BUSCA PELA CATEGORIA "Curiosidades"

Estados Unidos lançam missão tripulada ao espaço após quase uma década;; veja vídeo

  • Redação
  • 31 Mai 2020
  • 09:44h

(Foto: NASA/Bill Ingalls))

A tarde deste sábado (30) entrou para a história com o lançamento do voo espacial da SpaceX Falcon 9. A nave leva dois astronautas veteranos da Nasa à Estação Espacial Internacional em uma missão histórica tripulada pela empresa aeroespacial SpaceX. previsão é que o voo até a ISS dure entre 19 e 20 horas.  O presidente norte-americano Donald Trump compareceu ao Centro Espacial Kennedy, na Flórida, para assistir a decolagem. A Nasa realizou, ainda, uma transmissão especial, via internet, da decolagem da nave espacial que levará os astronautas Robert Behnken e Douglas Hurley até a Estação Espacial Internacional.  A primeira tentativa de lançar o voo foi na quarta-feira (27), mas foi adiada para este sábado devido ao mau tempo, pois havia possibilidade de tornado. A missão, chamada Demo-2, será também “o primeiro voo em órbita de astronautas norte-americanos em foguetes norte-americanos a partir de solo americano desde o final da era do ônibus espacial, em 2011”, conforme definiu a própria Nasa. 

Ex-mulher de Hulk fica com imóveis avaliados em R$ 59 milhões em partilha de bens

  • Redação
  • 26 Mai 2020
  • 17:05h

m dezembro de 2019, o jogador revelou que tentou oferecer R$ 100 milhões à ex-mulher para que o término acontecesse de forma amigável | Foto: Instagram/ Arquivo Pessoal

A separação do jogador Hulk Paraíba custou caro ao bolso do craque. De acordo com a colunista Fábia Oliveira, do jornal ‘O Dia’, a ex-mulher do jogador, Iran Ângelo, vai ficar com 27 imóveis conquistados por ele no período do casamento. O valor ultrapassa R$ 59 milhões e a maioria dos imóveis são localizados no Brasil, com exceção de um terreno em Portugal e uma casa em Orlando (EUA). Iran ainda ficou com o Supermercado Classe A, na Paraíba, do qual Marcos Maciel Ramos, ex-marido de Camila Ângelo, sobrinha de Iran e atual namorada do jogador, é sócio. Hulk ficou com a Star Food, uma distribuidora de Açaí, com a empresa Pardo Serviços Imobiliários e Administração Hoteleira S/A, além da Domus Hall Entretenimentos LTDA. Em dezembro de 2019, o jogador revelou que tentou oferecer R$ 100 milhões à ex-mulher para que o término acontecesse de forma amigável. Segundo os representantes de Hulk, o jogador depositou o valor na conta de Iran e deixou que ela escolhesse metade dos 80 imóveis que estão no nome dele, porém o pedido foi recusado.

Anitta nega candidatura à Presidência e recebe ameaças por falar sobre política

  • Bianca Andrade
  • 13 Mai 2020
  • 15:48h

"Depois de tudo que passei pra chegar aqui, não tem ameaça certa", desabafou a funkeira | Foto: Instagram

A cantora Anitta entrou em um ciclo de “tira casaco, bota casaco” protagonizado por Jaden Smith no filme Karatê Kid. A indecisão dos internautas levou a artista a desabafar em suas redes sociais. Se antes a funkeira era criticada por não falar sobre política e comentar os principais casos do Brasil, agora a artista passou a ser ameaçada por demonstrar interesse no assunto. Após boatos de que a artista teria interesse em seguir a carreira política, a cantora desmentiu a história e revelou que está apenas fazendo o papel dela como cidadã que é de informar seus seguidores. 

