BUSCA PELA CATEGORIA "Bahia"

Bahia é eleita melhor estado turístico em pesquisa Datafolha

  • BN
  • 25 Mai 2019
  • 19:17h

Foto: Laércio de Morais I Brumado Urgente Conteúdo

A Bahia está entre as primeiras opções de viagem dos paulistanos segundo uma pesquisa Datafolha. Os cerca de 1.100 km de extensão litorânea e praias de todos os tipos, sejam selvagens, urbanas, sombreadas por mata atlântica ou repletas de piscinas naturais, o estado foi considerado "sempre uma boa pedida".

Entre os destinos em destaque, está a Chapada Diamantina. Segundo a Folha de S. Paulo, uma das mais conhecidas formações geográficas desse tipo no país, que fica no coração do estado, atrai os turistas com suas serras, rios e vegetação abundante.

A publicação da Folha ainda lembrou a indicação de Salvador como a única cidade brasileira indicada em 2019 como "lugar a conhecer" na lista publicada pelo jornal americano The New York Times.

Ainda sobre a capital baiana, a publicação da coluna "Viaja São Paulo", da Folha, destaca a orla da Barra e o centro histórico, e ainda cita as intervenções recentes feitas nesses locais. O bairro de Santo Antônio Além do Carmo também é citado, além dos casarões coloridos típicos da localidade.

No decorrer do texto ainda são citados o Litoral Norte, Litoral Sul e a Costa do Cacau. Com destaque de sugestão para Praia do Forte, Porto Seguro, Ponta do Corumbau, Taipu de Fora, Ilhéus e Ibirataia.

Policial morre após ser baleado dentro de hotel; vítima era dona do estabelecimento

  • BN
  • 25 Mai 2019
  • 10:21h

Policial morre após ser baleado dentro de hotel; vítima era dona do estabelecimento Foto: Raphael Marques / TV Bahia

O policial militar Everaldo Costa Junior morreu após ser baleado com um tiro na cabeça na última sexta-feira (24), num hotel em que era dono, no bairro do Dois de Julho, em Salvador. A informação é do G1. Segundo a Polícia Militar (PM-BA), o policial chegou a ser socorrido por agentes do 18º Batalhão da PM, foi levado ao Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu. Everaldo era soldado da 16ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Comércio), mas não estava de serviço no momento.  A ação durou apenas cinco segundos e foi filmada por uma câmera do circuito de segurança. O crime aconteceu por volta das 19h20, mais especificamente na Ladeira do Gabriel. De acordo com a reportagem, o policial militar aparece conversando com outras três pessoas na recepção do hotel. O criminoso se aproxima do grupo, saca a arma e aponta para a vítima. Everaldo esboça uma reação antes de o suspeito atirar, mas acaba se rendendo e é atingido. Durante o ataque, o criminoso chega a usar uma pessoa como escudo. Em seguida, ele foge. O caso será investigado pela Polícia Civil. Ainda não se sabe a motivação ou a identidade do criminoso.

Falta de consenso para aprovar MP fará Bahia atrasar investimento em saneamento básico

  • Redação
  • 24 Mai 2019
  • 15:51h

Foto: Carolina Gonçalves/Agência Brasil

A aprovação da Medida Provisória n° 868, que altera o marco legal do saneamento básico e abre o mercado para o investimento privado, ainda está sem data para votação na Câmara dos Deputados e pode caducar no próximo dia 3 junho, quando perde a validade. Uma reportagem do jornal O Globo mostrou que, se a situação da MP não for definida, os estados do Brasil poderão atrasar o recebimento de R$  700 bilhões.

A Bahia não ficará de fora do atraso. A não aprovação da medida fará o deixar de receber R$ 23 milhões, verba que seria utilizada para alcançar a universalização do acesso à água e esgoto.

De acordo com dados do IBGE, 43,5% da população baiana, que corresponde a 6.318.966 pessoas, não tem acesso à rede geral.

