BUSCA PELA CATEGORIA "Economia"

Funcionária da Vivo é indenizada em R$50 mil por se recusar a mentir para clientes

  • Informações do Bahia Notícias
  • 01 Ago 2014
  • 16:56h

(Imagem Ilustrativa)

A operadora Vivo terá que pagar R$ 50 mil a uma funcionária por danos morais. A moça era alvo de chacota e xingamentos dos colegas de trabalho, por se recusar a mentir para clientes afirmando que o sistema estava fora do ar para venda de planos pré-pagos. A decisão foi tomada pela 3ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (RS) que estabeleceu que, além da indenização, a funcionária receberá salários correspondentes aos 12 meses de garantia de emprego a que teria direito em virtude de doença ocupacional. Depois do ocorrido, a operadora divulgou a seguinte nota: ”A Telefônica Vivo informa que cumpre a legislação em vigor e que irá interpor Recurso de Revista ao Tribunal Superior do Trabalho visando a modificação de tal decisão”. Um colega de trabalho confirmou o fato e disse que a moça precisou sair mais cedo por ter se sentido mal com a situação. Ele também disse que a empresa dava menos atenção a clientes que queiram habilitar planos pré-pagos, porque a venda desse tipo de serviço não aumenta a remuneração dos vendedores. 

Entrega da declaração do Imposto de Renda termina na quarta (30)

  • Da Redação
  • 28 Abr 2014
  • 07:11h

Foto: Reprodução

Os contribuintes que ainda não acertaram as contas com o Fisco precisam correr. Termina nesta quarta-feira (30) o prazo de entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF). Segundo o balanço mais recente da Receita Federal, cerca de 16,2 milhões de contribuintes entregaram o documento até as 17h da última sexta-feira (25), o que equivale a 60% dos 27 milhões de declarações esperadas neste ano. A entrega vai até as 23h59 do dia 30. Se o contribuinte não entregar a declaração até o fim do prazo, será multado em R$ 165,74 ou 20% sobre o imposto devido, prevalecendo o maior valor. O programa gerador está disponível na página da Receita Federal na internet desde 26 de fevereiro, mas a transmissão dos formulários começou em 6 de março, assim como a liberação do aplicativo que permite o preenchimento da declaração em tablets e smartphones. 

Consumidor baiano reclama do aumento anunciado para o preço do pão francês

  • Da Redação
  • 27 Abr 2014
  • 19:10h

Foto: Reprodução

Um dos alimentos mais comuns na mesa dos baianos ficará mais caro. O pão francês sofrerá um reajuste que pode ficar entre 6% e 10%, a partir de maio. O elevado custo dos insumos, assim como os reajustes na tarifa de energia e IPTU são os principais motivos para o aumento. Ainda não há uma data definida para o reajuste, mas a população já tem se mostrado insatisfeita com o aumento. De acordo com informações divulgadas pela Associação Brasileira da Indústria da Panificação e Confeitaria (Abip), a farinha de trigo, principal ingrediente do pão francês, sofreu reajuste diante da queda de produção na Argentina, principal fornecedora do produto ao Brasil. Apesar disso, Mário Pithon, presidente do Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria de Salvador, garante que outros fatores também contribuíram para o reajuste do pão. 

Ação coletiva pede reposição de perdas do FGTS; saiba quanto você pode ganhar

  • Flávio Oliveira / Correio
  • 05 Fev 2014
  • 09:22h

(Arte: Correio 24 horas)

