BUSCA PELA CATEGORIA "Brasil"

Número de mortos em SP sobe para 11

  • 11 Mar 2019
  • 15:19h

Foto: Reprodução/TV Globo

A forte chuva que começou na noite de domingo (10) e se estende por esta segunda-feira (11) provocou alagamentos em diversas regiões da Grande São Paulo e bloqueou vias de acesso à capital paulista. A previsão é de mais chuva durante o dia, mas com menos intensidade. Houve ao menos 11 mortes.

Os óbitos aconteceram em cidades da Grande São Paulo e do ABC:

  • Quatro em deslizamento de terra em Ribeirão Pires;
  • Uma criança soterrada após deslizamento de terra em Embu das Artes;
  • Três pessoas afogadas em São Caetano do Sul, duas na Avenida dos Estados e uma no bairro Taboão;
  • Uma pessoa afogada em Santo André;
  • Uma afogada em São Bernardo do Campo;
  • Uma afogada no Ipiranga, na capital.

O Corpo de Bombeiros chegou a informar que havia 12 mortes, mas depois voltou atrás e confirmou 11.

Também há registros de feridos:

  • Dois no desabamento em Ribeirão Pires;
  • Na Zona Leste, um deslizamento de terra atingiu uma casa – a mãe e duas crianças ficaram feridas (uma delas em estado grave).

Suspeita de atear fogo no carro do ex deixa carta com declarações de amor

  • G1
  • 11 Mar 2019
  • 08:12h

(Foto: Divulgação)

Uma manicure de 29 anos é suspeita de atear fogo no carro do ex e ainda deixar uma carta e uma pichação com declarações de amor. Segundo a Polícia Militar, o caso foi no município de Rorainópolis, a quase 300 quilômetros de Boa Vista (RR), no último dia 3.A situação ganhou repercussão nas redes sociais após um PM da cidade publicar as fotos do carro incendiado, da carta e da mensagem escrita na entrada da casa da vítima, um autônomo de 29 anos. "Em Rorainópolis mulher coloca fogo no carro do [ex] namorado e deixa carta de amor dizendo que o ama", escreveu o tenente da PM Jefferson Gomes. No relatório da ocorrência, a PM registrou que a vítima contou ter acordado por volta das 5h com barulhos de estalos e ao se levantar encontrou o carro incendiado. Ele disse aos policiais que em seguida viu a ex indo embora. Segundo o relatório, uma vizinha também afirmou ter visto a mulher saindo do local no momento do incêndio. O carro estava do lado de fora da residência. “A carta foi encontrada pelo ex-namorado debaixo da porta da casa", detalhou ao G1 o tenente Jefferson Gomes. A carta continha declarações como “sem você eu não sou nada”, “vamos ser felizes sendo uma família” e “você é o motivo da minha felicidade e nada faz sentido sem você”.A escritura deixada em frente porta de entrada da casa do autônomo dizia “eu te amo. Você é minha vida”. Ambas estavam assinadas pela mulher. O Corpo de Bombeiros foi à residência e controlou as chamas. Ainda assim a maior parte do veículo foi queimada. O autônomo disse ainda à polícia que estava com medo de ameaças de morte recebidas pela ex e que por isso não iria prestar queixa e nem informar o endereço dela. Assim, o caso não foi encaminhado para investigação da Polícia Civil.

