Menino de 7 anos é degolado durante brincadeira com pipa

  • 23 Jun 2018 - 12:00h

Prazo para apostar na Quina de São João termina neste sábado; prêmio é de R$ 130 mi

  • 23 Jun 2018 - 11:00h

Bahia: Idoso é assassinado a pedradas após repreender vândalos que colocavam fogo em ônibus

  • 23 Jun 2018 - 10:00h

Brumado: Prefeitura emite nota de pesar pelo falecimento do ex-governador da Bahia, Waldir Pires

  • 23 Jun 2018 - 09:00h

ONU Mulheres condena assédio promovido por brasileiros na Rússia

  • 23 Jun 2018 - 08:00h

Defesa de Lula busca concessão de prisão domiciliar no STF

  • 22 Jun 2018 - 18:00h

Com garra e determinação; Dupla Brumadense competirão no Rally Mercosul 2018

  • 22 Jun 2018 - 17:20h

Petrobras perde ação trabalhista de R$ 15 bilhões no TST

  • 22 Jun 2018 - 17:00h

Bancos terão expediente hoje na parte da tarde

  • 22 Jun 2018 - 11:00h

Brumado: Comissão de organização do São Pedro dos Olhos D'água convida os vendedores ambulantes para reunião

  • 22 Jun 2018 - 10:00h

Brumado está entre municípios em situação de risco de dengue, Zica e chikungunya

  • 22 Jun 2018 - 08:00h



Vaticano condena sacerdote acusado de pedofilia a cinco anos de prisão

  • 24 Jun 2018
  • 16:00h

O Tribunal do Vaticano condenou neste sábado (23) a cinco anos de prisão o sacerdote Carlos Alberto Capella, ex-conselheiro da Nunciatura de Washington, nos Estados Unidos, por posse e troca de material pornográfico infantil. O julgamento começou sexta-feira (22), mas a decisão foi tomada hoje. O promotor Gian Piero Milano tinha pedido uma pena de cinco anos e nove meses de prisão, enquanto a defesa solicitava a condenação mínima, sem especificar o período que o acusado ficaria detido. A Promotoria do Vaticano argumentou que Capella deveria ser condenado porque possuía grande quantidade de fotos e vídeos com menores em atos sexuais explícitos. Ele era acusado da posse e transmissão das imagens, já que havia feito postagens do material em um blog criado na plataforma Tumblr. A defesa afirmou que o comportamento de Capella não é sinal "periculosidade", mas sim de um "problema psicológico". Para comprovar a tese, os advogados do sacerdote apresentaram uma avaliação que mostrava que ele não revelava "tendências de pedofilia" e sofria de "problemas relativos à sua fragilidade". Capella teve a oportunidade de falar no julgamento antes da sentença e disse estar arrependido. Ele também afirmou que esperava que a situação fosse considerada com um incidente no caminho de sua vida sacerdotal. 

Susp: a aposta para reduzir a violência no país

  • Agência Brasil
  • 24 Jun 2018
  • 14:00h

Com o avanço do crime organizado país afora, o governo federal aposta no Sistema Único de Segurança Pública (Susp) para tentar reverter o clima de insegurança que atinge a população brasileira. O novo modelo, que passa a vigorar a partir de 11 de julho, coloca a União no comando das ações de segurança, integra os esforços dos governos federal, distrital, estaduais e municipais, além de disponibilizar recursos para o combate à violência. Os resultados não serão imediatos e devem ser percebidos a partir de 2019. Depois de sancionada pelo presidente Michel Temer, a nova política de segurança pública ainda tem etapas a serem cumpridas e deverá passar por um período de transição. “Em 2018 vamos ter alguns avanços setoriais, vamos ter operações conjuntas, como a que fizemos recentemente com todas as polícias civis contra a pedofilia na internet. Tem muita coisa acontecendo, mas a percepção de fato da significação do Susp só vai se dar a partir de 2019", disse o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, à Agência Brasil. A base do sistema de segurança pública é a atuação conjunta, coordenada, sistêmica e integrada da União, dos estados, do Distrito Federal (DF) e dos municípios, em articulação com a sociedade. Caberá ao recém-criado Ministério da Segurança Pública a formação do conselho nacional e a elaboração do plano nacional, que servirão de parâmetro para os estados, o DF e os municípios. "Como nosso tempo é curtíssimo, nos importa muito deixar um legado. Esse legado está construído em forma de lei e vai prevalecer, não vai desaparecer", argumenta Jungmann.

