BUSCA PELA CATEGORIA "Curiosidades"

Coisas que toda mãe de jornalista deveria saber

  • Escrito por Duda Rangel
  • 24 Nov 2013
  • 15:04h

(Foto: Reprodução)

Esse jeito meio estranho do seu filho é normal. Jornalista é um povo esquisito. Não é o caso de a senhora começar a rezar ou procurar um psiquiatra. Ao menos, por enquanto. Sim, blog não é emprego e não dá dinheiro, mas não há mal algum em deixar sua filha ter um blog. Praticar a nobre arte de escrever é sempre louvável. O filho da vizinha que é advogado não é melhor do que o seu filho por mais que a desgraçada da vizinha tente te convencer disso. Não é por sacanagem que sua filha não estará presente no almoço do Dia das Mães. Tem um negócio no nosso ramo chamado plantão e geralmente cai em datas festivas.Não é por sacanagem que ela também não vai lhe dar um presente decente no Dia das Mães. É falta de grana mesmo. Mas olha: este porta-retratos de segunda mão até que é bonito, hein? Seu filho ficará feliz se a senhora disser que assistiu à reportagem dele e que ficou tudo maravilhoso. Vale mentir. Ah, a senhora não sabe mentir? Ok, peça então ajuda ao filho da vizinha, o advogado. Se sua filha não quer prestar concurso público como a senhora tanto sonha, não force a barra. Sim, eu sei que é para o futuro dela. Sim, eu sei que a senhora só quer o bem dela. Sim, minha senhora, eu sei. Porra, eu não falei pra senhora não forçar a barra? Essa coisa de ele passar o dia (e a noite) em frente ao computador também é normal. Mas é o caso de mandá-lo a um ortopedista com urgência, porque a coluna dele já deve estar toda ferrada. Essa coisa de sua filha ficar horas sem comer não é greve de fome por uma grande causa. É falta de tempo. Deixe sempre uma maçã perto da bolsa dela. Ela vai te achar a melhor mãe do mundo. A gente não escolhe as paixões dos nossos filhos. Se eles amam o jornalismo, só resta apoiá-los, por mais que o Banco do Brasil dê mais futuro. Eles vão te achar a melhor mãe do mundo e de todas as galáxias de todos os tempos.

 

Baianos procuram cada vez mais site que promove a infidelidade

  • Anderson Sotero
  • 18 Nov 2013
  • 06:30h

Site reúne pessoas que querem "curtir um caso" (Foto: Reprodução)

Casado há 13 anos e com um filho, Ricardo* assume que quer um amor extraconjugal. Mara* conta que foi atraída pela "clareza de propósito". Celso* diz que não culpa a esposa e que entrou só por curiosidade, mas quer "sexo do bom". Já Carla* relata que estava insatisfeita com o sexo caseiro. Apesar dos motivos diferentes, todos eles têm em comum pelo menos dois aspectos: são casados e integram a lista dos mais de 59 mil baianos que se inscreveram no Ashley Madison, site de relacionamento para casados arranjarem amantes. Em Salvador, há cerca de 31 mil inscrições. Na comparação entre os estados do Nordeste, a Bahia ocupa a quarta posição. São 393 usuários a cada 100 mil habitantes. O estado perde apenas para Rio Grande do Norte (533/100 mil), Pernambuco e Alagoas (ambos com 433/100 mil).

"Curta um caso"

Definido como uma comunidade onde pessoas casadas se cadastram para procurar amantes, o site propõe conectar usuários com a mesma "modalidade de pensamento". Ter um caso sigiloso sem se divorciar. O raciocínio é "simples":  como os usuários são casados, não vão querer terminar os relacionamentos e não sofrerão ameaças. "No lugar da secretária ou cunhada, que  podem te chantagear no futuro, traia com a casada. Ela tem o mesmo a perder que você", alerta o diretor do site no Brasil, Eduardo Borges. Um servidor público de 26 anos admite que não se separaria. "Usei o site  porque quero um bom sexo. Minha esposa anda muito fria e eu  louco de tesão", afirma. "É a história mais comum. Ao se casar, sua vida começa a mudar de várias maneiras. Meu marido não é perfeito, mas tem caráter", justifica uma usuária de 38 anos.

