Vizinho de Temer é suspeito de ser 'caixa-forte da propina' recebida por ex-presidente

  • G1
  • 23 Mar 2019
  • 08:06h

(Foto: Reprodução)

A Força-tareda da Lava Jato no Rio de Janeiro investiga se o empresário Vanderlei de Natale tinha uma função ainda maior na organização criminosa que teria, segundo os investigadores, Michel Temer como chefe. Mais do que intermediar negócios em favor do ex-presidente, o Jornal Nacional apurou que investigadores suspeitam que Vanderlei de Natale guardava dinheiro para Temer. Uma espécie de caixa forte do ex-presidente da República. O Ministério Público Federal suspeita que a atuação de Vanderlei de Natale na organização criminosa se mostrou estável durante anos e que tinha influência política na estrutura de governo. Os investigadores dizem que isso ficou evidente na nomeação de Othon Luiz Pereira da Silva para presidência da Eletronuclear. Othon ficou no cargo por dez anos, entre 2005 e 2015. O almirante Othon, como o ex-presidente da Eletronuclear é conhecido, responde a processo na Justiça Federal. Ele voltou a ser preso na operação da Lava Jato nesta quinta-feira. A Lava Jato analisou ainda emails em que Vanderlei é identificado como vizinho, segundo os investigadores, porque mora no mesmo bairro do ex-presidente. Os investigadores afirmam que Vanderlei cobrava de Othon atenção aos pedidos do coronel João Baptista Lima Filho, apontado como operador de Michel Temer. A investigação aponta que Vanderlei criou a oportunidade da Argeplan, empresa do coronel Lima, de participar de um consórcio que ganhou uma licitação de R$ 163 milhões nas obras da usina nuclear Angra 3. Amizade com coronel Lima Vanderlei aparece em fotos obtidas pela reportagem ao lado do amigo do ex-presidente, o coronel João Baptista Lima Filho. De Natale chegou a emprestar o helicóptero para Michel Temer fazer uma viagem no interior de São Paulo em 2014. A Força-tarefa da Lava Jato suspeita que a intimidade entre De Natale e o ex-presidente foi sacramentada nos negócios. Vanderlei De Natale é dono da Construbase.  A empresa, segundo o Ministério Público Federal, transferiu entre 2010 e 2015, R$ 17,7 milhões para PDA Projeto do coronel Lima em benefícios que foram repassados a Michel Temer. Foram 58 operações feitas com o uso de notas fiscais frias, propostas de prestação de serviço inexistente e contratos não cumpridos. A Construbase já foi investigada pela Lava Jato. Ela fazia parte de um consórcio suspeito de pagar R$ 39 milhões em propina para ter contratos da Petrobras entre 2007 e 2012. Em 2017, Lúcio Funaro, operador financeiro do ex-deputado federal Eduardo Cunha e do MDB, contou em delação premiada que Temer tem uma relação muito próxima com a Construbase. Tanto que nos anos de 2003 e 2004, Michel Temer solicitou que o deputado Eduardo Cunha recebesse Vanderlei para que Cunha conseguisse que a Cedae, a companhia de água do Rio de Janeiro, liberasse o pagamento de uma fatura em aberto com a Construbase. Na época, Eduardo Cunha tinha influência sobre a Cedae. Nesta quinta-feira (21), a polícia apreendeu um bilhete na casa de Michel Temer. Era o desejo de feliz aniversário de Vanderlei e a mulher ao aniversário do filho do ex-presidente. De Natale está preso em Bangu 8, na Zona Oeste do Rio. Em liberdade, procuradores da República acreditam que o empresário poderia destruir provas, se comunicar com outros investigados e tentar esconder patrimônio da Justiça. Segundo Fernando José da Costa, advogado de Vanderlei de Natale a Construbase "jamais prestou serviços ou recebeu valor da Eletronuclear"."De 2010 a 2015 contratou serviços da empresa do Lima e está pronta para comprovar tal serviço quando intimada para tanto. A questão é que o Supremo determinou que tais fatos fossem apurados em São Paulo, decisão que não foi respeitada pelo juiz de 1a instância do Rio, que sem qualquer embasamento jurídico decretou prisões preventivas que certamente serão revogadas. O lavar dinheiro exige que ele seja obtido ilicitamente. A Construbase pagou a empresa do Lima por um serviço prestado, ela não recebeu. Portanto é impossível falar em lavagem de quem “colocou” dinheiro na empresa do Lima", explicou.