“Eu não sei de onde isso surgiu, eu acho que isso surgiu de uma entrevista na qual me perguntaram se eu aceitaria um cargo público […] e eu falei que eu nunca digo nunca pra nada, mas que eu aceitaria desde que eu estivesse estudada, preparada para exercer o papel que eu teria que exercer. Talvez esse boato veio dessa entrevista, mas não confere”. A funkeira ainda desabafou, afirmando que vem recebendo ameaças por falar sobre o assunto em suas redes sociais. “Os fãs estão falando que estão de saco cheio que estou falando de política. Cara, é muito importante. A gente não pode fechar os olhos pras coisas que acontecem no nosso país. A gente tem esse poder de mudar e se eu consigo falar com tanta gente, acho que nada mais prudente do que usar essa visibilidade pra uma parada importante”, começou a cantora. Na última sexta-feira (8), Anitta realizou uma live com a comentarista da CNN Brasil, Gabriela Prioli, para debater o tema e virou piada na web ao não saber quais eram os três poderes. “Se alguém estiver pensando em me ameaçar, dá uma assistida no meu documentário, pra ver que nada mais me assusta nesse mundo. Depois de tudo que passei pra chegar aqui, não tem ameaça certa”. Um dos últimos feitos da Poderosa foi enfrentar o deputado Felipe Carreras (PSB-PE) para falar sobre a proposta feita pelo parlamentar que prejudicaria o recolhimento dos direitos autorais dos autores e compositores. Anitta e outros artistas se posicionaram contra a MP 910.

CONTINUE LENDO

Paulinha Leite diz ter ganhado mais de 36 vezes na loteria e lembra maior prêmio: '274 mil'

  • QUEM
  • 13 Mai 2020
  • 15:26h

(Foto: Reprodução)

A ex-BBB Paulinha Leite, de 33 anos, é uma mulher de sorte. A ex-sister diz já ter ganhado na loteria mais de 36 vezes. Esta semana, ela contou a seus seguidores no Instagram que ganhou mais uma vez. Em conversa com Quem, ela afirmou que, desde pequenininha, é muito ligada ao universo dos números. "Eu sonhava com números, fechava os olhos e via os números. Minha mãe me conta, eu mesma não lembro. Quando fui ficando mais velha, decidi jogar uma vez na Mega-Sena e na primeira vez que joguei já ganhei a quadra. Então, comecei a pegar esses números que via em placas de carro e sonhava e fui jogando", disse. Mas não é só na loteria que Paulinha anda de mãos dadas com a sorte. Quando participou do BBB 11, ela ganhou um apartamento na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, um carro e uma moto. "Ganhei todos os prêmios de sorte dentro do reality. Quando saí de lá, no dia seguinte, comprei uma raspadinha e ganhei 10 mil reais. E assim fui acreditando na minha sorte. Acho que tudo também é uma questão de pensamento positivo, acho que tudo aquilo que você fala você atrai", explicou.

A sorte na loteria é tanta que ela conta que quando ganhou pela 36ª vez, parou de contar. "Sempre faço muita quadra na Mega-Sena ou então acerto 14 pontos na Lotofácil. Já dei números para os meus seguidores no Instagram por quatro vezes, sugeri quatro jogos diferentes e as pessoas ganharam. Mas nessas quatro vezes não joguei, então não conto como se tivesse ganhado", disse, aos risos. "O maior prêmio que ganhei até hoje foi 274 mil reais numa quina que fiz na Mega da Virada. Acho que foi em 2016. Comprei um terreno para investir no setor de imóveisPaulinha atribui sua sorte a Deus. "Acho que Ele me deu essa sorte, atribuo também à fé que tenho e à minha capacidade de determinar que vou conseguir uma coisa e conseguir", afirmou ela, que ri do ditado popular: 'sorte no jogo, azar no amor'. "Estou bem na área do amor", garantiu. A ex-sister diz que todos se assustam com sua sorte nos jogos. "Pessoas próximas a mim ficam falando: 'como é que pode?' (risos) Não sei como é que pode, sei que acontece. Mas o que as pessoas não entendem é que todo mundo quer ganhar na loteria, mas nem todo mundo joga. Você só vai ganhar se você jogar. Já joguei várias vezes e não ganhei nada. Mas chama atenção a quantidade que já ganhei. Só que a quantidade que não ganhei também é alta, então acho que a pessoa tem que jogar e acreditar. Eu sou muito daquele ditado: 'se for para ser seu vai ser'. E eu tenho certeza de que ainda vou acertar a Mega-Sena. Vou continuar jogando até conseguir ganhar o prêmio principal", garantiu.

