BUSCA PELA CATEGORIA "Mundo"

Doença faz homem descobrir que não é pai dos 3 filhos e é infértil

  • 15 Jan 2019
  • 20:08h

Richard fez o teste porque não estava conseguindo engravidar Emma, sua atual mulher Foto: Reprodução/Facebook

O empresário britânico Richard Mason, com 54 anos, não acreditou quando recebeu a notícia de que tinha uma fibrose cística que havia provocado infertilidade durante toda a sua vida – afinal, ele tinha três filhos. "Pensei que o diagnóstico estava errado", disse Mason em uma entrevista ao programa BBC Radio 5 Live. Preocupado, ele questionou sua ex-mulher, Kate, se era o pai biológico dos três filhos do casal. Como ela garantiu que sim, Mason manteve a esperança de que os exames estivessem errados. Mas não estavam. O empresário de fato teve fibrose cística durante a vida toda. A doença hereditária é considerada grave e afeta diversos órgãos, em um processo obstrutivo causado pelo aumento da viscosidade dos mucos. Na maioria dos homens afetados, a doença leva à infertilidade. No Brasil, ela afeta uma em cada 10 mil pessoas. As irmãs de Mason já tinham a doença, e ele havia feito um teste para descobrir se também havia nascido com ela porque não estava conseguindo engravidar sua segunda mulher, Emma. Testes de DNA confirmaram: os gêmeos Ed e Joal, de 19 anos, e Willem, de 23 anos, não eram filhos biológicos de Mason. Mason havia se separado de sua ex-mulher em 2007, depois de 20 anos de casamento. Ao descobrir que os três filhos nascidos durante o matrimônio não eram seus, resolveu processar a ex-mulher por fraude de paternidade. Kate foi condenada a devolver US$ 320 mil dos quase US$ 5 milhões que havia recebido no acordo de divórcio. A Justiça permitiu que ela mantivesse em segredo a identidade do verdadeiro pai dos jovens. "Eu não sabia o que era real e o que não era. Foi como se eu tivsse vivendo em Matrix (o filme)", disse Mason ao jornal inglês The Daily Mail. "Durante muito não consegui pensar em outra coisa", contou o empresário ao BBC Radio 5 Live. "Em algum momento do futuro vou descobrir quem é o pai biológico, tenho certeza. Não sei se é um de meus amigos, pode ser alguém muito próximo de mim", disse Mason à BBC. "Quando você tem um mistério assim em sua vida e é afetado por ele dessa forma, qualquer pessoa gostaria de saber a verdade." Mason está oferecendo US$ 6,4 mil para quem o ajudar a descobrir quem é o pai biológico de seus filhos. A BBC tentou entrar em contato com Kate, a ex-mulher de Mason, mas não recebeu nenhuma resposta. Apesar de conseguir uma vitória no processo contra a ex-mulher, Mason não teve paz. Por causa da disputa legal, seus filhos decidiram cortar suas relações com ele. "Ver o que eles estão fazendo no Facebook me parte o coração. Meu mais velho se formou há pouco tempo e eu sequer fui convidado", disse Mason. Hoje só Ed, um dos gêmeos de 19 anos, mantém contato com ele. Em um programa do canal ITV, Mason mandou um recado para os filhos. "Não fiz nada de errado. Eu amo vocês e as portas estão abertas. Apenas venham, e lhes darei o maior abraço que já receberam na vida", afirmou. Joel, um dos filhos gêmeos, explicou ao The Daily Mail porque não fala com o pai de criação. "É um homem muito manipulador, não é o tipo de pessoa com quem você queira estar. Comecei a notar quando tinha 15 anos", disse Joel, que afirmou, no entanto, não ter a intenção de procurar seu pai biológico. "Richard continua sendo meu pai e não vou buscar a verdade. Duvido  que (o pai biológico) sequer saiba que nós existimos", disse. Mason também diz sentir que os jovens continuam sendo seus filhos. "Eles são meus filhos. Você se sente traído, sente essa sensação de raiva que não se pode explicar. Mas eu sigo sendo o pai", disse Mason.

