BUSCA PELA CATEGORIA "Bahia"

Prefeituras baianas demitem servidores após reajuste do salário mínimo, diz UPB

  • Da Redação
  • 02 Jan 2014
  • 07:39h

(Foto: Reprodução)

O novo salário mínimo, que entrou em vigor nesta quarta-feira (1º), já trouxe problemas para prefeituras do interior da Bahia. Com o valor agora de R$ 724, as administrações municipais esperam problemas para arcar com os custos do funcionalismo público, segundo a presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Maria Quitéria (PSB), prefeita de Cardeal de Silva. “Mais ou menos 60% da folha de pagamento das prefeituras é de salário mínimo. Esse reajuste significa um impacto de 14% a 15% a mais na folha”, explicou a gestora, em entrevista ao jornal Correio. De acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal, o custo com servidores públicos não pode ultrapassar 54% do gasto anual, porém nas contas da UPB, o novo valor do salário mínimo eleva a média entre os as cidades baianas vai para 67% da receita. “Para não ter problemas com o Tribunal de Contas, só resta aos gestores demitir alguns funcionários. Em dezembro já foi uma leva. Aqueles que ainda não fizeram, vão fazer agora em janeiro”, completou Quitéria. Entre as prefeituras que já começaram as demissões, ela cita Ilhéus, Lauro de Freitas, Itagi, Barreiras, Dário Meira e a cidade que administra, Cardeal da Silva. “O município é grande, mas tem uma população pequena. Arrecado R$ 1,4 milhão por mês. Uma parte desse valor vem do Fundeb, que é só para a educação. Por lei, eu só poderia gastar 60% desse valor com o pagamento dos professores e outros funcionários, mas estava gastando 100%”, justificou. 

Bahia recebe primeira parcela de R$ 560 milhões para investimentos em Segurança Pública

  • Brumado Urgente
  • 31 Dez 2013
  • 07:08h

A primeira parcela de uma operação de crédito do Governo da Bahia junto ao Banco do Brasil, no valor de R$ 560 milhões, para investimentos em segurança pública, foi liberada nesta segunda-feira (30). A informação é do senador Walter Pinheiro (PT-BA), que acompanha os trâmites da transação que envolve recursos totais na ordem de R$ 1,12 bilhão. De acordo com o parlamentar, a segunda parcela deve ser liberada de acordo com o andamento da execução e prestação de contas do contrato. Segundo Pinheiro, os recursos já estão disponíveis para o Governo da Bahia ampliar os investimentos na área de Segurança Pública, através da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e da Secretaria da Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap). “São recursos importantes que serão utilizados para fortalecer o programa Pacto Pela Vida e contemplar a construção de unidades prisionais na Bahia”, disse. Ainda de acordo com o petista, o investimento será utilizado também para o Centro Integrado de Gestão de Emergências, além de modernizar o departamento de polícia técnica com novas tecnologias. “Vamos ampliar a nossa capacidade de gestão do setor de segurança, coibir a prática de crimes, inclusive a modalidade de ataque a caixas eletrônicos”, destacou. Neste ano já foram registradas 96 explosões de caixas eletrônicos em todo o estado.

Luto na Música: Morre ex-baterista da Banda Estakazero

  • Brumado Urgente
  • 28 Dez 2013
  • 07:08h

(Foto: Reprodução)

Cerca de três anos e meio após ser baleado na cabeça em uma saidinha bancária, o ex-baterista da banda Estakazero, Paulo Perrone, faleceu nesta sexta-feira (27). Em um post no Facebook, a irmã dele, Lidiane Roriz, confirmou a morte por parada cardíaca, pouco tempo após o músico deixar a UTI do Hospital Espanhol e ter previsão de alta médica. “Caros amigos, é com muita dor que comunico o falecimento de Paulo Perrone. Ontem [sexta] ele teve uma complicação e sofreu uma parada cardíaca. Não resistiu. Ainda não sabemos o horário do sepultamento. Informe em breve. Muito obrigada a todos que estiveram juntos conosco nesta luta”, lamentou. 
 