CONTINUE LENDO

Revista põe Neymar, Pogba, Cristiano Ronaldo e Griezmann de dançarinos do caixão em capa

  • Por Brasil Mundial FC
  • 11 Mai 2020
  • 09:32h

Revista francesa So Foot ilustra capa com Neymar, Pogba, Cristiano Ronaldo e Griezmann como carregadores de caixão dançarinos — Foto: Reprodução

A revista francesa Le Foot divulgou nesta segunda-feira a capa de sua próxima edição, da quinta que vem, com uma ilustração inusitada. A imagem é de Neymar, Pogba, Cristiano Ronaldo e Griezmann fantasiados como os "dançarinos do caixão" ganeses que viraram meme durante a pandemia de covid-19. Na chamada principal, a mensagem: "O futebol não está morto. Ele dança nestas páginas". O caixão tem nos detalhes bolas de futebol estampadas na tampa e troféus de três competições: Campeonato Francês, Eurocopa e Liga dos Campeões.

Mulher tira calcinha e usa como máscara ao ser impedida de entrar em mercado; veja vídeo

  • Informações do Correio24h
  • 30 Abr 2020
  • 08:33h

(Foto: Reprodução Youtube)

Impedida de entrar em um supermercado por estar sem máscara, uma mulher tomou uma atitude inusitada: tirou a calcinha e pôs no rosto, simulando a máscara de proteção. O caso aconteceu no Rio de Janeiro nessa terça-feira (28). O uso de máscaras é obrigatório nos estabalecimentos comerciais da cidade como uma medida preventiva contra a proliferação do novo coronavírus. O caso foi filmado por clientes do mercado. Nas imagens, é possível perceber o momento que a mulher é parada pelos seguranças, que lhe impedem de entrar no local. Pouco depois, dá para ver a movimentação dela, retirando a roupa de baixo e colocando em seu rosto. Ela usa um vestido. Contudo, pelas imagens não é possível confirmar se a mulher conseguiu ou não entrar no mercado com sua máscara improvisada. O mercado, no entanto, informou que sua entrada não foi liberada. Através da assessoria de imprensa, o Supermercado Guanabara confirmou o fato, mas não informou em qual unidade da rede a situação aconteceu. A nota ainda salienta que "como medida de proteção para todos os nossos funcionários e clientes, a rede não está permitindo a entrada sem uso de máscara nas suas 26 lojas, seguindo as recomendações dos órgãos de saúde e públicos". Também nessa terça, em Curitiba, a funcionária de um supermercado acabou morrendo após ser atingida por uma bala disparada por um segurança do estabelecimento durante confusão com um cliente que se negava a usar máscara.

 

Com Covid-19, Sikêra Jr está com pulmões comprometidos e estado de saúde preocupa

  • Redação
  • 29 Abr 2020
  • 16:05h

(Foto: Reprodução)

Polêmico e inicialmente crítico ao isolamento domiciliar, medida para conter a disseminação do novo coronavírus, o jornalista Sikêra Jr apresentou piora em seu quadro de saúde após ser testado positivo para a Covid-19.  De acordo com o portal Contigo, com base em informações divulgadas pela imprensa do Amazonas, Sikêra está com os dois pulmões comprometidos e o estado de saúde do jornalista preocupa.  Desde que apresentou os primeiros sintomas, ele foi afastado da apresentação do “Alerta Nacional”. Durante o noticiário policial, Jr chegou a defender a volta ao trabalho da população. O programa, que é realizado em Manaus, tem transmissão para todo país através da Rede TV!.  Como tem sido noticiado, o Amazonas e mais especificamente a capital, é um dos locais no Brasil mais afetados pela nova doença. Até o momento, segundo dados divulgados pelo G1, há mais de 4,3 mil casos de Covid-19 e 351 óbitos pela doença no estado.

