BUSCA PELA CATEGORIA "Bahia"

Bradesco Saúde continua sem prestar atendimento, diz Sindicato

  • Política Livre
  • 23 Jul 2014
  • 07:14h

(Divulgação)

O Bradesco Saúde poderá ser obrigado a pagar uma multa no valor de R$ 6 milhões, pelos danos causados à sociedade. Além disso, terá que indenizar cada segurado em R$ 5 mil pelo sofrimento decorrente da ausência de informação, bem como da ausência de cobertura do atendimento médico eletivo da rede referenciada. Os órgãos de defesa do consumidor movem uma ação civil pública contra a operadora. No documento, o Ministério Público Estadual, a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/BA) e a Defensoria Pública do Estado pedem que a operadora cumpra o plano de contingenciamento. Uma nova assembleia está marcada para amanhã, dia 23 de julho, às 19h30 na ABM, quando os médicos de todas as especialidades decidem sobre a continuidade do boicote ao Bradesco Saúde. Quase um mês após o início da paralisação (25 de junho), nenhuma proposta foi feita pela seguradora e, segundo o Ministério Público do Trabalho (MPT), o plano também afirmou que não irá abrir negociações com os médicos. O Bradesco Saúde não cumpriu determinação da Agência Nacional de Saúde e dos órgãos de defesa do consumidor de disponibilizar uma linha telefônica aos segurados, e divulgá-la amplamente. O plano deve garantir ao segurado o atendimento necessário. Caso isso não ocorra, o conveniado pode realizar o procedimento de forma particular, e o reembolso tem que ser integral. Se não tiver condições de arcar com os custos do procedimento, o consumidor pode requerer que a seguradora indique um local de atendimento em rede não referenciada e arque com as despesas diretamente com o prestador do serviço.

Vestibular UESB: pedidos de isenção da taxa de inscrição já são aceitos!

  • Wilma Santana | Brumado Urgente
  • 21 Jul 2014
  • 07:11h

Estão abertas as inscrições para a solicitação de pedidos de isenção da taxa de inscrição do vestibular 2015 da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). 

 

Os interessados em não pagar a taxa de inscrição do vestibular da UESB já podem solicitar a isenção. O prazo vai de 15 de julho a 05 de agosto de 2014. O pedido é solicitado pela internet. 

 

Podem participar do beneficio, os estudantes que apresentam os requisitos solicitados pelo quadro de reservas de vagas ou cotas adicionais, alunos que fazem parte de cursos pré-vestibulares na comunidade, pessoas com deficiências, e estudantes da rede pública. 

 

No total 784 estudantes serão beneficiados, a lista do resultado do pedido da taxa de isenção será divulgada a partir do dia 27 de agosto.


Maiores informações no edital da instituição pelo seguinte endereço eletrônico: http://www.uesb.br/editais/2014/05/Edital-084-14.pdf

 

Juiz proíbe pesquisa eleitoral registrada pelo Vox Populi

  • Política Livre
  • 21 Jul 2014
  • 06:52h

O juiz Salomão Viana, da propaganda do Tribunal Regional Eleitoral, determinou a proibição de qualquer tipo de divulgação da pesquisa eleitoral, registrada pelo Instituto Vox Populi, na última quinta-feira (17). A decisão de caráter liminar atendeu representação da coligação “Unidos pela Bahia”, que denunciou a tentativa de manipulação do resultado da sondagem. O questionário da pesquisa, contrariando a legislação, em vez de apresentar apenas os nomes dos candidatos, na consulta estimulada, colocava-os vinculados a outros nomes de políticos. A punição para o descumprimento da sentença judicial é o pagamento de multa de R$ 300 mil e mais R$ 100 mil por dia. Além disso, contra o infrator será aberto processo criminal. “É muito estranho que, depois da pesquisa fantasma, sem registro e de instituto não existente, divulgada pelos petistas durante a convenção deles e ao pé de ouvido dos jornalistas, surja uma tentativa tão escandalosa de manipulação de resultado como esta recente, feita pelo Vox Populi. Associar nome de terceiros ao candidato é querer induzir o voto do eleitor. Isto é fraude. É crime!”, afirmou o presidente da coligação “Unidos pela Bahia”, José Carlos Aleluia.