 

Jovem diz que esposa de 20 anos entrou em estado vegetativo após ter útero retirado durante parto em hospital na BA

  • 23 Mar 2019
  • 07:06h

Foto: Reprodução/Facebook

Um jovem de 21 anos, que mora em Araci, na região nordeste do estado, disse que a esposa, de 20 anos, entrou em estado vegetativo após ter o útero retirado durante o parto do filho no hospital do município. A prefeitura da cidade, responsável pela unidade de saúde, nega que o órgão tenha sido retirado durante o procedimento, e afirma que os médicos se limitaram apenas a realizar o parto. Gean Guimarães da Silva diz que a mulher, Mirene Santos da Silva, teve o bebê no dia 20 de julho de 2018, quando tinha 19 anos. Ele conta que os exames de pré-natal não detectaram nenhum problema com ela e o bebê e apontaram que a gravidez seria normal. Os parentes de Mirene decidiram relatar o caso à imprensa somente agora, oito meses após o parto, porque também reclamam da assistência prestada à jovem atualmente pela prefeitura municipal. No dia do parto, segundo Gean, Mirene levou todos os documentos para o hospital e os médicos disseram que ela estava bem. "Levamos tudo, o ultrassom, os exames, todos feitos na rede particular. Ela não tinha nenhum problema de saúde. A gente chegou no hospital, às 3h40 da madrugada, após ela sentir dores, e, às 6h, eles falaram que ela estava bem. A gente não pôde acompanhar. Às 8h, a enfermeira disse que ela já estava na mesa do parto, mas, pelo que percebemos, o parto demorou muito. Toda hora eles chegavam dizendo que a criança iria nascer e nada. Somente as 10h25 informaram que ela tinha ganhado o neném. Ela passou quase 2h ou mais na sala de parto e a gente estranhou", disse o marido. Depois do parto, segundo ele, um enfermeiro foi até onde os familiares aguardavam e disse que Mirene precisava de um novo ultrassom. "O enfermeiro que ajudou o médio que fez o parto chegou para a gente e disse que tinha ficado com um pedaço da placenta na barriga e que era para fazer um novo ultrassom. Ele veio todo calmo, mas quando a gente foi até a sala de parto vimos uma correria, uma agonia toda. A gente perguntou o que tinha ocorrido e descobrimos que o médico tinha puxado a placenta dela e veio com o útero e tudo. Por conta disso, ela começou a ter uma intensa hemorragia. Na minha opinião, isso foi por negligência, porque minha mulher não tinha nenhum problema", afirmou Gean. Depois, segundo o marido, a jovem foi encaminhada às pressas para o Hospital Estadual da Criança (HEC), em Feira de Santana. "Antes deles colocarem ela no carro, ela disse assim para a mãe dela, que estava acompanhando a gente no dia dia parto: 'mãe, eles me machucaram muito'. Na viagem, ela foi consciente, conversando normal, mas perdendo muito sangue. Quando chegou em Feira, ela foi encaminhada direito para a sala de cirurgia. Ela deu uma parada cardíaca por 10 minutos, os médicos conseguiram reanimar ela, mas ela já não voltou a mesma pessoa", disse. Conforme Gean, Mirene entrou em estado vegetativo na unidade médica de Feira. A jovem ficou internada no HEC por seis meses. Jordan, o bebê deles, não ficou com nenhuma sequela e é uma criança saudável. "Em Feira, os médicos disseram que a gente tinha agora que esperar por um milagre, porque o quadro dela não tem volta. Aí, depois de seis meses, mandaram ela para casa. É um estado vegetativo. Hoje, ela só abre o olho e chora. Não mexe perna, não mexe braços", afirma. O G1 procurou a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) para que pudesse falar sobre a internação da jovem no HEC, mas o órgão disse que, cumprindo determinação do Conselho Federal de Medicina (CFM) e do Ministério Público, não fornece o estado de saúde e informações de pacientes internados na rede de assistência estadual. Gean diz que, atualmente, a jovem precisa de cuidados domiciliares durante 24h, mas que não está tendo essa assistência por parte da prefeitura. "Os cuidados que a prefeitura oferece não suficientes. Ela precisa ser acompanhada durante todo o dia, mas não é assim. A prefeitura contratou uma empresa de saúde pra fazer esse atendimento em casa, mas só tem enfermeiro três dias por semana, terapeuta três dias por semana e médico uma vez só por mês", diz Gean, que atualmente mora com a mulher em uma casa alugada pela prefeitura em Araci.

Bem-estar: conheça os benefícios da meditação e do yoga

  • A Tarde
  • 22 Mar 2019
  • 19:09h

Práticas como meditação e yoga podem auxiliar no tratamento de diversas doenças, além de proporcionar bem estar. As duas atividades promovem relaxamento e favorecem a busca ao auto-conhecimento. Essas atividades têm sido cada vez mais recomendadas por profissionais de saúde e, recentemente, estão sendo difundidas nas redes sociais por influenciadores digitais e famosos. No youtube, por exemplo, é possível acessar diversos tutoriais, meditação guiada e até mesmo aulas virtuais de yoga. Cada vez mais pessoas têm tido problemas com ansiedade e depressão. De acordo com uma pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a depressão será até 2020, o maior motivo de afastamento do trabalho no mundo. Um levantamento realizado no ano de 2018, também pela OMS, constatou que o Brasil está no topo do ranking da América Latina, com 9,3% da população manifestando o quadro.

