BUSCA PELA CATEGORIA "Bahia"

Polícia mata quase uma pessoa por dia na Bahia

  • Informações do Correio
  • 07 Nov 2013
  • 17:44h

“A polícia de um modo geral tem um grau de letalidade grande e histórico, pois não temos o hábito do uso de armas não letais. Temos a cultura da arma de fogo”, diz especialista | FOTO: Reprodução |

A polícia baiana é a que, em números relativos, mais matou em 2012. Ao todo, foram 344 pessoas mortas em confrontos com as polícias Civil e Militar, o que dá uma taxa de 2,4 mortes por cada 100 mil habitantes. Em São Paulo, onde a polícia matou 563 pessoas, a taxa é de 1,3. Na Bahia, a PM registrou 284 autos de resistência seguidos de morte no passado, enquanto a Polícia Civil contabilizou 60 casos. A soma indica quase uma morte por dia no ano. Os dados fazem parte do 7º Anuário Brasileiro de Segurança Pública do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), publicado ontem. Na avaliação do secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, os números da Bahia são elevados porque são fornecidos com “lisura”. “Dos 19 estados do grupo que fornece dados confiáveis, somente nove, entre eles a Bahia, registraram as informações (das mortes em confronto com a polícia). É comparar o igual aos desiguais. Tem estado que não quer fornecer os dados e quem fornece, e com lisura, é penalizado”, argumentou Barbosa, sem entrar no mérito sobre atuação dos policiais. Já o coronel Antônio Jorge Ferreira Melo, pesquisador do Programa de Gestão e Estudo de Segurança Pública da Ufba, observa que é preciso diferenciar os verdadeiros confrontos das execuções. “Tem que se apurar se esses confrontos não foram armados. Hoje, a violência está gratuita. A polícia de um modo geral tem um grau de letalidade grande e histórico, pois não temos o hábito do uso de armas não letais. Temos a cultura da arma de fogo”. O especialista, entretanto, fez uma ponderação: “Hoje, a população tem facilidade de se armar e qualquer boca de fumo tem uma guarda armada, então existem confrontos”. De acordo com o anuário, em 2012 houve uma queda no número de policiais militares mortos em serviço na Bahia: foram três registros contra seis em 2011. Mas, com os PMs fora de serviço, a situação é inversa. As mortes cresceram de uma em 2011 para 23 em 2012. Em relação aos policiais civis, foram contabilizadas três mortes fora de serviço no ano passado e nenhuma em 2011. Com os policiais em serviço, não houve registros de morte em 2012. No ano anterior, foram quatro assaltos.

Tanhaçu e Malhada de Pedras receberão a visita do governador nesta sexta-feira (08)

  • Brumado Urgente
  • 07 Nov 2013
  • 16:05h

(Foto: Daniel Simurro / Brumado Urgente)

O governador Jaques Wagner visitará, nesta sexta-feira (8), os municípios de Tanhaçu e Malhada de Pedras, no Sudoeste Baiano, onde inaugurará várias obras que beneficiarão a população dos distritos e povoados dos dois municípios. Em Tanhaçu, às 9 horas, o governador inaugura a iluminação pública e quadra coberta do distrito de Sussuarana, a quadra poliesportiva do povoado de Tucum, além de fazer a entrega da pavimentação em paralelepípedo e passeio e duas unidades de Saúde da Família na sede municipal e no distrito de Sussuarana. Foram investidos nestas obras o montante de R$ 1,38 milhão. Já em Malhada de Pedras, às 11 horas, Wagner inaugura a ampliação do sistema de abastecimento de água, cujo investimento foi da ordem de R$ 2,03 milhões, e entrega duas praças à população, Monsenhor Antonio Fagundes e a Quadrangular, onde foram investidos um total de R$ 400 mil.  