Dilma pediu a Temer para convencer Geddel a enviar nova carta de demissão, diz Folha

  • Da Redação
  • 27 Dez 2013
  • 08:11h

(Foto: Reprodução)

A saída de Geddel Vieira Lima da Caixa Econômica Federal só saiu após uma nova carta de demissão, informa o Painel, da Folha de S. Paulo. Segundo a coluna, o peemedebista não queria inicialmente mandar uma nova carta, já que havia cumprido o rito em setembro. Ainda conforme a publicação, o pré-candidato ao governo da Bahia temia que o PT utilizasse eleitoralmente sua saída do cargo na CEF apenas na reta final de 2013. Por isso, diante da insistência do vice-presidente Michel Temer (PMDB) e da ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, por uma nova solicitação, Geddel escreveu um “reitero” logo no primeiro parágrafo da nova versão do texto. A orientação para que Temer cobrasse do correligionário um novo pedido formal de demissão veio da presidente Dilma Rousseff. A intenção inicial do governo era avaliar antes a indicação de Roberto Desiree para a Vice-Presidência de Pessoa Jurídica do banco. No entanto,diante das circunstâncias, a exoneração de Geddel precisou ser antecipada e saiu no Diário Oficial da União nesta sexta-feira (27).

Vários municípios da Bahia estão sem titular em suas delegacias

  • Da Redação
  • 26 Dez 2013
  • 16:46h

De acordo com dados da Polícia Civil, dos 417 municípios do Estado, há 141 sem delegados titulares, como é o caso de Jiquiriçá. A previsão é que, a partir do ano que vem, os 100 aprovados no último concurso comecem a ser chamados. No momento, o processo seletivo se encontra em fase de entrega de documentos. No ano que vem será feito o treinamento e a capacitação pela Academia de Polícia Civil (Acadepol). Os municípios com maior déficit terão prioridade, segundo a Polícia Civil. Das 27 cidades que integram a 4ª Coordenadoria de Polícia do Interior (4a Coorpin) em Santo Antônio de Jesus, além de Jiquiriçá, São Miguel das Matas também está sem titular na delegacia. Quando é preciso, o reforço chega das cidades vizinhas. Quando o Correio visitou as cidades no último dia 22, o delegado estava de férias e era substituído pela colega Aline Cristina Nogueira, de Ubaíra. O coordenador da 4ª Coorpin, delegado Paulo Roberto Guimarães, em Santo Antônio de Jesus, ficou satisfeito ao saber que duas cidades da região não registram homicídios há quase três anos, mas pediu reforço. “Jiquiriçá é uma cidade com menor número de ocorrências, então pedi ao delegado de lá para vir para cá, que precisa mais”.

Sequestro de Baiano que ganhou R$ 7,8 milhões na Mega-Sena ganha a mídia nacional

  • Informações do G1SP
  • 24 Dez 2013
  • 10:37h

Irmãos sequestrados foram libertados pela polícia na madrugada desta terça (Foto: Edison Temoteo/Futura Press/Estadão Conteúdo)

A polícia libertou na madrugada desta terça-feira (24) dois irmãos que foram sequestrados ainda na tarde da última segunda (23) na cidade de Guarulhos, região metropolitana de São Paulo. Um deles ganhou um prêmio da Mega-Sena no valor de R$ 7,8 milhões há cerca de três meses. Os dois são baianos e foram mantidos em cativeiro no bairro de Vila Galvão, na cidade paulista. Segundo o G1 São Paulo, os irmãos nasceram na Bahia e se preparavam para voltar de carro para o estado já nesta terça-feira (24). A vítima que ganhou o prêmio da loteria tinha R$5 mil reais em casa. Ele passou no banco na tarde desta segunda-feira (23) para sacar mais R$5 mil e por volta de meia hora depois ele teve a casa invadida por um casal armado. De acordo com a polícia, os dois irmãos foram  amarrados e amordaçados dentro da própria residência, no Parque Continental 2, em Guarulhos. Os criminosos levaram os dois irmãos em Mairiporã, também região metropolitana de São Paulo, e por volta de 20h foram para o cativeiro em Guarulhos. O objetivo deles era exigir R$ 500 mil de resgate. A polícia, que já investigava a quadrilha que faz parte de uma facção criminosa, interceptou informações sobre o sequestro em andamento e o local do cativeiro. Ainda segundo policiais do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), depois de cercar o cativeiro, localizado na avenida Pedro de Souza Lopes. os criminosos atiraram contra os policiais, que revidaram. Um dos sequestradores foi preso e outro morreu no confronto. As vítimas escaparam ilesas. Segundo a polícia, o feirante Saulo Moraes de Araujo, 25, tinha passagens por roubo e homicídio. Ele foi atingido e não resistiu aos ferimentos. O outro envolvido, o marceneiro Felipe Firmino Torres, 23, acabou detido. Os policiais apreenderam uma pistola.40 e um revólver calibre 32 com a dupla. Segundo a polícia, as investigações continuam para identificar outros envolvidos no crime.