A falta de saneamento básico, segundo o instituto, afeta o interior do estado. Isso porque, na capital, 99,3% dos habitantes têm acesso a rede. Na região metropolitana, 93% dos moradores têm rede de esgoto.

O bahia.ba entrou em contato com a Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs), mas não obteve retorno até o final desta publicação.

Rui assinou carta para revisar medida

No último dia 12 de maio, Rui Costa e mais 21 governadores assinaram uma carta contraria a MP. Na publicação, que foi articulada pela Associação das Empresas de Saneamento Básico Estaduais (Aesbe), os representantes dos estados  afirmam que a medida obriga as cidades a privatizar seus serviços, prejudicando municípios pequenos.

Governo fecha acordo com técnicos e analistas de universidades da Bahia e evita greve

  • BN
  • 24 Mai 2019
  • 11:15h

Foto: Paula Fróes I GOVBA

O governo fechou um acordo com técnicos e analisas de universidades estaduais e conseguiu evitar uma greve das categorias. O acordo foi firmado entre representantes do Fórum dos Sindicatos dos Servidores Técnico Administrativos das Universidades Estaduais e o governador Rui Costa (PT) nesta quinta-feira (23), na sede da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. 

O pacto define a reestruturação da tabela de vencimentos dos técnicos administrativos das quatro universidades estaduais que têm vencimentos abaixo do salário mínimo. No acordo, aceito pelos servidores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) e da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), também ficou estabelecido o ajuste do quadro de vagas para permitir a promoção na carreira de 244 servidores dessas duas instituições, sendo 184 da Uneb e 60 da Uesc, entre técnicos administrativos e analistas.

Representantes das universidades estaduais de Feira de Santana (Uefs) e do Sudoeste da Bahia (Uesb) ainda não assinaram o acordo com o Governo do Estado, mas também terão direito ao ganho salarial por decisão do governador. No entanto, as promoções e progressões de carreira ainda não estão asseguradas, até que um acordo entre as duas universidades e o Estado seja efetivado. Um projeto de lei com a reestruturação do quadro de vagas da Uneb e Uesc será encaminhado à Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) até esta sexta-feira (24).

Agricultores da Bahia devem colher a segunda maior safra de algodão da história

  • Correio 24h
  • 24 Mai 2019
  • 08:45h

(Foto: Divulgação)

Colheitadeiras à postos para percorrer mais de 333 mil hectares, e algodoeiras preparadas para começar a processar mais de 1,4 milhão de toneladas de algodão. É com esta estrutura que os agricultores da Bahia devem colher a segunda maior safra de algodão da história da região oeste do estado. Os capulhos, como são chamadas as cápsulas que envolvem a flor do algodão, devem atingir o ponto ideal de colheita em menos de vinte dias.  Este ano a produtividade média deve alcançar 300 arrobas por hectare, e o volume produzido deve ser até 15% maior do que o obtido no ano passado. Segundo a Associação Baiana de Produtores de Algodão (Abapa), este é um excelente resultado para o setor que chegou a enfrentar um período de estiagem inesperada no meio da safra.

"As condições climáticas não foram muito favoráveis, mas, mesmo assim, o uso da tecnologia aplicada nas lavouras pelos produtores nos dará com certeza uma excelente produtividade", afirma Júlio Busato, presidente da Abapa.

A única preocupação dos agricultores agora é com os preços do mercado internacional. A produção é comercializada com base na cotação da Bolsa de Chicago, que está em forte tendência de baixa.

"Estamos enfrentando um ciclo de problemas, devido à queda nos preços do algodão, principalmente em função da guerra comerical entre China e Estados Unidos.Tem ainda o problema de logistica que nós enfrentamos no Brasil, ou seja, de embarque, de porto, e do tabelamento do frete", pontua Busato.