BR 116: Acidente entre caminhão e van deixa 4 mortos e 12 feridos

  • Informações do Blog Marcos Frahm
  • 07 Nov 2013
  • 11:59h

(Fotos: Marcos Frahm)

Um acidente grave ocorreu na madrugada desta quinta-feira (7) na BR-116. Informações apuradas no local pelo Blog Marcos Frahm, revelam que um veículo van, com placa NMJ-6536, de Santana do Ipanema (AL), bateu frontalmente com um caminhão-baú Volkswagen de placa CYR-5689 de São Paulo, na altura do Km 646, trecho conhecido como ”Serra do Mutum”. A van que saiu de Louveira (São Paulo) seguia para Alagoas transportando 16 pessoas; quatro morreram no local e 12 sofreram ferimentos, sendo levadas por equipes do Samu, Via Bahia e 8º Grupamento do Corpo de Bombeiros de Jequié ao Hospital Geral Prado Valadares. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, 2 crianças que estavam na van também ficaram feridas. O motorista do caminhão sofreu lesões graves e foi encaminhado ao HGPV. O acidente aconteceu por volta das 04h30 de hoje e o trânsito permanece congestionado nos dois sentidos da rodovia entre Jaguaquara e Jequié. Os corpos das vítimas fatais já foram encaminhados ao Departamento de Polícia Técnica e a identidade das pessoas ainda não foi revelada. 

Agora foi a vez do promotor entrar para o clube dos assaltados

  • Informações do Bocão News
  • 07 Nov 2013
  • 10:52h

O promotor do Ministério Público da Bahia, Aurisvaldo Sampaio, acabou entrando para o "clube das autoridades assaltadas". Ele divulgou o caso em seu perfil pessoal do Facebook na madrugada de quinta-feira (7), onde relatou que perdeu o celular e um relógio. Sampaio tranquilizou os amigos dizendo que está bem, mas que “o dano maior foi na minha dignidade”, escreveu. O caso chama atenção porque só nesta semana duas pessoas envolvidas com a segurança pública e combate a violência foram assaltadas: o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alfredo Castro e o apresentador Mário Kertész, grande comunicador e ex-prefeito da capital baiana. 

Entrou para o Clube: Comandante Geral da PM é assaltado

  • Da Redação
  • 07 Nov 2013
  • 09:16h

(Foto: Reprodução)

Já foram assaltados recentemente em Salvador o ex-prefeito e radialista Mário Kertész, o secretário José Carlos Aleluia e agora o comandante-geral da Polícia Militar da Bahia, coronel Alfredo Castro. O assalto aconteceu na manhã desta 4ª feira (6) na orla de Salvador, nas proximidades do bairro da Boca do Rio. O comandante Castro fazia caminhada na orla quando foi abordado por um homem, que chegou em uma bicicleta. O assaltante levou o celular do comandante-geral. O Estado da Bahia está entre os mais violentos do Brasil. Falta ao Governo Jaques Wagner uma política eficaz no combate a violência.

Morre em Salvador o cliente que foi baleado durante assalto a banco em Mucugê

  • As informações são do Correio 24h.
  • 07 Nov 2013
  • 08:46h

Os bandidos assaltaram o banco e atingiram populares com disparos. Duas pessoas seguem internadas no Hospital Augusta Medrado Matos em Mucugê | FOTO: Divulgação/Polícia Militar |

Um cliente baleado durante o assalto à agência do Banco de Brasil de Mucugê, na Chapada Diamantina, na manhã desta terça-feira (6) morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, nesta tarde. Segundo informações da polícia, Paulo Batista Alves, 36 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu pouco depois de dar entrada na unidade de saúde. Ele, que fez aniversário há 3 dias, era o ferido com mais gravidade. Outras duas pessoas seguem internadas no Hospital Augusta Medrado Matos em Mucugê – Veraiulza Silva Ferreira e Orlando Santos Silva estão em observação e a princípio não correm risco de morrer. 