Brasil: Jovem encontrada morta em cisterna foi vítima de estupro coletivo

  • G1
  • 10 Mar 2019
  • 17:02h

Foto: Polícia Civil/Divulgação

A jovem Rafaela Martins Cardoso, de 18 anos, foi vítima de estupro coletivo antes de ser morta estrangulada e ter o corpo jogado em uma cisterna em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. O delegado responsável pela investigação, Cléber Martins, disse que dois suspeitos de participar do crime foram presos, um foi encontrado morto e outras três pessoas são procuradas. “Três homens a estupraram. Já é assim considerado”, afirmou. De acordo com as investigações, dois deles são os presos e o terceiro o que foi encontrado morto. Rafaela desapareceu na madrugada de quarta-feira (6). Câmeras de segurança mostraram quando ela estava em um ponto de ônibus e é colocada dentro de um carro (veja vídeo abaixo). Ela teve o celular roubado e foi levada para uma chácara, onde ocorreu o abuso e a morte. O delegado investiga ainda se o crime foi cometido porque alguns dos autores, que são conhecidos da vítima, foram vistos por ela na região e teriam ficado com medo, já que o irmão dela seria um detento temido no local. Apesar disso, o Martins crê que o crime não foi premeditado.O corpo de Rafaela foi encontrado dentro da cisterna de uma chácara, da qual um dos suspeitos era caseiro. Ela estava amarrada a uma mangueira. O delegado disse que, conforme a perícia, Rafaela foi estrangulada. Um suspeito foi localizado horas após o crime e preso. Outro comparsa foi encontrado por populares e por pouco não foi linchado. A PM interveio e o levou ao hospital. Ele já teve alta e está detido. Já um terceiro suspeito foi encontrado morto. Martins informou que ainda não foi definido por quais crimes os autores devem ser indiciados, mas que o inquérito deve ser concluído até a próxima sexta-feira (15).

Mulher tem ataque de fúria e destrói carro do ex-namorado: VÍDEO

  • 10 Mar 2019
  • 11:10h

Foto: Reprodução

O vídeo de uma mulher em fúria, quebrando o carro do ex-namorado com um pedaço de madeira, viralizou nas redes sociais em Rondônia. Não havia ninguém dentro do veículo durante o ataque. Segundo a Polícia Militar (PM), o veículo estava estacionado no Centro de Cacoal (RO), nesta semana, quando a mulher se aproximou e passou a quebrar as janelas do veículo. O ataque foi gravado por moradores. Após deixar o carro danificado, aparentemente a suspeita pega um objeto dentro do veículo e sai caminhando tranquilamente por uma rua do bairro. O dono do carro é um homem de 27 anos, que, após o ataque, registrou boletim de ocorrência por dano e depredação contra a ex companheira. Na Delegacia de Polícia Civil (DPC), onde a vítima registrou a ocorrência, o homem contou já ter tido relacionamento com a mulher filmada pelos moradores. Ele contou à polícia que todos os para-brisas, retrovisores, faróis e lanternas do carro foram destruídos pela ex-namorada. Ainda não se sabe a motivação do ataque, pois a suspeita não foi presa. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Cacoal.

Assaltantes explodem carro-forte e levam cerca de R$ 2 milhões, diz Polícia Militar

  • 10 Mar 2019
  • 09:15h

Foto: Reginaldo dos Santos/EPTV

Assaltantes explodiram um carro-forte da Protege em São Carlos (SP) neste sábado (9). Ninguém ficou ferido na ação que durou aproximadamente 20 minutos. Segundo a Polícia Militar, o grupo fortemente armado fugiu com aproximadamente R$ 2 milhões do cofre do veículo. "O que não foi levado foi incinerado pelo fogo. É uma quadrilha bem articulada com uma ação premeditada", disse o tenente da PM Walter de Lucas Filho. O assalto aconteceu por volta das 18h30 na Rodovia Engenheiro Thales de Lorena Peixoto Júnior (SP-318), que liga a cidade a Ribeirão Preto, próximo ao distrito de Água Vermelha. De acordo com a Polícia Rodoviária, ao menos dez homens uniformizados e encapuzados usaram um caminhão para bloquear a estrada, no km 255 da pista sentido Ribeirão Preto, e atearam fogo no veículo. Armados com fuzis, os assaltantes atiraram contra o carro-forte e obrigaram os funcionários da empresa de valor a descer. Os criminosos usaram explosivos para arrombar o cofre e pegar o dinheiro. Com a explosão, a porta do veículo foi parar do outro lado da pista. Munição e várias cédulas queimadas ficaram pela estrada. Segundo a polícia, os assaltantes fugiram em quatro veículos sentido Ribeirão Preto e levaram a maior parte do dinheiro. O G1 procurou a assessoria de imprensa da empresa, mas não conseguiu contato. O trecho da rodovia foi interditado para que o Corpo de Bombeiros apagasse as chamas do carro-forte e do caminhão usado pelo grupo para bloquear pista.

