BUSCA PELA CATEGORIA "Curiosidades"

Anticoncepcional masculino está perto de ser desenvolvido, aponta pesquisa

  • Brumado Urgente
  • 03 Dez 2013
  • 14:29h

(Foto:Reprodução)

Cientistas da Universidade Monash, em Melbourne, encontraram uma forma de impedir que espermatozoides saiam junto com a ejaculação, sem, como isso, afetar a função sexual. Segundo os pesquisadores, testes feitos em animais mostraram que o esperma pode ser mantido "em estoque" durante a relação. Até o momento, a possibilidade de encontrar um anticoncepcional masculino se concentrou em pesquisar como os homens poderiam produzir espermatozoides não-funcionais, mas alguns medicamentos tinham efeitos colaterais indesejáveis. A descoberta dos pesquisadores de Monash foi publicada na revista especializada Proceedings of the National Academy of Sciences. De acordo com matéria da BBC, o processo descoberto pelos cientistas australianos também não é totalmente livre de efeitos colaterais. Também alteradas pelos cientistas, as proteínas têm um papel no controle dos vasos sanguíneos, então os efeitos colaterais poderão afetar a pressão e o batimento cardíaco. Entretanto, nos testes com camundongos, a única alteração detectada foi uma queda "muito pequena" na pressão sanguínea. Também pode haver uma alteração no volume da ejaculação. "É um estudo muito bom, quase como uma vasectomia biológica, que impede a saída do esperma", afirmou Allan Pacey, palestrante de andrologia na Universidade de Sheffield, na Inglaterra. "É uma boa ideia, mas eles precisam continuar (com a pesquisa) e observar o que faz com as pessoas", acrescentou.

Cruzamento de porco com chimpanzé originou espécie humana, sugere geneticista

  • Da Redação
  • 02 Dez 2013
  • 19:14h

(Foto: Reprodução)

O cruzamento de uma fêmea de porco com um chimpanzé resultou na espécie humana, de acordo com o geneticista Eugene McCarthy, da Universidade da Geórgia, especialista em animais híbridos conhecido mundialmente. Ele ressalta que enquanto os seres humanos têm muitas características em comum com os chimpanzés, também temos uma infinidade de coisas que não são compartilhadas com outros primatas. McCarthy afirmou que essas características divergentes são, provavelmente, o resultado de uma origem híbrida em algum ponto distante na história evolutiva humana. Além disso, ele sugere que há um animal que tem todas as características que distinguem os seres humanos de nossos primatas no reino animal: o porco. O pesquisador elaborou sua hipótese e surpreendeu o mundo em um artigo publicado no site Macro Evolution. Entre as características distintas está a pele sem pelos densos, uma espessa camada de gordura subcutânea, nariz saliente e cílios pesados. Ele comentou ainda que isso é apenas uma hipótese, mas existem provas convincentes que podem sustentá-la. Atualmente, os cientistas supõem que os chimpanzés são mais próximos dos parentes evolutivos dos seres humanos atuais, uma teoria amplamente apoiada pelas evidências genéticas. No entanto, McCarthy aponta que, apesar da similaridade genética, há um grande número de características anatômicas que distinguem as duas espécies. Ele disse que o porco-chimpanzé original foi, provavelmente, seguido por várias gerações de “backcrossing”, onde os filhos dele viviam entre os chimpanzés e se acasalavam com eles, se tornando mais como chimpanzés e menos suínos a cada nova geração. Segundo o pesquisador, isso ajuda a explicar o problema da infertilidade dos híbridos. Ele afirma que a crença popular que os híbridos são sempre estéreis é uma afirmação falsa e que, em muitos casos, eles são capazes de reprodução com companheiros da mesma espécie de um dos pais. A teoria de McCarthy foi recebida com inúmeras críticas por biólogos evolucionistas.