Redes sociais perdem espaço como fonte de notícia,diz relatório global

  • 24 Jun 2018
  • 12:00h

Nos últimos anos, as redes sociais se tornaram uma fonte importante de acesso a notícias. Contudo, esta tendência começa a mudar. A conclusão é do Relatório sobre Notícias Digitais do Instituto Reuters, um dos mais conceituados do mundo. O estudo, divulgado nesta semana, entrevistou milhares de pessoas em 37 países para entender os hábitos de consumo de jornalismo. Segundo a pesquisa, o índice de pessoas que se informam pelas redes sociais caiu em diversos mercados importantes, como Estados Unidos (6%), Reino Unido e França. “Quase a totalidade disso se deve à diminuição da busca, publicação e compartilhamento de notícias do Facebook”, analisam os autores. Apesar disso, a rede social ainda é a mais utilizada para ler notícias (36%), seguida de Whatsapp (15%), Twitter (11%), FB Messenger (8%) e Instagram (6%). Na comparação entre países, o Brasil ainda é o local pesquisado em que o Facebook tem maior popularidade como fonte de notícias (66%), seguido por Estados Unidos (45%), Reino Unido (39%) e França (36%). Por outro lado, aplicativos de troca de mensagens, como Whatsapp, FB Messenger, Telegram e Skype, estão ganhando espaço como palco de troca de notícias. Entre os brasileiros entrevistados para a pesquisa, quase a metade (48%) afirmou usar o Whatsapp para acesso a conteúdo jornalístico. O país só fica atrás da Malásia, onde o índice foi de 54%. O percentual vem crescendo também em outros países, como Espanha (36%) e Turquia (30%).

Três anos sem Cristiano Araújo: empresário e filhos ainda brigam na Justiça por dinheiro

  • 24 Jun 2018
  • 10:00h

Foto: Divulgação

Após três anos da morte do cantor Cristiano Araújo, seus dois herdeiros ainda não receberam o valor do seguro do carro do artista. Segundo a justiça, o dinheiro está na conta do processo do inventário. De acordo com o G1, os responsáveis por João Gabriel, de 9 anos, e Bernardo, de 5 anos, filhos do sertanejo, estavam disputando o valor com um empresário, que não teve o nome divulgado. Informações dão conta de que a Range Rover do cantor ainda estava vinculada ao homem. “Nós comprovamos com documentos fornecidos pela família, algumas informações que a gente tinha na época e no processo que surgiu sobre a propriedade do veículo. Conseguimos provar que o veículo, apesar de estar em nome de uma empresa, não do falecido, pertencia a ele”, contou o advogado da mãe de Bernardo, Luiz Fernando Freitas Pires. A advogada Marly Marçal, que representa o empresário, disse que seu cliente adquiriu o carro à vista, para uso próprio, mas que ficou apenas dez dias com o veículo. Temendo pela segurança de Cristiano, com quem trabalhava, ele resolveu cedê-lo para a realização das viagens. “Um dia, meu cliente viu que o Cristiano estava indo para os shows em uma caminhonete mais velha. O Cristiano uma vez deu uma volta no carro e se apaixonou. Então, preocupado com a segurança dele, o empresário resolver repassar o veículo”, disse Marly. Além disso, o inventário do músico não deve ser finalizado ainda em 2018. O processo está em andamento e ainda não tem prazo para terminar. Cristiano e a namorada, Allana Moraes, morreram em um acidente de carro em 2015. O empresário Victor Leonardo e o motorista Ronaldo Miranda, que também estavam no carro, ficaram feridos.