Perfis

O diretor ressalta que, a cada 10 pessoas que se inscrevem, três não mantêm o perfil. "A base ativa é de 68%". A média é de 65% de homens e 35% de mulheres. O perfil é de usuários das classes A e B (homens e mulheres) e da classe C (apenas mulheres). O site é gratuito apenas para mulheres. Os homens têm que comprar créditos. Os pacotes variam de R$ 49 a R$ 400. Um usuário de 38 anos relata que conheceu uma mulher casada e que a traição ajudou  no casamento dele. "Queríamos apenas diversão e um sexo superespecial sem constrangimentos e exigências. Tudo muito 'light', sem frescura. Não estou mais estressado", conta. Um administrador reclama apenas do gasto. "O problema é que consome o dinheiro rapidinho". Para o diretor, o site é uma forma mais profissional de trair. "A demanda por esse tipo de serviço sempre existiu e vai continuar existindo, de Bill Clinton a pessoas no Afeganistão que podem ser condenadas à morte". No site, 91% dos homens se dizem casados e 67% das mulheres, casadas. O pico de acesso é a segunda-feira, no horário do almoço. É considerado o "dia de traição". Dias após datas festivas também. Depois do Réveillon,  aumenta 400%. "O brasileiro gosta muito de interagir pela internet. Aqui  é a terra do carnaval e da sacanagem. E a Bahia, assim como o caso carioca, tem muito disso", opina.

*nomes fictícios

CONTINUE LENDO

Ostentação: Iphone de ouro pode custar mais que R$ 8 mil

  • 17 Nov 2013
  • 15:37h

iPhone 5 de ouro é um produto de luxo e personalizado (Foto: Divulgação)

A vida de ostentação não é limitada aos funkeiros de São Paulo e aos "reis do camarote". Aficionados por tecnologia também integram este estilo de vida, com gadgets personalizados e ousados, geralmente cobrados com preços exorbitantes, exclusivos apenas para uma parcela ínfima da população geek. Um dos grandes sucessos dessa nova onda são os iPhones, que são caros para a maioria das pessoas, imagine então um banhado a ouro? A GoldenGenie, uma empresa londrina, resolveu personalizar o gadget com ouro, platina e cristais Swarovski. Os modelos têm preço salgado, bem mais caro do que os originais, com valores que ultrapassam R$ 8.000.

Pessoas sociáveis têm cérebros maiores

  • O GLOBO
  • 17 Nov 2013
  • 07:48h

Amigos, uma medida do cérebro (Foto. Divulgação)

Um estudo da Universidade de Oxford mostrou que pedaços do cérebro são maiores e mais bem conectados em pessoas que têm muitos amigos. E quanto mais sociáveis elas são, maior o impulso cerebral. Neste estudo os pesquisadores pediram que 18 homens e mulheres listassem com quantos amigos tinham se encontrado, falado por telefone ou e-mail no mês anterior. O número médio de amigos listados foi em torno de 20, mas alguns estavam em contato com mais de 40 pessoas. Outros só entraram em contato com dez amigos. Exames mostraram que cerca de seis regiões do cérebro eram maiores nas pessoas mais sociáveis. Uma das regiões de sociabilidade apontada foi o córtex cingulado anterior, uma área que usamos para acompanhar o que outras pessoas estão fazendo. Já outras regiões do cérebro, que não são usadas na socialização, podem encolher. Os exames mostraram que as conexões entre esta área e a outra que usamos para descobrir como os outros estão pensando e se sentindo são particularmente forte em tipos sociáveis​​. - Nos seres humanos mais sociáveis​​, talvez estas vias de comunicação sejam mais como autoestradas do que como estradas de terra, o que faz com que o processamento de informações seja mais eficiente e melhor - diz a pesquisadora MaryAnn Noonan. Como estudos anteriores com macacos já tinham produzido resultados semelhantes, os pesquisadores não acham que pessoas sociáveis ​​simplesmente nascem com os cérebros mais conectados à amizade. Em vez disso, eles acreditam que as pessoas com muitos amigos usam certas regiões do cérebro mais frequentemente , levando-as a crescer para acompanhar as demandas sociais. - Eu diria que o cérebro está mudando em resposta a tamanho da rede social. Mas isso não quer dizer que não haja uma influência genética, de modo que se você venha de uma família sociável, seu cérebro está predisposto a isso - acredita Noonan.