Os trabalhadores do Brasil ganharam uma nova aliada na luta pelo reajuste dos valores do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) pela inflação. Trata-se da Defensoria Pública da União (DPU), que entrou com uma ação coletiva na Justiça Federal do Rio Grande do Sul pedindo que a Caixa Econômica – administradora do FGTS – use algum tipo de índice que reponha perdas inflacionárias (INPC e IPCA-E são as sugestões). Atualmente, a correção dos depósitos no fundo é o resultado de uma valorização de 3% mais a Taxa Referencial (TR). Invariavelmente, desde 1999, esta fórmula apresenta um índice menor que a inflação. Ou seja, há 15 anos que os recursos depositados nas contas do FGTS estão sistematicamente perdendo valor.Na ação, a DPU pede também que a Justiça gaúcha reconheça que a causa tem âmbito nacional, o que determina que uma decisão ali tomada terá efeito sobre todo o território brasileiro, beneficiando tanto os trabalhadores que individualmente ou por sindicatos processam o banco com o mesmo pedido, quanto aqueles que ainda não procuraram a via judicial para fazer valer o suposto direito. Suposto porque não se tem certeza de que a decisão judicial será em favor dos cotistas do FGTS ou da Caixa. Há, ainda, um terceiro pedido na ação da DPU, que a Justiça suspenda, enquanto tramitar a ação coletiva, a contagem do prazo que o trabalhador tem para acionar o banco  cobrando reajuste maior para os depósitos do FGTS, que é de 30 anos. 

A ação é assinada pelos defensores públicos Fernanda  Hahn e Átila Ribeiro Dias. Esse último lotado na Bahia. Em entrevista ao CORREIO, ele afirmou que a escolha pelo fórum gaúcho se deveu ao fato de aquele fórum já ter tomado decisões favoráveis aos cotistas contra a Caixa. Dias descartou  que outras unidades da DPU entrem com ações semelhantes caso a Justiça gaúcha entenda que a ação não tem abrangência nacional. “Nesse caso, iremos recorrer”, falou. “Este caso fatalmente chegará ao STF (Supremo Tribunal Federal)”.E é justamente no STF que se ampara a principal argumentação dos defensores públicos. A mais alta Corte do país já emitiu decisão que reconhece que a TR não pode ser utilizada para fins de atualização monetária por não refletir o processo inflacionário brasileiro. Essa decisão se deu nas ações diretas de inconstitucionalidade números 4.357, 4.372, 4.400 e 4.425 que questionavam o uso da  Taxa Referencial para corrigir o valor de títulos precatórios. 
Apesar de negar o uso da TR, o STF, nesses processos, deixou em aberto qual seria o índice a ser utilizado para a atualização monetária desses títulos. Daí o fato de a DPU, em sua ação, não ter indicado nenhum índice para ser aplicado nas correções dos depósitos do Fundo de Garantia.Em nota, a Caixa Econômica  argumenta que até o momento foram ajuizadas 39.269 ações contra o FGTS com a pretensão de substituição da TR como índice de correção, e proferidas 18.363 decisões favoráveis ao atual critério aplicado. E finalizou informando que o banco recorrerá de qualquer decisão contrária aos atuais critérios de atualização monetária do FGTS. O defensor público Átila Dias contestou os argumentos do banco, que afirma que a correção pela inflação vai aumentar tanto os juros do financiamento imobiliário que o sistema vai ficar a ponto de ser inviabilizado.  “A Caixa exerce a sua defesa. Ocorre que o banco empresta os recursos do fundo a, no mínimo, 6% ao ano e remunera os cotistas a 3%. No mínimo arrecada o dobro do que paga”, expôs. Para o defensor, é temerário a Caixa defender que a correção pela inflação vai quebrar sistema. “O banco acha que terá de pagar de 5% a 6% para todo mundo. O que é uma mentira, pois a Caixa já pagou 3%. O que a ação pede é que seja paga a diferença entre a TR e a inflação”, completou ele. Todo trabalhador com conta vinculada ao FGTS a partir de 1999 tem direito à correção dos depósitos no fundo por índice inflacionário se este for o entendimento da Justiça. O saque desses recursos, porém, obedece à lei que rege o fundo. Ou seja, só pode levantar esse dinheiro quem foi demitido sem justa causa ou após três anos depois do pedido de  demissão, caso o trabalhador  fique sem vínculo com carteira assinada nesse período. Outros casos possíveis são doença grave e compra de casa própria. Caso o trabalhador ocupe uma vaga formal – com carteira assinada – a quantia resultante da diferença entre a correção pelos critérios atuais  e o índice da inflação aplicado será depositado na conta atual do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, mesmo que, porventura, o trabalhador já tenha outro vínculo empregatício e sacado o FGTS do emprego do qual foi demitido sem justa causa.  Há dúvidas sobre se a mudança dos critérios de reajuste do FGTS irá atingir também os empregadores. Mesmo com a incerteza sobre o índice a ser aplicado na correção do FGTS, é possivel ao trabalhador saber, em linhas gerais, qual seria o montante que lhe é devido caso a Justiça decida que o FGTS seja atualizado pela inflação. A simulação pode ser feita com base em uma planilha criada e disponibilizada pela Justiça Federal no Rio Grande do Sul. O programa calcula automaticamente a diferença entre o valor já pago pela Caixa com os critérios atuais (3% mais a TR) e a taxa de inflação do ano e os juros compostos que se somam durante o tempo em que a conta recebeu depósitos. A tabela utiliza como índice de reajuste o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), medido pelo IBGE. Na ação ajuizada na segunda-feira, a Defensoria Pública da União sugere à Justiça que a atualização monetária das contas do Fundo de Garantia seja feita com base ou no INPC ou no IPCA-E.