30% das contas rejeitadas pelo TCM são aprovadas pelas câmaras

  • 23 Jun 2018
  • 18:00h

Um terço das contas de prefeituras rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) foi aprovado pelos vereadores das respectivas cidades. Dos 33 casos reprovados pela Corte e julgados pelos legislativos, 22 tiveram a condenação contra os prefeitos mantida. Por outro lado, 11 contas acabaram aprovadas, embora tivessem parecer pela rejeição devido a irrregularidades identificadas pelo tribunal. O número pode ser ainda maior, pois cerca de 100 casos punidos pelo TCM ainda serão julgados pelos legisladores municipais. O levantamento foi feito pela Satélite com base em informações disponíveis no site do TCM referente ao exercício financeiro de 2015, que são as mais recentes apreciadas pelas câmaras entre 2017 e 2018. 

Ministério da Saúde divulga aumento de mortes por gripe entre crianças

  • 23 Jun 2018
  • 17:00h

Dados divulgados pelo Ministério da Saúde mostram que 44 crianças menores de cinco anos morreram neste ano por complicações ligadas à gripe. O número é mais do que o triplo do registrado em 2017, quando 14 óbitos foram computados pela pasta. O grupo de crianças é o que apresenta o menor indicador de adesão à campanha de vacinação contra a doença, que termina nesta sexta-feira (22), para o público prioritário. Pelos cálculos da pasta, 3,6 milhões de menores de cinco anos não foram imunizados. Com isso, a taxa de cobertura atingiu 67,7%. A expectativa é de que alcançasse, no mínimo, 90% da população nesta faixa etária. Gestantes também apresentaram uma baixa adesão, com cobertura de 71%. A partir de segunda, a vacinação contra a gripe será aberta para outros públicos, além dos que são considerados prioritários. Crianças de 5 a 9 anos poderão ser imunizadas e também pessoas a partir dos 50 anos. A tendência de aumento da mortalidade por complicações de gripe não se registra apenas entre crianças. Dados do Ministério da Saúde mostram que ocorreram no País até o momento 535 mortes. A maior parte, 351 mortes, provocadas pela infecção por H1N1. O H3N2, cepa do vírus que no Hemisfério Norte provocou um grande número de casos e mortes, causou no País 97 óbitos. No total, 54,4 milhões de pessoas deveriam ter sido imunizadas. Os números obtidos até quarta, no entanto, mostram que a expectativa foi frustrada. Apesar de duas prorrogações, 45,8 milhões de pessoas em todo o País foram vacinadas.

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 38 milhões neste sábado

  • 23 Jun 2018
  • 16:00h

O sorteio 1.909 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 38 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) deste sábado (4), em São Paulo (SP). De acordo com a Caixa Econômica Federal, com o valor integral do prêmio, o ganhador poderá adquirir 10 iates de luxo ou 19 imóveis de R$ 2 milhões cada. Se quiser investir na poupança, o sortudo poderá garantir uma aposentadoria de R$ 201 mil por mês.

População carcerária quase dobrou em dez anos

  • 23 Jun 2018
  • 15:00h

"Sou condenado à morte por doenças crônicas, que são o vírus da aids e da hepatite C, que não têm cura. Estou preso há muitos anos e está muito difícil o dia a dia pois sei que vou morrer qualquer dia desses”, escreveu uma pessoa privada de liberdade, de Santa Catarina. “Hoje o sistema prisional não recupera ninguém”, avaliou outra, de São Paulo. Os testemunhos foram tornados públicos pelo projeto Cartas do Cárcere, que analisou 8.820 cartas recebidas em 2016 pela Ouvidoria Nacional dos Serviços Penais, órgão ligado do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da  Segurança Pública. São pedidos de apoio, declarações de saudade, confissões de arrependimento, relatos de um dia a dia sofrido, permeado pelas mais distintas violações de direitos. Por meio das palavras das próprias pessoas privadas de liberdades, o caos do sistema penitenciário é revelado. Um drama que se traduz também em números. A população carcerária brasileira quase dobrou em dez anos, passando de 401,2 mil para 726,7 mil, de 2006 a 2016. O número é do Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias (Infopen) de junho de 2016, que apresenta os últimos dados oficiais divulgados. Tendo em vista o crescimento progressivo dos encarceramentos no Brasil de cerca de 4%, ano a ano, o número deve ser maior. Do total, 40% são presos provisórios, ou seja, ainda sem condenação judicial.