Após sair de Conquista, ônibus da Banda Luxúria se envolve em acidente com duas carretas

  • Da Redação
  • 21 Jul 2014
  • 06:32h

O acidente aconteceu na BR-116, próximo a Manuel Vitorino (Foto: Reprodução Facebook)

O ônibus da banda Luxúria, um dos sucessos da música baiana da atualidade, provocou um acidente na BR 116 neste final de semana próximo ao km 705. Informações da imprensa da região dão conta de que o motorista tentou uma ultrapassagem e acabou atingindo por uma carreta, após a primeira batida outra colisão, com outro caminhão. De acordo com o apurado pelos sites locais, não houve vítimas. A pista ficou parcialmente interdita. A banda realizou show em Vitória da Conquista na sexta-feira (18) e no sábado mesmo em Jitaúna. O acidente aconteceu próximo ao município de Manoel Vitorino. 

Rui Costa não participa nesta segunda (21) de debate sobre violência contra mulher

  • Da Redação
  • 21 Jul 2014
  • 06:29h

(Foto: Reprodução)

Mais uma vez o candidato do PT ao governo do Estado a não participar de debate com os candidatos ao Palácio de Ondina. Desta vez, o petista vai faltar ao encontro promovido pela Rede de Atenção às Mulheres em Situação de Violência, que acontece na Defensoria Pública, no Canela, às 9h desta segunda-feira (21).Todos os demais candidatos confirmara presença no debate. É bom lembrar que na semana passada o petista foi o único que não participou de debate sobre a segurança pública, promovido pela Universidade Federal da Bahia. Além do debate, o candidato do PSOl, Marcos Mendes, participa de discussão com lideranças na sede do município de Mucuri e Itabatã no Extremo Sul da Bahia e concede entrevistas em rádios locais, segundo sua assessoria.

Aos 93 anos, morre em Salvador Norberto Odebrecht

  • Da Redação
  • 20 Jul 2014
  • 11:30h

Ele era considerado um dos maiores empresários do país (Foto: Reprodução)

O fundador da Organização Odebrecht, Norberto Odebrecht, morreu na noite deste sábado, 19, aos 93 anos, no Hospital Cárdio Pulmonar, em Salvador. O empresário tinha problemas cardíacos. O sepultamento será neste domingo, 20, às 11 horas, no Cemitério Campo Santo. Dr. Norberto, como era conhecido, criou um dos maiores grupos empresariais do Brasil, com atuação global. A primeira empresa, fundada há 70 anos, foi a construtora que leva o seu nome. A Odebrecht foi fundada em Salvador e está presente em 23 países, com negócios diversificados e estrutura descentralizada. Atua nos setores de engenharia e construção, indústria e no desenvolvimento e operação de projetos de infraestrutura e energia, criando soluções integradas. Atua também nas áreas de defesa e tecnologia, indústria naval, agroindústria, realizações imobiliárias, corretagem de seguros, exportação, previdência privada e comercialização de energia. Administra também os fundos de investimento Africa Fund, Fundo Odebrecht Brasil e Latin Finance.

Modelo de Caetité vence o Miss Bahia 2014 e confirma beleza da mulher da região sudoeste

  • Da Redação
  • 20 Jul 2014
  • 09:39h

(Foto: Band Bahia )

A representante de Caetité foi a grande escolhida para ficar com o título de Miss Bahia 2014. O concurso, que aconteceu neste sábado, dia 19, reuniu 28 candidatas pré-selecionadas entre as 600 que se inscreveram, exclusivamente pela Internet. A modelo Anne Lima, de 20 anos, foi escolhida por um júri composto por especialistas em moda e beleza e presidido pelo Presidente da Fundação Gregório de Matos, o diretor de teatro Fernando Guerreiro. Além de ficar com o a coroa e ter a chance de representar o Estado no concurso nacional, Anne ainda leva o prêmio de R$ 100 mil em contratos e uma viagem com acompanhante para o PSP Resort, em Porto Seguro.Este ano, a coordenação do evento fez uma homenagem ao primeiro concurso, em 1954, vencido por Marta Rocha, que foi eleita Miss Brasil e ficou com o segundo lugar no disputado Miss Universo. Outro dado marcante para edição 2014 do Miss Bahia foi o aumento no número de inscrições. De acordo com o diretor-geral do concurso, Cláudio Nogueira, as inscrições para o Miss Bahia cresceram 50% em relação ao ano passado, quando a emissora organizou e transmitiu o desfile ao vivo pela primeira vez. 