CONTINUE LENDO

Caetité: Nova diretoria do CDL toma posse

  • As Informações são do Caetité Noticias
  • 10 Jan 2014
  • 09:14h

Foto: Willian Silva Caetité Notícias

Na noite desta quinta-feira (9/1) foi apresentada a nova Diretoria do Clube dos Diretores Lojistas de Caetité (CDL), em evento realizado no Restaurante Giripoca. Composta por 14 integrantes, a diretoria do CDL tem por missão fortalecer o comércio local, representando-o e defendendo seus interesses. A cadeira de Presidente coube ao Sr Avandir da Silva Silveira que, no discurso de posse, enfatizou o papel da entidade e seu compromisso por prestar um ótimo serviço aos afiliados e ao público em geral. Avandir lembrou que a cidade hoje possui mais de 500 comércios registrados, mas que destes apenas 120 são filiados ao CDL. Também lembrou que este ano o CDL estará realizando algumas atividades e promoções, como a escolha dos Melhores de 2013, promoção da Copa do Mundo, cursos de capacitação para patrões e empregados, dentre outros. Prestigiando o evento, o prefeito Zé Barreira parabenizou a união dos comerciantes e disse que sua administração faz o que está ao seu alcance para apoiar o comércio local, indicando o incremento comércio como um dos fatores para o aumento da qualidade de vida e crescimento da renda na cidade. “Vocês são os verdadeiros geradores de emprego e renda” – acentuou o mandatário municipal – “E um serviço de qualidade, com preços e atendimento bons, fazem a diferença no comércio”, desejando muito sucesso à nova direção do CDL. O mandato será de três anos, e a principal missão de Avandir é atrair novos comerciantes para integrar os quadros da CDL, além de guiar a categoria para uma uma Caetité maior e melhor também no seu comércio.

Levantamento mostra que procura por ar-condicionado cresce 429% no verão

  • 09 Jan 2014
  • 07:04h

Levantamento realizado pelo Zoom, site comparador de preços e produtos, mostra que a procura por aparelhos de ar-condicionado cresceu 429%, enquanto a busca por ventiladores teve alta de 380% no último mês. A pesquisa mostra também que os preços dos modelos de ar-condicionado podem variar de R$ 806,55 a R$ 2.498. Mais em conta, os ventiladores de teto podem custar entre R$ 54,90 e R$ 244,90, de acordo com modelo, marca e potência. Outros produtos como óculos de sol, artigos de banho, esportivos, cadeiras de praia e guarda-sol também registraram aumento de 79% na procura em relação a novembro do ano passado.

Saiba quais são as 10 profissões que estarão em alta no Brasil em 2014

  • POR SILVIA BALIEIRO
  • 03 Jan 2014
  • 19:14h

(Foto Ilustrativa)

É aí que aparece a necessidade de um profissional capaz de analisar uma grande quantidade de dados, o chamado Big Data. "As empresas precisarão de uma pessoa com viés analítico, que consiga entender o padrão de consumo do brasileiro, para tomar atitudes certas e ganhar mercado", diz Nunes.Com o aumento do comércio eletrônico e do uso das redes sociais, as empresas demandarão cada vez mais desenvolver o marketing digital e precisarão de um profissional com habilidades nesse segmento.Também ganharão importância carreiras ligadas a áreas de infraestrutura. "Ano de eleição aquece o mercado de obras e isso aumentará a demanda por engenheiros de orçamento e engenheiros de segurança", afirma o diretor da Michael Page. Confira as dez profissões que estarão em alta este ano e o porquê de elas terem uma demanda aquecida. 