A Bahia é responsável por 25% da produção nacional de algodão. A maior parte da produção, cerca de 60%, é destinada para as indústrias têxteis brasileiras. A outra parte, aproximadamente 40%, vai para países asiáticos, principalmente Indonésia, Bangladesh, Vietnã e China. Os outros 40%.

Nova variedade

A produção do algodão brasileiro conta com um dos sistemas mais modernos do mundo. Nos últimos anos os cotonicultores investiram em tecnologia, insumos e máquinas para aumentar a produtividade, ocupando áreas menores e gastando menos recursos. Os pivós de irrigação, por exemplo, usam cada vez mais sistemas inteligentes de acionamento, com sensores que permitem verificar a necessidade de irrigação a depender da umidade do ar.

O investimento também tem sido alto em novas variedades de algodão. Elas são mais resistentes a pragas e exigem menos uso de defensivos químicos. Não por acaso, uma nova variedade de algodão será lançada semana que vem durante a Bahia Farm Show, maior feira de tecnologia agrícola do norte e nordeste, em Luis Eduardo Magalhães.

A nova variedade, desenvolvida pela BASF, é a semente de algodão FiberMax 985 GLTP. Segundo a empresa, o produto foi lançado nos Estados Unidos em 2016, e tem tecnologia inédita na América Latina.

Entre outras vantagens, além de apresentar alto potencial produtivo, a nova variedade tem dupla tolerância a herbicidas, e tripla resistência a lagartas. A facilidade no manejo de plantas daninhas e lagartas seria resultado da associação das tecnologias GlyTol LibertyLink (GL) e TwinLink Plus (TP).

“Este lançamento permite que o agricultor utilize o que há de mais moderno na sua lavoura para produzir mais e melhor, e de forma eficiente tenha uma produção de algodão mais rentável, contribuindo assim para a longevidade do seu negócio”, explica Warley Palota, gerente sênior de Algodão da BASF.

Ainda segundo o fabricante, a tecnologia oferece proteção contra diversos tipo de pragas, como a Lagarta-das-maçãs, o curuquerê-do-algodoeiro, a falsa-medideira, a lagarta rosada e a Helicoverpa, que já provocou grandes danos nas lavouras brasileiras nos últimos anos.

CONTINUE LENDO

Compadre Washington tem alta do Hospital das Clínicas de SP

  • Redação
  • 23 Mai 2019
  • 14:40h

(Foto: Divulgação)

Compadre Washington teve alta do Hospital das Clínicas de São Paulo nesta quinta-feira (23). Ele estava internado desde a noite de domingo (19) se recuperando de uma agressão sofrida durante assalto após show na Virada Cultural. O crime foi registrado por câmeras de segurança, o vocalista do É o Tchan aparece saindo de uma lanchonete acompanhado de duas pessoas quando um assaltante contorna uma banca de jornais. Mais criminosos aparecem para cercar as vítimas e um casal bloqueia a frente. Na discussão, Compadre Washington leva um soco e um pontapé, cai com o rosto no chão e bate a cabeça. O ladrão, que usa uma mochila nas costas, fugiu com o celular dele. Os outros assaltantes correram em seguida.  De acordo com Milton Menezes, empresário da banda, o cantor sofreu apenas um corte na cabeça. “Foram feitos alguns exames e não foi diagnosticado nada com relação a nenhuma gravidade no cérebro”, disse. “Ele falou comigo para tranquilizar todos os fãs, familiares dele, também, os amigos, que Compadre Washington está bem, graças a Deus.”