WhatsApp ou WeChat? Descubra qual é o melhor mensageiro

  • João Kurtz / TechTudo
  • 01 Dez 2013
  • 07:30h

(Foto: Reprodução)

Além disto, o WhatsApp limita os contatos à lista do telefone do usuário, enquanto o concorrente chinês permite conhecer outras pessoas através de recursos como o “Olhar ao Redor” (que gera uma lista com usuários que estejam na mesma área) e o “Agitar” (que permite encontrar pessoas ao redor do mundo que estejam agitando o celular no mesmo momento). O WeChat também possui recursos sociais que permitem compartilhar fotos através do perfil público do usuário, de modo que outros possam ver e comentar. O aplicativo tem uma versão para desktop com menos opções de uso, que só pode ser acessada escaneando um código QR no smartphone. Deste modo, a conta do celular fica ligada ao computador, o que permite que o usuário troque arquivos entre os dois dispositivos. Não existe uma versão oficial do WhatsApp para desktop.Os dois aplicativos são fáceis de usar e são equipados com configurações semelhantes. O WhatsApp é mais dependente dos botões do aparelho para encontrar as opções, enquanto o WeChat traz em sua interface o acesso para as abas dos principais recursos, inclusive para as configurações. s opções são mais completas no WeChat, incluindo as de privacidade, inclusive pelo fato de o programa permitir conversar com pessoas fora da lista de contatos. No que diz respeito às notificações, o WhatsApp conta com mais alternativas permitindo que o usuário receba alertas diferentes para mensagens individuais, de grupo ou múltiplas.O WhatsApp tem uma política de não exibir propaganda. Mas isto vem com um preço: o serviço só é gratuito no primeiro ano. Após este período, ele começa a cobrar pelo serviço um valor que varia de US$ 0,99 (cerca de R$ 2,05) por um ano até R$ 7,27 por cinco anos. Já o WeChat funciona de forma diferente: ele aposta na venda de emoticons personalizados e em jogos embutidos no aplicativo (no momento, apenas um deles está disponível, e somente na versão para iOS). O WhatsApp foi um aplicativo que revolucionou a forma de se comunicar entre smartphones e serviu de inspiração para outros aplicativos do gênero, a exemplo do WeChat. Apesar do WeChat ter mais recursos do que o primeiro, ainda assim, se você busca por um app para mandar mensagens exclusivamente para seus amigos, o WhatsApp é a escolha certa.

Dados preocupantes: 56% dos homens tiveram comportamento agressivo com as companheiras

  • Brumado Urgente
  • 30 Nov 2013
  • 06:16h

Foto Ilustrativa

Uma pesquisa elaborada pelo Data Popular e divulgada nesta sexta-feira (29) revelou que 56% dos homens brasileiros já tiveram atitudes que caracterizam violência doméstica contra suas parceiras. Para chegar ao resultado, foram entrevistados 995 homens e 505 mulheres a partir de 16 anos em 50 municípios das cinco regiões do país. De acordo com o estudo, somente 16% dos questionados admitem já ter sido agressivos com a companheira, mas quando listada uma série de atitudes consideradas violentas, o índice cresce. Entre os itens apontados estão xingamentos, empurrões, ameaças com palavras, tapas, socos e humilhações públicas. A análise constatou ainda que 85% dos homens acham inaceitável a mulher ficar alcoolizada; 69% não concordam que ela saia com amigos sem sua companhia; 46% consideram inaceitável o uso de roupas justas e decotadas. 

Estudo diz que ingerir uma taça de vinho à noite ajuda a emagrecer

  • Com informações do R7.
  • 28 Nov 2013
  • 16:01h

Em uma pesquisa realizada em 1991, o professor rejeita firmemente a ideia de que o álcool tem algum efeito significativo no sobrepeso | FOTO: Reprodução

