BUSCA PELA CATEGORIA "Brasil"

Brasil será denunciado pela ONU por desmonte em direitos humanos

  • Redação
  • 24 Fev 2020
  • 08:00h

(Foto: Reprodução)

O Brasil será alvo de denúncias de violações de direitos humanos através de relatórios da ONU. As críticas vão acontecer na reunião do Conselho de Direitos Humanos, nesta segunda-feira (24). O evento terá a presença da ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves.Além disso, uma série de denúncias por parte de indígenas, ativistas e ambientalistas contra o governo brasileiro,também devem ocorrer. Num dos documentos que será debatido, os relatores da ONU alertam sobre o aumento significativo das queimadas na Amazônia brasileira e as promessas feitas pelo novo governo de abrir terras indígenas para a agricultura e mineração. Outra crítica que o governo enfrentará será no campo do combate à fome.A ONU cita as medidas tomadas pelo governo de Jair Bolsonaro para desmantelar o programa Fome Zero que existia no Brasil e que era considerado como exemplar. As denúncias, no entanto, não devem partir só da ONU. Ongs, ativistas, indígenas e outros grupos usarão o encontro para denunciar violações no Brasil, como à situação dos povos indígenas e o racismo. Se o governo viaja com uma delegação para Genebra, a sociedade civil também promete se organizar para contestar e denunciar as violações no país. Em 2019, o Brasil se transformou no alvo de mais de 35 denúncias na ONU, uma situação inédita no período democrático do país.

Mega-Sena: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 200 milhões

  • Redação
  • 23 Fev 2020
  • 09:36h

(Foto: Brumado Urgente Conteúdo)

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.236 da Mega-Sena, neste sábado (15), em São Paulo. O prêmio acumulou. Os números sorteados foram: 07 – 20 – 38 – 43 – 45 – 53 A quina teve 190 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 56.213,79. A quadra teve 14.982 ganhadores; cada um levará R$ 1.018,42. O próximo concurso será na quinta-feira (27), geralmente os sorteios acontecem às quartas e aos sábados, mas a data foi alterada por conta do carnaval. O prêmio é estimado em R$ 200 milhões.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 4,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa. Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Bolsonaro demite toda a direção do Inmetro

  • Redação
  • 23 Fev 2020
  • 07:15h

(Foto: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou a demissão de toda a diretoria do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) neste sábado (22), durante visita a um supermercado no Guarujá, no litoral de São Paulo, onde passa o feriado de Carnaval. “Implodi o Inmetro. Implodi. Mandei todo mundo embora. Por quê? Há poucos meses assinaram portaria para trocar tacógrafos”, afirmou Bolsonaro. “Em vez de ser o normal que está aí, inventaram um digital. Ele é aferido de dois em dois anos. Passaram para um. Mandei acabar com isso aí”, completou. A declaração foi transmitida em live pelo perfil dele no Facebook. De acordo com ele, a medida da autarquia iria prejudicar os taxistas. O tacógrafo serve para indicar e registrar a distância percorrida, velocidade desenvolvida e direção. Na última segunda-feira (17), a exoneração da presidente do Inmetro, Angela Flores Furtado, foi publicada no Diário Oficial da União. Ela foi substituída pelo coronel do Exército Marcos Heleno Guerson de Oliveira Júnior.

Mega-Sena sorteia neste sábado (22) prêmio acumulado de R$ 190 milhões

  • Redação
  • 22 Fev 2020
  • 09:06h

(Foto: Brumado Urgente Conteúdo)

A Mega-Sena sorteia neste sábado (22) prêmio estimado em R$ 190 milhões. É 15ª vez que a Mega-Sena acumula este ano, o recorde para a modalidade. O sorteio das seis dezenas do concurso 2.236 será realizado a partir das 20h (horário de Brasília) no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. O sorteio é aberto ao público, que pode acompanhar também pelas redes sociais: no Facebook e no canal Caixa no Youtube. De acordo com a Caixa, o valor do prêmio, caso aplicado na poupança, poderia render R$ 491 mil por mês. As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa, em todo o país. A cartela, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