1             Marketing Digital            -    Não há mais dúvidas que o digital é uma realidade dentro do mercado e que as empresas estão cada vez mais vendo a importância de possuir um foco nisto.

Devido à conectividade e a maior presença dos consumidores no ambiente online, é possível hoje mapear e focar a comunicação no seu público-alvo. Com isso, a tendência é fugir dos meios massificados, tendo além de um saving de budget, um posicionamento muito mais assertivo junto ao target.

2             Go to market ou Planejamento Comercial         -    2013 foi um ano muito apertado para a indústria de bens de consumo e as projeções para 2014 são de um mercado muito mais competitivo e com uma margem de lucro cada vez menor para conseguir ganhar posicionamento, isso inevitavelmente desenvolve a necessidade de criarem cadeiras com foco mais estratégico nas ações das áreas comerciais e cadeiras com viés analítico que acompanham a implementação dessas estratégias diretamente no ponto de venda.

3             Marketing e Vendas     -    Gerente de Acesso Público / Privado - Mudança no perfil e tipo de fonte pagadora, cada vez mais governo, hospitais e operadoras embasam suas decisões em necessidades especificas e em nos conceitos de Healtheconomics, é fundamental que os fornecedores estejam preparados para entender e atender as demandas destes mercados.

4             Engenheiro de orçamento         -    Necessidade de maior controle sobre o retorno financeiro das obras (margens menores) e a uma expectativa de maior volume de obras de infraestrutura.

5             Geocientistas (geofísico, geólogos)       -   Expectativa da indústria de petróleo ter um melhor ano em 2014.

6             Engenheiros de Segurança do Trabalho                  -     Maior preocupação das empresas e sociedade sobre a saúde do trabalho e expectativa de maior volume de obras de infraestrutura.

7             Atuário               -     Expectativa de crescimento devido ao bom momento do mercado de seguros e resseguros em 2013.

8             Cientista de dados (formação em ciência da computação ou análise de sistemas)          -     Estará em alta devido às oportunidades do aumento da aplicação das tecnologias do big data, conceito fundamental no armazenamento de dados e maior velocidades dos sistemas.

9             Direito/Ciências Contábeis        Devido à complexidade fiscal brasileira que continuará demandando posições com essa formação. O perfil exige excelente base técnica fiscal e destaque para os que possuem boa visão de negócios.

10           Engenharia/Economia     -      Profissional comum em posições de modelagem financeira e viabilidade de novos negócios/projetos (mercado de infraestrutura deverá estar aquecido).

Executivo com excelente visão analítica, base financeira e visão holística.

Fonte: Michael Page

CONTINUE LENDO

Projeto de Lei Aprovado para Importação de Equipamentos sem impostos

  • DSLRBrasil
  • 21 Dez 2013
  • 17:28h

Lei 2.111/2011 Equipamento Fotografico Importado sem impostos (Foto: Reprodução)