 

Grandes Contrastes: No Brasil presídios lotados, já na Suécia eles estão sendo desativados

  • Da Redação
  • 14 Nov 2013
  • 14:27h

A criminalidade é quase inexistente nos países escandinavos (Foto: Reprodução)

Enquanto o Brasil sofre com a superlotação de presídios e o alto índice de criminalidade, autoridades da Justiça da Suécia decidiram fechar quatro prisões e um centro de detenção pelo baixo número de detentos recebidos nos últimos anos. A quantidade de presidiários no país, que caía cerca de 1% ao ano desde 2004, despencou em 6% de 2011 para 2012 e deve registrar declínio semelhante este ano e em 2014, segundo o diretor dos serviços penitenciários e de liberdade vigiada suecos, Nils Oberg. "Vimos um declínio extraordinário no número de detentos. Agora temos a oportunidade de fechar parte de nossa infraestrutura, por não necessitarmos dela no momento", informou ao The Guardian. A queda das prisões gerou o encerramento das atividades nas cidades de Aby, Haja, Bashagen e Kristianstad. Duas das unidades devem ser vendidas e outras duas transferidas a outras instituições governamentais para uso temporário. "Certamente esperamos que os esforços investidos em reabilitação e em prevenir a reincidência no crime tenham tido impacto, mas não acreditamos que isso baste para explicar toda a queda de 6%", completou. Os tribunais suecos têm aplicado sentenças mais brandas a delitos relacionados ao uso de drogas, depois de uma decisão do supremo tribunal do país em 2011, o que explicaria parte da queda no número de novos presidiários. De acordo com Oberg, em março deste ano, havia 200 pessoas a menos em cumprimento de sentenças por crimes relacionados a drogas na Suécia do que em março do ano passado.

Novo Messenger do Facebook, para iPhone e Android, bate de frente com o fenômeno Whatsapp

  • INFO ONLINE
  • 14 Nov 2013
  • 07:15h

(Foto: Divulgação)

O Facebook acaba de estrear a versão 3.0 de seu aplicativo de troca de mensagens para Android e iOS, o Messenger. Antigos usuários notarão mudanças drásticas em design e funções, repensadas para priorizar quem envia mensagens pelo celular, ao contrário da versão anterior, que era bastante dependente do Facebook no desktop. Peter Martinazzi, gerente de produto responsável pelo Messenger, falou sobre as novidades do aplicativo, considerado estratégico no esforço do Facebook em se tornar uma companhia mobile. O app disputa diretamente com o Hangouts, do Google, e o Whatsapp, monstro que possui mais de 350 milhões de usuários ativos mensais (o Facebook não abre o número de usuários do Messenger).

Post do bar 30 Segundos no Facebook é considerado preconceituoso e gera revolta

  • Por Rafael Albuquerque
  • 13 Nov 2013
  • 12:31h

(Divulgação)

Em tempos de aceitação das diferenças e em que o politicamente correto é bastante levado em consideração, o bar 30 Segundos, localizado no Rio Vermelho, em Salvador, errou a mão - e feio -, em um post no Facebook. Na postagem, considerada por muitos internautas como preconceituosa, há a foto de uma mulher acima do peso que, vista através do reflexo de um copo de bebida, parece ser magra e ter uma silhueta invejável. A legenda diz: "Beba com moderação... O resultado pode ser desastroso!". Ou seja, faz uma relação direta aos acidentes de carro causados por quem bebe com o "acidente" que seria beber e ficar com uma mulher gorda achando que ela é magra. Algumas horas se passaram e o post recebeu dezenas de comentários reprovando a campanha. "Existe motivo realmente relevante pra vocês incentivarem a moderação na bebida. Como o 'se beber, não dirija', por exemplo. Mas usar a imagem de uma mulher gorda associando ao "resultado desastroso" foi totalmente preconceituoso. E ridículo!! Decepcionada com a atitude de vocês!!", disse uma seguidora. "Postagem tosca", reclamou outro. "Que preconceituoso! Que ridículo! Que nojento! Não sabia que o 30 segundos era um lugar de gente tão preconceituosa", criticou mais um. Em resposta a um dos comentários, o administrador da página 30 Segundos Bar, estabelecimento que tem como sócios os filhos do renomado publicitário Duda Mendonça, se defende: "Sentimos muito não ter agradado, mas é apenas uma brincadeira, queremos só comunicar que, quem bebe em demasia termina se confundindo, nada contra a figura feminina". Após a revolta, a postagem foi apagada.