Segundo a delegada Veronice Santos da Silva, de Mucugê, Paulo era morador da região de Ibicoara, também na Chapada Diamantina, e estava na agência para fazer a renovação de um cartão. “Por ser a maior agência aqui da região, muita gente de outras cidades vem aqui para alguns serviços”, explica a delegada ao site Correio 24h. Nenhum suspeito pelo assalto foi preso até o momento. Segundo a delegada, todos os reféns já foram liberados, mas as buscas seguem esta noite de quarta e na quinta (7) devem ser reforçadas com um helicóptero. Ela não sabe exatamente quanto foi roubado. “Eu sei que foi uma quantia vultosa. A região é rica, tem atividade agropecuária, empresas”, diz. A delegada cita o cordão humano feito pelos ladrões e diz que “foi uma situação de pânico” na cidade. “As buscas vão continuar. Toda polícia se empenhou e está empenhada em encontrar os suspeitos”, afirma. Segundo a polícia, a quadrilha com cerca de oito homens chegou no local antes da abertura da agência. Eles formaram um cordão humano usando reféns para impedir a ação da polícia. Dentro do banco, os bandidos tiveram acesso ao cofre, onde pegaram dinheiro e fugiram levando alguns reféns. O valor roubado ainda não foi informado. Por conta da ação dos assaltantes, o comércio da cidade fechou as portas. “A cidade ficou chocada com o acontecido, os donos de estabelecimento fecharam as portas. Acho que, mesmo se o comércio estivesse aberto, não teria clientes”, comentou o morador José Gruli, dono de um mercadinho em Mucugê.Ele ainda conta que um clima de tensão tomou conta da cidade e que muitos moradores foram visitar os feridos no hospital onde eles estão internados. Ainda de acordo com a polícia, a quadrilha saiu da cidade por uma estrada vicinal em direção a Boninal. Eles usaram um carro Corsa prata e uma picape de cor escura, que colidiu durante a perseguição. Um refém foi amarrado ao teto de um dos veículos para impedir que a polícia atirasse na direção deles e impedisse a fuga. 

CONTINUE LENDO

Chapada: Vídeo mostra momentos de terror durante assalto a banco em Mucugê

  • Com informações do jornal A Tarde.
  • 07 Nov 2013
  • 08:17h

Caminhão foi utilizado para impedir fuga, mas bandidos obrigaram reféns a empurrar | Foto: Reprodução / Youtube / Deodato Alcântara |

Um vídeo publicado no YouTube mostra os momentos de terror vividos em Mucugê durante assalto nesta quarta-feira (6). O ataque à agência do Banco do Brasil da cidade da Chapada Diamantina causou pânico e quatro pessoas foram baleadas. Pelos menos 10 bandidos participaram da ação. Durante a fuga, um caminhão foi colocado na saída da cidade para dificultar a fuga dos bandidos, mas eles obrigaram os reféns a empurrar o veículo para uma ribanceira. As imagens do vídeo são fortes e mostram gente baleada e sangue. Ninguém morreu, segundo informações da cidade, mas se você prefere não ver, basta não dar play. As imagens são de Ailton Novaes, mas foram publicadas pelo jornalista do A Tarde, Deodato Alcântara, em seu canal no Youtube. Um refém que foi levado por assaltantes, após o roubo foi encontrado no início da tarde no distrito de Nova Colina, na cidade de Boninal, também na região da Chapada, informou a 42ª CIPM – Lençóis. A polícia não sabe se há outros reféns em poder dos assaltantes e a perseguição aos suspeitos continua. 

Universidades estaduais realizam paralisação de 24 horas

  • Informações do G1
  • 07 Nov 2013
  • 08:03h

As atividades da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) foram paralisadas nesta quinta-feira (7). Segundo a Associação dos Docentes da Uneb (Aduneb), a ação tem como um dos objetivo denunciar o déficit orçamentário das instituições. Os docentes reivindicam 7% de Receita Líquida de Impostos (RLI). Os trabalhadores afirmam que a RLI é necessária para suprir as demandas de expansão dos cursos de graduação pós-graduação, pesquisa, extensão, ampliação dos programas de permanência estudantil, elaboração do plano de cargos e salários do segmento técnico-administrativo, entre outros pontos. De acordo com a Aduneb, a paralisação tem como objetivo também chamar a atenção para o corte orçamentário de R$ 12 milhões, quee staria previsto para 2014. A associação informou que somente na Uneb a redução será de R$ 2,88 milhões. 