Em série de reportagens sobre sedes da Copa, CNN apresenta Salvador como ‘capital dos assassinatos’

  • por Carol Prado
  • 23 Dez 2013
  • 15:04h

(Foto: Reprodução)

Em meio às já bastante conhecidas imagens de baianas de acarajé, rodas de capoeira e do Farol da Barra, o canal jornalístico norte-americano CNN apresentou Salvador aos telespectadores dos Estados Unidos como “a capital dos assassinatos”. A reportagem, que fez parte de uma série sobre as cidades-sede da Copa do Mundo de 2014, foi ao ar na última sexta-feira (20). Após citar tópicos para lá de clichês sobre a cultura local, a matéria mostra uma abordagem policial realizada dentro de um ônibus da cidade. Durante a ação, passageiros do sexo masculino são separados das mulheres e revistados na busca por armas e drogas. “Salvador é um destino turístico popular com belas praias, arquitetura colonial e um carnaval barulhento, mas que tem mostrado um lado negro recente. Nos últimos anos, uma onda de crimes a transformou na capital de assassinatos", define a repórter Shasta Darlington, no início do vídeo. Em seguida, moradores são entrevistados e destacam a criminalidade como o principal problema da cidade, em especial o tráfico de entorpecentes. O prefeito ACM Neto também é ouvido pela jornalista e diz que o número de ocorrências tem diminuído graças à repressão do governo. Segundo ele, o problema da violência está concentrado nas favelas soteropolitanas. "Estes crimes afetam os turistas? Eles acontecem em lugares onde os turistas vão? Não", afirmou o democrata à CNN. A emissora aborda ainda, durante a reportagem, questões ligadas ao transporte público e evidencia a inatividade do metrô de Salvador, que começou a ser construído há mais de 10 anos e até hoje não foi concluído. 

Mensagem de Natal da JUSPM

  • 22 Dez 2013
  • 09:44h

Édio Pereira presta homenagens ao seu filho que agora é primeiro tenente da Marinha Brasileira

  • Daniel Simurro / Brumado Urgente
  • 21 Dez 2013
  • 11:36h

O vereador Édio Pereira ao lado da esposa acompanhando a cerimônia (Foto: Reprodução Facebook)

Um dos maiores orgulhos de um pai é poder ver a realização de seus filhos, de saber que o sucesso é uma certeza e que os sonhos se tornaram realidade. O vereador Édio Pereira vive este clima e, agora, tem um motivo a mais para se orgulhar, já que o seu filho Clécio Leite, foi promovido a patente de primeiro tenente da Marinha Brasileira. Brumadense de alma e coração, Clécio Leite Pereira é uma prova de que a determinação e a busca de um sonho são possíveis. Ele que enfrentou o desafio de superar milhares de inscritos no Concurso da Marinha, ficou entre os dez primeiros colocados, orgulhando a capital do minério pelo seu feito digno de aplausos. No último dia 16 de dezembro, Clécio Leite foi promovido a patente de primeiro-tenente da Marinha Brasileira, mostrando que a sua carreira militar tem um futuro muito promissor. Ele declarou em seu perfil do Facebook que “Agradeço a Deus, minha família e a minha quase esposa, Paulinha, pela força e torcida, fundamentais para alcançar mais essa vitória. Ao olhar pra frente, para o futuro, continuarei trabalhando muito para conquistar também as patentes de Capitão, Capitão-de-Corveta (Major), Capitão-de-Fragata (Tenente-Coronel) e Capitão-de-Mar-e-Guerra”. O vereador Édio Pereira, juntamente com a sua esposa Cléria Leite Pereira, acompanharam a cerimônia de graduação em Salvador e muito orgulhoso afirmou que “sou um pai muito privilegiado em poder acompanhar um momento como esse, em ver meu filho se tornando primeiro-tenente da Marinha Brasileira. É um momento inesquecível que me enche de alegria e de satisfação”. 