 Em todo o país, há 368 mil vagas, o que significa uma taxa de ocupação média de 197,4%. Mais da metade dessa população são jovens de 18 a 29 anos e 64% das pessoas encarceradas são negras. O maior percentual de negros é verificado no Acre (95%), Amapá (91%) e Bahia (89%). Os dados mostram que 95% dos presos são homens. A participação das mulheres se destaca quando observados alguns tipos penais, como o de tráfico de drogas, crime cometido por 62% das mulheres que estão presas. Do total de mulheres presas, 80% são mães e principais responsáveis, ou mesmo únicas, pelos cuidados de filhos. Quanto à escolaridade, menos de 1% dos presos tem graduação. “A gente está falando em 89% da população carcerária que não têm educação básica completa. É um grupo de pessoas que já ingressa no sistema prisional com alguma vulnerabilidade”, afirma a coordenadora-geral de Promoção da Cidadania do Depen, Mara Fregapani Barreto. Pela Lei de Execução Penal, a assistência ao preso é dever do Estado, a fim de prevenir o crime e orientar o retorno à convivência em sociedade. Para tanto, deve envolver ações de assistência material, à saúde, jurídica, educacional, social e religiosa. A realidade do cárcere contrasta com a previsão legal, mesmo para quem tenta reconstruir a vida, ainda que na prisão. O relato está em outra "carta do cárcere", desta vez de um detento do Rio de Janeiro . “Estudando na unidade de ensino prisional, concluí o segundo grau, chegando a ser aprovado no vestibular da Uerj. Fui informado pelo serviço de inclusão social que mandariam uma equipe de funcionários fazer a inscrição na instituição. Contudo, não houve a presença de nenhum funcionário”, lamenta. Segundo o Depen, apenas 15% da população prisional estavam envolvidos em atividades laborais, internas e externas aos estabelecimentos penais, o que representa um total de 95.919 pessoas. Entre os que trabalhavam, 87% estavam em atividades internas. “A Lei de Execução Penal jamais saiu do papel”, afirma a coordenadora do Centro de Estudos de Segurança e Cidadania, Julita Lemgruber,  primeira mulher a comandar o sistema prisional fluminense. A situação poderia ser ainda pior, pois há um grande número de mandados de prisão pendentes de cumprimento. De acordo com o Banco Nacional de Monitoramento de Prisões, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) , o total chega a 143.967, sem considerar estados que ainda não inseriram no banco as informações completas sobre seus sistemas, como Minas Gerais, Rio Grande do Sul, São Paulo e Paraná. O resultado desse cenário está inscrito em diversas denúncias contra o país apresentadas à Corte Interamericana de Direitos Humanos, que em maio do ano passado discutiu, em audiência, a situação de pessoas presas no Complexo Penitenciário de Curado, em Pernambuco; no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, no Maranhão; no Instituto Penal Plácido de Sá Carvalho, no Rio de Janeiro e na Unidade de Internação Socioeducativa (Unis), no Espírito Santo, que estão listadas em Medidas Provisionais da Corte, para cumprimento de melhorias no atendimento nestas unidades. Diante do quadro, Mara Fregapani aponta como saída o reforço às alternativas penais, como penas restritivas de direitos, conciliação e mediação. “É preciso ofertar ações, serviços, assistência que possibilitem a essas pessoas reescrever a sua história”, destaca a coordenadora. 

Brasileiro é preso em estádio na Rússia por crime cometido no Brasil

  • 23 Jun 2018
  • 14:00h

Um brasileiro de 31 anos foi preso, nessa sexta-feira (22), no Estádio Krestovsky, em São Petersburgo, na Rússia. Ele esteve no local para acompanhar o jogo entre Brasil e Costa Rica, mas acabou detido pela Polícia Federal (PF). Segundo informações da Agência Brasil, havia um mandado de prisão em aberto contra ele por determinação da 1ª Vara Federal Criminal do Espírito Santo. O homem, cuja identidade não foi revelada, é acusado de participar do roubo de uma agência dos Correios no município de Itarana (ES), com apoio de outros dois comparsas. No crime, ocorrido em 22 de março de 2017, foram levados mais de R$ 26 mil dos cofres da agência. Incluído na lista de difusão vermelha de procurados pela Interpol, o brasileiro utilizava um passaporte italiano. De acordo com a publicação, sua prisão foi cumprida por policiais federais enviados para o Centro Internacional de Cooperação Policial (CICP), em Moscou. Como os agentes atuam em conjunto com as autoridades russas, foi possível identificar e localizar o foragido, que poderá ser extraditado para o Brasil.