Italiano Cesare Battisti é preso na Bolívia

  • 13 Jan 2019
  • 11:10h

Foto: Polizia di Stato/Reprodução

O italiano Cesare Battisti foi preso na noite de sábado (12) em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. A prisão foi feita pela polícia boliviana. A informação foi confirmada pela Polícia Federal (PF) do Brasil e divulgada pela polícia italiana. Battisti foi preso enquanto caminhava em uma rua em Santa Cruz de La Sierra. Em um vídeo divulgado pela polícia da Itália, ele aparece de cavanhaque e óculos escuros. No momento da captura, ele estava sozinho, sem arma, com documentos brasileiros e não resistiu à prisão. O Ministério da Justiça e Segurança Pública informou na manhã deste domingo (13) que está tomando "todas as providências necessárias"juntamente com o Ministério das Relações Exteriores, em cooperação com os governos da Bolívia e da Itália, "para cumprir a extradição de Battisti e entregá-lo às autoridades italianas". Não foram divulgadas informações sobre os próximos passos da prisão de Battisti e extradição para a Itália. De acordo com informações da agência France Presse, um avião com policiais e membros dos serviços secretos da Itália já está a caminho da Bolívia. A defesa de Battisti no Brasil disse, por meio de nota, que "não possui habilitação legal para atuar em outra jurisdição que não a brasileira" e espera que o caso tenha um "desfecho de respeito aos direitos fundamentais" de Battisti. Cesare Battisti foi condenado à prisão perpétua em 1993 sob a acusação de ter cometido quatro assassinatos na Itália nos anos 1970. Battisti nega envolvimento com os homicídios e se diz vítima de perseguição política.Battisti era considerado foragido desde o último dia 14 de dezembro, quando o então presidente Michel Temer assinou o decreto de extradição do italiano.O italiano teve a prisão determinada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF) em 13 de dezembro.O presidente Jair Bolsonaro parabenizou autoridades policiais pela captura do italiano, em publicação no Twitter, na manhã deste domingo (13).Em novembro do ano passado, após conversa com o embaixador da Itália no Brasil, Antonio Bernardini, o presidente disse que faria "tudo o que for legal" para extraditar Cesare Battisti para a Itália "imediatamente".

Mulher em estado vegetativo há mais de 10 anos dá à luz em clínica nos EUA; polícia investiga estupro

  • G1
  • 05 Jan 2019
  • 18:10h

Foto: Reprodução/Facebook

A polícia de Phoenix, no Arizona, EUA, está investigando um possível estupro em uma clínica, após uma paciente, em estado vegetativo há mais de dez anos, ficar grávida. A mulher deu à luz no dia 29 de dezembro de 2018. Familiares informaram que a vítima é paciente da Hacienda HealthCare por pelo menos uma década após um afogamento que a deixou em estado vegetativo. "Nenhum dos funcionários estava ciente de que ela estava grávida até o momento que ela estava dando à luz", disse uma fonte da família ao jornal Fox. “Pelo que me disseram, ela estava gemendo. E eles não sabiam o que havia de errado com ela ”, disse a fonte. Ela ainda informou que soube pela clínica que o bebê está saudável e que uma enfermeira que estava no local ajudou no parto. Segundo a fonte, a vítima não tinha a menor chance de se defender de uma tentativa de estupro e nem de comunicar que estava grávida. De acordo com a Brain Foundation, uma pessoa é considerada em estado vegetativo quando está acordada, mas sem mostrar sinais de consciência. A clínica informou aos familiares que mudou o protocolo de atendimento e disse que, sempre que um funcionário precisar entrar no quarto de uma paciente, será acompanhado de alguma funcionária com ele. Em comunicado, a clínica informou que não fornece informações sobre o caso de nenhum paciente “devido a leis de privacidade” e também não comenta sobre investigações em andamento. Já o Departamento de Saúde do Arizona afirmou que está "ciente dessa situação e trabalhando ativamente com a polícia local em sua investigação criminal".