‘Paladar do brasileiro mudou’, explica gerente de cervejaria sobre a puro malte

  • Bianca Rocha
  • 21 Abr 2020
  • 09:02h

m busca de cerveja de boa qualidade e preço baixo, cervejaria amplia mercado de puro malte e promete crescimento nas vendas | Foto: Divulgação/Grupo Petrópolis

Que o brasileiro ama uma cerveja bem gelada, todo mundo já sabe. Só que é interessante observar que, de alguns tempos para cá o paladar dos “apaixonados por cerveja” tem sido cada vez mais refinado. Não só homens, mas também muitas mulheres, têm abandonado um pouco o lado pilsen cervejeiro e substituindo pela puro malte. Pensando nisso, o Grupo Petrópolis, que já atua no mercado puro malte há mais de uma década, com as cervejas da linha Petra, Black Princess e Weltenburger Kloster, lançou a Itaipava Premium Puro Malte que pertence a família da Itaipava. O novo lançamento, possui características de uma premium que agora também é puro malte, mas não se confunde com a pilsen. “A nova cerveja foi criada após pesquisas e testes, ela mantém a leveza e ‘refrescância’ característica da Itaipava, com gosto mais encorpado e levemente mais amarga. Outro ponto positivo é o tempo extra de maturação, que garante maior percepção dos aromas e sabores”, afirmou Eliana Cassandre, gerente de Propaganda do Grupo Petrópolis.

 

Para Eliana, a categoria cresceu muito no último ano e esse lançamento é importante para o mercado. “É importante continuarmos movimentando esse mercado porque é o que mais cresce no país dentro do segmento cervejeiro. No ano passado, a categoria aumentou 78% em volume. Neste ano, cresceu 50% em janeiro, em relação ao mesmo mês de 2019, conquistando 21,3% das vendas”.

Eliana ainda reforça que o paladar do brasileiro tem mudado ano após ano e, por isso, é importante sempre olhar com mais carinho para o setor de puro malte.

“O mercado cervejeiro está cada vez mais diversificado e com preços acessíveis. Em complemento, há um maior conhecimento sobre produtos e uma disseminação mais ampla da cultura cervejeira no país. O brasileiro sempre foi apaixonado por cerveja e os produtos do segmento puro malte conseguem atender a um público que enxerga neste atributo (puro malte) um diferencial de produto”, finalizou.

CONTINUE LENDO

Receita: Aprenda a fazer bacalhau ao forno

  • Por Receita cedida pela nutricionista Daniela Cyrulin, do Instituto Saúde Plena
  • 09 Abr 2020
  • 14:40h

Foto: Reprodução

INGREDIENTES

  • 500 g de bacalhau
  • 3 cebolas em fatias
  • 3 tomates sem pele cortados em fatias
  • 6 batatas médias cortadas em rodelas
  • 1 pimentão vermelho cortado em rodelas
  • salsinha picada
  • 10 azeitonas verdes
  • ½ xícara (chá) de azeite de oliva

MODO DE PREPARO

Coloque o bacalhau em um recipiente, cubra com água e deixe de molho por 24 horas, dentro da geladeira. Durante esse período, troque a água várias vezes para eliminar o sal.
No dia seguinte, enxágue o bacalhau e coloque-o em uma panela com água suficiente para cobri-lo. Deixe ferver, tomando cuidado para que não amoleça demais. Em seguida, separe-o em nacos grandes. Cozinhe as batatas na mesma água em que foi cozido o bacalhau. Em um refratário de vidro, coloque os ingredientes por camadas. Salpique a salsinha, coloque as azeitonas e regue com azeite. Leve ao forno médio por 30 minutos.
Importante: o bacalhau deve ficar de molho por 24 horas, antes do início do preparo. Durante esse período, troque a água várias vezes para eliminar o sal.

