BUSCA PELA CATEGORIA "Bahia"

Suspeito de negociar com mãe compra de garoto de 12 anos na Bahia nega participação em esquema

  • 16 Jan 2019
  • 20:07h

Foto: Reprodução/TV Oeste

O suspeito de negociar a compra de um garoto de 12 anos, que seria vendido pela mãe por R$ 70 mil, negou todas as acusações feitas contra ele, em depoimento prestado nesta quarta-feira (16), na delegacia de Santa Maria da Vitória, no oeste da Bahia. A informação é da Polícia Civil. De acordo com o delegado Alexandre Haas, que investiga o caso, o suspeito, identificado como Sinvaldo Lenes Vieira, de 71 anos, disse que não tentou comprar o adolescente. Entretanto, o idoso foi apontado por Maria Roque, mãe do garoto, em depoimento na delegacia. Também em depoimento, Maria revelou que venderia o adolescente por raiva, porque o garoto é fruto de um estupro. A polícia não tem informações sobre quem teria sido o autor do estupro. Sinvaldo Vieira foi preso no fim da manhã de terça-feira (15), na cidade de Botuporã, no sudoeste baiano. Segundo a polícia, ele já tinha passagem por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. O suspeito será ouvido novamente, na tarde desta quarta-feira, para responder novos questionamentos.

Bahia: Criança de dois anos morre engasgada com pedaço de carne

  • G1
  • 16 Jan 2019
  • 16:04h

Foto: Arquivo Pessoal

Uma criança de dois anos morreu após se engasgar com um pedaço de carne, enquanto almoçava, na tarde de terça-feira (15), no povoado de Mundo Novo, no município de Eunápolis, no sul da Bahia.Segundo informações da Polícia Civil, a menina, identificada como Hadassa Gomes Reis, almoçava com a mãe, quando se engasgou. Os familiares da vítima tentaram retirar o alimento da boca da menina, mas não conseguiram. De acordo com a polícia, a criança foi levada para o posto médico do povoado, mas ela já estava morta. O pedaço da carne só foi retirado quando uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou de Eunápolis, cerca de 10 km do local do acidente. O corpo de Hadassa foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Eunápolis. O velório e o sepultamento da criança acontecem na tarde desta quarta-feira (16), no Cemitério de Mundo Novo. O caso é investigado pela delegacia de Eunápolis.

Bahia: Homem é preso após atropelar mulher e a filha do casal

  • 16 Jan 2019
  • 14:01h

Foto: Maiana Belo/G1 BA

Um homem foi preso suspeito de atropelar a mulher e a filha do casal, de 8 anos, no bairro do Uruguai, em Salvador, na noite de terça-feira (15). O homem jogou o carro sobre a mulher e os dois filhos do casal. No entanto, uma das crianças conseguiu correr e não foi atingida pelo veículo. De acordo com a Polícia Militar, testemunhas informaram que o homem havia brigado com a mulher dentro de casa. Nesse momento, tentando escapar das agressões, a mulher junto com os filhos saíram do local, foi quando o suspeito pegou o carro e foi atrás da vítimas. Mãe e filha foram atropeladas pelo carro na Rua Francisco de Souza, próximo ao Largo de Roma. Ao ver a situação, populares conseguiram impedir a fuga do homem e acionaram a PM, que foi até o local. O suspeito e as vítimas foram levados para o Hospital Geral do Estado (HGE). Não há informações sobre o estado de saúde dos feridos.O suspeito recebeu alta na manhã desta quarta-feira (16), quando foi encaminhado para a delegacia. A Polícia Civil investiga o caso.

Detran torna opcional teste simulado para obtenção da CNH na Bahia

  • 16 Jan 2019
  • 13:08h

(Foto: Divulgação)

O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran) tornou opcional o teste simulado para obtenção da carteira de motorista (CNH). A decisão foi publicada após recomendação expedida pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA). O estado é o único no país que cobra pelo serviço, que é feito antes das provas prática e teórica. A portaria que retira a obrigatoriedade do teste foi publicada no Diário Oficial de sábado (12). O simulado começou a ser feito em 2012, por meio de uma empresa credenciada pelo Detran. Inicialmente, o teste custava R$ 12. Em 2018, o valor chegou a R$ 43, que representa um aumento de quase 300%. A previsão é de que haja um novo reajuste este ano, e o serviço passe a custar R$ 48.