Delegados do interior do Estado estão na bronca com o governador

  • A10
  • 21 Dez 2013
  • 07:45h

(Foto: Daniel Simurro / Brumado Urgente Conteúdo)

Os Delegados de Polícia mais antigos do interior do Estado da Bahia estão revoltados com o Governador Jaques Wagner pelo critério de promoção que o mesmo publicou nesta sexta-feira, 20/12/2013, no Diário Oficial da Bahia. De acordo com alguns Delegados, não foi usado o critério de merecimento, e sim, de apadrinhamento, uma vez que Delegados que já têm quase vinte anos no cargo não foram promovidos e que o percentual de oitenta por cento de promoção saiu para os Delegados da capital. Mesmo com uma liminar do Tribunal Tribunal de Justiça do Estado da Bahia suspendendo a publicação da promoção, houve uma desobediência por parte do Governo que nem chegou sequer a ouvir uma comissão criada pelos Delegados prejudicados. Segundo um Delegado que não quis se identificar, "o estranho é que os Delegados que foram promovidos são aqueles ocupam cargo de confiança na Secretaria da Segurança Pública em Salvador e foram eles próprios que fizeram a escolha da promoção", ou seja, eles mesmos se avaliaram, dando a entender que "farinha pouca, meu pirão primeiro". Segundo a Secretaria, nova lista de promoção vai sair no mês de abril de 2014. Os Delegados que não foram promovidos já estão com uma pulga atrás da orelha, tendo em vista que é ano eleitoral e eles podem ser novamente prejudicados com apadrinhamento político. 

Governo da Bahia entra no Cauc, fica com 'nome sujo’ e não pode receber dinheiro federal

  • por Sandro Freitas
  • 20 Dez 2013
  • 22:54h

Wagner e secretário da Fazenda, Manoel Vitório - Foto: Secom

Um dos maiores problemas enfrentados pela prefeitura desde o ano passado agora terá de ser encarado pelo governo da Bahia, que está no Cadastro Único de Convenientes, o famoso Cauc. Para quem não está familiarizado com o termo, a tradução mais fácil é a de que o Estado está com o "nome sujo na praça" e não pode receber recursos do governo federal, por exemplo, via convênios ou verbas destinadas por emendas parlamentares. Documentos obtidos pelo Bahia Notícias revelam que o governo baiano tem pendências no Tesouro Nacional em relação acontribuições previdenciárias. No registro (ver aqui) é possível observar no quesito Tributos e Contribuições – Regularidade quanto a Contribuições Previdenciárias a presença da sigla AC, que significa A Comprovar. O mesmo acontece no Registro de Prestação de Contas de Recursos Federais (ver aqui). As informações foram acessadas nesta quarta-feira (18). Após receber a denúncias, o BN consultou os dados da Bahia no Tesouro Nacional, disponíveis a qualquer cidadão, e comprovou que o Estado está com o nome sujo. 
 

No site do Tesouro Nacional consta uma explicação sobre a Regularidade Quanto a Contribuições Previdenciárias. “Conforme dados da Certidão Negativa de Débito, relativa às contribuições previdenciárias e às contribuições devidas, por lei, a terceiros, incluindo as inscrições em dívidas ativas do INSS”, explica o portal federal. Na consulta aparece o nome da Bahia com os dizeres: “Pedido com restrição”. Sendo assim, fica permitido apenas que o Executivo baiano receba recursos do governo federal através do PAC ou de do Regime Diferenciado de Contratação (RDC). No entanto, o mais utilizado é o convênio. O Estado já começou a sofrer com os problemas de ter o cadastro sujo, como acontece com consumidores inscritos no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) ou Serasa. Por causa do nome no Cauc, o governo foi impedido de receber um empréstimo de R$ 80 milhões do Banco Mundial, através do Prodetur. Além do governo, outras oito cidades baianas aparecem com bloqueios na Receita Federal.
 
 
O Bahia Notícias entrou em contato com a Secretaria Estadual da Fazenda e solicitou mais informações sobre as restrições, como valores ou possíveis problemas de documentação que tenham levado ao resultado no cadastro negativo, mas não obteve resposta da pasta. Em contato com o BN, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB) aproveitou a deixa para disparar contra o governo Jaques Wagner (PT). “Vejo os deputados lutando para conseguir recursos. Colocaram mais de R$ 600 milhões nas emendas, mas não adianta porque o governo não libera para quem está com o nome sujo. É um absurdo isso e termina prejudicando a Bahia e os baianos. O governo tem que zelar pelo bom nome da Bahia e facilitar que os recursos venham. Não adianta dizer que é do mesmo partido da presidente se não faz o dever de casa. Falta capacidade gerencial”, alfinetou o parlamentar, ao lembrar que o aliado – o prefeito ACM Neto (DEM) – decretou um contingenciamento em Salvador para tirar o Município do Cauc.