 

Batida frontal entre dois carros deixa 4 mortos e um ferido na BA; crianças estão entre vítimas

  • Informações da PRE
  • 23 Mai 2019
  • 08:10h

Acidente que deixou mortos ocorreu na BA-290, na altura de Medeiros Neto, — Foto: Divulgação/PRE

Uma batida frontal entre dois carros deixou quatro pessoas mortas e uma ferida, na BA-290, trecho da cidade de Medeiros Neto, extremo sul da Bahia, na noite de quarta-feira (23). De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), quatro vítimas estavam no mesmo veículo, enquanto a outra viajava sozinha no outro carro. Informações preliminares da PRE apontam que as quatro pessoas no veículo eram da mesma família: pai, mãe e dois filhos. O homem e as crianças morreram, enquanto a mãe foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada para o Hospital Regional de Teixeira de Freitas. Não há informações sobre o estado de saúde da mulher. A PRE ainda não tem detalhes das causas do acidente, mas suspeita que a batida tenha ocorrido durante uma ultrapassagem. A polícia ainda detalhou que com o impacto da batida, uma das crianças foi arremessada para a estrada.

 

 

Correios anunciam fechamento de 12 agências na Bahia; Brumado está fora da lista

  • Redação
  • 22 Mai 2019
  • 16:34h

(Foto: Divulgação)

A fim de dar seguimento ao processo que chama de "readequação da rede de atendimento", os Correios anunciaram o fechamento de mais 161 agências até o dia 5 de julho. Desse total, 12 estão na Bahia: oito em Salvador, uma em Feira de Santana, uma em Itabuna, uma em Luís Eduardo Magalhães e uma em Vitória da Conquista. Com isso, o atendimento nessas unidades será absorvido por outras agências próximas, sem prejuízo da continuidade e da oferta de serviços e produtos, de acordo com a estatal. Os Correios afirmam que a maioria das unidades que serão desatividas ocupa imóveis alugados e está sombreada por outras. Então, a empresa defende que essa iniciativa visa assegurar maior produtividade e garantir unidades rentáveis, sem comprometer a universalização dos serviços postais. Quanto ao quadro de funcionários dessas agências, os Correios afirmam que eles serão transferidos para outras agências ou poderão optar pelo reenquadramento de atividade.

Confira abaixo todas as agências que serão fechadas e unidades próximas que podem agregar os serviços:

  • FEIRA DE SANTANA: AC Capuchinhos > AC Feira de Santana

  • ITABUNA: AC Itabuna > AC Pinheiro

  • Luís Eduardo Magalhães: AC Santa Cruz do Oeste > Luís Eduardo Magalhães

  • Salvador: AC Campo Grande > AC Associação Baiana de Imprensa

  • Salvador: AC Estrada da Liberdade > AC Calçada

  • Salvador: AC Fórum Ruy Barbosa > AC Associação Baiana de Imprensa

  • Salvador: AC Mercado Modelo > AC Central Salvador

  • Salvador: AC Terminal Rodoviário > AC Sumaré

  • Salvador: AC Universidade Federal da Bahia > AC Brotas

  • Salvador: AF Pituba > AC Cidadela

  • Salvador: AC Tribunal Regional do Trabalho > AC Central Salvador

  • Vitória da Conquista: AC Bairro Departamento > AC Vitória da Conquista

CONTINUE LENDO

Dívidas com a União: 16 deputados estaduais devem mais de R$ 2 milhões à Receita

  • por Lucas Arraz
  • 21 Mai 2019
  • 08:03h

(Foto: Divulgação)