Revoltante: A falta de policiamento faz a alegria dos bandidos na Bahia

  • Brumado Urgente
  • 19 Jul 2014
  • 13:37h

(Composição: Brumado Urgente)

A situação da “Insegurança Pública” na Bahia já ultrapassou os limites da realidade e já começa a frequentar o solo fértil do “cinematográfico”, que é “arado” pela “criatividade” dos criminosos que se mostram cada vez mais ousados e destemidos. O assalto a um carro forte nesta sexta-feira (18) na região da Chapada Diamantina, na BA-052, a 4 km da cidade de América Dourada (que inclusive tem um nome sugestivo, ao melhor estilo do novo faroeste cangaço) mostra que o “desrespeito” aos órgãos de segurança na Bahia é uma realidade inquestionável. 

A situação da “Insegurança Pública” na Bahia já ultrapassou os limites da realidade e já começa a frequentar o solo fértil do “cinematográfico”, que é “arado” pela “criatividade” dos criminosos que se mostram cada vez mais ousados e destemidos.

O assalto a um carro forte nesta sexta-feira (18) na região da Chapada Diamantina, na BA-052, a 4 km da cidade de América Dourada (que inclusive tem um nome sugestivo, ao melhor estilo do novo faroeste cangaço) mostra que o “desrespeito” aos órgãos de segurança na Bahia é uma realidade inquestionável. 

Segundo as informações, o bando “armado até os dentes”, inclusive com a forte possibilidade de estarem de posse de um armamento antiaéreo, que só é utilizado pelas forças armadas, comprova a seriedade da situação que, aos olhos dos governantes, é tida como “normal”, já que nada de concreto é executado, somente discursos falaciosos que “prometem e prometem”, mas que não saem do “campo das ilusões”.

De acordo com relatos da própria Polícia, o bando composto por cerca de 15 assaltantes, começou a dar tiros para todos os lados mesmo antes de literalmente explodirem um carro-forte, mas os policiais relataram que o efetivo era somente de 2 homens, o que impossibilitou uma ação imediata para tentar conter a ação criminosa. Neste contexto, na briga entre “mocinho e bandido” na Bahia, os criminosos estão fazendo como a Alemanha fez com o Brasil na Copa do Mundo, passando o rolo compressor e esmagando qualquer possibilidade de reação.

A situação que acabou virando enredo tragicômico, já que em muitos locais do estado, a exemplo de Brumado, a falta de policiamento ostensivo, está fazendo com que os bandidos tomem conta das ruas. Com cerca de 70 mil habitantes, em muitos momentos, a capital do minério é patrulhada por apenas 4 policiais militares, em duas viaturas, o que é totalmente insuficiente diante de uma criminalidade cada vez maior, que zomba da Polícia, ainda mais que não existe nem prisões para que os bandidos fiquem detidos, já que a carceragem local está com o triplo da sua capacidade e a construção do Centro de Detenção Provisória, apesar de garantida, ainda está  esbarrando na falta de consciência de setores da população.

Neste momento, em que a campanha já ganha às ruas e, agora vai ganhar a mídia, irão ser feitas todas as garantias que a situação vai mudar, que a criminalidade vai ser vencida, mas todos sabem que para que isso aconteça será necessária a formatação de uma ampla agenda positiva, para que a área da Segurança Pública venha a ter um orçamento gigantesco, mas, infelizmente, isso não parece estar elencado entre as prioridades, já que os gastos com publicidade parecem tomar o topo da pauta. Enquanto isso a população fica acuada, trancafiada em casa, enquanto os bandidos “fazem a festa nas ruas”.