 

Mundo Gêmeos se casam porque pais acreditam que eles 'formaram casal em vidas passadas'

  • 27 Dez 2018
  • 20:09h

O menino Guitar e a menina Kiwi se uniram em um evento religioso luxuoso para os padrões locais. Segundo a crença de alguns budistas, quando nascem gêmeos dos dois sexos é porque eles foram casados em vidas passadas, mas ainda têm questões para resolver. Por isso, os gêmeos precisam se casar ainda na infância para acertar as diferenças o quanto antes e poder ter uma vida próspera e saudável. "Devemos arranjar o casamento dos gêmeos como uma  solução para as questões que ficaram pendentes antes de eles reencanarem", disse o pai, Amornsan Sunthorn Malirat. A união foi selada com um beijo na bochecha de Kiwi. Logo após o nascimento, em setembro de 2012, os pais dos gêmeos sabiam que precisariam fazer a cerimônia. "Eles foram tão fofos durante o casamento. Serão melhores amigos pelo resto da vida", relatou a mãe, Phacharaporn. O casamento não tem qualquer efeito legal. Guitar e Kiwi tampouco estão proibidos de se casar com outras pessoas.

Papa critica a ganância por bens materiais e pede mais simplicidade na Missa do Galo

  • 25 Dez 2018
  • 11:01h

Foto: Tiziana Fabi/AFP

papa Francisco apontou para a "ganância insaciável" e a ostentação de bens materiais durante a Missa do Galo celebrada nesta segunda-feira (24), na Basílica de São Pedro, no Vaticano. Para ele, o homem deve refletir sobre a necessidade do supérfluo. Durante a homilia, o papa citou os costumes egoístas aderidos pela humanidade, citando que "os alimentos do mundo não saciam o coração" e que, para muitos, a vida consiste em possuir bens materiais. Para ele, o homem deve passar por momentos de reflexão: "será verdade que preciso de tantas coisas, de receitas complicadas para viver? Quais são os contornos supérfluos de que consigo prescindir para abraçar uma vida mais simples?" Francisco completou dizendo que é preciso superar o egoísmo e evitar cair "na mundanidade e no consumismo". "Diante da manjedoura, compreendemos que não são os bens que alimentam a vida, mas o amor; não a voracidade, mas a caridade; não a abundância ostentada, mas a simplicidade que devemos preservar", disse ainda. Francisco não só criticou a ostentação em abundância e indicou caminhos para a simplicidade, mas também falou sobre dividir o pão - ou seja, as pessoas não só acumulam riquezas e as ostentam, mas também não ajudam quem vive em más condições. "Não devorar e acumular, mas partilhar e dar", apontou o papa.

Tsunami deixa mais de 200 mortos e 800 feridos na Indonésia

  • 23 Dez 2018
  • 17:07h

Um tsunami atingiu as ilhas de Sumatra e Java na noite de sábado (22) e deixou 222 mortos e 843 feridos, de acordo com o último balanço divulgado pela Agência Nacional de Gestão de Desastres (BNPB) da Indonésia. As operações de buscas continuam e, até o momento, não há registro de vítimas estrangeiras.O fenômeno não foi precedido por um terremoto, o que normalmente dá às autoridades tempo para transmitir um alerta e preparar a população. As ondas gigantes teriam sido provocadas por deslizamentos sob a água causados por erupções do vulcão Anak Krakatoa, que fica em uma ilha. Os socorristas e ambulâncias têm encontrado dificuldades para alcançar as áreas afetadas, porque algumas estradas estão bloqueadas por detritos de casas danificadas, carros virados e árvores caídas."O número de vítimas pode aumentar, pois não nos chegaram informações de todas as áreas afetadas", afirmou em comunicado o porta-voz da BNPB, Sutopo Purwo Nugroho.Por volta das 21h30 de sábado (12h, no horário de Brasília), ao menos duas ondas gigantes devastaram boa parte das regiões de Pandeglang, South Lampung, Serang e Tanggamus, no estreito de Sunda. De acordo com testemunhas, a segunda onda foi muito maior e mais forte do que a primeira.

