BUSCA PELA CATEGORIA "Bahia"

Bahia: Pai, mãe e filho são mortos a tiros dentro de casa

  • 10 Jan 2019
  • 09:04h

Um idoso de 65 anos, a mulher dele, de 65, e o filho do casal, de 23, foram mortos a tiros, dentro de casa, na noite de terça-feira (8), no povoado de Fuchico Martezona, zona rural da cidade de Pé de Serra, a 220 km de Salvador.Segundo informações da Polícia Civil, os idosos foram identificados como João Graciliano dos Santos e Maria Paulinho Almeida, e o filho como Alex Almeida Santos.A polícia informou que vizinhos viram dois carros chegando na comunidade, vindo pela estrada que dá acesso ao município de Ipirá, que faz divisa com Pé de Serra. De acordo com a Polícia Civil, as investigações apontam que o filho do casal, que já foi preso em São Paulo e teve o irmão morto na mesma época, seria o alvo dos criminosos. O casal de idosos teria sido morto para não ser testemunha do crime. Segundo a polícia, o crime só foi comunicado às autoridades na madrugada desta quarta-feira (9). Os três corpos foram levados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Serrinha. O caso é investigado na delegacia de Pé de Serra.

Desempregada há 2 meses, contadora da BA cria currículo em lata de leite condensado para se destacar

  • G1
  • 09 Jan 2019
  • 14:11h

Foto: Reprodução/TV Bahia

Desempregada há dois meses, a contadora Lais Silva, de 26 anos, moradora de Salvador, recorreu à criatividade para se destacar entre outros candidatos a vagas de emprego. Ela criou um currículo em formato de rótulo de lata de leite condensado, para chamar a atenção dos contratantes. Assim como nos currículos tradicionais, a contadora coloca as qualidades, características, experiências e objetivos profissionais dela no rótulo da lata. Além disso, um QR Code estampado no rótulo da lata direciona a mais informações sobre ela. Além disso, o currículo também tem um toque de humor. No selo de garantia da lata de leite condensado, a contadora escreve: "o Ministério do Trabalho adverte, me contrate”. De acordo com Lais, o objetivo do currículo é provocar a curiosidade dos recrutadores. Para isso, a contadora investe mais dinheiro do que se ela fosse imprimir currículos normais. A cada 10 latas com currículo no rótulo, Lais gasta R$ 40, o que equivale a quatro vezes o valor que ela gastaria se imprimisse 10 currículos em papel comum, que custam, em média, R$ 1 cada. “Foi um marketing que eu pude utilizar, porque o leite condensado nos remete ao prazer, nos lembra o brigadeiro. Então, foi uma forma também bem pensada. O prazer de trabalhar, o prazer de estar com pessoas, fazer o que a gente gosta”, disse Lais.

Bahia: Preso por estupro, treinador de futebol que se passava por mulher em rede social é condenado a 18 anos

  • Blog do Rodrigo Ferraz
  • 09 Jan 2019
  • 08:09h

O treinador de futebol e professor de educação física Gilberto Júnior Rocha da Silva, conhecido como “Juninho”, 28 anos, foi condenado por estupro – real e virtual – e estelionato. Ele estava preso desde o final de maio de 2018, pelos crimes cometidos em 2016, em Eunápolis, sul da Bahia.Gilberto Júnior vai cumprir 18 anos, um mês e 10 dias de prisão, em regime fechado, no Conjunto Penal de Eunápolis. A condenação dele foi proferida na última quinta-feira (3). Segundo a polícia, cinco testemunhas, com idades entre 13 e 16 anos, contaram que ele usava um perfil falso no WhatsApp, com foto de uma menina. Gilberto conversava com os adolescentes, se passando por garota, e fazia com que eles mandassem fotos e vídeos com conteúdos íntimos. Depois, ele se encontrava com as vítimas e as chantageava. O acusado coagia os adolescentes para tocar nas partes íntimas e manter relações sexuais com ele, e ameaçava divulgar as fotos e vídeos caso os adolescentes negassem. Na casa dele, onde a polícia ainda cumpriu mandados de busca e apreensão, foram encontrados material contendo imagens pornográficas dos alunos.