Essa visceral realidade não será veiculada no horário eleitoral gratuito, que, ao que tudo indica, vai conter muito mais ficção do que realidade, pois irá se mostrar uma Bahia segura, livre da criminalidade, com turistas felizes se sentindo em casa e a população com o sorriso nos lábios, irradiando de tanta alegria, como se estivesse vivendo num paraíso, mas como a esperança do povo baiano nunca morre e esperar que aconteça uma “pancada” na consciência dos governantes e eles caiam em si que a situação é pra lá de grave, onde cidades, a exemplo do que aconteceu em Amargosa, estão sendo sitiadas e a população está cada vez mais desesperada e apavorada. 

CONTINUE LENDO

Morte de bebê em Amargosa: E sobrou para a delegada

  • Informações de Alessandro Isabel
  • 19 Jul 2014
  • 09:42h

(Foto: Divulgação)

Após a morte de uma criança de um ano de idade, a delegada de Amargosa, Glória Isabel Santos Ramos, deixa a titularidade da unidade. A exoneração foi publicada no Diário Oficial do Estado deste sábado (19). Adilson Bezerra de Freitas deixa a delegacia de Castro Alves para assumir Amargosa. Glória Isabel é apontada pelos moradores como facilitadora da fuga de Carlos Raimundo de Jesus Cardoso, policial acusado de ter dado o disparo que tirou a vida de Maria Vitória Santos Souza na noite da última quarta-feira (16). A garota foi atingida na cabeça e morreu nos braços do pai, Luiz Carlos da Silva Souza.

 

De acordo com Luiz Carlos, o policial invadiu a casa da família atirando. O alvo seria um suspeito que estava em fuga, mas o tiro atingiu a criança. Ainda segundo Luiz Carlos, o acusado estava sob efeito de drogas e recebeu ajuda da delegada para fugir. A ação teria provocado a ira dos moradores que atearam fogo em veículos e na delegacia.


Carlos Raimundo teve a arma apreendida e foi afastado dos trabalhos. Ele nega que tenha atirado na criança. Outro policial que participava da ação também foi afastado dos serviços. A determinação partiu do secretário de Segurança Pública, Mauricio Barbosa, que esteve em Amargosa.


O diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), delegado Moisés Damasceno, e a corregedora-chefe da Corregedoria da Polícia Civil (Correpol), delegada Heloísa Campos de Brito, são os responsáveis pelas investigações. O corpo de Maria Vitória foi enterrado na quinta-feira (17) sob palavras de protestos. O policiamento em Amargosa segue reforçado.

CONTINUE LENDO

Ministério Público atento para a estratégia dos municípios em receber recursos em período eleitoral

  • Da Redação
  • 18 Jul 2014
  • 18:15h

(Imagem Ilustrativa)

O Ministério Público da Bahia está de olho num expediente que as Prefeituras, especialmente do interior, podem querer utilizar para driblar os rigores da lei eleitoral e receber verbas do governo do Estado em plena campanha. O estratagema consistiria na formação de pequenas associações, nos moldes da União dos Municípios da Bahia (UPB), para as quais o governo não teria restrições de repassar recursos mediante convênios. Um conceituado promotor teria dito à imprensa soteropolitana que seria “a sopa no mel para o caso de o MP ficar de olhos fechados, mas ele não está…”

Lídice critica Segurança na Bahia e afirma que o modelo de Wagner é 'insuficente'

  • Mariana Sotero
  • 18 Jul 2014
  • 10:22h

A senadora não poupou críticas ao setor que terá os holofotes sobre ele durante as eleições (Foto: Daniel Simurro | Brumado Urgente Conteúdo)