Tratamentos

Essas doenças possuem tratamentos com mediamentos e acompanhamento médico, mas agregado a isso, os pacientes também podem procurar atividades que auxiliem no tratamento. Mas yoga e meditação não só auxiliam como também podem prevenir doenças, como explica a professora de yoga, Larissa Medeiros, 26 anos, que exerce a profissão desde 2018. "Possui uma atuação preventiva, pois ao cuidarmos da mente e do corpo, prevenimos diversas doenças atuais relacionadas à hiperestimulação, por exemplo.", informou a professora, que também ressaltou que "uma das principais intenções do Yoga é o autoconhecimento, o voltar-se para si próprio(a)."

Ansiedade

Como a ansiedade costuma ser a causadora do pensamento acelerado e traz diversos problemas e crises, a yoga pode contribuir no tratamento dessa causa. "Com o trabalho respiratório, atuamos nessas funções de maneira geral e acessamos a conexão que existe entre a respiração, as emoções e a mente. Ao interferirmos diretamente no ritmo respiratório, trabalhamos indiretamente no padrão mental, buscando aquietar a mente", destacou Larissa. Noé Gouguenheim, 24 anos, pratica meditação e yoga há aproximadamente cinco anos e diz que começou a praticar a atividade por influência de sua mãe, que pratica há 15 anos. Ele, que é estudante de administração, comentou um pouco sobre sua experiência com as duas práticas. "Mudou tudo, é realmente uma ferramenta de mudança completa.", disse. Além disso, Noé também pontuou que com o início da prática, parou de beber, de fumar. Para ele, a yoga deve ser aplicada em instituições de ensino. "É uma ferramenta que poderia ser implementada nas escolas e fazer uma diferença muito grande na vida dos jovens", frisou Noé. Já André Lyrio, 32, agente de pesquisas do IBGE, começou a meditar, inicialmente numa prática coletiva, devido ao transtorno de ansiedade. "Isso me despertou a necessidade de fazer algo por mim", contou. Segundo ele, a meditação coletiva lhe proporcionou uma sensação de relaxamento. "Depois que terminou era uma sensação como se eu estivesse extremamente relaxado, como se eu tivesse tirado todos os pesos da minhas costas, todas as preocupações. Não é que tudo sumiu, mas é que de repente tudo pesou menos", recordou. Tanto André Lyrio, como Noé Gouguenheim, indicam a meditação para todas as pessoas.

Economia baiana deverá ter crescimento econômico de 1,8% em 2019

  • Claudia Lessa
  • 22 Mar 2019
  • 17:02h

Foto: Alberto Coutinho/GOVBA

As primeiras estimativas relacionadas ao desempenho econômico da Bahia apontam para um crescimento de 1,8%, que deverá acompanhar novamente a tendência do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. A avaliação é do diretor de Indicadores e Estatísticas da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), Gustavo Pessoti, e gestores da Secretaria de Planejamento do Estado da Bahia (SEPLAN). Durante reunião realizada esta semana, os especialistas investigaram as atividades econômicas no país e alguns indicadores socioeconômicos, bem como analisaram os resultados da atividade econômica no Brasil e na Bahia em 2018 e as perspectivas para 2019.O secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro, falou sobre o crescimento da economia baiana neste ano, que, caso as estimativas se confirmem, será maior do que o apresentado em 2018, que foi de 1,1%. “A ampliação da infraestrutura, com obras importantes de mobilidade urbana; a construção de novas unidades hospitalares, escolas e estradas; e o apoio aos diversos setores, a exemplo da Agricultura Familiar, são fatores que vão contribuir com a elevação da nossa economia”, enumerou. O cenário que vem contribuindo para o crescimento da economia também foi avaliada pelo especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental, Luiz Mário Vieira. “Já registramos uma recuperação no setor de serviços, demonstrado pelo aumento da demanda por crédito e também pela recuperação da confiança do consumidor. Outros fatores são a taxa de inflação controlada em 3,89% nos últimos 12 meses e a projeção do Banco Central e do mercado financeiro para a permanência desta taxa, pelo menos em 2019.