CONTINUE LENDO

Gasolina e gás de botijão subirão mais em 2013, diz BC

  • 20 Dez 2013
  • 11:04h

(Foto: Reprodução)

O Banco Central fez uma série de revisões, a maioria para cima, para os preços administrados em 2013. Apesar disso, a autoridade monetária reduziu a estimativa para esse conjunto de preços este ano de 1,8% para 1,3%. Segundo o Relatório Trimestral de Inflação (RTI) divulgado nesta sexta-feira (20) pelo Banco Central, a projeção de reajuste para o preço da gasolina subiu de 5% no documento anterior para 5,4% agora, depois do aumento promovido pela Petrobras. Outra mudança relevante foi a do aumento do gás de botijão, que passou de uma previsão de elevação de 2,5% este ano para 6,2%. No caso de telefonia fixa este ano, a previsão passou de -1% para -0,9%. Para os preços de eletricidade, porém, o BC manteve a previsão de queda de aproximadamente 16% em 2013. Para 2014, o BC manteve a expectativa de alta de 4,5% para os preços administrados, conforme já constava no RTI anterior. Para o acumulado do ano que vem, a projeção da autoridade monetária considera hipóteses de estabilidade dos preços da gasolina, do gás de botijão e das tarifas de telefonia fixa.

Mortes de PMs: Secretário pede 'imediata suspensão' de seleção e instaura inquérito

  • por Evilásio Júnior
  • 19 Dez 2013
  • 14:56h

(Foto: Reprodução)

O secretário de Segurança Pública do Estado, Maurício Barbosa, solicitou, nesta quinta-feira (19), a "imediata suspensão do processo seletivo" do Curso de Operações Policiais Especiais (Copes), no qual dois candidatos morreram e outros dois seguem internados após a realização de testes físicos na sede do Batalhão da Polícia de Choque da Polícia Militar, em Lauro de Freitas, na última segunda (16). O titular da SSP também informou que foi instaurado um inquérito interno para apurar o caso. "Temos que saber se houve excesso de ambas as partes, tanto se eles tomaram algum tipo de substância, devido ao nível de participação e concorrência, além do papel administrativo", pontuou Barbosa, em entrevista ao Bahia Notícias. De acordo com ele, a investigação irá não só aguardar o resultado do exame de toxicologia, como também coletar depoimentos de familiares e dos médicos que fizeram os primeiros atendimentos ao grupo. "Todos tinham atestado médico que os deixavam aptos. Outros policiais fizeram o teste e não tiveram problemas. A gente precisa avaliar as provas de laboratório e as informações. O resultado é muito amplo. Identificar determinadas substâncias tem que ser por exclusão", considerou o secretário, ao não estimar um prazo para que haja elucidações. "Queremos o mais rápido possível", completou.

Mais cedo, em entrevista à Rádio 100, o vereador Marco Prisco (PSDB), que é coordenador-geral da Associação dos Praças, Bombeiros e de seus Familiares (Aspra), informou que um dos hospitalizados, o tenente Joserrise Mesquita de Barros, 30 anos, teria sofrido "falência hepática" e estaria na "fila de transplantes do Hospital São Rafael", o que não foi confirmado nem pela SSP, nem pela PM, nem pela assessoria de imprensa da unidade de saúde, que justificou ao BN não ter "autorização familiar" para falar sobre o quadro do paciente. "Sabemos apenas que a situação é delicada", disse o secretário. A primeira morte aconteceu na última terça (17), quando o soldado Manoel dos Reis Freitas Júnior faleceu no Hospital Aeroporto. Na noite desta quarta, no mesmo local, também sucumbiu Luciano Fiuza de Santana, 29. Enquanto não há informações precisas sobre o estado de Joserrise, Paulo David Capinam, 26, deixou a UTI do São Rafael e pode ter alta hospitalar ainda nesta quinta. O Copes avaliou a aptidão física de 67 PMs. Durante uma das provas, a corrida de 10km, os quatro postulantes, lotados na 81° Companhia Independente de policiamento Especializado do Cerrado (Cipe), apresentaram sintomas de náusea.