A candidata ao governo estadual Lídice da Mata (PSB), criticou o modelo de segurança pública adotado por Jaques Wagner em seu governo e o classificou como “insuficiente”.  Em entrevista ao programa Acorda Pra Vida, da rádio Tudo FM nesta manhã, Lídice disse que o modelo é o mesmo que em 2002, quando Paulo Souto (DEM), também candidato ao governo estadual, assumia o controle. “Wagner só fez acelerar um pouco mais o modelo. Comprar armamento e colocar policial na rua pra resolver esse problema não é a medida correta. Não é possível fazer segurança pública apenas com o viés da policia e da repressão. É preciso pensar numa força policial que iniba o crime. É baixo o número de crimes desvendados, principalmente os crimes contra a vida. Pra mim, foi insuficiente o modelo adotado por ele [Jaques Wagner]“, disse. A candidata citou também o programa Pacto Pela Vida, que foi implantado em Pernambuco no ano de 2007, pelo então candidato ao governo federal,  Eduardo Campos (PSB). De acordo com ela, Wagner demorou muito para implantar o programa na Bahia e questionou: “Por que lá [em Pernambuco] deu certo e aqui não?”. Para a candidata, faltou compromisso por parte do governador. “Eduardo Campos conduziu de perto e constituiu uma assessoria específica em segurança pública. Lá, todo o processo foi liderado pessoalmente por ele. A diferença foi a demora da implantação e a falta de compromisso estabelecido com o Pacto Pela Vida”, disparou. Sobre a ausência do candidato petista ao governo estadual, Rui Costa (PT), no debate realizado ontem na UFBA, Lídice deu como “lamentável”.”A ausência de qualquer candidato abate o debate e frustra o compromisso. Ele perdeu uma boa oportunidade de apresentar suas ideias, e expor sua opinião. O candidato tem que ter coragem  de se expor. Não participar [do debate] já é um ponto negativo, anda mais em função do tema que foi segurança pública. É uma pena, lamentável”, pontuou.

Mariana Sotero

Acordo entre Governo do Estado e servidores põe fim a longa greve da EBDA

  • Da Redação
  • 17 Jul 2014
  • 07:38h

Em Brumado os servidores do órgão já voltaram às suas atividades normais (Foto: Daniel Simurro | Brumado Urgente Conteúdo)

Chegou ao fim a greve dos funcionários da EBDA. O Governo do Estado e os trabalhadores fizeram um acordo que garante o pagamento do passivo trabalhista dos dissídios coletivos dos anos 1997, 1999 e 2003, no valor de R$ 90 milhões. Os funcionários que receberão menores valores, serão pagos no próximo mês, enquanto que os demais que receberão valores maiores, o pagamento será parcelado em 59 meses. O Governo se comprometeu a atender a reivindicação em torno da reestruturação do órgão, antiga luta dos funcionários. Os estudos serão iniciados ainda neste ano.

Linha Dura: Luciano Ribeiro, Herzem Gusmão e Zé Raimundo estão na lista de impugnações da PRE

  • Daniel Simurro | Brumado Urgente
  • 16 Jul 2014
  • 14:16h

Luciano Ribeiro, Herzem Gusmão e Zé Raimundo estão com as candidaturas impugnadas pela PRE (Fotos: Divulgação)

A PRE - Procuradoria Regional Eleitoral vem demonstrando que irá ser implacável com os candidatos que estiverem em desacordo com as normas do “Ficha Limpa”. Após uma intensa averiguação dos pedidos de cancelamento das candidaturas, o MPE divulgou nesta quarta-feira (16) uma lista contendo 30 candidaturas que tiveram ações de impugnação, 7 de deputados federais e 23 de deputados estaduais. Da região sudoeste 3 conhecidos nomes da política foram incluídos na lista dos impugnados, são eles Herzem Gusmão e José Raimundo Fontes, ambos de Vitória da Conquista e Luciano Ribeiro, ex-prefeito de Caculé. Segundo as informações do MPE, tanto Luciano Ribeiro, como Zé Raimundo, tiveram a impugnação por terem contas reprovadas pelo TCM, já Herzem Gusmão foi condenado em segunda instância por ilícito eleitoral no TER/BA. Na Bahia, a estratégia da PRE é de ampliar, ao máximo, a aplicação da Lei da Ficha Limpa. Os referidos candidatos têm 7 dias para contestar a impugnação. Vale ressaltar que cabe à Justiça Eleitoral deferir ou indeferir os registros.  Confira a lista oficial divulgada pela PRE (Clique).

