BUSCA PELA CATEGORIA "Educação"

Estudantes têm até esta sexta-feira (18) para se inscrever no Enem

  • 18 Mai 2018
  • 12:00h

Termina nesta sexta-feira (18) às 23h59 (horário de Brasília) o prazo para os estudantes se inscreverem no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018. As inscrições são feitas pela internet, na página do participante. Mesmo os candidatos que pediram a isenção da taxa do Enem devem fazer a inscrição para a prova. Para se inscrever, o participante deverá apresentar o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e do documento de identidade e criar uma senha. O candidato precisa também informar um endereço de e-mail válido e um número de telefone fixo ou celular, que será usado para enviar informações sobre o exame. O pagamento da taxa de inscrição para quem não conseguiu a isenção, no valor de R$ 82, deve ser feito até 23 de maio nas agências bancárias, casas lotéricas e agências dos Correios. Com o fim do prazo de inscrição, também fica encerrada a possibilidade de alterar dados cadastrais, o município onde o estudante quer fazer a prova e a opção de língua estrangeira. Os candidatos que precisarem de atendimento especializado têm que fazer o pedido no ato da inscrição. Para o uso do nome social na prova do Enem, o pedido poderá ser feito entre os dias 28 de maio e 3 de junho. As provas do Enem serão aplicadas em dois domingos, nos dias 4 e 11 de novembro. Os resultados serão divulgados em janeiro.

Enem 2018 passa de 4 milhões de inscritos; prazo termina nesta sexta

  • 15 Mai 2018
  • 12:00h

A edição 2018 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já passou de 4 milhões de candidatos inscritos. Segundo balanço parcial divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) na noite desta segunda-feira (14), a marca foi ultrapassada às 17h33. As inscrições terminam às 23h49 desta sexta-feira (18) e devem ser feitas no site oficial do Enem. Segundo o ministro da Educação, Rossieli Soares, a previsão é que o total de candidatos chegue a 7,5 milhões. Todos os interessados em participar da prova devem se inscrever – inclusive aqueles que conseguiram a isenção da taxa de R$ 82. A aprovação do pedido de isenção, que foi feito em um período anterior, não significa estar inscrito no exame. No caso dos estudantes que terão de pagar esse valor para se inscrever, o prazo máximo para quitar o boleto bancário é o dia 23 de maio. Mesmo que haja um feriado regional e os bancos não funcionem, a data-limite não será alterada, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Universidades e institutos federais da BA recebem R$ 35,9 milhões para investimento, manutenção e assistência estudantil

  • 08 Mai 2018
  • 17:00h

Foto: Ilustrativa

As instituições federais de ensino da Bahia receberam mais de R$ 35,9 milhões em recursos financeiros para investimento, manutenção, custeio e pagamento de assistência estudantil, segundo informações divulgadas pelo Ministério da Educação (MEC). A verba foi repassada pelo órgão na última quinta-feira (3). O maior repasse foi destinado à Universidade Federal da Bahia (UFBA), que recebeu R$ 16,446,582. Ao Instituto Federal da Bahia (IFBA), foram repassados R$ 8,352,885. Já em terceiro lugar entre as que mais receberam verba está o Instituto Federal Baiano (IF Baiano), para onde foram repassados R$ 5,203,237. Em todo Brasil, as instituições federais de ensino vinculadas ao Ministério da Educação receberam cerca de R$ 561,12 milhões. A maior parte dos valores, R$ 376,85 milhões, foi destinada às universidades federais, incluindo repasses para hospitais universitários. A rede federal de educação profissional, científica e tecnológica recebeu R$ 181,38 milhões, segundo o MEC. O restante, R$ 2,89 milhões, foi repassado ao Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines), ao Instituto Benjamin Constant (IBC) e à Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj). Desde o início do ano, o MEC informou que já repassou R$ 2,4 bilhões para as instituições federais vinculadas à pasta, incluindo o que foi destinado ao pagamento de despesas das universidades e institutos federais, do Instituto Nacional de Surdos, do Instituto Benjamin Constant e da Fundação Joaquim Nabuco.