Foto: Reginaldo dos Santos/EPTV

Médicos confundem meningite com sinusite e garoto é internado: 'Descaso'

  • 09 Mar 2019
  • 17:08h

Foto: Susan Hortas/Prefeitura de Santos

Um menino de 14 anos teve meningite confirmada após passar o Carnaval com a família em Santos, no litoral de São Paulo. Inicialmente, o paulista João Vitor de Alcântara foi diagnosticado com sinusite após ser levado dois dias seguidos para a UPA Central da cidade, com queixa de fortes dores na cabeça. De acordo com o tio, o adolescente só foi diagnosticado com meningite ao ser levado às pressas para Santa Casa de São Paulo. "Estou indignado com o atendimento médico e a triagem da UPA de Santos. Um total descaso", afirma o tio do adolescente, Roberto Mendes, de 33 anos. Ele conta que o sobrinho tem diabetes e deu entrada na UPA na noite de domingo (3) com queixas de fortes dores na região frontal da cabeça e com o nível glicêmico alto. Após passar pela triagem, segundo Roberto, o garoto esperou por horas pelo atendimento médico. O menino tomou soro, medicação na veia e fez um exame de sangue. Na manhã da segunda-feira (4), as dores de João persistiram e o nível de glicemia também aumentou. "Retornamos ao hospital e, após aguardar novamente para a análise do exame de sangue, mesmo com o quadro de piora dele, a médica alegou que não era necessário outros procedimentos e o diagnosticou com sinusite". João Vitor continuou com fortes dores e foi levado às pressas ao Pronto Socorro da Barra Funda, em São Paulo. O médico pediu que o garoto tentasse posicionar o queixo sobre o peito e ele não conseguiu realizar o movimento. Houve a suspeita de meningite e ele foi levado de ambulância para a Santa Casa de São Paulo, onde foi confirmada a doença. O jovem segue internado em isolamento, recebendo o tratamento adequado. "É inaceitável não ter sido feito este protocolo padrão na UPA por nenhum dos médicos. O médico mesmo destacou isso e reforçou o quanto a doença é perigosa, principalmente por ser letal e transmissível", destaca. O G1 entrou em contato com a Santa Casa de São Paulo para saber o estado de saúde de João Vitor. Em nota, a unidade confirmou que o garoto segue internado, com estado de saúde estável, mas ainda não há confirmação se a meningite é bacteriana ou viral. De acordo com a Secretaria de Saúde a meningite é uma doença que atinge o sistema nervoso, caracterizada por um processo inflamatório atingindo a membrana que envolve o cérebro e a medula espinhal das pessoas. Mais frequentemente é ocasionada por vírus ou bactéria. Alguns casos podem evoluir a óbito ou a um dano no cérebro mais grave deixando sequelas. O tipo de tratamento depende do agente que causa a doença: vírus, bactéria, fungos, parasitos, outros. Nas meningites bacterianas é importante conhecer o tipo de bactéria envolvida de forma a possibilitar o tratamento correto. Para isso é necessário realizar exames para confirmar a meningite. A doença é transmitida quando pequenas gotas de saliva da pessoa infectada entram em contato com as mucosas do nariz ou da boca de um indivíduo saudável.

Identificado corpo de mais um baiano vítima da tragédia de Brumadinho

  • 09 Mar 2019
  • 13:30h

Foto: Arquivo Pessoal

Foi identificado na sexta-feira (8) o corpo de Ademário Bispo, de 51 anos, mais um baiano que desapareceu na tragédia de Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte (MG), onde uma barragem de rejeitos rompeu em 25 de janeiro e fez um mar de lama invadir parte da cidade.De acordo com o filho de Ademário, Ismael Bispo, de 23 anos, o sepultamento do pai será realizado no domingo (10), na cidade de Mário Campos (MG). Dos baianos que foram vítimas da tragédia de Brumadinho, cinco corpos já foram identificados e dois permanecem desaparecidos. Além de Ademário, foram identificados Ednilson dos Santos Cruz, de 23 anos, que foi localizado em 29 de janeiro; Tiago Coutinho do Carmo, de 34 anos, que foi encontrado em 17 de fevereiro; George Conceição de Oliveira, de idade não divulgada, que foi achado em 19 de fevereiro; e Cássio Cruz Silva Pereira, de 27 anos, encontrado em 23 de fevereiro. Continuam entre os desaparecidos Alex Mário Moraes Bispo, de 22 anos, e Carlos Augusto Santos Pereira, de 49 anos.