Eleições 2014: PRE impugna 30 pedidos de registros de candidaturas na Bahia

  • MPE
  • 16 Jul 2014
  • 13:27h

Do último domingo até a noite de ontem, 15 de julho, a Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE/BA) propôs, no total, 30 ações de impugnação de registro de candidatura no estado, sete referentes a candidatos a deputados federais e 23 a deputados estaduais. Só foram alvos de ações de impugnação na Bahia os candidatos às eleições 2014 que se enquadravam na Lei da Ficha Limpa (nº 135/2010). Foram analisados 982 pedidos de registro de candidatura para cargos eletivos majoritários (senador, governador e vice) e proporcionais (deputados federal e estadual). Rejeição de contas pelos Tribunais de Contas (da União, do Estado e dos Municípios) foi o motivo mais recorrente nos pedidos de impugnação da PRE/BA. No âmbito federal, as exceções ficam apenas por conta dos candidatos à deputado federal Adalberto Lélis Filho e Joseph Bandeira. Beto Lélis, como é conhecido, tornou-se inelegível por ter sido condenado pelo TRE pela prática de crime eleitoral, cuja sentença já transitou em julgado. Já Bandeira foi condenado por crime contra a administração pública, além dos Tribunais de Contas da União e do Estado. No âmbito estadual, Joseildo Ramos foi condenado por crime contra a Administração Pública, Herzem Gusmão condenado em segunda instância pelo TRE/BA por ilícito eleitoral, enquanto Carlos Augusto Rodrigues de Brito foi demitido da Administração Pública. Na Bahia, a estratégia da PRE é de ampliar, ao máximo, a aplicação da Lei da Ficha Limpa. “Só impugnamos os candidatos que se enquadrem, em tese, nessa lei”, afirmou o procurador Regional Eleitoral José Alfredo de Paula Silva. De acordo com ele, os outros vícios referentes ao registro de candidatura – a exemplo de ausência de quitação eleitoral, falta de documentos obrigatórios como certidão criminal e contas julgadas como não prestadas em campanha anterior – serão apontados, para efeito de recusa do registro, nos pareceres que serão apresentados em cada processo individual de solicitação de registro. Há previsão legal para que a PRE se manifeste em todos os pedidos de registro. O entendimento da PRE segue uma decisão vinculante do Supremo Tribunal Federal (STF), segundo a qual o Ministério Público, por atuar também como fiscal da lei, pode sempre recorrer. Após as ações de impugnação, cabe à Justiça Eleitoral julgar os pedidos e decidir pelo deferimento ou não dos registros. Os candidatos com registros impugnados têm sete dias para contestar a impugnação. Confira a no site da PRE/BA (preba.mpf.mp.br) com o nome, partido/coligação, cargo pleiteado e razão da impugnação.

Em disputa eleitoral na Bahia, municípios menores têm 66% do potencial dos votos

  • Da Redação
  • 16 Jul 2014
  • 07:31h

(Foto: Reprodução)

Os seis candidatos ao cargo de governador da Bahia disputam, nas eleições deste ano, 10.185.416 milhões de votos, de acordo com dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Pelo menos em 407 dos 417 municípios do estado estão concentrados 6.749.352 milhões de eleitores, representando 66,2% do total. Nestas cidades, o número de pessoas com título regularizado varia entre 97.482 mil, em Teixeira de Freitas, e 2.771 mil, em Catolêndia. "Em uma eleição proporcional, geral, esses municípios representam um eleitorado mais importante até do que o total de outros estados. A Bahia é tão grande que esses municípios não podem ser desprezados. Todo município é um voto em potencial", conta Maurício Amaral, coordenador de Eleições do TRE. De acordo com Amaral, embora a representação das pequenas cidades seja grande no pleito estadual, a participação nas eleições municipais tem, normalmente, mais adesão da população. "Isso não há dúvida e é mais verdade quanto menor é o município, porque os interesses são mais imediatos", apontou.