Jovem de 16 anos casa em hospital na BA 1h30 após dar à luz, e bebê acompanha cerimônia

  • 16 Jan 2019
  • 07:09h

Foto: Correio da Cidade

Já imaginou se tornar mãe e casar no mesmo dia, em um intervalo de apenas uma hora e meia? Não, né? Mas foi o que aconteceu com Vanessa da Paz Machado, de 16 anos, na Bahia. Com casamento marcado há seis meses, a adolescente entrou em trabalho de parto poucas horas antes da cerimônia, no último fim de semana. Depois da surpresa, o casamento acabou ocorrendo na recepção do hospital onde a noiva deu à luz, e contou com a ilustre presença do recém-nascido. Três dias depois da cerimônia e dois dias após receber alta médica, Vanessa ainda lembra emocioada do dia em que, segundo ela, realizou dois sonhos: ser mãe e se casar. "Eu achei meio difícil, mas depois fiquei muito feliz por me tornar mãe e me casar ao mesmo tempo. Não esperava por isso. Estou muito feliz por tudo isso que aconteceu. Ficou marcado na minha vida. Foi uma sensação muita boa. Realizei dois sonhos em um só", descreveu. O fato curioso ocorreu na cidade de Santo Estêvão, a cerca de 150 km de Salvador. Por volta das 5h30 do sábado (12), Vanessa começou a sentir as dores do parto e foi levada para o Hospital Dr. João Borges de Cerqueira Geral, no centro da cidade. Quando saiu de casa, na zona rural, ela não imaginava que o pequeno Wanderson Benjamim nasceria, já que o parto estava previsto para o dia 21 de janeiro. "A gente estava em casa, no dia anterior, arrumando tudo, deixando tudo bonito, e ela descansando. Uma 5h30 do dia do casamento ela sentiu dores. Levamos ela imediatamente para o hospital. Aí, quando chegou lá eles disseram que meu filho iria nascer", contou Anderson dos Santos Moreira, de 23 anos, marido de Vanessa. Vanessa deu à luz às 18h30, onze horas depois das primeiras dores. Wanderson chegou com 50 centímetros e 2,6 kg. Ao longo do dia, a família já havia negociado realizar o casamento no hospital. A cerimônia só dependia do nascimento de Wanderson. O pequeno veio ao mundo em um parto natural, sem complicações. Com isso, a mamãe e o bebê foram liberados pelos médicos para a união. Vanessa e o noivo se casaram às 20h. A gente não quis mudar, porque já estava tudo certo, tudo pronto para o casamento. Já tinha uns seis meses planejando a cerimônia. Quando chegou no dia, ele [Wanderson] disse que queria assistir o casamento dos pais dele", disse o noivo. O casamento ocorreu com 250 convidados a menos que o programado. Ao lado de 50 familiares e amigos, além de funcionários do hospital, Vanessa selou o compromisso com o marido. Com direito a vestido de noiva, juiz de paz, dama de honra e alianças "entregues" por Wanderson, a cerimônia durou cerca de 20 minutos. Porém, por recomendação médica, a noiva ficou sentada durante o casamento. O bebê estava no colo da tia materna. Após a cerimônia, mãe e filho voltaram para o quarto do hospital. Enquanto isso, Anderson foi para a casa da família de Vanessa, para receber os outros convidados do casamento, que aguardavam no local onde a festa iria ocorrer antes da mudança de planos. Vanessa e Wanderson só receberam alta no domingo (13). Ao chegar em casa, a noiva ainda posou para fotos ao lado do marido e do filho. Wanderson é o primeiro filho do casal, que está junto há dois anos. Vanessa e Anderson se conheceram em uma praça da cidade e não se separaram mais. O casamento era um sonho dos dois, antes mesmo da descoberta da gestação, em abril do ano passado. Agora, a família está morando na casa dos pais de Vanessa. Anderson conta que a mãe dele, que é avó coruja, viaja cerca de 7 km entre o centro da cidade, onde mora, até a zona rural, sempre que quer ver o neto. "As avós babam mais que tudo. Minha mãe sempre está aqui. Quando vem, são 7 km na vinda e 7km na volta", disse. São as avós de Wanderson que ajudam nos cuidados ao recém-nascido, já que os pais não têm experiência. Ao lado da família, o pequeno transborda amor.