R$ 2,09 milhões. Essa é a cifra que 16 dos 63 deputados estaduais da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) devem à União.  Dados da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), obtidos pelo Bahia Notícias por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI), mostram que pelo menos R$ 1,21 milhão da dívida dos parlamentares está em “situação irregular”, ou seja, não faz parte de nenhum tipo de financiamento para pagamento.  A outra fatia dessa conta, exatamente R$ 878 mil, são débitos regularizados que envolvem valores parcelados, suspensos pela Justiça ou que estão em fase de negociação entre a procuradoria e o político devedor. As dívidas com a Receita, em sua maioria, são débitos previdenciários, multas e impostos não pagos ao governo federal. Com o montante mais significativo, o deputado estadual Alan Castro (PSD) é dono de 35% do que devem os parlamentares baianos à Receita. O médico tem uma conta de R$ 678 mil não paga (saiba mais aqui).  Castro é seguido por Euclides Fernandes (PDT), que acumula dívida previdenciária e decorrente de multas de R$ 524 mil. O parlamentar renegociou com a Receita um débito previdenciário de R$ 329 mil da empresa Centro de Educação Técnica de Jequié. O restante do que deve Euclides são multas aplicadas ao Sistema Jequié de Comunicação. O deputado tem R$ 2,5 milhões em bens declarados e recebe um salário de R$ 25 mil. As deputadas Mirela Macedo (PSD) e Jusmari (PSD) aparecem na sequência de Euclides e Castro com os maiores débitos com à Receita.  As dívidas são de R$ 267 mil e R$ 209 mil, respectivamente. No caso de Jusmari, a deputada deve R$ 205 mil de Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) sem previsão para pagamento (não regularizado) e uma multa eleitoral de R$ 3,7 mil da época do extinto Partido da Frente Liberal (PFL).  Veja quanto devem os deputados estaduais da Bahia, considerando dívidas irregulares, sem refinanciamento, e as regulares, que envolvem valores renegociados: 

 

Os débitos estão inscritos nos CPFs dos parlamentares ou em nome de empresas atrelados ao número de identificação. A deputada Mirela Macedo justificou que a dívida no seu CPF diz respeito a empresa Carneiro Novaes Empreendimentos Médicos, a qual ela não é mais sócia desde 2010.  “Desde 2010, a deputada aparece como corresponsável pela dívida irregular porque apenas em 2013 houve a alteração de sócios na Junta Comercial da Bahia (Juceb). Esse fato, inclusive, fez a deputada ingressar na Justiça contra os outros sócios”, declarou, em nota, a assessoria de Macedo.  Jusmari Oliveira afirmou que o débito na Receita Federal foi parcelado por meio do Refis, programa de refinanciamento de dívidas tributários. Por nota, a deputada declarou que ela, como grande parte da população brasileira, enfrentou dificuldades devido a crise econômica, mas vem amortizando as parcelas dentro das suas condições e se coloca a disposição para qualquer esclarecimento a respeito do assunto. Citados, os deputados Euclides Fernandes e Alan Castro não responderam a solicitação da reportagem até a publicação. 

CONTINUE LENDO

Acidente entre dois veículos deixa três mortos e quatro feridos em rodovia do baixo sul

  • G1 | BA
  • 20 Mai 2019
  • 12:48h

Acidente deixou mortos e feridos na BR-101, na cidade de Presidente Tancredo Neves — Foto: Site do Voz da Bahia/Carlos José

Um grave acidente envolvendo dois veículos, na BR-101, em trecho da cidade de Presidente Tancredo Neves, baixo sul da Bahia, deixou três pessoas mortas e quatro feridas. O caso aconteceu na tarde de domingo (19). Na colisão, um dos carros chegou a cair em uma ribanceira. A frente dos dois veículos ficou completamente destruída. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os três mortos foram identificados como Alessandro Barreto dos Santos, que dirigia um dos carros; Antônio Lenhador Santos, que era o motorista do segundo veículo; e Flávio sena dos Santos, que estava no mesmo veículo que Antônio. A PRF não detalhou se as vítimas eram parentes. Os corpos das vítimas foram levados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Valença. As quatro pessoas que ficaram feridas foram socorridas para o Hospital de Santo Antônio de Jesus, que fica a cerca de 66 km de Presidente Tancredo Neves. O estado de saúde delas não foi revelado.