Professora baiana acusa polícia da Espanha de racismo após ser impedida de entrar no país

  • G1
  • 09 Jan 2019
  • 07:11h

Foto: Reprodução/TV Santa Cruz

Uma professora baiana acusa a polícia da Espanha de racismo e violação dos direitos humanos, após ser deportada e impedida de entrar no país, em dezembro de 2018. O caso aconteceu quando Stella da Silva Lima foi passar as férias e o fim de ano com familiares, que moram na região da Cantábria.Stella foi recebida por uma equipe da Polícia de Fronteira da Espanha, no Aeroporto de Madrid, no dia 26 de dezembro. A mulher foi questionada sobre a forma que conseguiria passar os 30 dias no país. “Eles não aceitavam minhas justificativas. Eu não era considerada turista desde o primeiro momento. Eu fui tratada como criminosa desde o primeiro momento na Espanha”, disse Stella da Silva. A professora alega que mesmo com o passaporte, passagens de volta compradas, dinheiro trocado para o euro, seguro de viagem feito e uma carta convite feita pelo cunhado, que é espanhol, ela foi barrada. Stella suspeita que foi impedida pela funcionária da polícia por conta de racismo. A professora informou que a espanhola não acreditou quando ela informou que era funcionária pública. “Eu disse, eu sou funcionária pública, eu trabalho para o governo da Bahia, eu sou professora. E ela me indagou. Se você trabalhasse para o governo, você saberia que essa carta não é válida. Aí eu falei para ela: 'como assim trabalhasse para o governo, e por que essa carta não é válida'? É uma carta muito bem escrita, ela tem todas as informações", contou Stella. "Falando sempre muito alto, ela me disse, saia da fila e espere ali do lado que você vai passar por outra entrevista”, completou a professora. Mesmo após tentar comprovar que estava apta a entrar na Espanha, Stella foi impedida. A baiana voltou para Ipiaú no dia 29 de dezembro. Por conta da forma em que foi tratada, Stella Silva não pretende mais fazer viagem para o continente europeu. “Eu nunca imaginei que fosse passar por algo semelhante. É muito difícil pensar em voltar a Europa. Porque foi um pesadelo o tempo que eu estive lá", lamentou a professora. A baiana contratou o advogado brasileiro, Manoel Campos, especializado em direito internacional e uma defensora pública espanhola para buscar os direitos dela. Uma denúncia será feita no Ministério das Relações Exteriores e no Itamarati. “Não há uma justificativa plausível para que ela tenha sido barrada, o que nos leva a entender que houve uma violação dos direitos e um preconceito”, disse Manoel Campos. “Vamos denunciar perante o Ministério das Relações Exteriores, perante o Itamarati, para que nos explique a razão pelo qual um nacional está dentro de um país estrangeiro, onde tem um consulado e não pode contar com este serviço, com essa instituição. Fica à mercê, que foi o que aconteceu com ela", explicou o advogado brasileiro.A defensora pública espanhola afirmou que todas instâncias judiciais estão sendo comunicadas para entender os motivos do deportação de Stella. “Nós também temos uma queixa pendente que formulamos no Escritório Defensor do Povo, pois acreditamos que é importante que esse escritório se pronuncie sobre a atuação policial que Stella sofreu, já que Stella reunia todos e cada um dos requisitos para poder entrar na Espanha e aproveitar os dias que tinha de férias e de fim de ano”, disse a defensora espanhola. O Ministério das Relações Exteriores da Bahia informou que ainda não foi comunicado sobre o caso de Stella da Silva. Segundo o órgão, as medidas cabíveis serão tomadas após a queixa.

Bahia: Suspeito de matar professora trans a facadas é preso

  • Bahia Notícias
  • 08 Jan 2019
  • 20:27h

Foto: Divulgação

O suspeito de matar a professora trans da rede municipal, Sabrina Santos Vidal, na cidade de Taperoá, no baixo sul da Bahia, foi preso em uma fazenda na zona rural da mesma cidade, nesta terça-feira (8), por equipes da 5ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Valença. Vitor da Silva Santos, 21 anos, foi preso após ter o mandado de prisão decretado pela Justiça (lembre aqui). Ele estava foragido desde a última sexta-feira (4). A professora foi morta a facadas dentro de casa no dia 31 de dezembro do ano passado (veja aqui). De acordo com a polícia, ele mantinha um relacionamento com a vítima.