Alerta: Heinz faz recall de milho por possível contaminação

  • Redação
  • 20 Fev 2020
  • 17:38h

Foto: Divulgação/Heinz

O risco de presença de bactérias é o motivo do recall de 244 caixas do produto “milho verde tetra recart 200g”, da marca Quero, da fabricante de produtos alimentícios Heinz Brasil. Os produtos fazem parte dos lote L08, com validade até 31 de julho de 2021. A produção ocorreu no dia 8 de janeiro deste ano. De acordo com a empresa, a possível possível contaminação pode causar náuseas, vômitos e infecção intestinal, principalmente, em pessoas com baixa imunidade. Ainda segundo fabricante, os produtos não devem ser consumidos e o consumidor deve entrar em contato com SAC da empresa pelo 0800 16 5858, em horário comercial, ou pelo site.

Em ano de eleição, centenas de municípios estão à beira do colapso financeiro

  • Por Bianca Lima e Luiz Guilherme Gerbelli, GloboNews
  • 20 Fev 2020
  • 08:12h

Proposta do governo pode reduzir número de municípios — Foto: Marília Marques/G1

Em ano eleitoral, centenas de cidades brasileiras estão próximas do colapso financeiro. Um levantamento da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) revela que 229 prefeitos devem decretar calamidade nas contas públicas em 2020. O número esperado para este ano é bem maior do que o observado em 2019, quando 69 prefeituras emitiram esse tipo de decreto.  Na prática, o dispositivo serve para alertar governos estaduais, União e sociedade de que serviços públicos municipais serão afetados devido à crise financeira, mas não exime o gestor local da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). "Por meio desse decreto, o gestor está dizendo para a população que vai ter de cortar serviços, que não está conseguindo, com o orçamento, cumprir as obrigações que foram atribuídas (ao município) nos últimos anos", diz o presidente da CNM, Glademir Aroldi. O pedido de calamidade financeira é só a ponta de uma profunda crise enfrentada pelos municípios brasileiros. Desde a promulgação da Constituição, em 1988, as prefeituras passaram a assumir um papel maior na prestação de serviços públicos, sem que os orçamentos dessem conta das novas obrigações. Isso porque a maioria das cidades não tem autonomia financeira. Um estudo conduzido pela pesquisadora Lorreine Messias evidencia bem esse quadro. Os principais tributos arrecadados pelas prefeituras – IPTU, ISS e ITBI (Imposto Predial Territorial Urbano, Imposto sobre Serviços e Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis) – não são suficientes para equilibrar os orçamentos. E quanto menor o município, em geral pior a situação. De acordo com o levantamento, nas cidades com até 5 mil habitantes a arrecadação desses três impostos representa apenas 2,26% da receita total. Numa faixa superior, entre 5 mil e 20 mil habitantes, a soma de IPTU, ISS e ITBI corresponde a 3,67% da receita. Em geral, o quadro vai se atenuando conforme os municípios vão crescendo de tamanho. Entre as cidades com mais de 1 milhão de habitantes, por exemplo, a arrecadação dos três tributos chega a 26,86% da receita total.

Vídeo:Mãe descobre ao vivo que filha foi assassinada e desmaia; ‘Cidade Alerta’ é criticado na web

  • Redação
  • 18 Fev 2020
  • 16:35h

(Reprodução: TV Record)

O programa “Cidade Alerta”, da Record, está sendo criticado nas redes sociais após decidir exibir, nesta segunda-feira (17), uma cena de tragédia. Comandado por Luiz Bacci, a atração informou ao vivo a uma mãe que sua filha tinha sido assassinada pelo namorado. “Não! Não! Ele não fez isso com a minha filha!“, gritou antes de desmaiar.

Governo Bolsonaro articula para recriar sorteios na TV e beneficiar emissoras

  • Redação
  • 17 Fev 2020
  • 07:11h

(Foto: Reprodução)

O governo de Jair Bolsonaro está preparando uma medida provisória para retomar os sorteios de prêmios nas TVs. A decisão atende a um pedido da Rede TV!, principal interessada no negócio. Segundo informações da Folha de S.Paulo, uma reunião foi articulada com os principais executivos da Record, do SBT e da Band, junto com o chefe da Secom (Secretaria de Comunicação da Presidência), Fabio Wajngarten, convencer o presidente Jair Bolsonaro a encampar a proposta. Embora tratativas sobre o tema sejam de competência do Ministério da Economia, o encontro se deu no Palácio do Planalto, em 9 de dezembro, com a participação de Amilcare Dallevo Jr., dono e presidente da RedeTV!, José Roberto Maciel, presidente do SBT, Luís Cláudio Costa, presidente da Record, e Paulo Saad Jafet, vice-presidente da Band. Na sequência, a Casa Civil começou a preparar a minuta de uma medida provisória. O texto foi enviado ao Ministério da Economia e está pronto, aguardando a decisão de Bolsonaro para ser publicado.

