BUSCA PELA CATEGORIA "Esporte"

Argentina aumenta vantagem sobre Brasil no ranking da Fifa

  • 09 Fev 2017
  • 19:09h

(Foto: Reprodução)

Apesar da expectativa gerada sobre a vitória da seleção brasileira sobre a Colômbia, em amistoso festivo em janeiro, o time nacional viu a Argentina aumentar a vantagem na liderança do ranking da Fifa. Os líderes ampliaram de 90 para 106 pontos a dianteira no topo da tabela. A seleção comandada pelo técnico Tite segue em segundo lugar.  A equipe da Argentina, mesmo sem brilhar nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, ocupa o primeiro posto do ranking da Fifa com 1.635 pontos. O Brasil tem 1.529. Alemanha, Chile e Bélgica vêm logo atrás numa lista de poucas mudanças em razão do menor número de jogos entre as seleções em janeiro, apenas 60 partidas - não há data Fifa no mês. 

 

Na única mudança no Top 10, a França ganhou um posto e figura agora em sexto lugar, empurrando a Colômbia para o sétimo posto. Os colombianos foram derrotados pelo Brasil por 1 a 0 no fim de janeiro em amistoso para arrecadar fundos para as famílias das vítimas do voo da Chapecoense. Portugal, Uruguai e Espanha completam o Top 10. A maior movimentação no ranking foi protagonizada pelos times africanos, por causa da disputa da Copa Africana de Nações. Campeão, Camarões foi o maior destaque, galgando 29 posições. O time ocupa agora a 33ª colocação. O Egito, vice-campeão, subiu 12 lugares e está em 23º lugar. A próxima atualização do ranking da Fifa acontecerá no dia 9 de março, referente aos jogos de fevereiro. Assim como janeiro, não há datas Fifa no segundo mês do ano.

Confira abaixo os 20 primeiros colocados do ranking da Fifa: 

1º - Argentina, 1.635 pontos
2º - Brasil, 1.529
3º - Alemanha, 1.433
4º - Chile, 1.386
5º - Bélgica, 1.371
6º - França, 1.313
7º - Colômbia, 1.304
8º - Portugal, 1.240
9º - Uruguai, 1.195
10º - Espanha, 1.168
11º - Suíça, 1.140
12º - País de Gales, 1.120
13º - Inglaterra, 1.113
14º - Polônia, 1.101
15º - Itália, 1.087
16º - Croácia, 1.039
17º - México, 1.016
18º - Peru, 965
19º - Costa Rica, 948
20º - Islândia, 899

CONTINUE LENDO

Agora é oficial: Conmebol declara Chape campeã Sul-Americana de 2016

  • 05 Dez 2016
  • 15:52h

(Foto: Reprodução)

A Conmebol oficializou, na tarde desta segunda-feira (5), o time da Chapecoense como campeão da Copa Sul-Americana de 2016. A equipe catarinense jogaria a final contra o Atlético Nacional de Medellín, porém, foi impedida por conta da tragédia com o avião que levava jogadores e comissão técnica. "A Confederação Sul-Americana de Futebol confirma que o conselho da Conmebol, em sua qualidade de autoridade permanente encarregada de cumprir os Estatutos da Instituição decidiu declarar a Associação Chapecoense de Futebol campeã da edição 2016 da Copa Sul-Americana", informou a entidade em nota. Com o título, a Chape automaticamente garantiu vaga na Taça Libertadores da América e na Recopa Sul-Americana do próximo ano. O time também conquistou o prêmio de dois milhões de dólares pela conquista. Na Recopa, a Chapecoense enfrentará justamente o Nacional, atual campeão da Libertadores. Segundo a Conmebol, o pedido feito pelo Atlético Nacional para que a Chapecoense ficasse com o título foi decisivo. A atitude do alviverde de Medellín rendeu a equipe colombiana o prêmio "Centenário Conmebol de Fair Play", garantindo ao time ainda a quantia de um milhão de dólares. 