A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados aprovou na manhã de hoje (11 de dezembro), em caráter terminativo, o projeto de Lei 2.111/2011, de autoria do DEPUTADO FEDERAL RODRIGO MAIA (DEM/RJ), que isenta de impostos e contribuições a importação de equipamentos e materiais para uso exclusivo desses profissionais.A lei prevê que cada profissional pode importar até 50 mil reais em equipamentos, a cada dois anos, com isenção do Imposto de Importação (II), do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), da Contribuição para os Programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público, da Importação de Produtos Estrangeiros ou Serviços (PIS/PASEP-importação), da Contribuição para os Programas de Integração Social para o Financiamento da Seguridade Social devida pelo Importador de Bens Estrangeiros ou Serviços do Exterior (Confins-importação). Para ter direto à isenção, o profissional deve comprovar exercício profissional mediante apresentação da Carteira de Trabalho da Previdência Social (CTPS) regularmente assinada, contrato de trabalho ou, ainda, se servidor público, certidão expedida pelo Departamento de Pessoal do órgão ao qual é vinculado. Já o prestador de serviço autônomo ou prestador de serviço Pessoa Jurídica, respectivamente, deve apresentar inscrição no INSS e recolhimento da contribuição previdenciária ou do contrato social da empresa e recolhimento da contribuição previdenciária. Mas não somente os equipamentos fotográficos e cinematográficos que são caros. Os custos de licenciamento de softwares e computadores  necessários para a pós produção aqui no Brasil são absurdos que desmotivam o aquecimento do mercado.  Vamos ficar de olho e cobrar dos nosso deputados ações neste sentido.

Eleições no Sindicato dos Bancários de Conquista pode significar nova era para a categoria

  • Resenha Geral
  • 13 Nov 2013
  • 15:48h

(Foto: Reprodução)

O processo eleitoral no Sindicato dos Bancários que começou hoje (13) já mostra grandes avanços para a categoria. O surgimento de novas lideranças é significativo e demonstra que existe muita gente preparada e capaz de implantar uma nova filosofia no comando da entidade. O enfrentamento é necessário em defesa de qualquer processo democrático. A ilustração deste artigo mostra uma frase do candidato  à representante da Federação, Alex Leite que integra a composição da Chapa 2. O feudo instalado no sindicato já dura 27 anos e os atuais diretores se revelaram uma espécie de “profissionais de sindicato”.  Durante a campanha foi revelado pela Chapa 2 o que todos sabem – O Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista é usado politicamente em defesa de legendas e do poder dominante. Funciona como braço do PCdoB. Os bancários precisam fazer uma reflexão e votar em defesa do novo. Os atuais diretores se acham donos do sindicato e vão lutar para continuar mandando, manipulando e dominando a categoria.

Justiça bloqueia investigação sobre a BBom, suspeita de pirâmide

  • Brumado Urgente
  • 09 Nov 2013
  • 15:45h

A Justiça impediu provisoriamente a Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda (Seae/MF) de investigar os negócios da BBom, acusada de ser uma pirâmide financeira , que atraiu 300 mil pessoas. A liminar foi concedida pelo juiz Antonio Claudio Macedo da Silva, da 8ª Vara Federal de Brasília. É a segunda vez que a Seae/MF sofre uma derrota judicial a pedido de empresas que enfrentam, na Justiça, acusações 

A Telexfree – que está com as contas bloqueadas desde junho de 2013 – conseguiu impedir que o órgão colocasse em seu site os resultados de um parecer que apontou indícios de pirâmide financeira nas práticas da empresa, e que o negócio não era sustentável. O relatório sobre a Telexfree é um dos argumentos do Ministério Público do Acre (MP-AC) para pedir a extinção da empresa e a devolução do dinheiro a quem investiu no negócio. Seus representantes sempre negaram irregularidades. Segundo o Portal iG apurou, o relatório sobre a BBom estava em vias de conclusão e, excluídos os dados sigilosos, poderia ser consultado por qualquer pessoa. Na decisão, o juiz Macedo da Silva escreveu que a Seae/MF não tem competência para atuar no caso da BBom, uma vez que não havia indícios de que a empresa estivesse praticando captação indevida de poupança popular nem práticas contrárias ao direito antitruste, que protege a livre concorrência – atividades integrantes da alçada do órgão. O juiz fez a ressalva, entretanto, de que pode estar “equivocado, ou até mesmo, equivocadíssimo” ao não encontrar, na análise rápida feita para a concessão da liminar, indícios de captação indevida de poupança popular por parte da BBom. Ele também escreveu que, em análise “não exaustiva”, não vê uma pirâmide financeira no modelo de negócios da empresa. Até a publicação desta reportagem, o Seae/MF não havia respondido ao e-mail enviado na manhã deste sábado (9). O Ministério da Fazenda não atendeu aos telefonemas.

CONTINUE LENDO