Representante da Valec vai ao Legislativo e esclarece as dúvidas sobre o retorno das obras da FIOL em Brumado

  • Ascom | CMB
  • 22 Mar 2019
  • 16:32h

O engenheiro da Valec, que monitora as obras do Lote IV prestou os esclarecimentos aos vereadores (Foto: Daniel Simurro | Brumado Urgente)

Após as denúncias de supostos favorecimentos políticos nas contratações para a retomada das obras do Lote IV da Fiol, que tem Brumado como principal município, a VALEC Engenharia, Construções e Ferrovias S.A., empresa pública que é responsável pela obra, enviou o engenheiro José Wedson que compareceu à sessão desta sexta-feira da Câmara de Vereadores de Brumado, para prestar esclarecimentos à comunidade brumadense. Muito seguro ele respondeu os questionamentos feitos pelos parlamentares. O mote principal foram as denúncias de favorecimento nas contratações, as quais foram prontamente rechaçadas pelo engenheiro, que fez questão de citar que serão disponibilizadas nesse momento cerca de 100 postos de trabalho, sendo que, dos quais, apenas 13 contratações foram feitas até o momento. Wedson também explicou que, nesse primeiro momento da retomada das obras, será feita apenas a recomposição ambiental do trecho que compreende o lote IV, por isso não são muitas contratações e que os serviços estão previstos para se encerram no final de 2019. Questionado sobre a continuidade da construção da ferrovia ele citou que ainda não se pode precisar uma data, já que poderá ser feita uma parceria público privada para a conclusão. Mostrando um pouco de frustração, os vereadores não ficaram muito satisfeitos com as explicações, já que, apesar do representante negar com veemência qualquer interferência política, tanto que o presidente Léo Vasconcelos garantiu que para esclarecimento total dos fatos será necessária a formação de uma comissão especial do Legislativo, para apurar as denúncias com maior rigor.

Estatuto da Criança pode ser alterado

  • A Tarde
  • 22 Mar 2019
  • 15:12h

As crianças e adolescentes em situação de rua estão prestes a voltar a ser legalmente ‘apreendidos’ para averiguação, caso o Supremo Tribunal Federal (STF) julgue procedente uma ação que torna inconstitucional os artigos 16 e 230 da Lei 8.069/90.Se o STF entender os artigos como ilícitos, as crianças e adolescentes poderão ser levados a instituições correcionais mesmo sem ter sido flagradas em ato infracional. Para o jovem ser ‘apreendido’, também não vai precisar mais ordem escrita de autoridade judiciária competente, pois bastará a presunção ou suspeita de ter cometido alguma infração. A eficácia das medidas socioeducativas e as atribuições do Conselho Tutelar também estão na mira das mudanças propostas ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), conjunto de leis que garante os direitos das crianças e dos adolescentes no Brasil. A supressão dos artigos pelo STF pode resultar numa ‘caça’ aos jovens mais visados por atitudes tidas como inconvenientes e reduzir o poder do ECA como instrumento legítimo na luta pelos direitos humanos no Brasil.

Proteção - O objetivo do estatuto é proteger crianças e adolescentes em situação de risco social, assegurando condições mínimas de desenvolvimento físico, mental, moral e social, de acordo com os princípios de dignidade e liberdade como preparação para a vida adulta em sociedade. Mas, com as alterações, caso aprovadas, crianças e adolescentes serão apreendidos a depender apenas da interpretação subjetiva de uma autoridade policial ou judiciária. “Como qualquer pessoa jurídica, os partidos políticos também devem ter procedimentos e controles robustos, baseados nas melhores práticas, a fim de evitar irregularidades” Antonio Anastasia,senador, autor do projeto que obriga partidos a cumprirem normas para aumentar a transparência e evitar atos de corrupção, aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado.

Decisão revogada

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) decidiu por unanimidade revogar decisão que determinou busca e apreensão, além do afastamento do vereador de Vitória da Conquista Rodrigo Moreira (PP) do cargo. Ele é o principal alvo da Operação Condotieri, deflagrada pela Polícia Federal em agosto do ano passado para investigar crimes eleitorais. Para os desembargadores, não há provas de que Rodrigo tenha usado o cargo para cometer os delitos apurados. Ele é acusado de oferecer empregos no presídio da cidade, em troca de votos na campanha eleitoral de 2016, quando se elegeu vereador. Rodrigo também teria usado a estrutura de órgãos como o Detran e a Zona Azul para o mesmo fim e para falsificar a prestação de contas entregue à Justiça Eleitoral.