Segundo o novo livro do escritor Tony Edwards, baseado em uma série de evidências médicas, o álcool faz bem não só para a saúde, mas também para o emagrecimento. As informações são do jornal britânico Daily Mail. Tony, que é ex-produtor da BBC Ciência, e estudioso da área, desmonta o mito de que bebidas alcoólicas tem relação com o aumento de gordura corporal. O autor destaca que, as calorias de um copo de vinho, por exemplo, são equivalentes a uma fatia de bolo e que, então, é preciso saber fazer escolhas. Em um artigo especial para o Daily Mail, Tony cita o professor Charles S. Lieber, da Universidade Harvard, morto em 2009, que foi grande estudioso dos efeitos do álcool no organismo. Em uma pesquisa realizada em 1991, o professor rejeita firmemente a ideia de que o álcool tem algum efeito significativo no sobrepeso. Para chegar a esta conclusão, ele contou com resultados de estudos relacionados ao efeito do álcool. Nesta mesma década, pesquisadores de Harvard, inspirados nos estudos de Lieber, monitoraram os hábitos de consumo e peso de 20 mulheres de meia-idade por quase 13 anos.

Ao final da pesquisa, algumas mulheres tinham emagrecido ao seguir uma dieta balanceada (com bebida alcoólica no cardápio), e outras tinham engordado, com o mesmo método alimentar. O resultado foi igualitário. As mulheres que bebiam 5 gramas de álcool por dia reduziram o risco de excesso de peso em 4%. Aqueles que bebiam 15 gramas (cerca de um vidro médio de vinho) por dia reduziram seu risco de acumulando quilos em 14%. Os números foram ainda mais impressionantes quando se trata de obesidade. Beber 30 gramas (dois copos médios de vinho) por dia ou mais deu às mulheres um incrível 70% de redução no peso. O estudo, então, concluiu que bebidas alcoólicas como o vinho não só não engorda, mas também, ajuda a evitar o ganho de peso. Os pesquisadores fizeram subsídios totais para as diferenças de estilo de vida que podem ter influenciado os resultados, tais como o exercício, dieta saudável e hábitos diários como fumar, etc. Para eles, a ingestão de álcool não aumentou o risco de obesidade. 

CONTINUE LENDO

Medicina Alternativa: Ervas com propriedades antivirais

  • BU Saúde
  • 27 Nov 2013
  • 22:30h

A erva cidreira é considerada um bom antiviral

O uso da fitoterapia para prevenir ou curar certas doenças existe há milhares de anos e já se mostrou eficiente no combate a doenças virais, como resfriados. O principal "remédio" da fitoterapia são as plantas medicinais, que conseguem desempenhar funções parecidas das usadas em remédios industrializados. Dê uma olhada nas ervas que têm essas propriedades e aproveite. Caso os sintomas persistam, consulte um médico.

Erva cidreira - existem diversas pesquisas sobre os efeitos antivirais da erva cidreira. Ela é prescrita para o aparecimento de herpes e aftas. Além disso, é de fácil cultivo. Também é possível fazer um bom chá da erva;

Astragalus - esta erva pouco conhecida melhora o sistema imunológico é é popularmente chamada de huang qi na medicina chinesa. A raiz é doce, não muito diferente da de alcaçuz. Tem-se demonstrado ser uma erva antiviral muito eficaz, particularmente para a prevenção de resfriados e gripes, e pode até ser eficaz contra o vírus Coxsackie B (que pode provocar inflamação do coração). Você pode ferver fatias de raiz na água para fazer uma decocção de cura, ou é possível usar a tintura disponível comercialmente. É geralmente recomendado que o astrágalo seja tomado como medida preventiva;

Alho - uma erva que é antiviral, antibacteriana e antifúngica. Não é cara, e você pode usar toda a erva ou tomar cápsulas. No entanto, muitos especialistas concordam que o alho "desodorizado" pode não ser tão eficaz como a erva inalterada. Para desfrutar dos poderes do alho, você pode ferver alho picado em caldo de galinha e saboreá-lo para evitar gripes e resfriados. Cru, o alho deve ser picado e pode ser polvilhado sobre saladas e misturado em receitas de massa. Somente tenha cuidado com o consumo excessivo de alho cru, porque pode ele causar náuseas ao ser ingerido desta forma;

Gengibre - além de ter uma poderosa ação anti-náusea, o gengibre também é antiviral e alivia as dores nas articulações (veja mais aqui). Os chás feitos da erva fresca são saborosos e picantes por conta de suas características. Mas você pode adoçá-lo com mel para ter benefícios adicionais, como o combate aos germes. O recomendável é que, quando aparecer os primeiros sintomas de um resfriado ou gripe, experimente beber o chá de gengibre várias vezes ao dia. E beba como prevenção, se acha que pode ter sido exposto a qualquer tipo de vírus. É uma erva considerada segura, mas não é recomendada para mulheres grávidas.  