Mundo: Homem sobrevive após quebrar 108 ossos e fazer 26 cirurgias

  • iBahia
  • 15 Dez 2018
  • 14:09h

Um homem sobreviveu após quebrar 108 ossos em queda de uma altura de 12 metros (equivalente a um prêdio de quatro andares), em abril de 2013. Mike Conner foi submetido a 26 cirurgias e passou os últimos anos na luta para reaprender a andar. O americano da Califórnia atribuiu parte da recuperação ao uso de maconha durante o tratamento.O homem de 50 anos estava trabalhando em uma igreja evangélica quando escorregou e despencou de uma torre."Uma luz me deixou cego, e isso afetou minha percepção de profundidade", declarou Mike, de acordo com reportagem do "Sun". "Foi uma queda livre de dois segundos. Caí primeiro com os pés, graças da Deus. Mas quebrei 108 ossos. Nos meus pés, os ossos viraram pó. Meus tornozelos desapareceram. Meus joelhos estavam apontando para direções diferentes. Meu braço direito quebrou e os ossos da mão ficaram detonados. Meu punho partiu ao meio", acrescentou ele.De acordo com os médicos, as chances de morte num caso como o de Mike são de 99,7%. Os ferimentos eram tão graves que uma pessoa que visitava o americano no hospital desmaiou e acabou passando três dias na unidade médica. Os quatro filhos chegaram a se despedir de Mike.Por isso, o americano não hesita em chamar o que viveu de "milagre".Ele sobreviveu, mas um médico disparou: "Mike você nunca mais voltará a andar".E, mais uma vez, contra todos os prognósticos, o paciente desafiou a lógica médica. Em dezembro de 2016, Mike voltou a andar.Atualmente, Mike é um empresário do setor da maconha medicinal, legalizada em vários estados americanos, incluindo a Califórnia.

Youtuber Ryan, de 7 anos, ganha US$ 22 milhões e é o mais bem pago do mundo em 2018

  • G1
  • 04 Dez 2018
  • 13:06h

Foto: Reprodução/Youtube

Um menino de sete anos que faz vídeos de críticas de brinquedos se tornou a estrela mais bem paga do YouTube. Ele ganhou US$ 22 milhões (R$ 84 milhões) em um ano. As estimativas da revista Forbes indicam que Ryan, do canal Ryan ToysReview, desbancou o youtuber Jake Paul por US$ 500 mil, nos 12 meses anteriores a junho. Novos vídeos são postados quase todos os dias. O canal Dude Perfect ficou em terceiro lugar, faturando US$ 20 milhões, segundo a Forbes. Os ganhos de Ryan, que não incluem impostos ou pagamentos a agentes e advogados, dobraram em comparação ao ano anterior. Ryan foi perguntado pelo canal de televisão NBC por que as crianças gostam de ver seus vídeos. Ele respondeu: "Porque eu sou divertido e engraçado", disse o menino, que hoje tem oito anos. Desde que o canal foi criado pelos pais de Ryan em março de 2015, os vídeos tiveram quase 26 bilhões de visualizações e ganharam 17,3 milhões de seguidores. A Forbes disse que apenas US$ 1 milhão do total de US$ 22 milhões não vinha de anúncios exibidos no início dos vídeos, mas sim de posts patrocinados. O montante gerado por posts patrocinados é pequeno se comparado ao de outros youtubers, diz a Forbes. É "resultado dos poucos acordos que a família dele aceita", diz a revista. Os brinquedos que aparecem no canal podem acabar nas lojas na mesma hora. Em agosto, a rede Walmart começou a vender brinquedos e roupas da marca Ryan's World e um vídeo que mostrava Ryan e seus pais procurando esses produtos no Walmart teve 14 milhões de visualizações em três meses. O que Ryan ganhou com o acordo com o Walmart deve aumentar bastante os ganhos dele no ano que vem. Como ele ainda é criança, 15% do que ele ganha vai para uma conta bancária que Ryan só poderá acessar quando for adulto. As irmãs gêmeas de Ryan também estão na festa: elas aparecem em alguns vídeos em outros canal, Ryan's Family Review. Apesar de ser um dos rostos infantis mais famosos da internet, sabe-se pouco sobre a vida privada de Ryan. Nunca foram revelados seu nome completo nem onde vive. Mas em uma entrevista que sua mãe concedeu em 2017, citada pelo jornal The Washington Post, ela conta que a ideia do canal do Youtube surgiu quando ele tinha 3 anos de idade. "Ryan estava assistindo a uma grande quantidade de canais de resenhas de brinquedos. Alguns de seus favoritos são EvanTubeHD e Hulyan Maya, porque costumavam fazer um monte de vídeos sobre Thomas the Tank Engine (um trem de brinquedo), e Ryan era fã de Thomas", disse sua mãe ao site Tubefilter, no ano passado. "Um dia ele me perguntou: 'Como é que eu não estou no Youtube como todas as outras crianças?'. Foi assim que dissemos: 'sim, podemos fazer isso'. Então o levamos à loja para comprar seu primeiro brinquedo. Acho que foi um trem de Lego. E tudo começou a partir daí", explica a mulher, que prefere manter o anonimato. O canal aberto em março de 2015 teve seu grande lançamento com um vídeo em que Ryan abriu mais de 100 brinquedos escondidos em ovos-surpresa de plástico. O vídeo teve mais de 800 milhões de visualizações. Um vídeo chamado "Top 10 experiências científicas que você pode fazer em casa com as crianças", que estrelava os três, teve mais de 26 milhões de visualizações.