Confira a nota da Conmebol na íntegra
A Confederação Sul-Americana de Futebol confirma que o conselho da Conmebol, em sua qualidade de autoridade permanente encarregada de cumprir os Estatutos da Instituição decidiu declarar a Associação Chapecoense de Futebol campeã da edição 2016 da Copa Sul-Americana, assim como declarar o Atlético Nacional o reconhecimento estraordinário do prêmio "Centenário Conmebol de Fair Play.

1. Na quarta (30 de novembro). a Confederação Sul-Americana de Futebol recebeu uma carta do Club Atlético Nacional, dirigida ao senhor Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol, convidando a Conmebol a "entregar o título da Copa Sul-Americana à Associação Chapecoense de Futebol como homenagem "à sua grande perda e homenagem póstuma às vítimas fatais do acidente que enluta nosso esporte".

2. Em decorrência disse, o Conselho tomou a decisão de nomear a Associação Chapecoense de Futebol como Campeã da Copa Sul-Americana de 2016 com todas as prerrogativas esportivas e econômicas que do título decorrem.

3. Para a Conmebol, não há maior mostra do "espírito de paz, compreensão e jogo limpo", enunciado como objetivo da nossa Instituição, que a solidariedade, compreensão e respeito exibido pelo Club Atlético Nacional de Colombia com seus irmãos da Associação Chapecoense de Futebol do Brasil.

4. Em razão da petição realizada pelo Club Atlético Nacional, que com sua atitude promoveu o espírito de paz, compreensão e jogo limpo, e em busca de que os valores esportivos prevaleçam sempre sobre os interesses comerciais, o Conselho decidiu por vez declarar o Club Atlético Nacional com o prêmio "Centenário Conmebol de Fair Play", que consistente em soma de um milhão de dólares. 

CONTINUE LENDO

Tragédia da Chapecoense: Morto no desastre, Caio Júnior foi técnico do Bahia e do Vitória

  • Redação BDM
  • 29 Nov 2016
  • 11:32h

Caio Júnior, ex-técnico do Bahia e do Vitória, é uma das vítimas do acidente de aviação que esta terça-feira ocorreu perto do aeroporto de Medellín, na Colômbia, e que causou 76 mortos. Ele trabalhou no futebol baiano entre 2012 e 2013. Aos 51 anos, o paranaense treinador do Chapecoense, clube do principal escalão do futebol brasileiro. Ele é considerado o líder da ascensão time no Brasileiro. A equipe catarinense viajava para a Colômbia a fim de participar na final da Copa Sul-Americana frente ao Atlético Nacional.O acidente ocorreu numa zona montanhosa a cerca de 50 quilómetros de Medellín e, segundo as últimas informações, há cinco sobreviventes, mas entre eles não se encontra Caio Júnior. O avião, com matrícula da Bolívia, “declarou-se em emergência” às 22 horas locais (3 horas em Portugal continental) “por falhas técnicas”, segundo aquilo que transmitiu à torre de controlo.

Passagem pelo futebol baiano

No dia 20 de julho de 2012, foi anunciado como novo treinador do Bahia. Em 7 de dezembro de 2012, depois de quase quatro meses residindo nos Estados Unidos, Caio Júnior assumiu o Vitória, arquirrival do clube no qual havia por último trabalhado, o Bahia, e recém-promovido à Série A brasileira em 2013. Com o treinador, chegam também a Salvador o auxiliar técnico Almir Domingues e o preparador físico Solivan Dalla Valle. Em maio o treinador conquistou seu primeiro título no futebol brasileiro desde que tornou-se técnico, o de campeão baiano de 2013, após vencer justamente o Bahia na final e de forma incontestável, pelo placar de 7×3. Em 1º de setembro de 2013, após a derrota para o Criciúma em pleno Barradão, Caio Junior foi demitido do Vitória.