 

União libera seguro de safra perdida a agricultores de 39 municípios baianos; Brumado ficou de fora

  • Redação
  • 16 Mai 2019
  • 07:49h

Agricultores de 39 municípios baianos foram autorizados a receber o garantia-safra – seguro em caso de prejuízo na produção – a partir deste mês. Uma portaria do governo federal publicada nesta quinta-feira (26) atesta a liberação do seguro. Os recursos são referentes a safras perdidas entre 2017 e 2018. Instituído a partir de 2003, o benefício paga R$ 850 em cinco parcelas de R$ 170 e é direcionado a agricultores com renda familiar de 1,5 salário mínimo, no caso vigente até R$ 1,5 mil, em área plantada de até 5 hectares [cinco campos de futebol]. As cidades com agricultores contemplados são: Bom Jesus da Serra, Boninal, Boquira, Caetanos, Cocos, Ibiassucê, Ibitiara, Morpará, Pindaí, Poções, Santa Maria da Vitória, Seabra, Tremedal, Banzaê, Candeal, Capela do Alto Alegre, Cipó, Conceição do Coité, Gavião, Heliópolis, Ichu, Ipirá, Itiúba, Mairi, Nova Fátima, Nova Soure, Paripiranga, Pé de Serra, Pindobaçu, Rafael Jambeiro, Retirolândia, Riachão do Jacuípe, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal, Santa Teresinha, São Domingos, Serra Preta, Serrinha, Valente.

Adab nega que extinção e criação de cargos tenham sido feitas por meio de decreto do governo

  • bahia.ba
  • 15 Mai 2019
  • 16:39h

O Diretor-geral da Adab, Bruno Almeida, afirma que foram observados os trâmites administrativos de acordo com a legislação (Foto: Divulgação)

A Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) informa que a extinção e criação de cargos no órgão se deram através de lei e não de decreto. O projeto foi aprovado pela Lei nº 14.032/2018, na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), em dezembro do ano passado. Os esclarecimentos rebatem a Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) do PSDB, promovida por orientação do deputado estadual Tiago Correia, contra um decreto do governo do Estado que supostamente modifica a estrutura da Adab e do Conselho de Defesa Agropecuária (Conagro). 

Decreto

A Agência informou que, com relação ao Decreto 19.004, de 5 de abril de 2019, o Estado promoveu a reorganização da estrutura da Adab, extinguindo, dentre outras unidades, as Coordenadorias Regionais e a Diretoria Administrativa e Financeira, e criando, dentre outras, as Gerências Territoriais de Defesa Sanitária Animal, as Gerências Territoriais de Defesa Vegetal e as Gerências Territoriais Administrativas. O Diretor-geral da Adab, Bruno Almeida, afirma que foram observados os trâmites administrativos de acordo com a legislação. “O decreto não promoveu nenhuma extinção de cargos, mas dispôs apenas sobre a organização e o funcionamento da administração, sem implicar aumento de despesa nem criação ou extinção de órgãos públicos, o que fez dentro da competência do chefe do poder executivo e nos limites legais impostos ao ato normativo em referência”, disse. A Adab destaca ainda que o processo de elaboração do decreto foi realizado por técnicos da Agência e passou pelos órgãos responsáveis da Procuradoria Geral do Estado, com trâmite regular junto à Secretaria de Administração (Saeb).

Rui assina memorando com empresa chinesa para investimento de U$ 7 bi na Bahia

  • Redação
  • 13 Mai 2019
  • 10:38h

(Foto: Divulgação)