Ex-presidente dos EUA George H.W. Bush morre aos 94 anos

  • 01 Dez 2018
  • 09:45h

Foto: REUTERS/Adrees Latif/File Photo

O ex-presidente dos Estados Unidos George H. W. Bush morreu aos 94 anos nesta sexta-feira (30). Chamado popularmente de "Bush pai" após a eleição do filho George W. Bush como presidente, o republicano foi o 41º presidente a ocupar a Casa Branca, entre 1989 e 1993. O anúncio da morte foi feito por George W. Bush em um comunicado. "Jeb, Neil, Marvin, Doro e eu anunciamos com tristeza que, depois de 94 anos extraordinários, nosso querido pai morreu”, afirmou. Não há ainda informações sobre o funeral do ex-presidente. George H. W. Bush se destacou por ter decidido pela intervenção das forças norte-americanas no Iraque na guerra do Golfo, depois que as forças de Saddam Hussein invadiram o Kuwait. Antes de ocupar a presidência, ele foi vice-presidente durante os oito anos da administração Reagan, diretor da CIA e congressista.

Mundo: Jogador de videogame é preso após áudio de estupro 'vazar' em streaming

  • 27 Nov 2018
  • 12:12h

Foto: Pasco County Sheriff's Office/BBC

Um rapaz foi preso na Flórida, nos Estados Unidos, após ser ouvido violentando uma adolescente no intervalo de uma partida de PlayStation 4, informou a imprensa americana.Daniel Enrique Fabian, de 18 anos, estava jogando Grand Theft Auto com pelo menos um outro jogador online quando teria abusado sexualmente da jovem de 15 anos.De acordo com a imprensa local, ele teria avisado o outro jogador, usando uma linguagem obscena, que interromperia a partida para fazer sexo com uma garota que tinha ido até sua casa, em New Port Richey, no oeste da Flórida.O outro jogador contou à polícia que Fabian deixou o microfone ligado e ouviu uma mulher em apuros dizendo "não". Quinze minutos depois, ele voltou à partida.A suposta vítima afirmou, por sua vez, que foi imobilizada por Fabian, que tapou sua boca, e a violentou.De acordo com as reportagens, a perícia médica teria confirmado a versão da adolescente, e exames de DNA identificaram Fabian como suspeito.Ainda não está claro, no entanto, se o outro jogador foi a pessoa que denunciou a suposta agressão, de acordo com a rede de televisão local WFLA.O ataque teria ocorrido no dia 28 de junho, e Fabian foi detido acusado de atos sexuais obscenos e libidinosos contra a jovem.Segundo a imprensa, ele está preso no centro de detenção local.O News Channel 8 informou, por sua vez, que Fabian também é acusado de ter violentado outra adolescente no dia 4 de junho, semanas antes do caso mais recente.