Quinze dias após sorteio da Mega da Virada, último ganhador que fez aposta na Bahia não retirou prêmio

  • 15 Jan 2019
  • 18:06h

Foto: Alan Oliveira/ G1

Quize dias após o sorteio da Mega da Virada, um dos três ganhadores que realizaram a aposta em Euclides da Cunha, a 315 km de Salvador, não resgatou o prêmio. Conforme a Caixa Econômica Federal, até o fim da manhã desta terça-feira (15), o vencedor não tinha sacado os quase R$ 6 milhões referentes ao prêmio. Os outros dois jogos premiados também foram feitos na cidade, mas em dois estabelecimentos diferentes. Além de Euclides, outros cinco municípios baianos tiveram vencedores. São eles: Salvador (1), Feira de Santana (1), Mata de São João (1) e Valença (1) . As dezenas 05 - 10 - 12 - 18 - 25 - 33 foram sorteadas na noite de 31 de dezembro de 2018. Cada aposta levou R$ 5.818.007,36. Um dos jogos vencedores no estado foi um bolão com 10 cotas, feito na capital baiana. Com o prêmio dividido, cada um dos participantes do bolão levará R$ 581.800,73. Os outros jogos foram feitos nas cidades de Feira de Santana, Mata de São João e Valença. Segundo a Caixa Econômica, uma das apostas foi feita no portal Loterias Online. A Caixa não detalhou em qual das três cidades o jogo online foi feito, mas disse que o prêmio já foi resgatado. Os primeiros a retirarem o prêmio foram o apostador de Valença, no baixo Sul da Bahia, e o dono de uma das cotas do bolão de Salvador. O resgate foi feito no dia 2 de janeiro.

União reconhece situação de emergência em Manoel Vitorino e Tanhaçu

  • Bahia Notícias
  • 15 Jan 2019
  • 15:09h

Foto: Reprodução / Blog do Anderson

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil reconheceu a situação de emergência enfrentada pelos municípios baianos Manoel Vitorino e Tanhaçu. A decisão, que é decorrente dos estragos causados pelas enxurradas, foi publicada em portaria do Diário Oficial da União (DOU), nesta terça-feira (15).Em julho, o governo do estado já havia reconhecido a situação de Tanhaçu por conta da estiagem e, em dezembro, foi a vez de Manoel Vitorino (veja aqui e aqui). Na época, o município contabilizava 31 pessoas afetadas pelas chuvas.

Mãe presa por tentar vender filho de 12 anos na BA disse que tinha raiva por menino ser fruto de estupro

  • 15 Jan 2019
  • 12:16h

Foto: Reprodução/TV Bahia

A mulher que foi presa por tentar vender o filho de 12 anos, em Santa Maria da Vitória, no oeste da Bahia, revelou em depoimento à polícia que venderia o adolescente po raiva, porque o garoto é fruto de um estupro.O homem suspeito de negociar a compra do garoto, um idoso de 71 anos, foi preso no fim da manhã desta terça-feira (15), na cidade de Botuporã, no sudoeste baiano. Segundo a polícia, ele já tinha passagem por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. De acordo com o delegado e coordenador regional da Polícia Civil, Alexandre Haas, que investiga o caso, Maria Roque Rocha disse também ser revoltada com a mãe dela. A polícia não tem informações sobre quem teria estuprado a mulher. Maria Roque Rocha mora em Botuporã e viajou na sexta-feira (11) para Santa Maria da Vitória, com o intuito de vender o filho. Ainda em depoimento, a mulher disse que a criança seria levada para uma outra família brasileira que está morando no Japão. Ela contou que, pelo menino, receberia R$ 5 mil na rodoviária e outros R$ 65 mil quando o garoto chegasse no país asiático. O delegado, entretanto, contestou a versão da mulher e afirmou que a história de que ele seria levado para o Japão foi um pretexto que o aliciador inventou para iludir o menino. O garoto é filho único e está na casa de um tio. Ele será acompanhando pelo Conselho Tutelar.

Bahia: Homem é preso suspeito de matar vizinha esganada com fio após vítima negar ter relações sexuais com ele

  • G1
  • 15 Jan 2019
  • 07:03h

(Foto: Guia do turismo)