O governador da Bahia, Rui Costa, assinou em Pequim, na manhã desta segunda-feira (13), um memorando de entendimento entre o governo do Estado e a chinesa Easteel. A empresa pretende investir na Bahia U$ 7 bilhões para implantação de um projeto de desenvolvimento integrado que deve gerar mais de 30 mil empregos diretos. "Vamos trabalhar de forma firme, dedicada e determinada para que esse projeto marque a história da economia baiana e das relações do Brasil com a China", disse ele. O projeto contempla a construção de um grande parque industrial integrado, composto por siderúrgica, usina de energia e diversas unidades fabris, a exemplo de uma fábrica de cimento capaz de produzir anualmente 5 milhões de toneladas. Também compõem o planejamento da Easteel a revitalização do Porto de Aratu, com aplicação de sua capacidade de movimentação, e a construção de uma cidade inteligente nas proximidades do parque industrial, para trabalhadores da empresa e seus familiares. Participaram do ato de assinatura em Pequim cerca de 100 pessoas, entre representantes de grupos empresariais chineses e membros do governo chinês. "Tenho absoluta confiança de que este projeto coloca a Bahia como destino prioritário dos investimentos chineses", afirmou o embaixador do Brasil na China, Paulo Estivallett de Mesquita, também presente no evento. "Acreditamos no sucesso deste projeto e por isso hoje é um dia inesquecível para nossa empresa", disse Liangcheng Zhang, CEO do grupo Easteel.  Antes da assinatura do memorando, o governador Rui Costa e a comitiva baiana - formada pelos secretários da Casa Civil, Bruno Dauster; de Desenvolvimento Urbano, Sérgio Brito; e pelo senador Jaques Wagner - participaram de outras duas reuniões com representantes da Easteel, ambas no domingo. Uma delas aconteceu na sede da empresa, quando o governador garantiu a formação de uma equipe técnica do governo do Estado para dar total apoio ao projeto.  A missão baiana em terras chinesas continua nesta terça-feira com dois encontros com empresas interessadas no projeto da Ferrovia de Integração Oeste Leste e na ponte Salvador- Itaparica. Os compromissos no país asiático seguem até a próxima quarta, na cidade de Shenzen.

Conta de água tem reajuste de 4,7% na Bahia

  • Redação
  • 11 Mai 2019
  • 14:19h

A tarifa da conta de água dos baianos ficará mais cara a partir do dia 12 de junho. O reajuste anual da taxa, autorizado pela Agência Reguladora de Saneamento Básico do Estado da Bahia (Agersa), foi de 4,7%. Os valores vão ser cobrados na fatura de julho. De acordo com a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), o reajuste será publicado no Diário Oficial do Estado no sábado (11), e começa a vigorar a partir de domingo (12). Ainda segundo a Embasa, o reajuste foi menor do que o esperado, que era de 6,22%. O percentual foi baseado no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Apesar de retração, produção industrial na Bahia segue tendência nacional, diz Fieb

  • Jade Coelho
  • 10 Mai 2019
  • 06:35h

Foto: Reprodução / EBC

O comportamento da produção industrial da Bahia, apontado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (7) com a apresentação de redução de cerca de 10% entre fevereiro e março (leia aqui), na avaliação do diretor executivo da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), Vladson Menezes, segue a tendência nacional. Apesar dos dados do IBGE, ele fez uma ressalva e alerta: “não é bom, indica estagnação, mas não é uma coisa assustadora”. Partindo deste entendimento, o diretor da Fieb explicou a necessidade de olhar os dados e indicativos da produção industrial da Bahia em períodos mais longos, e não em comparativos mês a mês, para que se tenha real ideia e entendimento da situação do setor no estado. “A Bahia no acumulado dos últimos 12 meses caiu 0,3%, enquanto o Brasil caiu 0,1%, então o comportamento da Bahia foi similar ao brasileiro”, esclareceu. As perspectivas de melhora do setor, na visão do diretor da Fieb, não são das mais positivas, levando em conta o atual cenário, e dependem de fatores internos, externos e até internacionais para que uma melhora considerável aconteça. “O que a gente tem a dizer é que não se espera uma grande reviravolta, mas também o impacto dessa queda de março é pontual”, explicou Vladson Menezes, ao listar "movimentos" que impactariam na melhora da economia no cenário nacional e consequentemente na Bahia “É preciso no plano nacional um avanço em algumas reformas, a principal delas é a da Previdência. Uma outra coisa é uma reforma tributária, uma que possibilite uma maior racionalidade no pagamento de tributos. Uma terceira coisa é o avanço nas privatizações”, defendeu  Menezes. Para o diretor-executivo da Fieb, a resolução dessas questões é que vão, junto com as políticas internas e com o cenário mundial "definir o horizonte da Bahia nos próximos meses e também nos próximos anos”.