CONTINUE LENDO

Academia Power Gym realiza hoje Aulão Rosa para incentivar as mulheres na prevenção contra o câncer de mama

  • 18 Out 2016
  • 14:16h

O mês de Outubro é marcado por uma mobilização mundial para a prevenção do Câncer de Mama, conhecido como Outubro Rosa. Pensando sempre na saúde e no bem estar das pessoas, a Academia Power Gym também apoia esta causa e realizará um Aulão Rosa para chamar a atenção das mulheres para a prevenção do câncer de mama e incentivar a busca por hábitos saudáveis.  O Aulão acontece nesta terça-feira, 18/10, às 19h na academia Power Gym, com aulas de ginástica, dança em ritmos variados, Zumba e muita animação. Vista-se de rosa e participe do Aulão Rosa! Se você ainda não conhece a academia, venha conhecer, traga um amigo ou amiga e vem pra Power Gym! Para mais informações, entre em contato através do telefone (77) 3441-7661 ou siga-nos nas redes sociais:

Facebook: www.facebook.com/powergymbr
Instagram: @powergymoficial

Obesidade infantil

  • por Vítor Cotrim
  • 26 Set 2016
  • 09:31h

(Foto: Laércio de Morais | Brumado Urgente)

Hoje em dia com a facilidade que o fast food (comida rápida) oferece, a alimentação das crianças vem sendo cada vez mais inadequada. As pesquisas feitas na área apontam que a obesidade infantil é um dos principais fatores de risco para saúde acarretando doenças como: hipertensão, diabetes, câncer, infertilidades, lombalgia, dentre outras.

O avanço tecnológico com celulares e computadores cada vez mais modernos propiciam aos jovens jogos virtuais cada vez mais “reais” e viciantes prendendo a atenção deles por horas. Essa inércia favorece a falta de atividades física que associados com a má alimentação contribuem para o aumento dessa epidemia. A infância é uma fase crucial para combater essa epidemia de obesidade que vem crescendo diariamente. A criança que é obesa na sua infância tem maiores chances de se tornar um adulto obeso.

Para isso, mudanças nos hábitos alimentares e a pratica de atividades físicas devem ser implantadas na rotina da criança, um grande aliado dos pais nessa luta é a participação das crianças nas aulas de educação física escolar, primeiro contato da maioria da população com a atividade física, onde as práticas são planejadas conforme a idade dos alunos, favorecendo o desenvolvimento da coordenação motora, do trabalho em equipe e o contato com o esporte.

Insira hábitos saudáveis no seu dia a dia, procurando sempre o auxílio de um profissional de Educação Física.

Treinar acompanhado ajuda a melhorar o desenvolvimento, diz pesquisa

  • 17 Jul 2016
  • 07:04h

(Foto: Reprodução)

Encarar um treino na academia nem sempre é tarefa fácil. Porém, tudo fica mais legal quando se tem uma companhia, concorda? Um estudo da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (USP) acaba de revelar que ter o acompanhamento de um amigo, namorado ou algum parente na hora do treino, ajuda a concluir os treinamentos e até reduzir o estresse. Isso porque a interação social entre os praticantes faz com que um apoie o outro e assim as metas terminam sendo atingidas mais naturalmente. E estas conclusões do estudo são realmente percebidas dentro das academias. “A presença de um amigo serve de apoio para que a pessoa se mantenha fiel aos seus objetivos. Além disso, eles podem se ajudar acompanhando a evolução de cada um nos treinos e compartilhando as dificuldades encontradas em cada série realizada”, comenta Mateus Riccio, educador físico e coordenador técnico da Hammer Academia. Além de tudo isso, malhar acompanhado ainda estimula o sentimento de “espírito de equipe”, além de uma saudável competitividade em alguns momentos. “A competitividade, quando encarada de modo saudável, nos ajuda a ultrapassar desafios e estipular novas metas”, complementa o professor. Assim, o exercício se tornou uma das melhores maneiras de unir a família ou amigos que na correria do dia a dia não dispõem de muito tempo para se encontrar. Passando esse tempo dentro da academia junto, podem incentivar uma a outra e ainda matar a saudade.