CONTINUE LENDO

Tomar refrigerante aumenta em 78% as chances de câncer de útero, diz estudo

  • Brumado Urgente
  • 26 Nov 2013
  • 22:00h

(Foto: Reprodução)

Um novo estudo está demonstrando o potencial maléfico dos refrigerantes em mulheres. De acordo com pesquisas, mulheres que tomam bebidas açucaradas têm mais de 78% de chances de desenvolver um tipo de câncer de útero. A doença atinge mulheres, em média, com 50 anos de idade, e é o quarto tipo de câncer mais comum no Reino Unido, matando mais de 2.000 mulheres todos os anos. O estudo, que levou 14 anos para ser concluído, teve a participação de 25.000 mulheres entre 50 e 60 anos com câncer endometrial, que afeta o revestimento interno do útero. Os participantes deram informações detalhadas sobre o que comeram e beberam. Mais de 50% das mulheres tomavam bebidas gaseificadas (refrigerantes) com açúcar. Quase 600 desenvolveram câncer de endométrio, a forma mais comum da doença, afetando gravemente o útero. No entanto, os pesquisadores não encontraram nenhum indício na versão diet (sem açúcar). A Universidade de Minnesota disse que seus pesquisadores não podem descartar a possibilidade de que as mulheres que tomavam refrigerantes açucarados tivessem péssimos hábitos de saúde. 

Hacker americano faz arma letal com secador de cabelo

  • A TARDE
  • 26 Nov 2013
  • 07:21h

Evan Booth fez arma feira com secador, desodorante e baterias (Foto: Reprodução)

O desenvolvedor web Evan Booth, de Greensboro, Carolina do Norte, nos EUA, demonstrou em seu site Terminal Cornucopia que é possível montar uma arma letal com itens que podem ser comprados em qualquer lugar, inclusive num aeroporto. Booth se denomina "especialista em segurança". Ele fez uma arma que atira projéteis com coisas como secadores de cabelo, tubo de desodorante, fio dental, lata de alumínio e baterias de 9 volts. Booth estudou na East Tennessee State University e se formou em mídias digitais. Começou o projeto depois de os aeroportos começarem a introduzir scanners corporais. O desenvolvedor web faz palestras e conferências para hackers na América e no exterior.

 

Dicas para pedalar com muito estilo

  • NINA FINCO
  • 24 Nov 2013
  • 16:33h

Foto: Reprodução

A bicicleta está na moda. É uma das saídas sustentáveis para o trânsito congestionado das cidades. E o ciclista? Ele também pode andar na moda? Calças ou bermudas coladas ao corpo e camisetas fluorescentes são ainda vistos por muitos como as vestimentas confortáveis para a pedalada. Muita gente tem dúvidas de como se vestir para enfrentar as ruas em uma bicicleta e chegar ao escritório sem ter de mudar completamente o visual. Estudos indicam que 75% dos brasileiros estão mais dispostos a utilizar a magrela como meio de transporte diário. A pesquisa CONECTAí, do IBOPE, mostrou que os principais motivos alegados são necessidade e agilidade.  Para divulgar a pedalada com estilo, existe o movimento Cycle Chic (bicicleta chique, em português), que prega que é possível utilizar o meio de transporte sustentável vestindo roupas comuns do dia a dia. O fotógrafo canadense e especialista em mobilidade urbana Mikael Colville-Andersen cunhou o termo em 2007 ao lançar o blog de streetstyle Copenhagen Cycle Chic. A novidade, que trazia fotografias de diversos looks sobre rodas, fez barulho na internet e ganhou variantes em diversos países mundo a fora. O blog já foi chamado pelo jornal britânicoThe Guardian de “Sartorialist em duas rodas” (em referência ao famoso blog de moda do fotógrafo americano Scott Schuman) e o próprio Colcille-Andersen foi apelidado de “o papa do ciclismo urbano” pelo canadense La Presse