Bahia: Dez pessoas da mesma família são sequestradas em casa de praia

  • G1
  • 08 Jan 2019
  • 14:35h

Dez pessoas da mesma família foram sequestradas enquanto passavam as férias em uma casa de praia da cidade de Prado, no extremo sul da Bahia.De acordo com a polícia, entre as vítimas, cinco eram crianças. A família foi supreendida pelos criminosos no domingo (6) e levada para um cativeiro onde a localização não foi identificada pelas vítimas. A maior parte das pessoas só foi liberada por volta de 0h desta terça-feira (8), após pagamento de resgate. A família é de Itamaraju, também no extremo sul do estado e a cerca de 52 km de Prado. A polícia detalhou que na manhã de segunda-feira (7), três dos sequestrados foram liberados, entre eles um empresário. A liberação do homem ocorreu porque os sequestradores queriam que ele arrecadasse dinheiro para pagamento do resgate das outras sete pessoas, que ainda eram mantidas reféns. O homem conseguiu a quantia pedida pelos criminosos, que não foi revelada, e fez o pagamento. Não há detalhes de quantas pessoas participaram da ação. As sete vítimas foram liberadas em Itamaraju. De acordo com a Polícia Civil, o caso será investigado e as pessoas devem ser ouvidas nesta terça-feira.

Das sete apostas vencedoras da Mega da Virada na Bahia, somente um ganhador ainda não retirou o prêmio

  • G1
  • 08 Jan 2019
  • 10:07h

Das sete apostas vencedoras da Mega da Virada na Bahia, apenas uma não retirou o prêmio, até o fim da tarde desta segunda-feira (7). As informações foram confirmadas ao G1 pela Caixa Econômica Federal. O vencedor que ainda não fez o resgate da bolada é da cidade de Euclides da Cunha, que fica a cerca de 315 km de Salvador. Outros dois jogos premiados também foram feitos na cidade, mas em dois estabelecimentos diferentes. As dezenas 05 - 10 - 12 - 18 - 25 - 33 foram sorteadas na noite de 31 de dezembro de 2018. Cada aposta levou R$ 5.818.007,36. Um dos jogos vencedores no estado foi um bolão com 10 cotas, feito na capital baiana. Com o prêmio dividido, cada um dos participantes do bolao levará R$ 581.800,73. Os outros jogos foram feitos nas cidades de Feira de Santana, Mata de São João e Valença. Segundo a Caixa Econômica, uma das apostas foi feita no portal Loterias Online. A Caixa não detalhou em qual das três cidades o jogo online foi feito, mas disse que o prêmio já foi resgatado. Os primeiros a retirarem o prêmio foram o apostador de Valença, no baixo Sul da Bahia, e o dono de uma das cotas do bolão de Salvador. O resgate foi feito no dia 2 de janeiro.

Bahia: Homem é morto a facadas após defender sogra em briga com companheiro

  • G1
  • 08 Jan 2019
  • 09:08h

Um homem de 28 anos foi morto a facadas após defender a sogra em uma briga, no bairro do Alto da Terezinha, no subúrbio de Salvador, na noite de domingo (6). O suspeito do crime é o companheiro da mulher, que fugiu logo após golpear a vítima. Até o início da noite desta segunda (7) ele não havia sido preso. A namorada do rapaz, enteada do suspeito, ficou ferida na mão durante o ataque. De acordo com a Polícia Civil, Tiago Amaral dos Santos estava com a jovem, a sogra e o companheiro dela, em uma reunião familiar na casa do suspeito. Os três não tiveram as identidades reveladas. À polícia, a namorada de Tiago contou que o padrasto e a mãe começaram uma discussão. Tiago resolveu intervir na briga, quando o suspeito passou a xingar a sogra. O homem então, pegou uma faca e golpeou Tiago várias vezes. Segundo a polícia, a namorada da vítima se feriu ao tentar apartar a confusão. Equipes da Polícia Militar foram acionadas e socorreram Tiago e a namorada para o Hospital do Subúrbio. De acordo com a Polícia Civil, a vítima ainda chegou com vida à unidade, mas morreu pouco tempo depois. O estado de saúde da namorada de Tiago não foi divulgado. O suspeito fugiu logo após o ataque, levando a faca usada no crime. Equipes da PM e do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) fizeram rondas para tentar localizá-lo, mas, até agora, ele não foi localizado. O caso é investigado pela 3ª Delegacia de Homicídios.