TCU recomenda imediata paralisação do trecho da Fiol entre Caetité / Barreiras

  • Com informações da Agência Estado.
  • 06 Nov 2013
  • 18:17h

O Tribunal de Contas da União (TCU) recomendou, nesta quarta-feira (6), a paralisação de quatro obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), entre elas o trecho da Ferrovia Oeste-Leste (Fiol) que vai de Caetité, município do sudoeste baiano, a Barreiras, no extremo-oeste. A medida só é aplicada em casos nos quais haja potencial risco de prejuízo ao governo ou a terceiros. Cabe ao Congresso Nacional aceitar ou não a sugestão e estabelecer a suspensão dos trabalhos. Além da Fiol, foram encontradas irregularidades na construção da Ferrovia Norte-Sul e da ponte sobre o Rio Araguaia, ambas em Tocantins, e na implantação e pavimentação da BR-488, no Rio Grande do Sul. Todas as obras já haviam recebido a mesma recomendação do tribunal em fiscalização feita em 2012. No caso da ferrovia baiana, o principal problema apontado foi a deficiência do projeto básico. O tribunal pediu ainda a retenção parcial do repasse de recursos para outras seis obras do PAC. São elas: trens urbanos de Salvador (BA); Canal do Sertão (AL);  trens urbanos de Fortaleza (CE); trecho da Ferrovia Norte-Sul em Goiás; construção da refinaria Abreu e Lima em Recife (PE); e projetos de infraestrutura hídrica e da adutora Pirapama (PE). 

Sabotagem: Entrevista de Wagner vira notícia-crime na Polícia Civil

  • Informações do Pimenta da Muqueca
  • 06 Nov 2013
  • 17:14h

(Foto: Daniel Simurro / Brumado Urgente)

A transmissão da Rádio Difusora de Itabuna foi interrompida, nesta terça-feira (5), minutos antes de uma entrevista ao vivo com o governador Jaques Wagner (PT). De acordo com informações do site Pimenta na Muqueca, a direção da emissora, que registrou notícia-crime na Polícia Civil e na Polícia Federal, suspeita que houve ato de vandalismo. Um ex-funcionário da Difusora pode estar envolvido. A entrevista com o governador, que iria ao ar às 12h, chegou a ser realizada, mas só irá ao ar nesta quarta (6). A transmissão da rádio somente voltou ao normal por volta das 17h, após reparos feitos por técnicos da empresa e da operadora Oi. Segundo a emissora, houve confirmação da sabotagem, porque um fio de sua linha de transmissão foi cortado.

Receita Federal deflagra operação "Protocolo Fantasma"

  • 06 Nov 2013
  • 15:08h

(Foto: Reprodução)

A operação “Protocolo Fantasma” foi deflagrada na manhã desta quarta-feira, 6, desmontando um esquema de fraude contra o Fisco. O prejuízo aos cofres públicos pelo não recolhimento dos tributos devidos, caso as fraudes fossem concretizadas, poderia chegar a R$ 1 bilhão, informa a Receita Federal. A ação, que está sendo efetuada simultaneamente em 9 municípios paulistas, foi elaborada em conjunto pela Receita Federal, Polícia Federal e Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN). O caso teve foco na atuação de organização criminosa responsável pela inserção de informações falsas em declarações, com o objetivo de reduzir ou eliminar ilegalmente, dívidas tributárias. Foi escolhido o nome “Protocolo Fantasma” para a operação em alusão à tentativa de utilização de processos administrativos fictícios pela organização criminosa. Foram expedidos, pela Justiça Federal, 14 mandados de prisão e 54 mandados de busca e apreensão em residências, empresas supostamente ligadas à organização criminosa e em órgãos públicos. Participam dessa operação 220 policiais federais, 35 servidores da Receita Federal e 6 servidores da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional. 