Pesquisador desenvolve antídoto que acaba com a ressaca

  • Brumado Urgente
  • 12 Nov 2013
  • 15:15h

(Foto: Reprodução)

Imagine aproveitar os drinques na festa em comemoração ao Natal sem correr o risco de ter ressaca no dia seguinte, ou ter acesso a um antidoto que permitiria você dirigir até em casa em segurança. Parece ficção científica, mas esses desejos estão no conhecimento da neurociência moderna. Após algumas horas de embriaguez, o pesquisador David Nutt experimentou um antídoto e conseguiu se recuperar em alguns minutos para dar uma palestra. As informações são do Huffington Post. O álcool é uma das drogas mais antigas e perigosas, responsável por 2,5 milhoes de mortes ao redor do mundo, mais do que a malária ou Aids. As razões para isso são conhecidas: o álcool é tóxico para todos os sistemas do corpo, particularmente, para o fígado, coração e cérebro. A bebida deixa as pessoas mais desinibidas, provoca atitudes violentas e também pode causar dependência, cerca de 10% das pessoas ficam viciadas.Se o álcool fosse descoberto hoje, jamais seria vendido de tão tóxico que é para ser legalizado pelas leis alimentares. A única forma de diminuir os danos da bebida é limitar o consumo aumentando preços e diminuindo a disponibilidade. A outra saída é criar uma versão mais segura das bebidas alcoólicas. 

Aplicativo permite trocar mensagem sem internet ou sinal de celular

  • Com informações da Revista Exame
  • 12 Nov 2013
  • 09:54h

(Foto: Divulgação)

Batizado de TinCan e colocado na Play Store recentemente, um mensageiro aparentemente simples conta com uma função um tanto “diferente”. O aplicativo não depende de internet e nem de sinal de celular para poder enviar mensagens. Como os telefones sem-fio de brinquedo, o TinCan permite conversar apenas com quem está por perto. Para isso, ele usa o Wi-Fi dos smartphones, conectando um ao outro usando o receptor dos aparelhos. O curioso é que dá para mandar mensagens para todos que estão dentro da área de alcance, de uma vez – mais ou menos como um Twitter offline. E mais interessante ainda: o texto pode “pular” de telefone para telefone, até se espalhar como um viral. Pode parecer apenas mais um daqueles conceitos que propõem que você saia da internet, mas o aplicativo tem seu apelo. Ele pode ser muito útil em meio a multidões, quando as redes de celular e 3G ficam sobrecarregadas e impedem que você converse com outra pessoa pelo smartphone – quem vai a shows ou foi a alguma manifestação recentemente sabe como é. O próprio idealizador da ideia, Mark Katakowski, contou ao DailyDot que a ideia é justamente essa – e que o app pode ajudar também em catástrofes, por exemplo. Nesses últimos casos, mais graves, ele poderia servir de alternativa às atuais redes sociais, dependentes da internet, como propagador de mensagens e notícias. Katakowski também disse ao DailyDot que está ciente dos problemas que o aplicativo pode apresentar – a propagação de vírus e outras ameaças pela conexão direta de um smartphone com outro é um deles. Por causa disso, o desenvolvedor imagina que o programa não chegará tão cedo à App Store, da Apple. Mesmo assim, ele já está disponível para Android e deve ganhar em breve uma versão para Windows Phone. 

Saquinhos de sílica: eles têm mais utilidade do que você imagina

  • equipe eCycle
  • 10 Nov 2013
  • 10:02h

(Foto: Reprodução)

Você sabe o que é um saquinho de sílica? Talvez não haja associação direta com o nome, mas todo mundo já se deparou com algum pelo menos uma vez, seja em embalagem de bolsa, remédios ou de sapato novo. Os saquinhos de sílica em gel são dissecantes, absorvem a umidade e prolongam a vida útil dos objetos. Por isso, são colocados em caixas ou outros recipientes de produtos sensíveis à umidade. Eles conseguem absorver até 40% do seu próprio peso em vapor de água.

Como a maioria das pessoas não sabe para que servem os sachês, muitos desses itens acabam indo para a lixeira comum, quando poderiam ter diversas outras funções. A sílica pode ser usada em lugares que necessitem de conservação, como gavetas, guarda-roupas, cofres, etc.