Um homem de 53 anos foi preso, na última semana, suspeito de matar a vizinha esganada com um fio de rede elétrica, na cidade de Santo Amaro, no recôncavo da Bahia. De acordo com informações da Polícia Civil, o caso ocorreu após a vítima se recusar a manter relações sexuais com o suspeito, que confessou o crime. O caso ocorreu em agosto de 2018, na casa onde a vítima morava com a família. O homem, identificado como Anatalício Luis dos Santos, o “Curió”, foi preso no dia 7 de janeiro. A informação foi divulgada pela polícia nesta segunda-feira (14). Segundo o delegado Adriano Moreira, titular da cidade, o suspeito é pedreiro e teria desenvolvido interesse na vítima depois de realizar alguns serviços na casa dela. A mulher, identificada como Simone Gusmão Ribeiro, de 30 anos, era casada, mas costumava ficar só, porque o marido trabalha viajando. Conforme o delegado, o suspeito contou, em depoimento, que invadiu a casa da vítima pela laje da casa vizinha, onde estava trabalhando. Em seguida, esganou a mulher com o fio e fugiu do local do crime. Simone tem dois filhos, de 6 e 8 anos, mas estava sozinha no momento da ação. "Ele [Curió] contou que pulou a laje da vizinha, onde estava trabalhando, chegou na laje da vítima e desceu. A laje era aberta. Com isso, ele teve acesso à casa", explicou o delegado. O corpo de Simone foi encontrado por familiares, que acionaram a polícia. De acordo com o delegado Adriano Moreira, o caso chegou a ser investigado como suicídio, mas a hipótese foi descartada, por conta das características do crime. "Foi logo descartado, porque não é uma forma muito comum de suicídio o que ocorreu com ela. Depois de investigações, chegamos até o Curió, que confessou o crime e deu detalhes da ação", disse o delegado. O suspeito teve mandado de prisão temporária cumprido. Ele está à disposição da Justiça, na carceragem da delegacia da cidade. O inquérito sobre o caso ainda não foi concluído, mas, segundo o delegado Adriano Moreira, o homem será indiciado por feminicídio.

Bahia: Dois homens saem ilesos após carro em que estavam pegar fogo

  • G1
  • 14 Jan 2019
  • 20:18h

Foto: Blog SigiVilares

Dois homens saíram ilesos após o veículo que estavam pegar fogo na BR-135, em Barreiras, região oeste da Bahia, na noite de domingo (13). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os homens seguiam no sentido centro da cidade, quando o motorista perdeu o controle do veículo. Nesse momento, o carro saiu da pista, bateu em algumas árvores, quando o carro pegou fogo. O Corpo de Bombeiros foi até o local e apagou as chamas. Não há informações sobre o estado de saúde das vítimas.

Receita Federal abre consulta para lote residual; na Bahia, quase 11 mil contribuintes serão contemplados

  • 14 Jan 2019
  • 19:07h

consulta para o lote residual de restituição multiexercício do Imposto de Renda já está disponível. Na Bahia, 10.985 contribuintes serão contemplados. O valor será depositado na terça-feira (15).Conforme o órgão, o lote abrange restituições de exercícios anteriores (2008 a 2018). Na Bahia, o total do valor que será pago aos contribuintes é de R$ 23.712.015,15 milhões.A maior parte é relativa ao exercício 2018: 7.129 contribuintes, num valor total de R$ 15.485.585,43.As consultas podem ser feitas pelo site da Receita Federal, através do 146 (Receita Fone), e pelo aplicativo, disponível para tablets e smartphones.

Polícia pede prisão de suspeito de negociar com mãe na compra de garoto de 12 anos

  • 14 Jan 2019
  • 16:14h

Foto: Reprodução/TV Oeste

A Polícia Civil da Bahia pediu à Justiça a prisão preventiva do suspeito que negociou a compra de um garoto de 12 anos, que seria vendido pela mãe por R$ 70 mil. A identidade dele não foi divulgada. O homem é procurado. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (14) pelo coordenador regional da Polícia Civil Alexandre Haas, que investiga o caso.O caso ocorreu no município de Santa Maria da Vitória, no oeste baiano. Em entrevista ao G1, Haas informou que a polícia aguarda o posicionamento do poder judiciário quanto aos pedidos e que o Ministério Público (MP) se manifestou favorável a todos os requerimentos.Maria Roque Rocha, que mora em Botuporã, no sudoeste da Bahia, confessou que viajou para vender o filho. O homem, que iria pegar o adolescente na rodoviária de Santa Maria da Vitória, seria responsável também por encaminhar o menor a uma outra família brasileira que está morando no Japão.A mãe do menino confirmou em depoimento prestado para a polícia, que receberia R$ 5 mil na rodoviária e mais R$ 65 mil quando o filho chegasse no país asiático.Segundo o coordenador regional, Maria Roque não tem passagens pela polícia e não era usuária de drogas. O suspeito de intermediar a compra da criança tem envolvimento com o tráfico e porte ilegal de armas.O adolescente é acompanhado por conselheiros tutelares de Santa Maria da Vitória. Em relação à mãe da criança, a polícia disse que ela pode pegar de 4 a 8 anos de prisão por tráfico de pessoas. Maria Roque está presa à disposição da Justiça.Maria Roque Rocha foi presa após confessar que venderia o filho de 12 anos por R$ 70 mil para um homem na rodoviária de Santa Maria da Vitória, na região oeste da Bahia. O caso aconteceu na tarde de sexta-feira (11). Ela deixou o filho sozinho na rodoviária e foi embora, por volta das 13h30.A Polícia Civil informou que encontrou o menino chorando no local, que explicou a situação e falou o nome e o número de telefone da mãe para os investigadores e representantes do Conselho Tutelar da cidade. As autoridades tentaram o contato com a mulher, mas não conseguiram.A polícia começou as buscas para procurar Maria após imagens da câmera de segurança da rodoviária serem coletadas. Porém, Maria Rocha retornou os telefonemas da polícia, por volta das 17h30, afirmando que tinha sido sequestrada e que estava na rodoviária de Bom Jesus da Lapa. Maria foi presa e levada de volta a Santa Maria da Vitória.Segundo a polícia, Maria Rocha manteve a versão do sequestro inicialmente, mas depois confessou que entregaria o filho para um homem e receberia, inicialmente, R$ 5 mil.Conforme a Polícia Civil, o menino tinha informado para os agentes que o homem havia prometido levá-lo para o Japão e entregar à mãe dele mais R$ 65 mil. A mulher confirmou a informação em depoimento.