Seis mulheres morrem a cada hora em todo o mundo vítimas de feminicídio por conhecidos, diz ONU

  • 27 Nov 2018
  • 08:06h

Foto: Ivan Alvarado/Reuters

Um total de 87 mil mulheres foram vítimas de feminicídio em 2017, segundo um relatório publicado neste domingo pelas Nações Unidas. Mais da metade delas (58%), cerca de 50 mil, foram assassinadas por conhecidos -- seus companheiros, ex-maridos ou familiares. Isso significa 6 feminicídios cometidos por conhecidos a cada hora. "No mundo todo, em países ricos e pobres, em regiões desenvolvidas e em desenvolvimento, um total de 50 mil mulheres são assassinadas todo ano por companheiros atuais ou passados, pais, irmãos, mulheres, irmãs e outros parentes, devido ao seu papel e a sua condição de mulheres", denuncia o relatório. O documento, elaborado pelo Escritório das Nações Unidas contra a Droga e o Crime (Onudd), indica que os assassinatos de mulheres por parte dos seus companheiros faz com que o lar seja o "lugar mais perigoso para as mulheres" e "é frequentemente a culminação de uma violência de longa duração e pode ser prevenida".

Mundo: Adolescente de 18 anos leiloa a virgindade para 'ajudar os pais'

  • iBahia
  • 24 Nov 2018
  • 10:07h

Uma jovem de 18 anos, moradora de Sydney (Austrália), decidiu leiloar a virgindade. Sob pseudônimo de Siena Payton, ela alega que a iniciativa tem o objetivo de ajudar os pais, originários da América do Sul, a saldar dívidas. Siena diz que pretende alcançar o equivalente a R$ 380 mil. Até agora, entretanto, a jovem recebeu apenas duas ofertas, bem aquém do desejado: R$ 3.800 e R$ 38 mil. A australiana afirmou ter sido influenciada por outras jovens que teriam "ganhado fortuna" leiloando a primeira relação sexual, muitas delas por meio do site alemão de acompanhantes Cinderella Escorts. Alguns desses leilões depois se revelaram apenas golpes de marketing. "Estava pensando sobre isso havia um bom tempo e resolvi dar uma chance", afirmou Siena, de acordo com o site "News.com". Os pais não têm a menor ideia do que a filha está fazendo. "Acho que vão dizer que estou sendo uma idiota", comentou ela. Após concluir o leilão, Siena, que acabou de concluir o ensino médio, disse que pretende estudar na Universidade de Tecnologia de Sydney.

Mundo: mulher condenada por esconder bebê em porta-malas durante quase dois anos

  • G1
  • 21 Nov 2018
  • 09:47h

Foto: Georges Gobet/ AFP

Uma história escabrosa chegou ao fim - ao menos do ponto de vista legal. Para a vítima, porém, as sequelas durarão a vida toda.Durante 23 meses, Rosa-Maria Da Cruz escondeu sua bebê Séréna entre o porta-malas de seu carro cheio de vermes e um quarto vazio de sua casa próxima à localidade de Brive-la-Gaillarde, no sudoeste da França. A bebê foi encontrada em 2013, quando tinha entre 15 e 23 meses de vida. Hoje, a menina de 7 anos tem traços autistas causados por privação sensorial, segundo os especialistas que a examinaram. A menina, que não fala nem socializa, está em um orfanato. Aparentemente, Da Cruz, de 50 anos e nascida em Portugal, não queria que seu marido e os outros três filhos soubessem da existência de Séréna. Ela foi condenada por negligência causadora de incapacidade mental.

Como encontraram a bebê?

Séréna foi achada em 2013 por Guillaume Iguacel, um mecânico que escutou ruídos enquanto consertava o carro da mulher. Ao abrir o porta-malas, o homem encontrou a menina suja com excrementos. Estava desidratada e pesava a metade do que seria seu peso ideal. "Havia um odor horrível, cheirava a morte dentro do carro", disse Iguacel. "Encontrar a bebê nesse estado é inimaginável."Segundo o veículo jornalístico France Info, um especialista que examinou Séréna pouco depois de seu resgate disse que a menina sofria de uma estranha forma de autismo.Outro especialista que viu a bebê a descreveu como se "estivéssemos em frente a uma espécie de muro, sem reação, sem nada."Domingos Sampaio Alves, marido de Da Cruz, disse que nunca soube da existência de Séréna."Não sei por que ela fez isso", disse Sampaio à corte e acrescentou que a mulher havia sido uma "boa mãe" com os outros filhos, de 9, 14 e 15 anosDa Cruz disse que não era capaz de explicar seus atos.