O ano de 2013 se encerrará com número recorde de eleições suplementares

  • Informações da Folha de São Paulo
  • 06 Nov 2013
  • 07:36h

O Brasil deve fechar o ano de 2013 com o maior número de eleições suplementares da história. Segundo calendário do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), já foram realizadas 59 votações. Outras 18 estão marcadas para novembro e dezembro. Caso não haja ações quem impeçam a realização das novas eleições, serão 77 este ano. As eleições suplementares são realizadas quando um prefeito eleito é afastado em definitivo pela Justiça, e uma nova votação direta é marcada. Até então, o ano com maior número de eleições suplementares tinha sido o de 2009, quando foram realizadas 70 novas eleições. Nos quatro anos da legislatura passada foram 163 votações, um recorde, segundo especialistas consultados pelo UOL. A região com maior quantidade de eleições é o Sudeste, com 24 municípios com novas eleições realizadas ou marcadas para este ano. Em seguida vem o Sul, com outras 21. São e Rio Grande Sul lideram a lista de Estados, com 13 eleições. 

Futuro da FIOL em Brumado e região será objeto de Audiência no Legislativo

  • Daniel Simurro / Brumado Urgente
  • 05 Nov 2013
  • 16:45h

(Imagem Ilustrativa: Composição Brumado Urgente)

A FIOL – Ferrovia de Integração Oeste Leste foi considerada, no primeiro momento, como a grande redenção para inúmeras cidades da Bahia, já que ela iria criar milhares de postos de trabalho e promover um grande salto qualitativo na economia das cidades. Lançada com a pompa das obras faraônicas a “ferrovia dos sonhos”, mesmo antes de se ensaiar o toque do “apito da locomotiva”, esbarrou na corrupção, a qual teve na figura do ilustre José Francisco das Neves, o ilustre Zuquinha, seu protagonista, o qual foi substituído pelos rigores do Planalto, sendo acusado de se beneficiar de um esquema de compra e venda de propriedades que beiravam a ferrovia. Zuquinha que foi trazido na época pela deputada Ivana Bastos (PSD) a Brumado, acabou sendo esquecido, mas ficaram as incertezas sobre o que seria do futuro da FIOL. 

Atualmente, após paralisações e retomadas, o Lote 4, que corresponde ao trecho de Brumado, teve avanços significativos e a obra, segundo informações, já estaria com o referido trecho perto de ser concluído. Agora, novas incertezas voltam à cena, pois os cerca de dois mil postos de trabalho que foram gerados deverão ser parte do passado num futuro não muito distante e o que será desses “viúvos da Fiol”?; já que ainda a oferta de emprego é muito baixa em Brumado e região. Segundo informações colhidas pela nossa equipe os cerca de 500 funcionários que atuavam na fábrica de dormentes no Distrito de Ubiraçaba devem ser desligados dos quadros do consórcio comandado pela empresa Andrade Gutierrez, já que a quantidade de dormentes necessárias para o trecho já foi obtida. A reação poderá ser em cadeia, já que a economia local foi muito beneficiada com a FIOL, mas, ao que tudo indica o “o patê já foi passado no pão” e agora só deverá restar a “margarina do final de festa”. Visando esclarecer esses temores, será realizada no próximo dia (21) na sede da Câmara de Vereadores de Brumado uma Audiência Pública com o tema Fiol: Críticas, Sugestões e Compensações. Estarão presentes deputados que compõe a Comissão Especial da Fiol, os quais irão aproveitar e fazer também uma visita ao canteiro de obras. Fará parte da comitiva um representante da Valec que irá esclarecer as dúvidas e responder aos questionamentos dos participantes da AP. Os interessados deverão comparecer ao evento, para que as incertezas sejam dissipadas e fique esclarecido qual será o futuro da Ferrovia de Integração Oeste Leste em Brumado; se agora só resta esperar a colocação dos trilhos e apito do trem, ou novos investimentos ainda serão aplicados para o município e se haverá ou não a tão propalada compensação. 