Abaixo, estão outras opções de como reaproveitar os sachês de sílica:

-Em quadros e fotografias, coloque um saquinho dobrado para evitar possíveis mofos;

-Guarde com sua câmera fotográfica. Caso a lente esteja molhada, o sachê vai absorver a umidade para evitar que sua lente fique embaçada;

-Em caixas de ferramentas, a sílica evita que elas enferrujem;

-Secar itens eletrônicos como celulares e iPods (veja no vídeo abaixo);

-Guarde a ração dos animais em latas e coloque os sachês por cima para evitar que ela murche ou mofe;

-Na hora de viajar, coloque alguns sachês dentro da bagagem;

-Sapatos e jaquetas de couro podem mofar facilmente. Guarde-os junto com saquinhos de sílica para prolongar sua vida útil;

-Coloque um sachê no painel de seu carro. Em dias de chuva, ele ajuda a manter o pára-brisa limpo e claro;

-Proteja documentos pessoais e importantes, colocando o sachê de sílica onde quer que eles estejam armazenados;

-Use o saquinho para secar flores;

-Esconda alguns saquinhos nos parapeitos das janelas, para banir a condensação;

-Coloque os sachês em caixas de joias e outras pratarias, para evitar manchas;

-Abra os sachês e sature o gel sólido com óleos essenciais, para criar um potpourri;

-Reúna as suas lâminas de barbear e as mantenha em um recipiente com vários pacotes de sílica, para evitar a oxidação;

-As suas coleções de fitas de vídeo (se você ainda as guarda) vão durar muito mais tempo com os saquinhos;

-Mantenha sementes livres de umidade até que você esteja pronto para plantá-las. Adicione um pacote de gel de sílica para cada frasco ou saco de sementes;

-Em geral, quando o gel de sílica está rosado, significa que ela já está com muita umidade, mas existe uma forma de reciclá-lo. Para fazer isso, você deve providenciar luvas resistentes à alta temperatura, uma jarra ou pote de vidro (ou qualquer recipiente que aguente o calor) e uma lâmpada de tungstênio de mais ou menos 150 watts.

Em seguida, coloque o gel de sílica no recipiente e insira a lâmpada no mesmo local. Ligue a lâmpada e deixe-a ligada por aproximadamente 3 horas. A umidade irá evaporar, e o seu gel retornará a cor azul. Espere esfriar e use a sílica novamente.

Confira o vídeo abaixo (em inglês): 

CONTINUE LENDO

Verão: 15 atitudes que ajudam a combater a Celulite

  • Delas/Corpo
  • 10 Nov 2013
  • 09:17h

Com a chegada do verão, as academias ficam cheias de gente em busca do corpo perfeito, principalmente de quem quer se ver livre da celulite, que surge sobretudo no bumbum e na parte posterior da coxa – bem, você sabe. Resultado do acúmulo de gordura e tecidos inflamados, ela faz com que a pele ganhe aspecto de casca de laranja por alguns motivos: predisposição genética e fatores hormonais ou externos, como sedentarismo, tabagismo e alimentação. Para se ver livre desses furinhos indesejados, exercícios físicos são fundamentais, mas existe uma série de outras atitudes que ajuda a eliminá-las. Primeiro, veja os 15 alimentos que precisam entrar na sua dieta e, então, siga as dicas abaixo, dadas pela nutróloga Liliane Oppermann e pela dermatologista Leticia Sabo Muller, da Clínica Vivid, em São Paulo.

1. Beba bastante água 
Sim, é clichê. Mas ingerir, em média, dois litros de água por dia é realmente importante para o bom funcionamento do organismo. Além de estimular a circulação, o líquido auxilia na eliminação de toxinas e do tecido mal oxigenado e mal nutrido.
 
2. Opte por alimentos com baixo teor de gordura 
Anote o que não pode faltar na sua cozinha: hortaliças, frutas, laticínios desnatados, carnes magras, peixe, frango e grãos (feijão, ervilha, grão de bico ou lentilha). Frutas e verduras, principalmente, revitalizam a pele e a deixam com mais vigor.
 
3. Combine exercícios aeróbicos com musculação 
 
Caminhada, corrida, bicicleta, elíptico e atividades aeróbicas em geral são fundamentais para dar adeus à celulite. Tome cuidado, no entanto, para o fim de um problema não originar outro. Quando a célula de gordura é quebrada, é natural que a pele fique mais flácida. Por isso, é importante acrescentar em seu treino exercícios que fortaleçam os músculos.
 
4. Evite o álcool 
Além de bebidas alcoólicas terem alto teor calórico e nenhum nutriente, elas retêm líquido, dando grande chance para os furinhos aparecerem. E mais: sua metabolização é realizada pelo fígado, que poderia ser utilizado para liberar as toxinas do corpo.
 