Senadora quer CNH grátis e fim de autoescola obrigatória

  • Informações do R7
  • 14 Fev 2020
  • 19:10h

enadora diz que aprendeu a dirigir com o pai e passou de primeira, sem pistolão. Ela defende projeto de sua autoria que está na CCJ | Foto: Reprodução

A senadora Kátia Abreu subiu na tribuna do plenário do Senado nesta terça-feira (11) para defender a CNH gratuita para todos os brasileiros e fim da obrigatoriedade de aulas em autoescola..— Eu aprendi a dirigir com o meu pai, e de classe média baixa, passei de primeira, sem pistolão. A senadora é autora de projeto de lei (PL 6.485/2019) que acaba com a obrigatoriedade de aulas teóricas e práticas para prestar os exames da carteira de motorista. O argumento central é que o custo para tirar a CNH hoje é de R$ 2,5 mil, o que praticamente inviabiliza o documento para a baixa renda. De acordo com a senadora, 70% desse custo se deve a obrigatoriedade da autoescola. O PL deve ser analisado neste ano pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), que elabora parecer sobre o texto. 

Acumulou: Mega-Sena pode pagar R$ 120 milhões no sábado

  • Redação
  • 13 Fev 2020
  • 06:49h

(Foto: Brumado Urgente Conteúdo)

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.233 da Mega-Sena, realizada nesta quarta-feira (12) em São Paulo. O prêmio acumulou. Ainda não houve acertadores da seis dezenas da Mega-Sena neste ano. Veja as dezenas sorteadas: 04 – 06 – 32 – 35 – 41 – 45. A quina teve 89 acertadores; cada um receberá R$ 75.344,43. A quadra teve 8.107 apostas vencedoras; cada uma ganhará R$ 1.181,63. O próximo concurso será no sábado (15). O prêmio é estimado em R$ 120 milhões.

Lucro do carnaval vale mais do que a saúde dos brasileiros?

  • Por Dr. Carlos Ely Eluf
  • 12 Fev 2020
  • 19:36h

(Fotos: Reprodução)

Parece-nos uma grave insensatez de nossas autoridades governamentais em permitirem a realização dos festejos carnavalescos no país em meio à epidemia do coronavírus. É desvario e ausência de responsabilidade. O governo brasileiro, após decretar estado de emergência, se absteve de dar respostas céleres para combater a epidemia, que se torna, a cada dia, mais abrangente no contexto global.

Enquanto os Estados Unidos proíbem, temporariamente, a chegada em seu território de pessoas vindas do continente chinês, as empresas aéreas American Airlines e United Airlines cancelam seus voos para a China. O Japão confina, em transatlântico, os passageiros em quarentena, sem poderem desembarcar naquele país. Nações europeias adotam medidas de urgência e extremamente necessárias para amainar os efeitos desta epidemia.

Já o Brasil segue na contramão e age com grande contrassenso. Nada mais propício para a proliferação do coronavírus do que a vinda de turistas em nosso país, que não tem como controlar o estado de saúde dos estrangeiros. E segue o baile. Teremos aglomerações provenientes de blocos carnavalescos, desfiles de escolas de samba, carnaval de rua e até matinês para crianças. Situações totalmente favoráveis à propagação do coronavírus.
 

Pesado tributo para a humanidade, derivado de seu próprio progresso, o qual pressupõe a conexão entre os países em que são realizadas, frequentemente, viagens facilitadoras do comércio internacional. Nossas autoridades estão levando muito tempo para compreender a dimensão da crise, pois a decretação de um estado de emergência requer uma resposta coordenada de toda a sociedade, evidentemente sob a organização dos dirigentes em todas as esferas de poder.