Tempo de preparo: 60 min, rende 06 porções.

Destaque no G1: Crise afeta mercado do sexo em BH e mais de 3 mil prostitutas ficam sem trabalho

  • Informações do G1
  • 27 Mar 2020
  • 09:01h

(Foto: Reprodução)

A Rua Guaicurus, no centro de Belo Horizonte, é uma das muitas da cidade que ficaram desertas desde o decreto municipal publicado no dia 20 de março que proíbe o funcionamento de parte do comércio da cidade. A medida é uma tentativa de evitar as aglomerações e a proliferação do novo coronavírus. Conhecida como “zona boêmia”, a região tem dezenas de pequenos hotéis que funcionam como pontos de prostituição. A pandemia também afastou os clientes fazendo com que estes locais fechassem as portas. “Muitas prostitutas vivem nestes hotéis. E tentam se manter como podem. Tem gente que não têm dinheiro nem para comer mais”, disse Cida Vieira, presidente da Associação das Prostitutas de Minas Gerais (Aprosmig). De acordo com a entidade, cerca de três mil mulheres foram impactadas ela crise do novo coronavírus. Além das prostitutas que moram nos hotéis na região da Guaicurus, muitas sobrevivem nas ruas da cidade. Outras voltaram para suas casa na Grande BH e até no interior. “Tem conta chegando, né? E muitas escondem a profissional para as famílias. Como explicar agora o porquê da falta de dinheiro? A gente tem tentado ajudar, fazendo doações”, disse Cida. A Aprosmig tem feito campanha de arrecadação de cestas básicas e produtos de higiene como sabão e álcool em gel. “A gente fala para elas ficarem em casa. Para se protegerem. É um período difícil. Eu diria até caótico”, disse a presidente da entidade. A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Belo Horizonte (Abrasel) e a Cruz Vermelha também chegaram a doar mantimentos e produtos de limpeza para 60 mulheres que trabalham na zona boêmia.

Ladrão de Calcinhas é pego em fragrante por populares e entregue à Polícia

  • Redação
  • 12 Mar 2020
  • 08:09h

(Foto Ilustrativa)

Moradores do Bairro Vila Elisa, em Vitória da Conquista, ‘pegaram’ um ladrão de varal que tirava o sono da população. O fato aconteceu na noite de ontem (quarta-feira). Segundo o blog Blitz Conquista, há dias que moradores saíam de casa e quando retornavam as roupas não estavam mais nos varais. Nem mesmo peças íntimas eram poupadas. O azar do ladrão é que desta vez ele pensou que não havia ninguém na casa que escolheu. A proprietária do imóvel viu a ação do criminoso e os vizinhos foram acionados. O ladrão foi capturado e entregue a Polícia Militar, que o apresentou na delegacia.

Vai entender: Aposentado prova que está vivo em 2020, mas Caixa exige prova também para 2019

  • Redação
  • 11 Mar 2020
  • 11:53h

(Foto: Reprodução)

Ao perceber que sua aposentadoria havia sido suspensa, o advogado Michel Assef, de 74 anos, se dirigiu a uma agência da Caixa Econômica Federal, onde recebe o benefício, para fazer a prova de vida de 2020. Depois de realizar o procedimento, porém, foi informado de que deveria provar que estava vivo também em 2019. — Me informaram que eu teria que ir a outra agência fazer a prova de vida de 2019. Eu achei que estavam de brincadeira, porque se eu estou vivo em 2020, é claro que estava vivo em 2019 — contou o advogado. Depois de o caso ter sido divulgado pela coluna de Ancelmo Gois, no GLOBO, Assef recebeu uma ligação da Caixa informando que a situação teria sido um mal entendido. Ao Extra, o banco informou que a prova de vida mais recente exclui a necessidade de outras referentes a anos anteriores. “A Caixa informa que a prova de vida é uma exigência do INSS. Desde 2012 é realizada com comparecimento presencial em sua agência bancária. O objetivo deste procedimento é dar mais segurança ao cidadão, evitando fraudes e pagamento de benefícios indevidos. A consequência para quem não faz o procedimento é o bloqueio do seu benefício até que realize a comprovação de que está vivo”, acrescentou o banco, por meio de nota.