Portugal vence a França e é campeão da Eurocopa

  • 11 Jul 2016
  • 08:04h

(Foto: Reprodução)

Portugal  venceu a França por 1 a 0 e conquistou pela primeira vez a Eurocopa. Sem o capitão Cristiano Ronaldo, que se machucou e teve que ser substituído aos 23 minutos do primeiro tempo, Éder fez o gol do título aos 3 minutos do segundo tempo da prorrogação. É a primeira taça de um torneio grande na história da seleção portuguesa, e aconteceu após uma campanha com apenas uma vitória no tempo normal: contra Gales, na semifinal. Os outros seis jogos terminaram em empate nos 90 minutos. Com o título, Portugal se classifica para a Copa das Confederações de 2017, na Rússia. O zagueiro Pepe foi eleito o melhor jogador da final. Ele foi o principal jogador da defesa portuguesa, praticamente impecável principalmente porque do outro lado estava a equipe com o melhor ataque da Eurocopa. Griezmann, titular, terminou como artilheiro do torneio, com 6 gols, mas não conseguiu produzir muito na final. Quando passaram pelos homens de linha, os franceses pararam na atuação perfeita do goleiro Rui Patrício, que fez pelo menos três defesas muito difíceis. A equipe da França, apesar de ter mandado na partida, não conseguiu aproveitar a 'vantagem' que a saída de Cristiano Ronaldo, ainda no primeiro, tempo lhe deu. O astro português levou uma pancada de Payet, aos 23, torceu o joelho esquerdo e deixou o gramado de maca e chorando muito. Quaresma, que entrou em seu lugar, foi bem. Quase marcou de voleio no final do jogo, ajudou na marcação e fez com que a equipe não sentisse tanta falta do capitão. Outra estrela portuguesa, o meia Renato Sanches foi eleito o melhor jogador jovem da Euro, mas teve que se preocupar mais com a marcação do que com o ataque na partida e pouco apareceu 

Os franceses quase levaram o título no tempo normal. Aos 46 do segundo tempo, Gignac fez grande jogada na área e mandou a bola na trave. O time da casa teve pelo menos mais 4 chances de gol, mas sentiu falta de mais participação de Pogba, sua maior estrela. Nervoso, o craque parecia estar sem criatividade. Fez o básico, muito pouco para quem aparece como um dos principais jogadores da próxima temporada. Do outro lado, a principal estrela portuguesa sai consagrada da Euro. Cristiano Ronaldo foi o grande responsável pelo título da equipe. Em campo, levou Portugal aos trancos e barrancos na primeira fase com três empates. A classificação foi suada: só veio entre os melhores terceiros colocados. Nas quartas, vitória na disputa de pênaltis contra a Polônia e o camisa 7 mostrou pela primeira vez seu lado de líder, antes das cobranças, chamando os companheiros e incentivando um por um. Fora da decisão, ficou em pé ao lado do técnico Fernando Santos desde o começo do segundo tempo, mesmo com o joelho enfaixado e mancando. Aplaudido por todos os torcedores, chorou quando foi substituído. Voltou a se emocionar quando Éder fez o gol da vitória. Levantou a taça e comemorou o segundo grande título da temporada pouco mais de um mês depois de comemorar a Champions League. Maior artilheiro da história da Euro com 9 gols, ao lado de Platini, maior artilheiro da história do Real Madrid, da seleção portuguesa e da Champions League, CR7 é, até agora, o favorito disparado para ganhar pela quarta vez o prêmio de melhor jogador do mundo. Seria mais uma conquista merecida daquele que já é um dos maiores jogadores de todos os tempos.

CONTINUE LENDO

A profecia do Rei: LeBron James faz triplo-duplo e encerra drama dos Cavs

  • Por Thales Soares Direto de Oakland, EUA
  • 20 Jun 2016
  • 07:42h

LeBron James ergue o troféu de campeão da temporada: protagonismo na decisão (Foto: Getty Images)

LeBron James já disse diversas vezes que todas as apostas estavam contra a possibilidade de um menino nascido em Akron, filho de mãe solteira, chegar na NBA, a liga americana de basquete. Pois ele quebrou a banca. Neste domingo, transformou-se no maior herói de Cleveland ao levar os Cavaliers ao primeiro título de sua história e acabar com os 53 anos de espera da cidade por uma conquista nas três principais competições do país - MLB (beisebol) e NFL (futebol americano), pois não há representante na NHL (hóquei) e MLS (futebol). Uma campanha épica, batendo por 93 a 89 o então campeão Golden State Warriors, em Oakland, em uma virada inédita nas finais depois de estar perdendo a série por 3 a 1. A coroa do Rei voltou para LeBron ainda com uma atuação digna de sua majestade. Ele fez um triplo-duplo, com 27 pontos, 11 rebotes e 11 assistências, além de três tocos sensacionais, um deles em Stephen Curry, apagado no jogo 7, com 17 pontos. Kyrie Irving fez uma cesta decisiva, terminando com 26 pontos. Draymond Green fez o possível para os Warriors não perderem, com 32 pontos, 15 rebotes e nove assistências, mas não deu.