5. Cuidado com alimentos muito salgados 
Embutidos, carne seca, azeitona, presunto e até mesmo peito de peru light podem ter sal em excesso, que favorecem a retenção de líquido e acentuam a celulite.
 
6. Invista em fibras 
Grãos como aveia, linhaça e chia auxiliam na regulação do intestino. Enquanto a linhaça e a chia são ricas em ômega 3, que tem ação anti-inflamatória, a aveia contém um mineral chamado cromo, que queima a gordura do abdômen, e silício, que aumenta a produção de colágeno e reduz a absorção de açúcar no sangue.
 
7. Escolha alimentos anti-inflamatórios 
Como a celulite não deixa de ser uma inflamação, alguns alimentos ajudam a combatê-la. É o caso do ômega 3 (presente no atum, no salmão, na linhaça e na chia), do açafrão e do chá verde, que contém polifenóis.
 
8. Não use calças jeans muito apertadas 
Jeans sem stretch podem dificultar a circulação, ainda mais se o trabalho exige uma mesma posição na maior parte do dia. Escolha tecidos com mais elasticidade e que não impeçam a transpiração da pele.
 
9. Fique longe do cigarro 
O tabaco dificulta a circulação e suas toxinas fazem com que os tecidos da pele recebam pouco oxigênio.
 
10. Drenagem linfática 
A técnica promete prevenir contra a celulite ao eliminar líquidos, diminuir o inchaço, oxigenar a pele e limpar toxinas, evitando a formação de nódulos e irregularidades. Pode ser realizada por esteticistas e fisioterapeutas.
 
11. Creme 
O produto anticelulite, sem todos os outros aliados, não é capaz de operar milagres, mas toda ajuda é bem-vinda. Centella asiática, cafeína, extrato de chá verde, ginkgo biloba, liporeductyl e adipol são um dos ativos mais comuns contra o problema. E frequentemente são adicionados elementos que combatem a flacidez, como elastina, colágeno, vitaminas C e E.
 
12. Massagem 
Ao aplicar o creme anticelulite, é necessário fazer uma massagem para potencializar o efeito. Passe o produto sempre de baixo para cima, em direção aos gânglios da virilha, e faça movimentos circulatórios para dissolver as células de gordura - como se fosse uma drenagem linfática caseira. Não faça força, pois há o risco de romper vasos e criar hematomas.
 
13. Tratamentos estéticos 
Hoje já existem tratamentos promissores que estimulam o colágeno e auxiliam na ruptura dos septos fibrosos para melhorar a aparência da pele. A radiofrequência associada a vácuo (REACTION) melhora o aspecto da celulite e diminui a flacidez. Outras tecnologias que diminuem medidas e furinhos são a laser lipólise (I-LIPO), método indolor que atua sobre a gordura localizada, e a criolipólise, que congela e destrói as células de gordura.
 
14. Vida zen 
O estresse causa grande estrago metabólico, levando ao depósito de gordura, não à queima. Por isso, procure uma vida mais tranquila, encontre algum hobby e tenha uma boa noite de sono, pois é neste momento que acontece a regeneração das células.
 
15. Consulte um especialista 
Existem quatro níveis de celulite. No primeiro, ela é praticamente imperceptível e só aparece caso a região seja pressionada. No segundo, alguns furos já são visíveis e, no terceiro, as irregularidades são mais profundas. No quarto grau, a pele chega a doer e há a possibilidade de aparecer caroços. Seja qual for seu caso, procure um dermatologista, que indicará e associará as melhores técnicas, e um nutrólogo, que poderá criar um cardápio equilibrado de acordo com seu dia a dia. 