POUCAS & BOAS

O chamamento para consulta pública aos editais do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (MROSC), realizado pela Secretaria da Administração (Saeb), teve o prazo prorrogado para o dia 29 de março. Cidadãos, representantes do poder público e sociedade civil interessados em contribuir com editais de termos de fomento e colaboração poderão fazê-lo por meio do www.participa.br e do e-mail [email protected] O objetivo é construir um modelo de edital que viabilize parcerias entre o Estado e as Organizações da Sociedade Civil. O Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil é uma agenda política ampla que tem o objetivo de aperfeiçoar o ambiente jurídico e institucional relacionado às Organizações da Sociedade Civil e suas relações de parceria com a Administração Pública. A nova edição da roda de conversa #pegavisão, organizada por Laurinha Arantes, terá a presença do sociólogo Caetano Ignácio, do cantor e compositor Manno Góes e do professor de literatura Rubens da Cunha. O encontro será sábado, dia 23, às 9 horas, no Mercado da Farinha, em Santo Amaro da Purificação. O tema em debate é o “Brasil de Bolsonaro e outros Brasis”. Alunos do 2º ano do Colégio da Polícia Militar (CPM – Ribeira) realizam amanhã uma ação de limpeza na praia de Bogary, sob a coordenação da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e da ONG Rede Viva Mar Vivo, para marcar o Dia Mundial da Água. O Mar Não Está para Plástico é o tema da campanha, iniciada em fevereiro nas praias e que já teve a participação de 150 voluntários.

Brumado: Polícia Civil recupera bens furtados e detém três suspeitos

  • Ascom | 20ª Coorpin
  • 22 Mar 2019
  • 15:11h

(Foto: Divulgação Polícia Civil)

Investigadores da Polícia Civil (20ª COORPIN) realizaram na manhã desta quinta-feira, 21, a condução de três homens suspeitos de realizarem furtos mediante arrombamento nesta cidade. Após informações de que um galpão teria sido arrombado na madrugada desta quinta-feira, os investigadores começaram a buscar pelos envolvidos e chegaram até os nacionais, Élio Santos da Rocha, 30 anos, Fernando Sérgio Trindade, 23 anos e Gileno Rodrigues Júnior de 21 anos. No momento da abordagem policial, foram encontrados com os suspeitos 3 mochilas contendo grande quantidade de fios de cobre, de alumínio e diversas ferramentas. Os Policiais Civis então solicitaram apoio da Polícia Militar para efetuar a condução dos indivíduos até a delegacia. Na Delegacia de Polícia Civil, um dos suspeitos confessou os furtos e informou aos policiais onde os objetos estariam escondidos. Os policiais se dirigiram ao local e encontraram uma grande quantidade de ferramentas tais como alicates, chaves de fenda, escadas de fibra, acessórios de informática e materiais eletrônicos. Os suspeitos e os objetos foram apresentados na Delegacia Territorial de Brumado, ao Delegado Plantonista Cláudio Marques, que ouviu os conduzidos e decidiu por liberá-los, em razão de entender pela não configuração do estado flagrancial. Os bens serão restituídos aos seus legítimos proprietários e os indivíduos conduzidos responderão pelos crimes em liberdade até ulterior deliberação judicia

Projeto de Lei apresentado pela vereadora Ilka Abreu reverenciado o Candomblé pode gerar uma nova polêmica religiosa em Brumado

  • Brumado Urgente
  • 22 Mar 2019
  • 14:51h

O local (em destaque) escolhido para a instalação do monumento (Foto: Reprodução Google Maps)

O Projeto de Lei 07/2019 de autoria da vereadora Ilka Abreu (PR), que foi apresentado na sessão do Legislativo desta sexta-feira (22) e que busca a construção de um monumento em reverência ao Candomblé, já dá indícios de que poderá gerar uma forte polêmica entre os segmentos religiosos na cidade. A união de política com religião é uma prática totalmente extemporânea na atual sociedade, já que o Estado é laico, ou seja, defende um princípio político que rejeita a influência da Igreja e as religiões na esfera pública, então, diante disso, o projeto pode ser visto como descontextualizado. O vereador Santinho, que é um defensor fervoroso do protestantismo disse à nossa equipe que respeita muito a vereadora Ilka, mas que não terá como votar a favor deste projeto, já que, segundo ele, seria totalmente descabido, pois além da laicidade, se privilegiar apenas uma corrente religiosa seria uma total discrepância, pois em Brumado existe uma forte pluralização da fé, então, o mais óbvio seria um dar um teor ecumênico sobre o projeto, que tem um fundamento monoteísta. Esse pensamento deve ser defendido por outros vereadores e também por muitas lideranças religiosas da cidade, o que certamente criará uma polêmica, especialmente nas redes sociais. Essa previsão, caso se confirme, poderá fazer com que o projeto da vereadora possa ser modificado ou retirado de pauta, pois correria risco de ser reprovado.Vale destacar que antes da apresentação do projeto de lei, a vereadora teve um encontro (foto abaixo) onde conversou com o babalorixá Dionatah de Xangô, que é conhecido como o “guru das celebridades”.