Dicas úteis para a sua cozinha

  • Brumado Urgente
  • 24 Nov 2013
  • 15:09h

Foto: Reprodução

A correria do dia a dia deixa qualquer um exausto. E, depois de chegar do trabalho, é terrível se deparar com pequenos incômodos que tarefas culinárias proporcionam. Para evitar essas coisinhas chatas, aí vão quatro dicas simples:

Sem chorar - ao cortar uma cebola, é impossível que lágrimas não escorram dos seus olhos. Para evitar esse incômodo e a ardência nos olhos, você deve colocar a cebola no congelador por 15 minutos. Em seguida, retire-a e é só cortar;

Conservar sorvete - se você deseja que o sorvete dure mais tempo, mantendo a consistência, embrulhe-o em papel alumínio e mantenha-o na geladeira (e não no congelador);

Teste do ovo (foto) - se você tem ovos com integridades questionáveis na sua casa, faça o teste para descobrir se estão prontos para o consumo. Jogue-os em uma jarra com água. Se eles afundarem, significa que ainda estão frescos; se ficarem boiando, quer dizer que não estão aptos para o consumo. Com os frescos, depois de comer, é possível reaproveitar a casca. Confira aqui oito maneiras diferentes; 

Conservar cacho de banana - as suas bananas estão perdendo seu brilho muito cedo? Procure cobrir a parte superior do cacho com um saco plástico. Isso vai conservar a fruta. Também é possível reaproveitar bananas que amadureceram demais (confira aqui seis maneiras). 

Coisas que toda mãe de jornalista deveria saber

  • Escrito por Duda Rangel
  • 24 Nov 2013
  • 15:04h

(Foto: Reprodução)

Esse jeito meio estranho do seu filho é normal. Jornalista é um povo esquisito. Não é o caso de a senhora começar a rezar ou procurar um psiquiatra. Ao menos, por enquanto. Sim, blog não é emprego e não dá dinheiro, mas não há mal algum em deixar sua filha ter um blog. Praticar a nobre arte de escrever é sempre louvável. O filho da vizinha que é advogado não é melhor do que o seu filho por mais que a desgraçada da vizinha tente te convencer disso. Não é por sacanagem que sua filha não estará presente no almoço do Dia das Mães. Tem um negócio no nosso ramo chamado plantão e geralmente cai em datas festivas.Não é por sacanagem que ela também não vai lhe dar um presente decente no Dia das Mães. É falta de grana mesmo. Mas olha: este porta-retratos de segunda mão até que é bonito, hein? Seu filho ficará feliz se a senhora disser que assistiu à reportagem dele e que ficou tudo maravilhoso. Vale mentir. Ah, a senhora não sabe mentir? Ok, peça então ajuda ao filho da vizinha, o advogado. Se sua filha não quer prestar concurso público como a senhora tanto sonha, não force a barra. Sim, eu sei que é para o futuro dela. Sim, eu sei que a senhora só quer o bem dela. Sim, minha senhora, eu sei. Porra, eu não falei pra senhora não forçar a barra? Essa coisa de ele passar o dia (e a noite) em frente ao computador também é normal. Mas é o caso de mandá-lo a um ortopedista com urgência, porque a coluna dele já deve estar toda ferrada. Essa coisa de sua filha ficar horas sem comer não é greve de fome por uma grande causa. É falta de tempo. Deixe sempre uma maçã perto da bolsa dela. Ela vai te achar a melhor mãe do mundo. A gente não escolhe as paixões dos nossos filhos. Se eles amam o jornalismo, só resta apoiá-los, por mais que o Banco do Brasil dê mais futuro. Eles vão te achar a melhor mãe do mundo e de todas as galáxias de todos os tempos.