Encceja Nacional 2018 tem mais de 1,6 milhão de inscritos

  • 01 Mai 2018
  • 14:00h

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) registrou 1.695.607 inscrições no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja Nacional) 2018. O prazo de inscrição terminou na sexta-feira (27). Do total de inscritos, 356.326 desejam obter o certificado de conclusão do ensino fundamental e 1.339.281, do ensino médio. O Encceja Nacional 2017, que marcou o retorno da certificação do ensino médio para o exame, teve 1.575.561 inscritos, 7,08% a menos que em 2018. As provas serão aplicadas em 5 de agosto, no turno matutino e vespertino. O Encceja é direcionado a jovens e adultos que não tiveram a oportunidade de concluir seus estudos na idade apropriada. A participação é voluntária e gratuita, mas existe uma idade mínima exigida. Quem visa a certificação de conclusão do ensino fundamental precisa ter 15 anos completos na data de realização do exame, em 5 de agosto. Quem visa a certificação de conclusão do ensino médio precisa ter 18 anos completos. Maiores de 18 anos, se desejarem, podem se inscrever diretamente para o ensino médio.

Termina hoje (27) prazo para inscrição no Encceja

  • 27 Abr 2018
  • 14:00h

Esta sexta-feira (27) é o último dia para a inscrição no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja Nacional). As inscrições ficam abertas até as 23h59, na página do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep). Até a última terça-feira (24), o Inep já havia registrado mais de 1 milhão de inscrições, sendo 196,4 mil para o ensino fundamental e 824,7 mil para o ensino médio. Em 2017, quando o exame voltou a certificar o ensino médio, foram registrados 1,5 milhão de inscritos. O Encceja é direcionado a jovens e adultos que não conseguiram concluir os estudos na idade apropriada. Quem quer a certificação de conclusão do ensino fundamental precisa ter 15 anos completos na data de realização do exame, em 5 de agosto. Já os candidatos à certificação de conclusão do ensino médio devem ter 18 anos completos. A participação é voluntária e gratuita. Os resultados individuais do Encceja permitem a emissão de dois documentos: a certificação de conclusão de ensino fundamental ou do ensino médio, para o participante que conseguir a nota mínima exigida nas quatro provas objetivas e na redação, e a declaração parcial de proficiência, para o participante que conseguir a nota mínima exigida em uma das quatro provas ou em mais de uma, mas não em todas. O Encceja Nacional será realizado em 5 de agosto. O Encceja Exterior, para brasileiros que vivem em outros países, será no dia em 16 de setembro. Também serão realizadas em setembro edições para pessoas privadas de liberdade no Brasil e no exterior.

Aluno UNINTER bacharel em Educação Física, Mário Santana, participou do evento Arnold Sports Festival South América em São Paulo

  • ASCOM - Plena Educacional
  • 27 Abr 2018
  • 09:34h

Professor, tutor e também aluno novamente da instituição UNINTER, pela terceira vez, Mário Santana, que agora cursa bacharel em educação física, esteve presente no evento super evento voltado à área Arnold Sports Festival South América, ocorrido em 22 de abril em São Paulo-SP. Mário conta sobre a sua experiência de suma importância para a ampliação de seus conhecimentos específicos, bem como os momentos ímpares que viveu no mega evento de ninguém menos que Schwarzenegger, o que abriu mais ainda os seus horizontes de percepções e afinidades profissionais.

 

 

Mais de 3,8 milhões pedem isenção da taxa de inscrição do Enem

  • 17 Abr 2018
  • 18:00h

Mais de 3,81 milhões de pessoas pediram isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste ano. O prazo terminou às 23h59 de ontem (15). Destes, 208,5 mil foram participantes isentos no ano passado que faltaram aos dois dias de aplicação do teste e precisavam apresentar documentos que comprovassem o motivo da ausência para ter direito a nova isenção. Entretanto, apenas 8.486 apresentaram a documentação exigida e 200.102 declararam não ter documentos que justificassem a ausência no exame. Do total de solicitações de isenção neste ano, 971.924 foram de estudantes concluintes do ensino médio em 2018 em escolas da rede pública. Também puderam pedir a isenção alunos que cursaram todo o ensino médio em escola da rede pública, ou como bolsistas integrais na rede privada e tenham renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio, além de membros de família de baixa renda e quem fez o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) do ano passado. No Enem 2017, mais de 4,7 milhões de participantes obtiveram a isenção.