Mulheres baianas criam primeiro absorvente biodegradável do Brasil

  • João Souza, G1 BA
  • 07 Mar 2020
  • 11:51h

Hellen Nzinga, Patrícia Zanella, Adriele Menezes e Karla Godoy criaram a EcoCiclo — Foto: Arquivo Pessoal

A publicitária baiana Hellen Nzinga, de 24 anos, conheceu outras duas mulheres em um programa gratuito de formação de lideranças e criou a EcoCiclo, que criou o primeiro absorvente biodegradável do Brasil. A ideia do grupo é desenvolver um produto mais barato que o tradicional, com decomposição na natureza mais rápida e que traga mais benefícios à saúde das usuárias. Em entrevista ao G1, Hellen Nzinga, gestora de projetos da EcoCiclo, conta que conheceu Patricia Zanella e Karla Godoy, responsáveis pelo marketing e pela gestão financeira do produto, no programa Prolíder, em São Paulo, há dois anos. A primeira mora em São Paulo e a segunda em Recife. A quarta integrante da Ecociclo é Adriele Menezes, que também mora em Salvador. A engenheira química é amiga de Hellen e foi convidada para assumir a questão mais técnica do produto. Além de ter um absorvente biodegradável, vegano e hipoalergênico do Brasil, a ideia do grupo é ter um projeto social que ofereça emprego para as mulheres na produção do produto. “Um absorvente normal é feito de plástico, derivado do petróleo, ou seja, ele demora de 100 a 500 anos para se decompor e é tóxico, porque é um plástico, então pode causar doenças, infecções e alergias”, explicou Hellen.

Segundo Hellen, o absorvente da EcoCiclo demora cerca de seis meses para se decompor. "O nosso é feito de material biodegradável, que vai levar até seis meses para se decompor em descarte comum. Ele também é atóxico e hipoalérgico. Ele não traz malefícios, só traz benefícios à saúde. Um normal demora até 500 anos para decompor e o nosso seis meses".

A publicitária disse que um pacote de absorvente biodegradável de origem inglesa custa R$ 50. Já o absorvente da EcoCiclo custaria cerca de R$ 10.

O grupo já fez um pedido de patenteação e o resultado deve sair em junho. Entretanto, Hellen contou que o direito do produto já é do grupo, pois o critério para patenteação é ordem de chegada.

 

Surgimento da EcoCiclo

Segundo Hellen Nzinga, a ideia de produzir um absorvente biodegradável veio na segunda etapa do programa de liderança, empreendimento e impacto social. A missão do grupo era criar um produto que impactasse na vida de um milhão de pessoas.

"Durante esse período, eu estava na casa de minha mãe, na Fazenda Coutos, e eu fui no mercado comprar algo para ela. Chegando lá, eu encontrei uma mulher contando moeda para comprar um absorvente", contou Hellen.

"Eu comprei o absorvente para ela, mas fiquei pensando... Quem vai comprar o absorvente para ela mês que vem? Se ela tinha acesso às mesmas informações que eu tenho, sobre outros métodos, sobre o mal que aquele absorvente poderia fazer para ela e para o planeta. E, conversando com as meninas que também fazem parte do projeto, nasceu a EcoCiclo".

A ideia é de que os absorventes da EcoCiclo sejam produzidos por mulheres no bairro de Fazenda Coutos.