Há temor em adotar medidas antipopulares e que possam afetar a nossa economia, restringindo o setor hoteleiro e os esperados ganhos com a intensificação do turismo. Mas é óbvio ser de suma importância a consideração de se adiar os festejos carnavalescos para uma época mais oportuna. A prioridade deveria ser a saúde pública, não havendo necessidade de grandes inquirições para imaginar as consequências de uma provável disseminação do coronavírus.

Obviamente, a manutenção do carnaval traz significativa dificuldade aos agentes de saúde para controle, tratamento e erradicação de qualquer epidemia que assole o Brasil. O futuro se mostra nebuloso, pois a expectativa é de que as primeiras amostras de uma vacina para conter o vírus irão demorar cerca de três meses para surgirem, e o índice de propagação deverá ter um exponencial aumento, com a letalidade do coronavírus recrudescendo a níveis inimagináveis, até que surja o preventivo. Portanto, deveríamos traçar um plano de contingência contra este invisível inimigo da humanidade, o que se mostra imperioso, já que no curtíssimo prazo até o carnaval, é possível ocorrer um contágio epidêmico que pode acometer aglomerações por meio do contato físico. Portanto, o carnaval deveria, sim, ter sido cancelado ou adiado, evitando que a saúde da população seja comprometida. Mas o que prevalece são medidas demagógicas inaceitáveis no atual contexto da grave epidemia que assola o planeta.

Brasil: Menina morre após cair e bater a cabeça durante brincadeira com colegas na escola

  • G1
  • 11 Fev 2020
  • 16:02h

(Foto: Reprodução)

Uma menina morreu na tarde de segunda-feira (11), em Mossoró, no Oeste potiguar, depois de bater a cabeça no chão ao cair durante uma brincadeira na Escola Municipal Antônio Fagundes. Emanuela Medeiros, de 16 anos, sofreu traumatismo craniano e foi socorrida pela direção e levada ao Hospital Regional Tarcisio Maia, no bairro Aeroporto, na última sexta-feira (8), onde foi internada. De acordo com a prima da vítima, a estudante participava de uma brincadeira com outras duas pessoas que a seguraram e tentaram girá-la, como uma espécie de cambalhota. Durante o giro, ela caiu e bateu a cabeça no chão. Emanuela era aluna do nono ano. José Altemar da Silva, diretor da escola, contou que não tinha conhecimento a respeito da brincadeira e lamentou a situação. "Infelizmente foi uma fatalidade que não tivemos como evitar", disse. Ele recomendou que os pais ficassem atentos com o que circula nas redes sociais.A Secretaria Municipal de Educação de Mossoró decretou luto. A escola voltará a funcionar a partir da próxima segunda (18). A menina foi velada na manhã desta terça-feira (12) e o enterro está previsto para o período da tarde.

Sobe para 4 o nº de mortos pela chuva no interior de SP

  • G1
  • 11 Fev 2020
  • 15:12h

(Foto: 14News/Divulgação)

O temporal que provocou estragos no início desta semana no estado de São Paulo deixou quatro pessoas mortas. Os casos foram registrados entre segunda (10) e terça-feira (11), na região de Bauru (SP).Os bombeiros encontraram os corpos de duas mulheres em Vitoriana, distrito de Botucatu (SP), nesta manhã. As vítimas ainda não foram identificadas, mas a suspeita é de que sejam de duas mulheres que estavam com um homem, todos da mesma família, em um carro arrastado por um rio que transbordou.Os corpos foram encontrados a 150 metros do veículo e o homem continua desaparecido. Vídeo mostra helicóptero Águia nas buscas pelas vítimas no distrito de Vitoriana.Outra morte foi registrada na madrugada desta terça-feira, quando um caminhão e um carro caíram em uma cratera que se abriu na Rodovia Leonor Mendes de Barros (SP-333), em Júlio Mesquita (SP). O motorista do carro, que pertence à concessionária que administra a rodovia, foi encontrado morto.A quarta vítima também foi um motorista que caiu com um caminhão em outra cratera, esta aberta na Rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Botucatu. O caminhão com o motorista foi sugado com a força da água para o buraco e desapareceu, sendo encontrado horas depois a mais de 1 quilômetro de distância.