CONTINUE LENDO

Morre segundo soldado que passou mal em teste para tropa de elite da PM

  • Informações do Correio
  • 19 Dez 2013
  • 07:25h

(Foto: Reprodução)

Morreu na noite desta quarta-feira (18) o segundo soldado da Polícia Militar que passou mal durante um teste físico para o Curso de Operações Policiais Especiais (Copes). Luciano Fiuza de Santana, 29 anos, que era lotado no 12º BPM (Camaçari), estava internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital do Aeroporto. Ele sofreu falência múltipla de órgãos. Em nota, a PM confirmou a morte "com pesar" e diz que o soldado Fiuza foi encaminhado ao hospital "após apresentar quadro de mal estar durante a realização do Teste de Habilidade Específica (THE), para ingresso no Copes". O corpo será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e informações sobre velório e sepultamento serão divulgadas assim que os familiares do militar definirem. O PM Manoel dos Reis Freiras Júnior, 34 anos, morreu na noite de ontem, também no Hospital do Aeroporto. Já o tenente Joserrise Mesquita de Barros Nascimento, 30 anos, da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE) Cerrado, está internado no Hospital São Rafael. Apesar do estado de saúde dele ser considerado grave, a equipe médica avaliou como estável o seu quadro.  O soldado Paulo David Capinam da Silva Pedro, 26 anos, lotado na 81ª CIPM/Itinga, tem previsão de alta médica para esta quarta-feira (18).

Os policiais também estão sendo acompanhados por oficiais médicos do quadro de saúde da PM, através do Serviço de Valorização Policial (SEVAP). Na nota, a PM esclarece que todos os candidatos que participaram do processo seletivo passaram por exames laboratoriais, cardiorrespiratórios e físicos, além de apresentarem laudo médico atestando sua capacidade física para a realização de atividades físicas de alto impacto. Um inquérito policial militar foi instaurado com o objetivo de investigar as causas do incidente que culminou na morte de um PM e na internação de mais três. Ao todo, 67 policiais participaram do teste, que previa ainda atividades como transposição de muro, subida no cabo vertical, transporte de carga e apneia na água.

Morte choca família Familiares do PM Manoel ficaram chocados com a notícia da morte. "Ele não tinha nenhum problema de saúde: não bebia, não fumava e era mais saudável que eu e você juntos", disse o irmão do PM, Toni Moreno. "Ele [Manoel] tinha se preparado para participar desse curso, e tinha feito todos os exames físicos e de sangue, e não tinha apresentado nenhum problema. Inclusive foi aprovado em outras etapas do processo antes da corrida". relata. "O mais estranho de tudo é que ele e os outros três PMs tiveram os mesmos sintomas", diz Toni, que acompanha o translado do corpo do soldado da capital para o interior. Lotado na 4ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Macaúbas) há dois anos, Manoel passou mal após participar, com outros 66 policiais, de uma corrida de 10 km - primeira etapa de treinamento para o Curso de Operações Policiais Especiais (Copes), no Batalhão de Polícia de Choque, em Lauro de Freitas, que capacita PMs para operações de alto risco.

CONTINUE LENDO

Associação quer que MP investigue circunstâncias de teste físico após morte de policial

  • Da Redação
  • 18 Dez 2013
  • 19:55h

A Associação dos Praças, Bombeiros e de seus familiares do Estado da Bahia (Aspra) anunciou que entrará nesta quarta-feira (18) com uma representação no Ministério Público da Bahia (MP-BA) para pedir que o órgão investigue as circunstâncias nas quais ocorreu o Teste de Habilidade Especifica (THE), que resultou na morte do policial Manoel dos Reis Freitas Júnior, da 4ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM). O soldado participava da seleção para fazer parte do Curso de Operações Policiais Especiais (Copes) – conhecido como o curso de “Caveiras” da Polícia Militar baiana. De acordo com a versão apresentada pela PM, Manoel passou mal em uma corrida de 10 km. “Não vamos tolerar este tipo de tratamento. Queremos saber quem estava a frente do teste, se havia profissionais de Educação Física”, disse o vereador Marco Prisco (PSDB), coordenador-geral da Aspra. Outros três policiais que participaram do teste estão internados.