Nasa abre as portas para estagiários brasileiros

  • 15 Abr 2018
  • 12:00h

A Nasa deu início às inscrições para o International Internship Program I², o programa de estágio da agência, que vai de 27 de agosto a 14 de dezembro. Cinco doutorandos brasileiros poderão fazer parte do projeto. De acordo com Notícias ao Minuto, os interessados devem preencher um formulário da Agência Espacial Brasileira (AEB), responsável pela indicação dos estudantes à congênere norte-americana. Os doutorandos precisam ter inglês fluente e estar cursando Ciências Exatas, Engenharias, Computação e Tecnologias da Informação nos Estados Unidos. Os pré-selecionados serão divulgados pela AEB até 24 de abril e Nasa convocará os sortudos até 1º de junho.

Enem: Estudante do 3º ano da rede pública tem até este domingo para pedir isenção

  • 15 Abr 2018
  • 10:00h

Termina neste domingo (15) o prazo para que estudantes que atualmente cursam o terceiro ano do ensino médio em escolas públicas peçam isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). De acordo com alerta enviado na noite desta sexta pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), os estudantes precisam fazer a solicitação pela internet até as 23h59 deste domingo. "Nos anos anteriores, para estes estudantes, o requerimento de isenção era gerado automaticamente no ato da inscrição. Mas este ano o procedimento foi modificado, com uma fase preliminar de pedido de isenção", ressalta a nota. É necessário acessar uma página especial no site do Enem (clique aqui) e preencher os campos com os dados pessoais. Nesta edição, a taxa para realização da prova é de R$ 82.

Pedidos de isenção da taxa para o ENEM devem ser feitos até domingo (15)

  • 12 Abr 2018
  • 15:00h

Estudantes da rede estadual de ensino têm até domingo (15) para solicitar a isenção da taxa de inscrição no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) 2018. O processo para solicitar isenção de taxa é uma das novidades do exame deste ano e o resultado será divulgado na página do participante no dia 23 de abril. Independente de ter o pedido de isenção aceito, os estudantes que irão fazer o Enem deverão, obrigatoriamente, se inscrever entre os dias 7 e 18 de maio, pois a aprovação do pedido de isenção não significa que a inscrição está automaticamente realizada. Quem teve direito à gratuidade no Enem 2017, faltou aos dois dias de aplicação no ano passado e pretende requerer novamente a isenção no ENEM 2018 deverá justificar a ausência no mesmo período e no mesmo sistema da isenção. A relação de documentos aceitos para cada motivo de ausência está listada no edital, no site ENEM 2018 e no Portal do INEP. Quem tiver o pedido da taxa de isenção negado e quiser entrar com recursos tem o prazo entre 23 e 29 de abril, para apresentar novos documentos. Se o recurso for negado, o candidato ao ENEM 2018 ainda terá a opção de se inscrever, em maio, e pagar a taxa de R$ 82.

Eleição elege Luiz Otávio e Marcos Henrique como reitor e vice da Uesb

  • 12 Abr 2018
  • 14:00h

Foto: Reprodução / Blog do Rodrigo Ferraz

A Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) elegeu na madrugada desta quinta-feira (12) o reitor e vice-reitor da instituição. Saíram vencedores do pleito os professores Luiz Otávio Magalhães e Marcos Henrique Fernandes, da Chapa 2 – Renova Uesb. Segundo o Blog do Rodrigo Ferraz, a chapa foi eleita entre docentes, técnicos e alunos, com 62,44% dos votos. Em segundo lugar, a chapa 3 “Templo de Replantar Sonhos” obteve 18,61% dos votos. A chapa foi encabeçada pela ex-presidente da Associação dos Docentes (Adusb) e professora do curso de História, Márcia Lemos. Já em terceiro lugar, a Chapa 1 – Alternativa Acadêmica: Em Defesa da Uesb, teve 16,87% e foi representada pelo do curso de Farmácia, Daniel Melo. Votos nulos e brancos somaram 2,08%. A votação ocorreu nos campi de Vitória da Conquista, Jequié e Itapetinga.