(Foto: Reprodução Facebook)

Facebook confirma que senhas de usuários podiam ser lidas por funcionários

  • 22 Mar 2019
  • 14:09h

Foto: Dado Ruvic/Reuters

Facebook confirmou nesta quinta-feira (21) uma denúncia de que a empresa salvava senhas em arquivos de texto que podiam ser lidas por funcionários. A rede social disse que uma investigação em andamento, até agora, não revelou nenhum sinal de que algum funcionário tenha abusado do acesso a esses dados.Em nota, o Facebook disse ter percebido o problema em janeiro deste ano e que, na ocasião, tomou as medidas necessárias para resolver a questão. A empresa também afirmou que não é necessário efetuar a troca de senhas, mas que vai notificar milhões de usuários sobre a falha. Os principais afetados foram usuários do serviço Facebook Lite, aplicativo da rede social para aparelhos antigos e conexões lentas. "Serão notificados centenas de milhões de usuários do Facebook Lite, dezenas de milhões de outros usuários do Facebook e dezenas de milhares de usuários do Instagram", disse a empresa em nota. Pedro Canahuati, vice-presidente de Engenharia, Segurança e Privacidade da rede social afirmou que essas senhas nunca estiveram visíveis para alguém fora do Facebook e que a empresa não encontrou nenhuma evidência de abuso interno. "Fizemos mudanças para evitar que problemas semelhantes voltem a acontecer e, como precaução, estamos notificando as pessoas cujas senhas foram armazenadas desta forma”, disse. De acordo com Altieres Rohr, autor do blog Segurança Digital no G1, não há razão para trocar a senha do próprio Facebook, pois quem teria acesso a elas eram funcionários da própria rede social. "Não confiar neles acarretaria em uma desconfiança no próprio serviço. A mudança de senha seria importante se há alguma suspeita de que essas informações saíram do Facebook, o que não foi divulgado até o momento", disse. Apesar disso, ele afirma que, quem estivesse usando a senha do Facebook em outros serviços, deve trocar essa senha porque há um potencial de abuso.O caso foi trazido à tona pelo site especializado em segurança “Krabs on Security”, que entrevistou ex-engenheiros do Facebook. De acordo com uma fonte citada pelo site, entre 200 milhões e 600 milhões de usuários do Facebook podem ter tido suas senhas salvas em texto plano e disponível para busca por mais de 20 mil funcionários da rede social.

Em ato avaliado como de miopia, ex-vereador faz confusão entre Brumado e Livramento e acaba sendo duramente criticado nas redes sociais

  • Redação
  • 22 Mar 2019
  • 13:29h

A falta de atenção acabou gerando a gafe cometida (Foto: Reprodução Facebook)

A oposição é uma peça fundamental para que o processo político venha ser estabelecido dentro da lógica democrática, mas ela tem que ser exercida com sabedoria e estratégia, ou se não, acaba virando até motivos de chacotas, ainda mais nos dias de hoje onde o fenômeno das redes sociais é cada vez mais intenso. Em Brumado, a oposição vem sendo cada vez mais voraz contra o prefeito Eduardo Vasconcelos, o qual vem sendo sistematicamente objeto de críticas contundentes de seus adversários políticos, que se mostram cada vez mais implacáveis, só que alguns “escorregões” promovidos por descuidos e falta de atenção, acabam favorecendo contra-ataques cirúrgicos, o que faz parte do jogo político. Em Brumado um desses “escorregões” foi protagonizado pelo ex-vereador Agno Meira, o qual é um dos críticos mais ferrenhos do atual gestor. Navegando nas ondas do se indignar sem verificar, o ex-vereador acabou, - induzido por uma falha de um blog local -, cometendo uma gafe que não passou despercebida, ao criticar o fato de um veículo de passeio ter sido engolido por um buraco, que ele pensou que fosse em Brumado, só que o fato, na realidade aconteceu no município vizinho de Livramento. Diante disso vários situacionistas de plantão usaram as redes sociais para fazer citações como essa dizendo que “agora Agno Meira mostra mesmo que desconhece a realidade de Brumado, pois fazer uma crítica dessas tão descabida, comprova a sua miopia política, pois qualquer brumadense que conhece a sua terra, sabe que aquela rua onde o carro caiu, não é aqui”. Políticos foram mais específicos ao observarem que “Agno Meira quando foi vereador ficou mais tempo em Salvador do que em Brumado, e isso fica provado que ele não percebeu que essa rua não é aqui. Infelizmente ele perdeu uma ótima oportunidade de ficar calado”.