Desaprovação a Bolsonaro sobe a 64%, diz Ipsos

  • 23 Jun 2018
  • 13:00h

Depois de três meses de estabilidade, a desaprovação ao pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) subiu de 60% para 64%, enquanto a aprovação caiu de 23% para 20%. Esta é a principal novidade da pesquisa Barômetro Político Estadão-Ipsos, que todos os meses analisa a opinião dos brasileiros sobre personalidades do mundo político e jurídico. Praticamente não houve mudanças nas taxas dos demais possíveis concorrentes ao Planalto.  "Bolsonaro vem mantendo esse patamar de aprovação há um ano", disse Danilo Cersosimo, diretor do Ipsos. "É possível que seja um dado que confirme seu teto. O início da campanha eleitoral, após a Copa, vai testar a solidez dessa aprovação." Todos os presidenciáveis seguem com taxas altas de reprovação. O que aparece em pior situação é Geraldo Alckmin, do PSDB: 70% desaprovam seu desempenho, contra 18% de aprovação. Apesar de o Ipsos incluir o nome de possíveis concorrentes ao Planalto em sua pesquisa, o instituto não procura medir intenção de voto. O que os pesquisadores dizem aos entrevistados é o seguinte: "Agora vou ler o nome de alguns políticos e gostaria de saber se o (a) senhor (a) aprova ou desaprova a maneira como eles vêm atuando no País." Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede) têm taxas de desaprovação de 65% e 63%, respectivamente, e estão empatados com Bolsonaro nesse quesito. Marina, porém, têm aprovação de 29%, cerca de dez pontos porcentuais acima desses dois adversários. Citado como possível substituto do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva como candidato do PT, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad tem desaprovação de 57% e é aprovado por apenas 7%.  No caso de Lula, preso desde o dia 7 de abril, a desaprovação oscilou para cima (de 52% para 54%), após dois meses de tendência de queda. O ex-presidente é aprovado por 45% - a taxa mais alta entre todos os 19 nomes apresentados pelo Ipsos aos entrevistados. O juiz Sérgio Moro, responsável pela condenação de Lula em primeira instância, enfrenta desgaste de imagem nos últimos meses. Desde março, sua taxa de desaprovação subiu oito pontos porcentuais, de 47% para 55%, enquanto a aprovação passou de 44% para 37%. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Uma pessoa vem a óbito em acidente entre Anagé e Vitória da Conquista

  • Brumado Urgente
  • 23 Jun 2018
  • 12:24h

Foto: Brumado Urgente

Na noite desta sexta-feira (22) um grave acidente foi registrado entre os municípios de Anagé e Vitória da Conquista. Segundo informações passadas ao Brumado Urgente, o acidente aconteceu na zona rural do município de Anagé, Fazenda Duas Barras. O acidente foi entre um carro Fiat/uno e uma motocicleta. Uma pessoa veio a óbito no local e o estado de saúde das demais vítimas não foi divulgado bem como as identidades. O Samu foi acionado e socorreu as vítimas.

Menino de 7 anos é degolado durante brincadeira com pipa

  • G1
  • 23 Jun 2018
  • 12:00h

Foto: G1 Santos

Um menino de sete anos morreu após ser atingido fatalmente no pescoço por uma linha de pipa com cerol, em Santos, no litoral de São Paulo. Jefferson Matheus Duarte empinava o brinquedo com amigos quando sofreu o acidente. Segundo apurado pelo G1, a situação aconteceu em frente a uma praça, na bifurcação das ruas Mestre Tomás e Sancho de Barros Pmentel Sobrinho, no bairro Rádio Clube, na Zona Noroeste da cidade, no início da noite de sexta-feira (22). Matheus estava com colegas quando começou a correr em busca de uma pipa que caía próximo dali. No mesmo instante, um carro passou na via e acabou se enroscando em uma das linhas que estavam estiradas. O menino não conseguiu se desvencilhar da linha, conhecida como ‘chilena’, por conter um produto cortante, e acabou sendo atingido na altura do pescoço. O objeto fez um corte profundo no garoto, atingindo a traqueia. Moradores que presenciaram o ocorrido, e que não quiseram se identificar, relataram ao G1 que houve gritaria e correria na rua. Matheus acabou perdendo muito sangue e recebeu os primeiros socorros do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ainda no local.