Juiz contraria pais Testemunhas de Jeová e autoriza transfusão de sangue para bebê prematuro

  • G1
  • 08 Mar 2019
  • 08:05h

Foto: Reprodução

A Justiça autorizou que um bebê recém-nascido prematuro receba transfusões sanguíneas , contrariando a vontade dos pais, que são adeptos à religião Testemunhas de Jeová, a qual veta o procedimento. A liminar foi deferida após a maternidade onde a criança está internada, em Goiânia, entrar com pedido.De acordo com a ação, o bebê nasceu com pouco mais de 28 semanas, pesando apenas 1,2 kg. Ele está internado em um leito de UTI neonatal.Relatório médico apresentado nos autos mostra que ele tem anemia e pode, "a qualquer momento", precisar de uma transfusão, uma vez que outros métodos não foram suficientes para fazê-lo apresentar alguma melhora.Porém, apesar da situação do filho, os pais desautorizaram a transfusão, "sob o argumento de ofensa à fé religiosa por eles praticada".Em seu despacho, o juiz Clauber Costa Abreu disse que a decisão de liberar a transfusão de sangue contempla o direito à vida de uma pessoa ainda incapaz e que não pode responder por si só.Ele evocou, nesse sentido, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que resguarda a premissa.Além disso, o magistrado explicou que a medida não tende a negar a liberdade religiosa do casal, mas que, relativizando, "entre o direito à crença religiosa dos pais da criança e o direito desta de acesso à saúde e a vida, deve prevalecer a garantia ao último".

Sobe para 193 o nº de mortos identificados em Brumadinho

  • 08 Mar 2019
  • 07:05h

Foto: Washington Alves/Reuters

Já são 193 os mortos identificados da tragédia de Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (7) pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil.Ainda de acordo com o órgão, 115 pessoas continuam desaparecidas. No dia 25 de janeiro, a Barragem do Feijão, da Vale, se rompeu matando dezenas de pessoas e contaminando o Rio Paraopeba, um dos afluentes do São Francisco.Os bombeiros usam 70 máquinas, seis drones e seis cães nas buscas. De acordo com a corporação, 138 militares trabalham em 21 frentes de buscas. Não há prazo para que as operações sejam encerradas.

Mortes em estradas federais no carnaval de 2019 caem 19%, diz PRF

  • 07 Mar 2019
  • 20:07h

Foto: Marcelo Rodrigues / EPTV

Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta quinta-feira (7) o balanço da operação carnaval nas estradas federais em 2019. No geral, houve redução não apenas no número de mortos, mas também na quantidade de acidentes, feridos e ultrapassagens perigosas. Houve queda de 19% nas mortes nos seis dias de feriado, na comparação com o mesmo período do ano passado. Ao todo, 83 pessoas morreram nas estradas federais do país. Em 2018, foram 103 mortes. O número de acidentes foi 24% menor, passando de 1.518 no carnaval de 2018 para 1.157 neste ano. Segundo a PRF, também houve queda de 22% nas ultrapassagens perigosas. Os acidentes deixaram 1.464 feridos, número 7% menor do que as 1.569 pessoas machucadas no carnaval passado.

