se proteger melhor do contágio", afirma comunicado divulgado pela Casa Branca.


Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.