 

Baianos procuram cada vez mais site que promove a infidelidade

  • Anderson Sotero
  • 18 Nov 2013
  • 06:30h

Site reúne pessoas que querem "curtir um caso" (Foto: Reprodução)

Casado há 13 anos e com um filho, Ricardo* assume que quer um amor extraconjugal. Mara* conta que foi atraída pela "clareza de propósito". Celso* diz que não culpa a esposa e que entrou só por curiosidade, mas quer "sexo do bom". Já Carla* relata que estava insatisfeita com o sexo caseiro. Apesar dos motivos diferentes, todos eles têm em comum pelo menos dois aspectos: são casados e integram a lista dos mais de 59 mil baianos que se inscreveram no Ashley Madison, site de relacionamento para casados arranjarem amantes. Em Salvador, há cerca de 31 mil inscrições. Na comparação entre os estados do Nordeste, a Bahia ocupa a quarta posição. São 393 usuários a cada 100 mil habitantes. O estado perde apenas para Rio Grande do Norte (533/100 mil), Pernambuco e Alagoas (ambos com 433/100 mil).

"Curta um caso"

Definido como uma comunidade onde pessoas casadas se cadastram para procurar amantes, o site propõe conectar usuários com a mesma "modalidade de pensamento". Ter um caso sigiloso sem se divorciar. O raciocínio é "simples":  como os usuários são casados, não vão querer terminar os relacionamentos e não sofrerão ameaças. "No lugar da secretária ou cunhada, que  podem te chantagear no futuro, traia com a casada. Ela tem o mesmo a perder que você", alerta o diretor do site no Brasil, Eduardo Borges. Um servidor público de 26 anos admite que não se separaria. "Usei o site  porque quero um bom sexo. Minha esposa anda muito fria e eu  louco de tesão", afirma. "É a história mais comum. Ao se casar, sua vida começa a mudar de várias maneiras. Meu marido não é perfeito, mas tem caráter", justifica uma usuária de 38 anos.

Perfis

O diretor ressalta que, a cada 10 pessoas que se inscrevem, três não mantêm o perfil. "A base ativa é de 68%". A média é de 65% de homens e 35% de mulheres. O perfil é de usuários das classes A e B (homens e mulheres) e da classe C (apenas mulheres). O site é gratuito apenas para mulheres. Os homens têm que comprar créditos. Os pacotes variam de R$ 49 a R$ 400. Um usuário de 38 anos relata que conheceu uma mulher casada e que a traição ajudou  no casamento dele. "Queríamos apenas diversão e um sexo superespecial sem constrangimentos e exigências. Tudo muito 'light', sem frescura. Não estou mais estressado", conta. Um administrador reclama apenas do gasto. "O problema é que consome o dinheiro rapidinho". Para o diretor, o site é uma forma mais profissional de trair. "A demanda por esse tipo de serviço sempre existiu e vai continuar existindo, de Bill Clinton a pessoas no Afeganistão que podem ser condenadas à morte". No site, 91% dos homens se dizem casados e 67% das mulheres, casadas. O pico de acesso é a segunda-feira, no horário do almoço. É considerado o "dia de traição". Dias após datas festivas também. Depois do Réveillon,  aumenta 400%. "O brasileiro gosta muito de interagir pela internet. Aqui  é a terra do carnaval e da sacanagem. E a Bahia, assim como o caso carioca, tem muito disso", opina.

*nomes fictícios

CONTINUE LENDO

Ostentação: Iphone de ouro pode custar mais que R$ 8 mil

  • 17 Nov 2013
  • 15:37h

iPhone 5 de ouro é um produto de luxo e personalizado (Foto: Divulgação)

A vida de ostentação não é limitada aos funkeiros de São Paulo e aos "reis do camarote". Aficionados por tecnologia também integram este estilo de vida, com gadgets personalizados e ousados, geralmente cobrados com preços exorbitantes, exclusivos apenas para uma parcela ínfima da população geek. Um dos grandes sucessos dessa nova onda são os iPhones, que são caros para a maioria das pessoas, imagine então um banhado a ouro? A GoldenGenie, uma empresa londrina, resolveu personalizar o gadget com ouro, platina e cristais Swarovski. Os modelos têm preço salgado, bem mais caro do que os originais, com valores que ultrapassam R$ 8.000.