Voz que liberou entrada de acusado de matar Marielle em condomínio não é do porteiro que disse ter falado com Bolsonaro, diz laudo

  • G1
  • 11 Fev 2020
  • 14:07h

(Foto: Reprodução)

A voz do porteiro que liberou a entrada do ex-PM Élcio de Queiroz no condomínio Vivendas da Barra, no Rio de Janeiro, em 14 de março de 2018, dia do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes, não é a do funcionário que havia mencionado o presidente Jair Bolsonaro aos investigadores da Delegacia de Homicídios (DH). A informação está em um laudo assinado por seis peritos da Polícia Civil e foi publicada nesta terça-feira (11) pelo jornal "O Globo". De acordo com o laudo, a pessoa que autorizou a entrada de Élcio no local foi o policial reformado Ronnie Lessa, morador do condomínio e vizinho de Bolsonaro. Tanto Élcio como Lessa estão presos. O primeiro é acusado de ter dirigido o veículo usado no crime, e o segundo é acusado de ter efetuado os disparos contra Marielle e Anderson. Conforme reportagem que foi ao ar no Jornal Nacional em 29 de outubro de 2019, um dos porteiros afirmou em depoimento que Jair Bolsonaro, então deputado federal, havia liberado a entrada de Élcio no condomínio. Depois, o homem voltou atrás e afirmou que errou ao dizer que havia falado com "seu Jair". Ao apurar as declarações dadas no depoimento, o Jornal Nacional pesquisou os registros da Câmara dos Deputados e encontrou uma contradição. Jair Bolsonaro estava em Brasília naquele dia, como mostram os registros de presença em duas votações no plenário: às 14h e às 20h30. Portanto, ele não poderia estar no Rio. Em novembro, a PF abriu inquérito para investigar o depoimento do porteiro. A investigação apura se o porteiro cometeu crimes de obstrução de Justiça, falso testemunho e denunciação caluniosa contra o presidente. Agora, o laudo da Polícia Civil assinado por 6 peritos confirmou que outro funcionário havia interfonado naquele dia para Lessa, e não o porteiro que havia dado o depoimento envolvendo Jair Bolsonaro. Segundo o documento ao qual "O Globo" teve acesso, não há "indícios sugestivos de edição fraudulenta" do disco rígido (HD) analisado, que contém registros do sistema de gravação do interfone.O G1 esteve nesta manhã no condomínio onde Lessa e Bolsonaro têm residência, e onde o porteiro que deu o depoimento ainda trabalha, mas foi informado que o homem não estava no local.

Cantor sertanejo respira por aparelhos após carro bater em caminhonete e pegar fogo

  • G1
  • 11 Fev 2020
  • 11:05h

(Foto: Divulgação/Informa Mais/Divulgação)

O cantor sertanejo Henrique, da dupla Netto e Henrique, permanece internado em estado grave na UTI do Hospital de Base de São José do Rio Preto (SP) após sofrer um acidente de trânsito na madrugada de sábado (8), em Santa Fé do Sul (SP). O carro do músico acabou pegando fogo com a batida. Segundo o HB, Henrique está sedado e respirando com auxílio de aparelhos. A assessoria de imprensa da dupla emitiu uma nota e diz que “Henrique tem se mantido estável após cirurgia. Sangramento e pressão intracraniana estão absolutamente controladas”. No acidente, Henrique sofreu traumatismo craniano e passou por cirurgia. Segundo informações da polícia, o músico, de 22 anos, seguia pela Avenida Navarro de Andrade, no bairro Santa Prata, em Santa Fé do Sul, quando bateu na traseira de uma caminhonete. Por causa da força do impacto, o veículo pegou fogo. A Polícia Militar fazia ronda pelo local e constatou o acidente. A equipe conseguiu tirar Henrique, que estava desmaiado, do carro. O Corpo de Bombeiros apagou o incêndio.O motorista da caminhonete não se feriu. Já o cantor foi resgatado pelo Samu e encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. Ele chegou com trauma de face e múltiplas escoriações. Após o atendimento, Henrique foi encaminhado para a Santa Casa de Santa Fé do Sul e transferido para o Hospital de Base de Rio Preto.