'É bem possível que a Fórmula 1 acabe no Brasil', admite Felipe Massa

  • Uol Notícias
  • 17 Jun 2016
  • 07:02h

(Foto: Reprodução)

Felipe Massa reconheceu que o Brasil pode perder sua etapa no mundial de Fórmula 1 em breve. Em conversa com o UOL Esporte no início dos trabalhos em Baku, para o Grande Prêmio do Azerbaijão, o piloto da Williams disse considerar como uma possibilidade real a ameaça do chefão da categoria, Bernie Ecclestone, de acabar com a prova brasileira a partir da temporada 2017. "A gente sabe como funcionam as negociações do Bernie. Ele gosta de colocar pressão, como já vimos que aconteceu com Monza e em outras ocasiões. Quando tem alguma coisa que não está acontecendo do jeito que ele quer, ele fala o que tem de falar", disse Massa."Por outro lado, sabemos como está a situação. O momento do Brasil é muito difícil. Então não é impossível que acabe a F-1 no Brasil. É bem possível. Nesse momento, é muito difícil você ter certeza de alguma coisa. Vivemos em uma situação na qual está tudo chegando no limite em vários aspectos."

O contrato para a realização do GP do Brasil foi renovado há dois anos e é válido até a temporada 2020. A revista especializada alemã  'Auto Motor und Sport', porém, trouxe na última terça-feira (14) uma declaração de Ecclestone ameaçando romper o vínculo e tirar a etapa do próximo calendário. Segundo a publicação, o motivo seria a dificuldade financeira dos organizadores da prova. O chefão da F-1 havia dado declarações similares à emissora britânica Sky Sports em março. A organização do GP do Brasil emitiu nota negando a publicação alemã, afirmando que "está seguindo à risca o projeto de reforma do autódromo de Interlagos" e que fechou com novos patrocinadores. "A verdade é que não existe condição legal para o rompimento do contrato com a empresa promotora do evento, a Interpub, cuja validade vai até 2020". Em Baku, Ecclestone não falou especificamente do Brasil, mas deixou claro que há algumas etapas ameaçadas no campeonato. "Podemos ter 22 corridas no ano que vem, mas no final das contas teremos apenas 18". Em seguida, porém, se contradisse ao afirmar que não acredita que a próxima temporada será bem menor que a atual, que conta com 21 etapas.


Organizadores garantem corrida até 2020

A assessoria de imprensa da organização do GP Brasil enviou nota afirmando que a corrida continuará a ser realizada conforme contrato firmado com a empresa que promove a competição. Logo no começo do texto há o seguinte trecho: "a verdade é que não existe condição legal para o rompimento do contrato com a empresa promotora do evento, a Interpub (promotora do GP Brasil), cuja validade vai até 2020." A nota segue justificando que a prefeitura de São Paulo está cumprindo o projeto de reforma do autódromo de Interlagos. Acrescenta que o trabalho está em sua terceira fase. Para o GP deste ano, a área de paddock será ampliada, melhorando ainda mais as condições de trabalho das equipes. A Interpub ainda mencionou um contrato que fechou com a Heineken para a cervejaria vender produtos em Interlagos.  Ao anunciar uma parceria global com a Fórmula 1 a partir deste ano, a empresa confirmou que um dos GPs com as quais tem direito de comercializar seu produto será a etapa brasileira. Os holandeses estamparão sua marca em todas as etapas a partir da etapa da Itália, que ocorre em 4 de setembo. A única exceção será Abu Dhabi. O acordo foi firmado diretamente entre a cervejaria e a CVC Partners, detentora dos direitos comerciais da categoria. O GP Brasil desse ano será no dia 13 de novembro, em Interlagos.