Pessoas sociáveis têm cérebros maiores

  • O GLOBO
  • 17 Nov 2013
  • 07:48h

Amigos, uma medida do cérebro (Foto. Divulgação)

Um estudo da Universidade de Oxford mostrou que pedaços do cérebro são maiores e mais bem conectados em pessoas que têm muitos amigos. E quanto mais sociáveis elas são, maior o impulso cerebral. Neste estudo os pesquisadores pediram que 18 homens e mulheres listassem com quantos amigos tinham se encontrado, falado por telefone ou e-mail no mês anterior. O número médio de amigos listados foi em torno de 20, mas alguns estavam em contato com mais de 40 pessoas. Outros só entraram em contato com dez amigos. Exames mostraram que cerca de seis regiões do cérebro eram maiores nas pessoas mais sociáveis. Uma das regiões de sociabilidade apontada foi o córtex cingulado anterior, uma área que usamos para acompanhar o que outras pessoas estão fazendo. Já outras regiões do cérebro, que não são usadas na socialização, podem encolher. Os exames mostraram que as conexões entre esta área e a outra que usamos para descobrir como os outros estão pensando e se sentindo são particularmente forte em tipos sociáveis​​. - Nos seres humanos mais sociáveis​​, talvez estas vias de comunicação sejam mais como autoestradas do que como estradas de terra, o que faz com que o processamento de informações seja mais eficiente e melhor - diz a pesquisadora MaryAnn Noonan. Como estudos anteriores com macacos já tinham produzido resultados semelhantes, os pesquisadores não acham que pessoas sociáveis ​​simplesmente nascem com os cérebros mais conectados à amizade. Em vez disso, eles acreditam que as pessoas com muitos amigos usam certas regiões do cérebro mais frequentemente , levando-as a crescer para acompanhar as demandas sociais. - Eu diria que o cérebro está mudando em resposta a tamanho da rede social. Mas isso não quer dizer que não haja uma influência genética, de modo que se você venha de uma família sociável, seu cérebro está predisposto a isso - acredita Noonan.


 

Grandes Contrastes: No Brasil presídios lotados, já na Suécia eles estão sendo desativados

  • Da Redação
  • 14 Nov 2013
  • 14:27h

A criminalidade é quase inexistente nos países escandinavos (Foto: Reprodução)

Enquanto o Brasil sofre com a superlotação de presídios e o alto índice de criminalidade, autoridades da Justiça da Suécia decidiram fechar quatro prisões e um centro de detenção pelo baixo número de detentos recebidos nos últimos anos. A quantidade de presidiários no país, que caía cerca de 1% ao ano desde 2004, despencou em 6% de 2011 para 2012 e deve registrar declínio semelhante este ano e em 2014, segundo o diretor dos serviços penitenciários e de liberdade vigiada suecos, Nils Oberg. "Vimos um declínio extraordinário no número de detentos. Agora temos a oportunidade de fechar parte de nossa infraestrutura, por não necessitarmos dela no momento", informou ao The Guardian. A queda das prisões gerou o encerramento das atividades nas cidades de Aby, Haja, Bashagen e Kristianstad. Duas das unidades devem ser vendidas e outras duas transferidas a outras instituições governamentais para uso temporário. "Certamente esperamos que os esforços investidos em reabilitação e em prevenir a reincidência no crime tenham tido impacto, mas não acreditamos que isso baste para explicar toda a queda de 6%", completou. Os tribunais suecos têm aplicado sentenças mais brandas a delitos relacionados ao uso de drogas, depois de uma decisão do supremo tribunal do país em 2011, o que explicaria parte da queda no número de novos presidiários. De acordo com Oberg, em março deste ano, havia 200 pessoas a menos em cumprimento de sentenças por crimes relacionados a drogas na Suécia do que em março do ano passado.