MPF pede esclarecimentos ao Inep sobre comissão que vai fiscalizar o conteúdo do Enem

  • 22 Mar 2019
  • 12:07h

Foto: G1

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), do Ministério Público Federal (MPF), enviou nesta quinta-feira (21) ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) um ofício pedindo esclarecimentos sobre a comissão criada nesta semana para fazer uma "leitura transversal" das questões que compõem o Banco Nacional de Itens do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).O objetivo da comissão, segundo o Inep, é "verificar a sua pertinência com a realidade social". O resultado do trabalho não será divulgado. A procuradora determinou um prazo de cinco dias para que o Inep envie a resposta e "toda a documentação pertinente". Procurado pelo G1, o Inep afirmou que "recebeu o ofício da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão e o responderá tempestivamente, dentro do prazo estipulado de cinco dias". A autarquia também afirmou que a comissão já deu início à análise das questões nesta quinta e encaminhou links para a portaria publicada na quarta (20) e a nota técnica que detalha as regras. No ofício, a procuradora federal Deborah Duprat usa uma regra que consta em portaria publicada pelo próprio Inep em 2017 para solicitar esclarecimentos a respeito das motivações para a criação da comissão. Duprat considerou a "leitura transversal" do banco de itens um "propósito extremamente vago" para verificar se os itens são pertinentes com "a realidade social, de modo a assegurar um perfil consensual do exame". E ainda citou uma jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre "abuso de poder", na qual o STF afirma que "o Estado não pode, no desempenho de suas atribuições, dar causa à instauração de situações normativas que comprometam e afetem os fins que regem a prática da função de legislar".

O QUE DEVE ESTAR POR TRÁS DA PRISÃO DE TEMER

  • Probus Brasil: João Batista de Castro Júnior, professor do curso de direito da Universidade do Estado da Bahia, campus Brumado
  • 22 Mar 2019
  • 11:21h

Foto: Reprodução Google

Em nome do já costumeiro descrédito, no âmbito científico do Direito, das fundamentações jurídicas de muitas das decisões da Lava Jato, nas últimas horas tem sido enorme a especulação sobre a motivação oculta na decisão do juiz federal Marcelo Bretas em ordenar a prisão do nefasto ex-presidente Michel Temer. Falou-se muito num plano de forçar Maia a ceder aos insistentes pedidos de Sérgio Moro em pautar o projeto de lei de mudança da lei penal. Particularmente, acho que isso, se isso existir, é um efeito não projetado, até pela proximidade temporal dos dois eventos. 

Bretas, em realidade, movido pelo mesmo partidarismo ideológico que guiou Moro quando juiz federal, está tentando fortalecer o dique discursivo contra a cada vez mais crescente indignação interna e internacional quanto à permanência de Lula preso, sobretudo agora que está se avizinhando o julgamento em que irá ser decidida a constitucionalidade da prisão em 2ª instância, num momento em que o STF tem mostrado que não se subordina às pressões de procuradores do MPF, que, na sua fúria, cometeram a imperdoável deselegância de ofender até a reconhecida capacidade da justiça eleitoral em dirimir conflitos em tempo recorde.

 

Não é, pois, casual que grupos de seguidores fanáticos tenham paralelamente gritado pelo impeachment de ministros do STF, nem é um fato isolado que um braço desse pensamento de extrema-direita tenha conseguido levar hoje, dia 21, a Polícia Militar à sede da PF em Curitiba para coibir o tradicional “boa noite, presidente Lula”, a ponto de um tenente ter ameaçado de prender até um juiz federal paulista que tinha ido em companhia de outros para prestar solidariedade ao ex-Presidente.

Há nisso tudo – esse é o plano deliberadamente construído – um novo tipo de pressão contra a soltura de Lula. Esse é o temor de Bretas, que agora ostenta o cetro da Lava Jato, e dos procuradores do MPF. A prisão de Temer, repita-se, presta-se ao papel de reforçar o argumento de que a prisão do ex-presidente Lula nunca foi obra de perseguição política com disfarce jurídico. Que foi, foi. A oca e xacoca sentença de Moro, que conseguiu produzir a proeza do “copia e cola” pela juíza federal Gabriela Hard Heart na decisão relativa ao sítio de Atibaia, não passa, como tenho dito a meus alunos, de um amontoado de ficções indiciárias sem o menor grau de consistência pela boa literatura jurídica, tanto que Moro se envergonhou de permanecer na docência na UFPR para não passar pelo desconforto de ser confrontado a toda hora com a realidade das leis e da verdadeira teoria do direito penal.  

Por falar em “copia e cola”, o ministro da justiça hoje foi acusado, pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, de usar desse expediente no projeto enviado ao Congresso quanto a um texto do ministro Alexandre de Morais. Como Moro se tornou um tigre de papel, ou melhor, um tigre enjaulado subalterno às ordens e contraordens mais comezinhas de seu agora domador, muito pouco provavelmente será guindado ao STF na primeira vaga que surgir, pois não é mais segredo que se trata de um sujeito rancoroso, já que, quanto mais era criticado e mesmo zombado pelo péssimo desempenho no tète-à-tête com Lula no interrogatório, mais destilava peçonha condenatória ao elaborar sua artificial sentença. Com essa personalidade, a milícia bolsonariana não o quer num lugar de onde não pode tirá-lo.