Desafios e Machismo

rupo apresentou o absorvente biodegradável na Universidade de Michigan, nos Estados Unidos — Foto: Arquivo Pessoal

Após lançar o absorvente, as co-fundadoras da EcoCiclo lutam para conseguir um financiamento. O grupo fez uma vaquinha coletiva, com o intuito de conseguir R$ 20 mil, mas lucrou cerca de R$ 8 mil. O dinheiro foi devolvido para as 69 pessoas que participaram das doações.

De acordo com Hellen, o grupo precisa de investimento para a produção da máquina de produção e a matéria prima do absorvente.

"Empreender tem sido um desafio tanto pela parte dos negócios como pela parte da indústria, afinal são áreas que em grande maioria são comandadas por homens. Quando chegam quatro jovens falando de negócios de igual para igual, falando de mecânica, de química, de indústria, às vezes assusta".

A publicitária lembra que ela e Adriele foram até uma tornearia mecânica e chegaram a sofrer machismo quando tentavam contratar um homem para construir a máquina de fazer absorventes.

"A gente ia até as lojas, até os torneiros e eles esperavam qualquer coisa, menos que nós estávamos indo contratar um serviço. Então, eles mal levantavam das cadeiras ou perguntavam se a gente estava procurando algum parente ou se a gente estava perdida, mas jamais de que a gente queria contratar o serviço deles”, lembrou.

"Agora imagine duas mulheres indo no torneiro mecânico, com um absorvente na mão e com a máquina para fazer o absorvente. Eles já olhavam assim e falavam esse eu não faço".

Hellen também lembra que o grupo já ficou constrangido em rodadas de mentorias, quando outros empreendedores procuravam sinônimos para a palavra menstruação.

"Principalmente pelo fato de a gente estar lidando com menstruação. Já teve rodadas de mentorias com outros empreendedores, outros homens da área de negócios, que não conseguiam falar a palavra menstruação e que ficavam gaguejando e procuravam outro apelido, às vezes outros meios, para não ter que falar a palavra menstruação".

Alma Empreendedora

Hellen Nzinga nasceu em Alagoinhas e se mudou para o bairro de Fazenda Coutos, em Salvador, quando era criança. Segundo ela, a melhor lembrança da infância dela foi quando vendia farinha com a avó, ainda na cidade do interior.

"Quando eu era pequena, minha vó me levava para vender farinha na feira. Às vezes ela me deixava sozinha na barraca e ia no banheiro. Eu ficava responsável por olhar a barraca e vender se alguém aparecesse. Era o momento em que eu mais ficava feliz", lembrou a publicitária.

Ela conta que o amor pelo empreendedorismo começou na faculdade, onde ela se formou em 2016, na Universidade Católica do Salvador.

"Eu vendia bijuterias e salgados, que minha mãe fazia, para eu poder bancar o transporte e materiais de estudo. Os lanches não deram muito certo porque eu ficava com fome e terminava comendo", brincou Hellen.

Além de trabalhar para a Ecociclo, Hellen Nzinga trabalhou no setor de comunicação do Instituto Mídia Étnica e do Ministério da Cultura. A publicitária também trabalhou em um clube de inglês.

Para o futuro, Hellen espera conseguir R$ 10 mil em uma nova vaquinha virtual que será lançada no dia 26 de março. O valor vai ser dobrado pela empresa Vale do Dendê e será investido na fabricação do produto.

"Ano passado a gente passou por um processo de aceleração com a Vale do Dendê. Eles nos deram R$ 10 mil para investir, mas a proposta é de que a gente consiga mais R$ 10 mil em um financiamento coletivo", explica a publicitária.