CONTINUE LENDO

Ganhe massa muscular com o Chocolate de Banana

  • Informações do Bol
  • 09 Nov 2013
  • 20:30h

A vontade de comer doces pode sabotar algumas pessoas que estão de dieta e para evitar isso é necessário buscar uma sobremesa saudável, e ao mesmo tempo gostosa, para matar a vontade sem “enfiar o pé na jaca”. No segundo vídeo da série Marmifit, lançada pelo UOL Dieta e Boa Forma, a nutricionista Ana Lua Negrelli ensina a fazer o chocolate com banana (61 calorias cada). O doce proteico, sem glúten e lactose, auxilia no ganho de massa muscular e ajuda a acelerar o metabolismo. Para fazer o chocolate é necessário uma banana descascada (60 calorias), 1/4 xícara de óleo de coco (400 calorias), 1/4 xícara de cacau em pó (50 calorias), um scoop de whey protein de baunilha (100 calorias), uma colher de sobremesa de canela em pó e adoçante a gosto. Coloque a banana descascada em um processador e adicione o óleo de coco. De acordo com a nutricionista, este ingrediente é uma fonte rapida de energia. Na sequência, coloque o cacau em pó, que previne o envelhecimento precoce, e o whey protein. “O whey ajuda no ganho de massa muscular”, orienta Negrelli. Por fim, acrescente a canela e o adoçante. “A canela aumenta a taxa metabólica do organismo”, explica a nutricionista. Misture tudo com o processador até ficar homogêneo. Despeje a massa em forminhas de sua preferência e leve ao congelador por duas horas. A receita rende 10 chocolates e cada um tem 61 calorias.

Pesquisa procura entender por que o cigarro causa sensação de felicidade

  • Livescience
  • 07 Nov 2013
  • 13:56h

(Foto: Reprodução)

O que filmes franceses, italianos, americanos e brasileiros feitos nos anos 60 e 70 tem em comum? Um bom entendedor do assunto pode citar inúmeras diferenças, como o fato de que, naquela época, o cinema americano estava se consolidando como uma indústria milionária, enquanto os cinemas europeu e brasileiro produziam filmes mais reflexivos e independentes. Vale lembrar que era a época da "nouvelle vague", na França e de Glauber Rocha, no Brasil. Mas, apesar das ideologias serem discrepantes, uma coisa era comum a todos eles: não importava se um filme se inclinava para a esquerda ou para a direita, sempre havia cigarro no meio.Como sabemos, muitas coisas além da propaganda ajudaram a popularizar o cigarro. A sensação de liberdade e transgressão aliadas a um período de lutas e engajamento social contribuíram para fazer do cigarro um instrumento que externasse a rebeldia característica da época. Obviamente, não foi apenas o charme que manteve o cigarro em alta no mercado através dos anos - mesmo com grande propagação dos efeitos nocivos à saúde causados por ele - mas também a sua composição química, repleta de elementos viciantes que se encarregam de "fidelizar" o cliente.

O ato de fumar constantemente se torna uma muleta para o usuário em momentos de tristeza, estresse e ansiedade, fazendo com que a pessoa sinta uma sensação de alívio após cada tragada. Embora seja muito comum ouvir pessoas afirmarem que o vício é psicológico e que, por isso, pode ser vencido pela força de vontade, não é sábio desprezar o poder da química. De acordo com um novo estudo, fumantes sentem tal sensação porque  fumar estimula o fluxo de  substâncias químicas no cérebro associadas à "sensação boa".  O sistema do cérebro afetado é o mesmo estimulado pela morfina e heroína. O estudo é o primeiro a mostrar como o fumo afeta o sistema natural do cérebro com produtos químicos chamados opióides endógenos, que também ajudam a acabar com as sensações dolorosas e aumentam as emoções positivas. O sistema também é responsável pela liberação de endorfinas, que produzem a sensação de bem estar.

Testes

Para realizar o teste, os participantes ficaram sem fumar durante 12 horas antes do início. A partir daí, cada pessoa fumou dois cigarros sem nicotina e outros dois com nicotina, enquanto seus cérebros eram monitorados. A cada passo, eram questionados sobre como estavam se sentindo."Parece que os fumantes têm um fluxo de opióides alterado o tempo todo em comparação com os não-fumantes, e fumar um cigarro altera o fluxo de 20 a 30 por cento em regiões do cérebro importantes para emoções e desejo", disse David Scott , um estudante de pós-graduação na Universidade de Michigan Programa de Neurociência. "Esta alteração no fluxo está relacionada com mudanças na forma como os próprios fumantes relataram sentir antes e depois de fumar." O estudo envolveu apenas seis fumantes, sendo todos homens na faixa dos 20 anos e que normalmente fumam 14 cigarros por dia. Scott e seus colegas dizem que, apesar do pequeno número de participantes, ficaram surpresos com o grande efeito sobre os níveis de opióides. A pesquisa será expandida para incluir mais participantes.