  •  

Faustão nega que crítica política fosse direcionada a Bolsonaro; Assista

  • Correio24h
  • 08 Jan 2019
  • 07:11h

Fausto Silva causou polêmica nas redes sociais na noite de domingo, 6, enquanto apresentava o programa Domingão do Faustão, da TV Globo.Em crítica à política brasileira, o apresentador afirmou, sem citar nomes, que o "imbecil que está lá e não devia estar" é um idiota que está "ferrando todo mundo". Internautas, contra e a favor, associaram a frase ao presidente Jair Bolsonaro. No entanto, em 2018, a TV Globo já havia gravado as edições de 6 a 13 de janeiro do programa - período em que Michel Temer estava na Presidência.  Na tarde desta segunda-feira, 7, o apresentador se manifestou sobre a repercussão de sua fala em um vídeo enviado ao colunista Flávio Ricco, do Uol. Nele, Faustão nega ter direcionado suas críticas a Bolsonaro. "Em nenhum momento eu falei a respeito do atual presidente, muito menos dos eleitores, no termo "imbecil. [...] Usei para explicar que, muitas vezes, um político imbecil, que não está preparado pra ser eleito, não sabe por que está lá, acaba entrando nessa onda da vaidade e esquece dos problemas do País.""Como estamos em novos ares, ou pelo menos com expectativa, o que a gente espera é que todo mundo reze para que os novos políticos eleitos, deputados, senadores, governadores, presidente da república, ministros indicados, tenham consciência dos verdadeiros problemas do Brasil."

Com pontos na testa e hematomas no rosto, advogada denuncia ex-namorado DJ por agressão na BA

  • G1
  • 07 Jan 2019
  • 18:09h

Foto: Vanderson Nascimento/TV Bahia

A bacharel em direito Juliana Galdino, de 26 anos, denunciou na Delegacia da Mulher, em Salvador, a agressão que sofreu do ex-namorado, João René Espinheira Moreira, de 33 anos, conhecido como DJ John Oliver. Com hematomas no rosto e pontos na testa por conta de um corte que teve durante as agressões do ex, Juliana conta que, na madrugada de sexta (4) para sábado (5), foi agredida com murros, chutes e pontapés. Juliana registrou o caso na Deam no sábado. A Polícia Civil informou que a medida protetiva foi solicitada e concedida pela Justiça. Em entrevista ao G1, Juliana disse que ela e João moravam juntos há cerca de dois anos, mas estavam terminados há um mês. A advogada detalhou que, no último sábado, o ex-namorado, que não aceitava o fim do relacionamento a chamou para uma conversa e ela aceitou. O encontro foi na casa da mãe dela, no bairro da Pituba, na capital baiana. "Ele falou em tentar reatar o relacionamento, eu disse que era melhor não, que era melhor cada um seguir sua vida, mas que não precisava manter clima de inimizade", disse. Juliana estava sozinha pois a mãe estava em Guarajuba, praia do Litoral Norte da Bahia. No apartamento em Salvador, Juliana e João tentaram conversar, quando aconteceram as agressões. "Ele falou que estava apertado, insistiu para ir ao banheiro. Abri a porta para ele ir ao banheiro e foi quando ele partiu para me agredir. Foi soco, pontapé, murro, ele jogou um vidro do banheiro na minha cabeça, que fez esse corte, e apertou meu pescoço. Foi uma cena de horror", contou.

Bahia: Dono de metalúrgica morre carbonizado após carro bater em trem na BA-493

  • G1
  • 07 Jan 2019
  • 15:17h

Foto: Portal Bahia 10

Um homem, dono de uma metalúrgica, morreu carbonizado após uma batida entre um carro e um trem, na BA-493, entre as cidades de Santa Terezinha e Itatim, a cerca de 200 quilômetros de Salvador.Segundo informações da Polícia Militar (PM), a vítima, identificada como Renilson da Silva Santos, não conseguiu frear o veículo e bateu em um trem, que cruzava a estrada, na tarde de sábado (5). A PM informou que uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local, mas a vítima morreu na hora. Policiais militares também estiveram na rodovia. De acordo com a PM, o carro de Renilson pegou fogo após a batida e ficou destruído. Populares ajudaram a apagar as chamas. Renilson morava no município de Castro Alves, no Recôncavo Baiano. Não há informações sobre o velório e sepultamento da vítima.

Foto: Portal Bahia 10

Governador Rui Costa não descarta enviar mais policiais baianos para o Ceará

  • 07 Jan 2019
  • 13:11h

Foto: GOV/BA

O governador Rui Costa (PT) não descartou, na manhã desta segunda-feira (7), a hipótese de enviar mais policiais militares para atuar no Ceará, que vive uma onda de violência desde a última quarta-feira (2).“Vamos avaliar. A informação que tenho é que está diminuindo o número de ataques com a chegada da Força Nacional e dos homens da Bahia. Espero que chegue a zero com a ação. E, talvez, não precise de mais policiais”, declarou, durante entrega do novo Posto SAC, que irá funcionar no Shopping da Bahia. No final de semana, a Bahia enviou para o estado 100 policiais militares, conforme o Diário Oficial. A medida foi criticada pela oposição, que acredita que o estado ficará “desfalcado” (veja aqui). O governador rebateu as declarações, e explicou por que decidiu enviar o reforço ao estado nordestino (entenda aqui).