Se o plano primário de Bretas é então desconstruir a acusação de que a Lava Jato prendeu Lula por motivações políticas, o efeito secundário é colocar-se a si mesmo como o nome mais evidente para ocupar a próxima vaga no STF.  Para quem saltou inopinadamente, em Roma, na frente do Papa se autodeclarando “o juiz brasileiro do combate à corrupção”, essa mais bem elaborada manobra chega a ser um upgrade.

Brumado/Vitória da Conquista, Bahia, 21 de março de 2019.

CONTINUE LENDO

Ministro do STJ manda internar João de Deus em hospital

  • 22 Mar 2019
  • 11:14h

Foto: Reprodução/TV Anhanguera

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Nefi Cordeiro determinou que João de Deusseja internado, nesta quinta-feira (21). Segundo a decisão, a internação seria por um período inicial de quatro semanas no Instituto de Neurologia de Goiânia ou outra unidade próxima que atenda à complexidade do paciente.A decisão atende a um pedido da defesa do médium, que está preso há mais de três meses e é réu em processos de abuso sexual de mulheres que o procuravam para tratamento espiritual. Ele sempre negou os crimes. Advogado que representa o médium, Alberto Toron informou à TV Anhanguera que ainda não há data prevista para a transferência do cliente dele, mas que é provável que ocorra até esta sexta-feira (22). Por meio de nota, a defesa acrescentou que "em respeito ao senhor João de Deus, a defesa não comentará detalhes da decisão". O pedido da defesa afirma que o médium tem "um aneurisma da aorta abdominal com dissecção e alto risco de ruptura sendo necessário o controle adequado da pressão arterial". O habeas corpus também informa que "a unidade prisional em que ele se encontra não dispõe de médicos suficientes para acompanharem todos os presos e que a medicação administrada ao paciente é inapropriada". Atendendo ao pedido da defesa, o ministro disse que "não se faz agora a valoração como certa da incapacidade de tratamento regular pelo Estado, mas se admite a existência de prova indicadora de graves riscos atuais". Também ficou determinado que João de Deus pague pelo tratamento. A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informou, por nota, que ainda não foi notificada da decisão, mas que assim que for acionada cumprirá conforme determinado.

A decisão do ministro informa que, para evitar possibilidade de fuga, o médium precisa ser acompanhado por escolta policial no hospital ou usar tornozeleira para monitoramento eletrônico. Também de acordo com o documento, o próprio médico que o acompanhar precisa informar sobre qualquer sinal de melhora do paciente que permita que o tratamento continue na prisão. João de Deus está preso desde o dia 16 de dezembro de 2018, quando se entregou à Polícia Civil. Ele está detido no Núcleo de Custódia de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. O médium responde a acusações de abuso sexual, posse ilegal de arma de fogo e coação de testemunhas.

Conquista: Bebê de 3 meses dá entrada no Hospital de Base após ser jogada ao chão e mordida pelo próprio pai

  • Blog do Rodrigo Ferraz
  • 22 Mar 2019
  • 10:08h

(Foto: Blog do Rodrigo Ferraz)

Um bebê de apenas 3 meses deu entrada no Hospital de Base, em Vitória da Conquista. Segundo informações obtidas pela nossa reportagem, junto a Polícia Civil, o bebê foi vítima de agressão pelo próprio pai, na cidade de Iguaí, no Sudoeste baiano. Ainda de acordo com a polícia, a criança foi jogada ao chão. O pai ainda mordeu o bebê em diversas partes do corpo. A criança deu entrada na unidade com diversas lesões pelo corpo. Segundo a polícia, a agressão aconteceu porque, de acordo com as investigações, o pai estava incomodado com o choro da criança.O pai está preso e o inquérito enviado à justiça criminal.

Taisan Auto: Venha conferir a TORO OPEN EDITION 1.6, Completa (2016/2017)

  • 22 Mar 2019
  • 09:10h

Na Taisan Auto você pode aproveitar as nossas ofertas todo dia. Venha conferir a  TORO OPEN EDITION 1.6, Completoa, automática, ano 2016/2017. Essa é uma grande oportunidade para adquirir um veículo de excelente qualidade e as melhores condições de pagamento, ideal para você e sua família. Venha ver de perto esse carro que está disponível aqui na nossa loja. Estamos localizados na Av. Centenário, 853, Novo Brumado- Brumado-Bahia, fone; (77) 3441-5551. Para conhecer nossa linha completa de veículos disponíveis acesse  www.taisanauto.com.br.