 

CONTINUE LENDO

Faça você mesmo: vela de citronela que espanta mosquitos

  • 07 Nov 2013
  • 13:39h

(Foto: Reprodução)

Mosquitos, moscas, borrachudos, mutucas, pernilongos, entre outros, são insetos que têm em comum a incrível capacidade de “zumbir” em nossos ouvidos e formarem bolas de inchaço nas partes do nosso corpo que sofrem com suas picadas. Como solução para evitar esses inconvenientes, muitas pessoas utilizam inseticidas, repelentes e dedetizadores. No entanto, esses químicos são muito nocivos para a saúde e para o meio ambiente. Eles, inclusive, contribuem para que haja uma poluição interna da casa pior que a própria poluição externa. 

Para substituir esses produtos tóxicos, experimente fazer uma vela de citronela. Isso porque ela possui a mesma eficiência dos tradicionais químicos nocivos, é natural e ainda deixa um cheiro agradável em sua residência.

A citronela é uma planta aromática que não é tóxica e é conhecida por ser um repelente natural por conta do seu aroma cítrico e forte. A partir do caule e das folhas, é possível extrair os óleos que contêm tais propriedades. Muito utilizada em cachoeiras para manter os mosquitos longe, o óleo de citronela pode ser misturado com outros aromas naturais, como eucalipto ou óleos essenciais de canela.

Confira abaixo o passo-a-passo para criar a sua vela de citronela:

Ingredientes

-Flocos de cera (pode ser comprado em loja de artesanato);
-Um par de hashi;
-Frascos de conserva;
-Pavios de vela;
-Óleo de citronela;
-Duas panelas ou uma double boiler;
-Cola quente ou fita adesiva.

Procedimento

1. Selecione os frascos de conserva em que você irá colocar as velas de citronela. Depois, insira o pavio da vela no fundo de cada frasco, prendendo-o com a ajuda de uma fita ou cola quente;

2. Depois que os pavios estiverem afixados, mantenha os frascos no interior do forno, com a temperatura mínima até que a cera esteja pronta para ser introduzida neles. Frascos quentes vão assegurar que a cera arrefece de maneira uniforme e prevenirão qualquer contratempo que possa surgir, devido à alta temperatura da cera, quando ela for introduzida nos frascos;

3. A cera em flocos perde muito do seu volume quando esquentada e transmutada para a forma sólida. Portanto, separe cerca de duas xícaras do produto para cada vela que você irá criar (como a cera em flocos perde cerca da metade do volume quando se torna sólida, adicione uma quantidade maior do produto, caso haja a utilização de um frasco muito grande);

4. A tarefa agora é derreter a cera. Para isso, use uma panela double boiler (como na foto abaixo) ou use a técnica de banho maria, utilizando duas panelas. Na de baixo, coloque apenas água. Na de cima, insira os flocos de cera e um pouco de água. Em seguida, é só ligar o fogo para iniciar o processo;

5. Acrescente cerca de três gotas de óleo de citronela para cada xícara de floco de cera presente na mistura;

6. Após o derretimento completo da cera, despeje a mistura nos frascos (para fazer ceras coloridas, como no caso da azul abaixo, insira pedaço de giz de cera no momento do derretimento dos flocos de cera). Para evitar submergir os pavios, prenda-os com os hashi, para que se mantenham centrados;

7. Uma vez que as velas tenham arrefecido, corte os pavios em cerca de um centímetro ou menos a partir da superfície da vela;

8. Depois de seguir esses passos, sua vela de citronela está pronta; agora é só escolher um lugar para colocar e acendê-las. O visual fica legal, o aroma também e os mosquitos somem!

Imagens: Made+Remade

CONTINUE LENDO

Estudo mostra que sair para beber com amigos duas vezes por semana faz bem à saúde dos homens

  • Informações do Daily Mail.
  • 04 Nov 2013
  • 17:19h

(Foto: Ilustração)

Uma pesquisa realizada pelo diretor do grupo de pesquisa social e evolucionário de neurociência da Universidade de Oxford, no Reino Unido, Robin Dunbar, pode dar respaldo científico para os homens que gostam de sair com amigos do mesmo sexo para "tomar uma". O estudo provou que a prática de ingerir bebida alcoólica até duas vezes por semana melhora a saúde masculina. O esporte coletivo, a exemplo do “baba” no fim de semana, pode também contribuir para o bem-estar mental e físico dos homens. De acordo com a pesquisa, aqueles que mantêm grupos sociais são mais saudáveis podem ser recuperar de uma doença mais rapidamente e tendem a ser mais generosos. O estudo mostra que os homens precisam realmente se reunir pessoalmente para evitar que a qualidade de suas amizades caia.