Laudo aponta que agressor de Bolsonaro tem doença mental

  • 07 Mar 2019
  • 18:14h

Foto: Reprodução/TV Globo

Um laudo feito por peritos indicados pela Justiça Federal diz que o homem que tentou matar o presidente Jair Bolsonaro (PSL) sofre de uma doença mental. Segundo o documento, Adélio Bispo de Oliveira, que confessou o ataque cometido em 6 de setembro de 2018, não pode ser punido criminalmente pelo fato. As informações foram obtidas pela TV Globo junto a pessoas com acesso à investigação. A Justiça Federal já aceitou a denúncia contra Adélio por prática de atentado pessoal por inconformismo político e o tornou réu, mas ainda não julgou o caso. Ele está preso provisoriamente desde o dia do crime, tendo sido transferido para o presídio de segurança máxima de Campo Grande dois dias depois.O laudo, entregue à Justiça no último mês, aponta que o agressor tem a doença chamada transtorno delirante permanente paranoide e, por isso, conforme o documento, foi considerado inimputável. Diz ainda que, em entrevistas com psicólogos e psiquiatras, Bispo afirmou que não cumpriu sua missão, e que saindo da cadeia iria matar o presidente. O procurador da República Marcelo Medina informou ao G1 que a perícia médica pedida pela Justiça Federal resultou em dois laudos: um psiquiátrico e um psicológico, que divergem entre si. A data é de 15 de fevereiro. Há também divergências em relação ao laudo psiquiátrico particular apresentado pela defesa de Adélio no ano passado. Segundo o MPF, há algumas divergências nas conclusões, mas não disse quais. “Sobre o teor dos laudos, nada posso informar. Divergem quanto a questões relevantes, não posso dizer quais e por que são relevantes, porque o processo de incidente de insanidade mental está em sigilo”, disse o Medina. No dia 22 de fevereiro, ele se manifestou no processo, solicitando esclarecimentos.O laudo oficial deve subsidiar a análise pela Justiça de um procedimento para investigar a sanidade mental do acusado, apresentado pela defesa e que caminha junto com a ação penal na 3ª Vara Federal de Juiz de Fora.A repórter Camila Bomfim apurou que são três as possibilidades de conclusão do caso: Adélio ser considerado imputável (nesse caso, responderá integralmente, enquadrado na Lei de Segurança Nacional ) , semi-imputável (redução da pena em caso de condenação) e inimputável (aplica-se medida de segurança). Se o juiz entender que ele, de fato, não pode ser punido criminalmente, Adélio pode ser levado para um manicômio judicial e não para um presídio. Segundo fontes ligadas à investigação, ele deve cumprir a medida de segurança no manicômio judicial por tempo indeterminado e, de dois em dois anos, passará por novos exames psicológicos para avaliação da condição clínica. Uma audiência com a presença dos peritos para esclarecimentos sobre a constatação da doença deve ser realizado, mas ainda não há informações sobre a data. O advogado Zanone Manuel Junior informou que ainda não teve acesso ao laudo. A Justiça Federal afirma que a ação penal corre em sigilo e ainda não se manifestou.

Brasil: Rapaz disse que matou vizinho porque ele desligou Wi-Fi

  • Veja
  • 07 Mar 2019
  • 14:11h

(Foto: Reprodução/Facebook)

Um homem de 31 anos confessou ter matado seu vizinho em Ourinhos, no interior de São Paulo, porque ele desligou o roteador de Wi-Fi. Os dois compartilhavam a mesma rede de internet.Evandro Leonardo de Paula foi preso em flagrante pela polícia no domingo (3). No momento da prisão, o criminoso estava escondido na lavanderia de sua casa. O caso foi registrado na delegacia da cidade como homicídio qualificado, cuja pena pode chegar a trinta anos de cadeia. No boletim de ocorrência, o rapaz confessou ter esfaqueado Alexandre Vita, de 47 anos. Relatou que os dois começaram a discutir porque o roteador de internet que compartilhavam estava desligado. Vita teria ameaçado seu vizinho com uma faca. De Paula disse aos policiais ter tomado a faca da mão da vítima e a golpeado. O Samu constatou a morte de Vita, que era funcionário da prefeitura de Ourinhos, no local.

Polícia apura relatos de ataques com agulhas no carnaval do Recife

  • G1
  • 07 Mar 2019
  • 12:04h

Foto: Divulgação/SES

Mais de cem pessoas foram atendidas no Hospital Correia Picanço, no bairro da Tamarineira, na Zona Norte do Recife, após relatarem terem sido agredidas com seringas de agulhadurante o carnaval no Grande Recife, até a manhã desta quinta-feira (7), segundo a unidade de saúde. A Polícia Civil de Pernambuco abriu um inquérito para investigar os casos. “É um movimento atípico, totalmente excepcional. Fugiu muito do que é o nosso padrão de número de atendimentos, principalmente por ser uma época de feriado. Então, leva a crer que aconteceu alguma coisa fora do comum”, explica o diretor médico do hospital, Thiago Ferraz.O hospital é referência no atendimento de doenças infecto-contagiosas. Segundo Ferraz, até a manhã da quarta-feira (6), eram 25 atendimentos. Nas 24 horas seguinte, o número é, ao menos, quatro vezes maior.“Após a divulgação das notícias, mais pessoas vieram ao nosso atendimento. Do plantão de ontem [quarta] até as 7h de hoje, a gente passou para mais de 100 pessoas sendo atendidas com a queixa de que sofreram algum tipo de agulhada furada durante o carnaval”, afirmou Ferraz.As pessoas chegam com relatos de terem sido furadas, principalmente, nas costas e no braço. “O ferimento é uma lesão puntiforme, é um ponto no braço nas costas. Parece como se tivesse recebido uma vacina ou injeção”, explicou.