 

CONTINUE LENDO

Rebeldia infantil pode estar relacionada a ausência dos pais, afirma especialista

  • Hebert Neri MF Press Global
  • 12 Fev 2020
  • 15:30h

Foto: MF Press Global

Cuidar de uma criança ou um adolescente rebelde é geralmente sinônimo de muito trabalho e pode acabar sendo esgotante para os pais que tem de lidar com um filho que não acata normas nem aceita limites. No entanto, nem todas as crianças rebeldes, desobedientes e desafiantes o são devido a uma necessidade constante de explorar os limites (tanto seus como nossos), mas também por motivos relacionados aos próprios pais. A terapeuta familiar e especialista em educação infantil Evelyn Stam relata que muitas vezes a rebeldia infantil e suas variações na adolescência podem estar relacionadas a ausência dos pais: “Filhos que encontram atenção e aconchego nos pais, que recebem carinho, que tem pais que separam um tempo especial para brincar ou fazer uma caminhada são mais seguros da importância do meio em que vivem e da família da qual fazem parte. Por isso encontram felicidade e recompensa na aprovação dos pais. Logo ficam felizes em obedecer e colaborar porque o relacionamento com os pais é muito importante para eles”.

Entendendo as crianças à partir da perspectiva da vida adulta

Evelyn Stam também aponta que este comportamento de rebeldia e busca por quebrar as regras podem ser compreendidas com a comparação de hábitos da vida adulta: “Imaginemos um esposo que acaba de chegar em casa e já vai falando para a esposa ir colocando a mesa e limpando a pia. O esposa olha torto, o marido já fala mais alto e a cena segue. Se você simpatizou com a esposa e acha que o marido deveria ter falado com um pouco mais de carinho e que ele deveria ter se mostrado interesse pelo dia dela antes de pedir alguma coisa, então você está pronto para a nossa cena final: a que termina com todo mundo feliz. Agora o pai e a mãe entram na sala e o filho está vendo televisão. O pai pergunta o que o filho está assistindo. A mãe comenta que não conhece esse programa e pergunta do que se trata. O filho responde, animado com o interesse dos pais em saber do que ele gosta. Os pais pedem para que ele pause o programa e ponha a mesa, enquanto conta mais sobre o programa. Todos opinam, conversam, enquanto cumprem as tarefas da casa. Na terceira cena o pedido é o mesmo, mas o que acontece antes é completamente diferente e é isso que determina o resultado. Estamos preocupados em comandar os nossos filhos, mas deveríamos investir mais tempo nos conectando a eles.”

Confiança como ponto de partida para a obediência

A especialista pondera que o grande segredo para ter filhos mais obedientes é estimular e inspirer a confiança: “Nós já nascemos programados para testar a qualidade das relações que permeiam as nossas vidas. É o que nos dá segurança e o que nos faz pertencer a um grupo. Viu o quanto isso é importante? A sua família é o grupo mais importante que os seus filhos vão ter na vida. E eles tem que se sentir seguros no relacionamento familiar para sentir que pertencem àquela família.”

Umbuzeiro: Árvore milagrosa do Sertão

  • Acontece na Bahia
  • 07 Fev 2020
  • 07:39h

(Foto: Brumado Urgente Conteúdo)

O nordeste é dotado de uma grande variedades de árvores frutíferas, mas uma delas se destaca na preferência popular: O Umbu. De Novembro a Março várias regiões do Norte de Minas até a mais longínqua caatinga Nordestina o Umbu é apreciado por nativos e visitantes. As duras secas do sertão nordestino dificultam a vida de muitas plantas, mas o umbuzeiro esta lá, de pé! Segundo o site Acervo Caatinga “As raízes têm batatas que funcionam como uma espécie de caixa d’água. A água fica dentro dessas batatas. E como são centenas enterradas, elas vão irrigando a árvore.Pesquisas mostram que um umbuzeiro adulto chega a acumular aproximadamente 1.500 litros de água. E é por isso que ele atravessa todo o período seco bem verdinho e dando frutos.”O umbuzeiro é realmente uma planta bendita para o sertanejo! Do seu fruto se faz a umbuzada, receita tradicional que ganhou o mundo e encanta pelo seu sabor singular. O umbu também pode servir de comida para as criações de animais, visto que pela sua longevidade e boa dispersão de sementes, os pés de um umbu são encontrados em muitos locais e produzem frutos, mesmo nas secas. Diante de tamanha resiliência, o umbuzeiro representa em si a força do povo que com ele habita.