CONTINUE LENDO

CNJ determina afastamento de presidente e ex-presidente do TJ-BA

  • por Cláudia Cardozo
  • 05 Nov 2013
  • 15:24h

(Foto: Reprodução)

O Plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu pela abertura de um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) contra o presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), desembargador Mario Alberto Hirs, e contra a ex-presidente da Corte baiana, Telma Britto. O pleno ainda decidiu, por maioria dos votos, pelo afastamento dos desembargadores de suas funções até a conclusão do PAD. Dos 15 conselheiros, apenas quatro votaram contra o afastamento dos magistrados. Os conselheiros também decidiram que os autos deverão ser remetidos ao Ministério Público da Bahia (MP-BA), ao Ministério Público Federal (MPF) e a seccional baiana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA), para que apurem supostos casos de improbidade administrativa sobre o pagamento dos precatórios investigados em sindicância da Corregedoria Nacional de Justiça.

Tribunal de Justiça chega ao fundo do poço

  • Por Samuel Celestino / Bahia Notícias
  • 05 Nov 2013
  • 15:04h

(FotoMontagem: Daniel Simurro / Brumado Urgente)

Não me cabe julgar a decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que, na manhã de hoje, afastou das suas funções o presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, Mario Hirs, e a ex-presidente, Telma Brito, que tanto perseguiu o funcionalismo da Casa. Surpreendeu o resultado da decisão: 11 votos contra quatro, resultado que aumenta o desconforto do Judiciário da Bahia, que se nunca foi dos melhores - pelo contrário - atravessa, como aponta o julgamento do CNJ, uma situação singular. Na verdade, pelo que se tem notícia, trata-se da primeira vez que acontece uma determinação como a que foi aprovada pelo pleno do Conselho. Se não me cabe julgar, nada me impede de entender que, no meu sentir, os dois são mais vítimas de erros judiciais, em relação aos precatórios, do que o entendimento do CNJ. Não houve dolo, creio, nas ações do presidente e da ex-presidente, ainda no meu pensar, que seguramente está sujeito a erro porque magistrado eu não sou, nem, também, advogado, mas mero bacharel em Direito que se debandou, desde a faculdade, para exercer o jornalismo baiano e emitir opiniões, como agora o faço. 

A Justiça da Bahia está coberta de vergonha. Essa é a realidade. Nunca houve, volto a dizer, em tempo algum, uma decisão que afastasse, de um só golpe, o presidente do Tribunal de Justiça e a ex-presidente. O Judiciário baiano goza de má fama nos tribunais superiores. É considerado um dos piores do País, marcado pela lentidão que leva o adormecimento de processos, mas abriga excelentes magistrados e, de resto, também péssimos juízes, como acontece Brasil afora.  Há tempo que a justiça destas bandas não é bem considerada. A tal ponto que se costumava dizer que no Brasil havia três tipos de Justiças: a boa, a má, e a justiça baiana. Virou folclore. Agora, o nosso Judiciário vai ser motivo de chacota e passa a ser carimbado não de ruim, porque se fosse só por isso dava para passar, reconhecendo-se certa razão. Mas dirão outras coisas sobre a decisão do Conselho Nacional de Justiça de afastar os dois principais desembargadores do TJ, o presidente e a ex-presidente. Serão abertos processos disciplinares que passarão pelo Ministério Público Federal, enfim, muita água ainda há de rolar até que se tenha uma decisão definitiva sobre a questão. Até lá o desgaste do Judiciário será imenso, talvez imerecido. Mas não dá para retornar. O que foi feito está feito.

CONTINUE LENDO