Artesã gasta R$ 200 para produzir glitter ecológico e lucra R$ 5 mil

  • 06 Mar 2019
  • 19:10h

Foto: Reprodução/TV Globo

Um sucesso total. É o que diz a artesã Drica Oliveira sobre o glitter ecológico que preparou para o carnaval em Belo Horizonte. Ela aproveitou a folia para ganhar uma grana extra e lucrou muito."Eu investi cerca de R$ 200 e eu devo ter lucrado uns R$ 5 mil, assim. No balanço até agora. Eu vejo as pessoas com meu glitter e eu fico assim: esse glitter é meu, esse glitter é meu", disse a microempreendedora. O produto é feito com gelatina e corantes naturais, que desmancham na água. A ideia deu tão certo que ela vendeu mais de três mil potinhos. A analista Julia Gonçalves também aproveitou o período em que a cidade estava cheia e não se vestiu de noiva à-toa. Ele e o namorado aproveitaram a festa de rua para vender cerveja e juntar dinheiro para o casamento. "A gente aproveita pra juntar um dinheiro, juntar o útil ao agradável, a gente dança e vende", disse. Segundo o namorado Rafael Orsini, que é jornalista, no ano anterior, eles ganharam cerca de R$ 2 mil. Na Praça Sete, no coração de Belo Horizonte, outro casal teve a mesma ideia. O ambulante Tamerson Júnior lima vendeu chupe-chupe com vodka. "Eu saio abordando, eu canto, eu chamo o povo. Aí, o gente, ajuda nós a casar aqui", contou. Outra artesã criou pochetes com um papel especial que não rasga nem molha. "A gente pensou na pochete, porque no carnaval você vai levar o celular, levar o cartão, o dinheiro onde? Não tinha. Então, eu quero esconder esses materiais. Então, a gente falou: vou desenvolver as pochetes", disse a microempreendedora Gláucia Maia. Minas Gerais será o terceiro estado em movimentação financeira durante o carnaval, segundo esConfederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), totalizando R$ 615,5 milhões. Com isso, ultrapassou estados com mais tradição no carnaval, como a Bahia, Ceará e Pernambuco, e só perdeu para o Rio de Janeiro (R$ 2,1 bilhões) e São Paulo (R$ 1,9 bilhão). Mais de 13 mil pessoas se cadastraram para trabalhar como ambulantes em Belo Horizonte. Um número 36% maior que o do ano passado.

Homem é preso após aplicar mata-leão e estuprar vítima desmaiada

  • 06 Mar 2019
  • 17:04h

Foto: Divulgação/Polícia Militar

Um homem de 26 anos foi preso em flagrante após confessar ter estuprado uma mulher, de 35, em um matagal de Praia Grande, no litoral de São Paulo. Ele foi abordado por equipes da Guarda Civil Municipal (GCM) momentos após cometer o crime. Segundo a polícia, que divulgou as informações na manhã desta quarta-feira (6), o crime aconteceu no bairro Mirim, às margens da Avenida Ministro Marcos Freire. Para conseguir abusar da mulher, o suspeito deu um mata-leão na vítima e consumou o crime com ela desmaiada. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o autor era conhecido da vítima e a acompanhava em uma calçada próxima da área de mata. Em determinado momento, a agrediu e puxou para dentro do matagal. O G1 apurou que ele teria dado um 'mata-leão' na vítima, que desmaiou. Depois, tirou as roupas e abusou sexualmente da mulher. Após o término, fugiu e deixou a mulher desacordada dentro do matagal. A ação foi registrada por câmeras de monitoramento da prefeitura e foi relatada a guardas municipais que estavam em patrulhamento. Eles seguiram para a região do crime e encontraram o suspeito andando pela Rua José Borges Neto. Abordado, ele confessou ter tido relações sexuais forçadas com a vítima, sendo também reconhecido por uma funcionária do sistema de videomonitoramento municipal, e acabou detido. Uma ambulância foi acionada para remover a vítima ao Hospital Irmã Dulce. Médicos constataram lesões faciais e nos órgãos genitais, o que indicava o crime de estupro. Ela também foi ouvida por equipes da Polícia Militar. O homem foi levado para a Delegacia Sede da cidade, onde foi registrado boletim de ocorrência pelo crime de estupro. Ele permaneceu preso na carceragem da unidade e à disposição da Justiça. Já a vítima passou por atendimento médico e foi liberada.