Mundo: 'Noiva virgem' é vendida no Facebook por 500 vacas, três carros e R$ 37 mil

  • iBahia
  • 15 Nov 2018
  • 09:13h

Uma família da região de Awerial (Sudão do Sul) usou o Facebook para fazer o leilão de uma adolescente de 17 anos. A jovem, parente dos responsáveis pelo leilão, foi chamada de "noiva virgem". De acordo com reportagem do "Zambian Observer", a adolescente foi entregue ao vencedor do leilão em 9 de novembro. Ele foi identificado como o empresário Kok Alat, que levou o "prêmio" por 500 vacas, três carros e o equivalente a R$ 37 mil. O vencedor já tinha nove esposas. Outros quatro homens ricos participaram do processo, incluindo um alto dirigente político do país africano. David Mayom Riak, vice-governador de um estado no Leste, ofereceu 250 vacas. "Conheço a família muito bem, porque fomos vizinhos", disse ele à rádio Tamazuj. O leilão de mulheres é comum na cultura local. A família foi banida do Facebook.

Cuba deixa o Mais Médicos e culpa 'declarações ameaçadoras' de Bolsonaro

  • G1
  • 14 Nov 2018
  • 14:09h

Foto: TV Verdes Mares/Reprodução

O governo de Cuba informou nesta quarta-feira (14) que decidiu sair do programa social Mais Médicos no Brasil. O país enviava profissionais para atuar no Brasil desde 2013, quando o governo da então presidente Dilma Rousseff criou o programa Mais Médicos para atender regiões carentes do país sem cobertura médica. O Ministério da Saúde de Cuba atribui a decisão a "declarações ameaçadoras e depreciativas" do presidente eleito Jair Bolsonaro. "O Ministério da Saúde Pública de Cuba tomou a decisão de não continuar participando do Programa Mais Médicos e assim comunicou a diretora da Organização Panamericana de Saúde e aos líderes políticos brasileiros que fundaram e defenderam a iniciativa", diz a nota do governo. Em agosto, ainda em campanha, Bolsonaro declarou que ele "expulsaria" os médicos cubanos do Brasil com o exame de revalidação de diploma de médicos formados no exterior, o Revalida. A promessa também estava em seu plano de governo. "Nós juntos temos como fazer o Brasil melhor para todos e não para grupelhos que se apoderaram do poder e [há] mais de 20 anos nos assaltam e cada vez mais tendo levado para um caminho que nós não queremos. Vamos botar um ponto final do Foro de São Paulo. Vamos expulsar com o Revalida os cubanos do Brasil", declarou Bolsonaro em pronunciamento realizado ao chegar no aeroporto de Presidente Prudente (SP). A atuação dos médicos cubanos no Brasil gera polêmica desde a criação do Mais Médicos. Fora do Mais Médicos, os formados no exterior não podem atuar na medicina brasileira sem a aprovação no Revalida. Em novembro do ano passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) validou o Mais Médicos e autorizou a dispensa da validação de diploma de estrangeiros ao julgar ações que questionavam pontos do programa federal, como acordo que paga salários mais baixos para médicos cubanos. No entanto, o Mais Médicos contrata profissionais de várias nacionalidades, e não apenas cubanos. Todos os estrangeiros que participam do programa federal têm autorização de atuar no Brasil mesmo sem ter se submetido ao Revalida. “Qualquer estrangeiro vindo trabalhar aqui na área de medicina tem que aplicar o Revalida. Se você for pra qualquer país do mundo, também. Nós não podemos botar gente de Cuba aqui sem o mínimo de comprovação de que eles realmente saibam o exercício da profissão. Você não pode, só porque o pobre que é atendido por eles, botar pessoas que talvez não tenham qualificação para tal”, justificou Bolsonaro em agosto para a proposta de expulsar os médicos cubanos. No Mais Médicos, pouco mais da metade – 8.556 dos 16.707 participantes – vêm da ilha caribenha, de acordo com dados obtidos pelo G1. Todos os profissionais, independentemente do país de origem, precisam ter diploma de medicina expedido por instituição de ensino superior estrangeira, habilitação para o exercício da profissão no país de origem e ter conhecimento de língua portuguesa, regras de organização do SUS e de protocolos e diretrizes clínicas de atenção básica.