CONTINUE LENDO

Imprensa eslovena afirma que jogador do país contraiu Zika em viagem ao Brasil

  • 11 Jun 2016
  • 08:03h

(Foto: Reprodução)

O jornal esloveno Slovenske Novice assegura que o jogador da seleção local, Jan Klobucar, contru o Zika Virus durante uma passagem pelo Brasil em maio desse ano, na série de amistosos de sua equipe contra o time do Brasil. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (9), depois do instituto esloveno de saúde pública e o departamento de enfermagem do centro universitário do país confirmarem um contágio “ocorrido na América do Sul” no fim do último mês. Entretanto, as instituições não mencionarem o nome do infectado. A confederação de vôlei eslovena negou que um dos atletas tenha contraído o vírus, mas reconheceu que alguém pediu ajuda em clínica. O Zika Vírus tem sido um dos principais motivos de preocupação e ausências dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016.

Relembrando o Mito: Confira as 5 maiores lutas de Muhammed Ali

  • 05 Jun 2016
  • 10:40h

(Foto:Reprodução)

O Youtube está disponibilizando as cinco lutas mais importantes da carreira Cassius Clay (Muhammed Ali). Bicampeão mundial dos pesados Muhammad Ali morreu na sexta-feira (3), devido a um choque séptico provocado por causas naturais não especificadas. Ali sofreu por mais de trinta anos com o mal de Parkinson e tinha sido hospitalizado duas vezes no fim de 2014 e começo de 2015 com pneumonia e infecção urinária. Ele deixa a viúva Lonnie, sua quarta esposa, com quem se casou em 1986, e nove filhos. Veja 5 lutas sensacionais do maior lutador de boxe do planeta:

Adeus ao Mito: Aos 74 anos, morre Muhammad Ali, lenda eternizada na história do boxe

  • 04 Jun 2016
  • 07:34h

Três vezes campeão mundial dos pesos-pesados e considerado o maior nome do esporte, ex-boxeador lutava bravamente há três décadas contra o Mal de Parkinson (Foto: Reprodução)

Morre o homem, e fica a lenda. Faleceu no fim da noite desta sexta-feira nos Estados Unidos (já madrugada de sábado no Brasil) Muhammad Ali, considerado por muitos o maior boxeador de todos os tempos.Aos 74 anos, o ex-campeão mundial dos pesos-pesados perdeu para o Mal de Parkinson a luta mais difícil de sua vida, deixando para sempre um vazio no esporte mundial. O falecimento do genial Ali foi confirmado por Bob Gunnell, porta-voz da família – Depois de uma batalha de 32 anos contra a doença de Parkinson, Muhammad Ali faleceu com a idade de 74 anos. O tricampeão mundial dos pesos-pesados morreu esta noite. A família gostaria de agradecer a todos por seus pensamentos, orações e apoio, e pede privacidade neste momento – informou Gunnell. Tão firme como aguentou as pancadas que levou dentro dos ringues sem nunca ter sofrido um nocaute na carreira, Muhammad Ali também suportou por décadas uma doença degenerativa que afeta os neurônios, o Mal de Parkinson. Derrotado pela paralisia apenas aos 74 anos após muitas lutas e vitórias na vida profissional e pessoal, essa lenda do boxe mundial tem seu nome eternamente gravado na história do esporte, seja por suas atitudes exemplares ou pelo seu cartel de campeão, com 57 vitórias, sendo 37 delas por nocaute, e 5 derrotas.

Atletas grávidas não devem viajar para Rio 2016, diz órgão dos EUA

  • G1
  • 11 Abr 2016
  • 20:01h

(Foto: Reprodução)

A vice-diretora dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC), Anne Schuchat, disse nesta segunda-feira (11) que atletas que souberem que estão grávidas não devem viajar ao Rio de Janeiro para os Jogos Olímpicos de agosto devido ao vírus da zika.Schuchat afirmou ainda que a propagação e o impacto do vírus da zika são maiores do que o previsto inicialmente. Há fortes evidências de que o vírus está relacionado ao aumento de casos de microcefalia observado no Brasil nos últimos meses. 

O diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos EUA, Anthony Fauci, afirmou, por sua vez, que a primeira possível vacina para o vírus deve estar disponível em setembro. Em fevereiro, o Comitê Olímpico dos Estados Unidos (USOC) já tinha informado que seus atletas poderiam considerar não disputar os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro por causa da preocupação com o vírus da zika no Brasil. O CDC também já vinha aconselhando as norte-americanas grávidas ou as que consideram engravidar a evitarem viajar para lugares onde o zika foi registrado.

CONTINUE LENDO

Exercício levado a sério pede honestidade e metas reais

  • 26 Mar 2016
  • 14:02h

(Foto: Reprodução)

Atire a primeira pedra quem nunca começou a se exercitar com toda a determinação e, pouco a pouco, foi desanimando até parar. Pensando em ajudar quem não quer repetir a dose e voltar para o sedentarismo, fomos atrás das dicas de Marcio Atalla. Com o projeto "Vida de Saúde" à vista, com o qual pretende mudar os hábitos dos moradores da cidade de Jaguariúna, estimulando a prática de atividades físicas e a alimentação saudável, ele conta que não são necessárias grandes mudanças no dia a dia para se viver melhor. O educador físico acredita que seguindo cinco passos básicos --que você conhece abaixo--, o praticante não vai deixar os exercícios de lado tão facilmente. 

 

Seja amigo do exercício físico!

1.Regularidade

O primeiro passo é escolher uma atividade física que você consiga praticar regularmente, algo que seja possível de encaixar na rotina. Não importa se é um exercício de baixo gasto calórico, não importa se é subir escadas ou se fazer uma caminhada. Se você optar por uma academia, por exemplo, tente um local próximo à sua casa e que tenha um ambiente confortável.

2. Honestidade

Analise, de fato, o seu meio ambiente. Vamos imaginar que a escolha foi a caminhada. Observe quanto tempo você irá gastar para chegar ao local onde praticará esse exercício. Caso conclua que o tempo de deslocamento seja em torno de uma hora, uma hora e meia, esqueça, você não vai conseguir. Então, é fundamental olhar para o seu dia a dia e ser muito honesto com você mesmo.

3. Competitividade e cooperação

Descubra se você é competitivo ou cooperativo. Se for competitivo, busque um amigo para ter essa brincadeira --ou disputa-- e faça algum tipo de aposta. No caso de você se enxergar mais como alguém cooperativo e com dificuldades em manter a regularidade na prática da atividade, envolva outras pessoas que tenham o mesmo propósito. Assim, uma estimula a outra.

4. Xô, balança

Não se prenda à balança. Como no início do processo há ganho de massa muscular, talvez o ponteiro da balança não mexa tanto, o que pode criar um certo desânimo.

5. Objetivos palpáveis e recompensas

Tenha metas reais. Em vez de pensar: "eu quero emagrecer 18 quilos", pense: "quero emagrecer, neste mês, dois quilos". À medida que você alcançar esses pequenos objetivos, premie-se. Isso é importante porque criamos o ciclo anseio e recompensa. Pode ser o prêmio que você desejar: algo comestível, como um pedaço de bolo prestígio, a ida a um show ou a compra de uma roupa, por exemplo.

CONTINUE LENDO

A importância da educação física escolar

  • por Vítor Cotrim
  • 14 Mar 2016
  • 08:47h

(Foto: Laércio de Morais | Brumado Urgente)

Através da educação física orientada por professores devidamente formados, em educação física, os jovens e crianças se preparam para desenvolver suas habilidades físicas, psicomotoras, cognitivas, afetivas e sociais. Onde a participação em atividades em grupos ou individual influencia valores, ensina a importância da divisão de tarefas e mostra como solucionar problemas, fazendo com que o jovem e a criança reflitam sobre suas ações. A educação física além de inúmeros benefícios sociais ainda cuida do corpo e desperta no aluno a vontade de seguir um estilo de vida ativo e saudável.