Candidatos ao Enem terão de justificar ausência para continuar tendo isenção

  • 22 Mar 2018
  • 18:01h

Os participantes que tiveram isenção da taxa de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano passado e que faltaram às provas terão que justificar a ausência para fazer o Enem de 2018 sem pagar a taxa. As regras para o Enem deste ano foram divulgadas hoje (21). A ausência deve ser comprovada por meio de documentos oficiais, como atestado médico que comprove doença que impeça a locomoção do candidato, atestado de óbito de familiares ou boletim de ocorrência. O participante que não apresentar justificativa de ausência no Enem 2017 ou tiver a justificativa reprovada após recurso e quiser se inscrever no Enem 2018 deverá pagar o valor da taxa de inscrição, que foi mantida neste ano em R$ 82. A exigência foi adotada por causa dos prejuízos que o exame vem registrando nos últimos anos aos cofres públicos. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), as últimas cinco edições do Enem representaram um prejuízo de R$ 962 milhões com participantes que se inscreveram e não compareceram às provas. “Não podemos permitir que continue uma evasão enorme com desperdício de recursos públicos”, disse hoje o ministro da Educação, Mendonça Filho. Neste ano, a solicitação de isenção será feita antes do período de inscrição, entre os dias 2 e 11 de abril. Serão isentos os estudantes que estejam cursando a última série do ensino médio neste ano em escola da rede pública, ou que tenha cursado todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio. Também tem isenção o participante que declarar situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda e que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Neste ano, também são isentos os participantes do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) do ano passado. As inscrições deverão ser feitas das 10h do dia 7 de maio às 23h59 de 18 de maio deste ano, pelo site do Enem. O pagamento deve ser feito entre os dias 7 e 23 de maio. “O exame do ano passado foi considerado mais tranquilo de todos os tempos e neste ano teremos uma nova aplicação e quero crer que acontecerá dentro do previsto e com tudo funcionando de forma absolutamente como está planejado”, disse o ministro.

Inscrições para Enem começam dia 7 de maio; provas serão nos dias 4 e 11 de novembro

  • 21 Mar 2018
  • 17:00h

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começarão no dia 7 de maio e seguirão até o dia 18 do mesmo mês. A data foi divulgada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta (21), quando foi lançado o edital completo do exame. Quem precisar solicitar isenção do pagamento da taxa de inscrição deve fazê-lo entre os dias 2 e 11 de abril, por meio do site http://enem.inep.gov.br/participante, que reunirá todas as informações sobre processo de inscrição e acompanhamento da inscrição. A solicitação de atendimento pelo nome social deve ser feita entre os dias 28 de maio e 3 de junho. Conforme calendário do exame, as provas acontecerão nos dias 4 e 11 de novembro, com abertura dos portões das 12h até as 13h e início das provas previsto para 13h30. No primeiro dia de Enem, nas 5h30 de duração do exame serão aplicadas a redação e as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias. No final de semana seguinte serão cinco horas de prova, para que sejam respondidas as provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática. Com a prova do Enem, o candidato poderá ter acesso ao ensino superior em instituições federais e particulares, por meio de programas governamentais de financiamento ou apoio. O resultado do Enem também pode ser usado como instrumento de seleção em alguns setores do mercado de trabalho. A empresa que aplicará o exame será contratada pelo Inep. Veja aqui o edital completo.

Governo federal quer autorizar ensino médio à distância para 40% da carga horária

  • 20 Mar 2018
  • 16:03h

Foto: Ilustrativa

O governo federal quer autorizar que 40% da carga horária do ensino médio seja feita à distância. No caso da educação para jovens e adultos, a proposta é liberar 100% do curso. A regulamentação da carga horária está prevista na resolução que atualiza as Diretrizes Curriculares Nacionais do Ensino Médio, ainda que a possibilidade tenha sido vetada na ocasião da reforma do ensino médio. De acordo com a Folha, as regras debatidas autorizam que qualquer conteúdo escolar previsto no currículo possa ser dado à distância. Se aprovado, os alunos poderiam ter dois dias de aula por semana fora da sala. O aval para até 40% da carga à distância abriria margem para conter a crise pela falta de professores. Atualmente o Brasil tem 6,9 milhões de matrículas no ensino médio público, dos quais 1,5 ilhão dos jovens de 15 a 17 anos (14,6% do total) já abandonaram os estudos.

Espelhos das redações do Enem são disponibilizados pelo Inep

  • 19 Mar 2018
  • 16:01h

Os espelhos das redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017, foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), nesta segunda-feira, 19. Os candidatos podem conferir a correção dos seus textos no site do Enem. O tema da redação foi “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil”. Este ano, 53 alunos tiraram nota mil na redação. Em 2017, 77 candidatos alcançaram a pontuação máxima.