Suspeito de matar garoto de 8 anos é executado com 20 tiros por homens armados que invadiram imóvel onde ele se escondia

  • 14 Jan 2019
  • 15:09h

Foto: Reprodução/Facebook

O suspeito de balear e matar o garoto Joelson Neto França de Oliveira, de 8 anos, na cidade de Eunápolis, no sul da Bahia, foi morto a tiros por homens que invadiram a casa onde ele estava escondido, na madrugada desta segunda-feira (14). Segundo informações da Polícia Civil, cerca de oito homens invadiram a casa onde o jovem, identificado como João Vitor Fonseca Cardim, de 20 anos, estava escondido, levaram ele para o lado de fora do imóvel e o mataram com cerca de 20 tiros. O caso está sob investigação da Polícia Civil, que informou se a morte de João Vitor uma represália por ele ter matado o garoto Joelson, ou se o crime se trata de uma "queima de arquivos".Após matar o menino de 8 anos, João Vitor chegou a acompanhar o velório da criança.

Batida entre dois carros deixa um morto e seis feridos na BA-001; cinco são da mesma família

  • G1
  • 14 Jan 2019
  • 12:53h

Foto: Alexsandro Vieira/Arquivo pessoal

O motorista de um carro morreu no início da noite de domingo (13), no Km-685 da BA-001, entre as cidades de Prado e Alcobaça, sul da Bahia, depois que o carro que ele dirigia colidiu de frente com outro veículo. Seis pessoas ficaram feridas, cinco delas da mesma família.De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o acidente aconteceu após uma tentativa de ultrapassagem, mas a PRE não detalhou qual dos dois veículos tentou fazer a manobra. O motorista que morreu ainda não teve identidade revelada. O corpo dele foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Teixeira de Freitas. Um homem que estava no banco do carona, identificado como Daniel Calixto da Silva, teve ferimentos graves e foi encaminhado para o Hospital de Prado. Os ocupantes do outro carro, um casal e três crianças, tiveram ferimentos leves e foram atendidos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Prado. Os adultos foram identificados como Dyego Carvalho Leal, que dirigia o veículo, e Karla Magda Barbosa Carvalho, esposa de Dyego. Duas das crianças são irmãs, filhas do casal, e têm 7 anos e três anos. A outra criança é sobrinha de Dyego e tem 7 anos.

Bahia: Suspeito de matar garoto de 8 anos com tiro no peito é identificado pela polícia; homem acompanhou velório da criança

  • A Tarde
  • 14 Jan 2019
  • 10:42h

(Foto: A Tarde)

O homem suspeito de assassinar um garoto de 8 anos com um tiro no peito foi identificado pela polícia por meio de imagens de câmeras de segurança. João Vitor Fonseca Cardim, conhecido como "JV", de 20 anos, ainda acompanhou o velório da criança. A vítima, Joelson Neto França de Oliveira, foi morta no último domingo, 6, enquanto estava com familiares em um bar na avenida Dom Pedro II, em Eunápolis (a 526 quilômetros de Salvador). Conforme informações da Polícia Civil, o alvo de João Vitor seria o tio do menino, identificado como Iago França dos Anjos, 24 anos, por conta de uma dívida de R$ 400 provenientes do tráfico de drogas. Iago alegou em depoimento a polícia que a dívida havia sido quitada uma semana antes do atentado. Ele ainda confessou ser usuário de drogas e afirmou ter deixado de praticar tráfico de drogas. Imagens divulgadas pela polícia mostram o suspeito se aproximando das vítimas e aguardando a oportunidade de agir. Na sequência ele segue em direção ao estabelecimento comercial e rapidamente volta correndo a pé. João teria deixado a cidade há alguns dias. A expectativa é que ele se apresente a polícia.