Foto: Reprodução/TV Tribuna

Ele foi encontrado já com quadro de parada cardiorrespiratória. Foram feitas tentativas de estabilização e a criança chegou a ser levada para o Pronto Socorro da Zona Noroeste, mas não resistiu ao ferimento e morreu na unidade. O corpo do garoto foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Santos, para os procedimentos de praxe. Até a manhã deste sábado (22), não havia a confirmação do horário nem local do sepultamento do menino, tampouco a identificação do responsável pela linha que matou Matheus.

Prazo para apostar na Quina de São João termina neste sábado; prêmio é de R$ 130 mi

  • 23 Jun 2018
  • 11:00h

Foto: Divulgação

Com prêmio estimado em R$ 130 milhões, o prazo para apostar na Quina de São João termina às 19h deste sábado (23). Vale lembrar que o prêmio não é cumulativo, pois se trata de um concurso especial. Dessa forma, se nenhum apostador acertar as cinco dezenas, o dinheiro será divido entre aqueles que adivinharem a Quadra e, assim, sucessivamente. O sorteio será realizado no Caminhão da Sorte, que está estacionado em São João de Campina Grande, na Paraíba.

Bahia: Idoso é assassinado a pedradas após repreender vândalos que colocavam fogo em ônibus

  • 23 Jun 2018
  • 10:00h

Um ato bárbaro chocou a população de Coribe, no Oeste da Bahia, deixando um ônibus destruído e um idoso morto. Segundo testemunhas, um grupo de jovens que participava da tradicional festa da "Lavagem do Bar Vilson" depredava um ônibus da Viação Novo Horizonte, estacionado na Avenida Rui Barbosa, no centro da cidade, quando o idoso se aproximou e repreendeu o ato de vandalismo. Imediatamente o grupo passou a agredir o idoso com pedradas, socos e pontapés, de acordo com testemunhas, deixando-o em estado grave. Uma equipe do SAMU prestou socorro ao homem ferido, no entanto, ele morreu antes de chegar à unidade de saúde, provavelmente, com traumatismo craniano. O grupo agressor ateou fogo ao ônibus que foi totalmente destruído pelas chamas. O óleo do veículo vazou e percorreu a avenida, oferecendo perigo aos condutores que passavam pela via. O ônibus estava em frente a uma oficina mecânica e loja de auto peças. As chamas atingiram a fachada e o portão de metal do estabelecimento comercial, entretanto, populares conseguiram debelar o incêndio na loja. A Polícia Militar chegou rapidamente ao local, no entanto, somente um suspeito foi detido e encaminhado à Delegacia Territorial de Coribe. 

Brumado: Prefeitura emite nota de pesar pelo falecimento do ex-governador da Bahia, Waldir Pires

  • 23 Jun 2018
  • 09:00h

O município de Brumado, representado pelo prefeito Eduardo Vasconcelos lamenta a morte de Waldir Pires ressaltando a fundamental importância dele na política baiana e nacional, e envia os sentimentos à família neste momento tão doloroso. O ex-governador da Bahia faleceu na manhã desta sexta-feira, 22, em Salvador, aos 91 anos. A morte de um dos mais influentes políticos baianos ocorreu um dia após ele dar entrada no Hospital da Bahia com quadro de pneumonia. Waldir Pires foi consultor-geral da República no governo de João Goulart e, após o golpe militar de 1964, acabou exilado no Uruguai e na França, voltando ao Brasil em 1970. Primeiro governador da Bahia eleito após o regime militar, ocupou o cargo entre 1987 e 1989.