Bahia: Adolescente de 13 anos é agredida por ex-namorado e sofre ferimentos no rosto; suspeito ameaçou menina de morte

  • G1
  • 07 Jan 2019
  • 12:05h

Uma adolescente de 13 anos foi agredida com socos e chutes pelo ex-namorado, no domingo (6), na Prainha, em Teixeira de Freitas, no sul da Bahia. A Prainha é uma trecho do Rio Itanhém, usado por moradores como local de lazer. De acordo com informações da Polícia Civil, a adolescente estava no local com familiares e amigos, quando o ex-namorado de prenome Matheus chegou e começou a discutir com ela e a agrediu. A menina sofreu diversos ferimentos no rosto. A mãe da adolescente de imediato a levou até a delegacia, onde foi registrada a ocorrência. Após registrou do caso, a adolescente foi levada para o hospital e realizou exames que compravaram a agressão. Testemunhas contaram à polícia que enquanto a adolescente registrava a queixa, o ex- namorado passava de moto pela delegacia ameaçando matá-la. Policiais foram em busca do rapaz, no bairro Ramalho, mas não o encontrou. O caso será investigado pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam).

Bahia coloca 100 policiais militares à disposição do Ceará para conter onda de violência

  • Bahia Notícias
  • 06 Jan 2019
  • 17:11h

Foto: Manu Dias / GOVBA

O governo da Bahia colocou 100 policiais militares à disposição do governo do Ceará até 20 de janeiro para combater a onda de violência que atinge o estado nos últimos dias. O decreto assinado pelo governador Rui Costa foi publicado na edição deste sábado do Diário Oficial do Estado com a relação de PMs que serão enviados. Assim como Rui, o governador do Ceará, Camilo Santana, é filiado ao PT. O gestor baiano já havia anunciado nesta sexta-feira (4) que prestaria apoio ao estado nordestino com o envio de tropas especializadas (veja mais). Esta semana, o Ceará registrou diversos ataques criminosos, voltados especialmente a ônibus e prédios públicos.

Chapada Diamantina: Vídeo mostra momento do acidente que deixou 6 pessoas mortas; assista

  • 05 Jan 2019
  • 14:04h

Foto: Nilson Santos/Blog Liberdade Bom Sucesso

Um vídeo gravado por uma câmera de segurança mostra o momento em que a carreta que provocou a batida com 6 mortos, na Bahia, capota e atinge um dos carros envolvidos no acidente.O caso ocorreu em um trecho urbano da BR-242, na cidade de Seabra, na Chapada Diamantina, na quinta-feira (3). O carro que aparece nas imagens estava estacionado e foi o último a ser atingido pela carreta. Antes, o veículo bateu em um micro-ônibus e em um outro carro. No vídeo, é possível observar a gravidade do acidente. Em menos de cinco segundos, a carreta aparece nas imagens, capota algumas vezes, atinge o carro e some do alcance da câmera. As imagens mostram, ainda, que um ônibus passava na rodovia no momento em que ocorreu a batida. O veículo passa ao lado do carro atingido pela carreta. De acordo com a Polícia Civil, o acidente ocorreu por volta 9h de quinta-feira, na entrada da cidade de Seabra. À polícia, testemunhas relataram que a carreta, que saiu de Barreiras, no oeste da Bahia, perdeu o freio após descer uma ladeira, o que teria provocado o acidente. A polícia disse, no entanto, que as causas do acidente só poderão ser apontadas quando a perícia for concluída. As seis vítimas mortas viajavam no micro-ônibus. O coletivo transportava 40 pessoas da mesma família. O grupo retornava para casa após uma festa de família realizada para comemorar a chegada do ano novo. Momentos antes do acidente os passageiros fizeram uma selfie. O marido de uma das pessoas mortas, Renaldo de Souza Lima, falou que desistiu de viajar após mau pressentimento. “Meu coração pediu que eu não fosse. Eu também senti por eles, que não era boa essa viagem, que já viajaram no ano passado, só que eles tinham vontade e eu não queria atrapalhar a vontade deles”, disse Renaldo.