Jovem baiano desaparecido após tragédia em Brumadinho é achado morto, diz família

  • 23 Fev 2019
  • 19:14h

Foto: Arquivo pessoal

O jovem Cássio Cruz Silva Pereira, de 27 anos, que estava entre os baianos desaparecidos na tragédia de Brumadinho (MG), foi encontrado morto na manhã deste sábado (23).De acordo com a esposa da vítima, Daniela Pereira, Cássio foi achado na área atingida após o rompimento da barragem de rejeitos minerais da Vale, ocorrido no dia 25 de janeiro. No entanto, ela não soube precisar em qual parte. O baiano era da cidade de Mata de São João, na região metropolitana de Salvador. Contudo, segundo Daniela, o sepultamento foi realizado na cidade de Mário Campos (MG), onde a família mora, na tarde deste sábado. A mulher, que também é baiana, contou que não pôde participar do enterro porque está em Mata de São João, com o filho do casal, de 4 anos. Daniela voltou para a Bahia após a tragédia e informou à reportagem que não pretende voltar para Minas Gerais. Daniela e Cássio eram casados há quase 5 anos. O casal foi para Mário Campos (MG) há 3 anos. O pai de Cássio já morava na cidade há algum tempo. Cássio era funcionário de uma terceirizada da Vale, junto com o pai, Carlos Augusto Santos Pereira, de 49 anos. Além de Carlos, Alex Mário Moraes Bispo, de 22 anos, e o tio Ademário Bispo, de 51, naturais da cidade de Santo Amaro, no recôncavo da Bahia, estão desaparecidos. Outros três baianos foram encontrados mortos na tragédia. O primeiro deles foi Ednilson dos Santos Cruz, de 23 anos, que foi localizado em 29 de janeiro. O segundo foi Tiago Coutinho do Carmo, de 34 anos, que foi encontrado em 17 de fevereiro. O terceiro foi George Conceição de Oliveira, de idade não divulgada, que foi achado em 19 de fevereiro.

Conquista: Motorista pula de caminhão que despencou na Serra do Marçal e saiu ileso

  • Blog do Rodrigo Ferraz
  • 23 Fev 2019
  • 17:15h

(Foto: Divulgação)

Um caminhão despencou na Serra do Marçal neste sábado (23), em Vitória da Conquista. Nas redes sociais circula um áudio do condutor do veículo. Um problema mecânico pode ter provocado a ocorrência. O caminhoneiro pulou do veículo no momento que a carreta estava prestes a descer, saindo ileso do acidente.

Em protestos, venezuelanos exigem abertura das fronteiras com Brasil e Colômbia

  • 23 Fev 2019
  • 14:48h

Foto: Alan Chaves/G1 RR

No dia "D" da oposição ao regime Nicolás Maduro para recebimento de doações de alimentos e medicamentos do exterior, centenas de venezuelanos protestaram neste sábado (23) nas regiões de fronteira com Brasil e Colômbia. Os manifestantes reivindicam que o governo de Caracas autorize o ingresso de caminhões com ajuda humanitária para atender cidadãos venezuelanos afetados pela crise econômica e política do país sul-americano. Os protestos ocorrem após o fechamento das fronteiras da Venezuela com Brasil e Colômbia por ordem do presidente Nicolás Maduro. Na área de fronteira com a Colômbia, houve conflito entre manifestantes e integrantes das forças de segurança venezuelanas. Em meio ao protesto, venezuelanos atiraram pedras contra os policiais, que revidaram com gás lacrimogêneo. Ônibus e roupas foram queimados nos protestos. Treze pessoas ficaram feridas. De acordo com a agência Reuters, três soldados venezuelanos desertaram dos postos na fronteira.Autoproclamado presidente interino da Venezuela, o líder oposicionista Juan Guaidó partiu do município colombiano de Cúcuta, no final da manhã deste sábado, em um comboio com mantimentos e remédiosem direção a Ureña, município venezuelano que fica na fronteira com a Colômbia. Guaidó pretente furar o bloqueio das forças de segurança do regime Maduro. Em um pronunciamento em Cúcuta, o líder da oposição, que se declarou presidente há um mês, exigiu que o governo venezuelano autorize o ingresso no país das doações estrangeiras. Em Roraima, o chanceler brasileiro Ernesto Araújo fez um apelo neste sábado para que as forças de segurança da Venezuela abram as fronteiras com o Brasil para permitir o ingresso de caminhões com alimentos e medicamentos doados pelos governos brasileiro e norte-americano para cidadãos venezuelanos. O presidente da Colômbia, Iván Duque, também defendeu neste sábado que Caracas aceite ajuda externa. Em Pacaraima, na fronteira do Brasil com a Venezuela, um grupo de venezuelanos exigiu de forma pacífica nas ruas do município de Roraima que o país vizinho aceite a ajuda humanitária enviada pelos governos brasileiro e norte-americano. Pacaraima é uma das principais portas de entrada de venezuelanos no território brasileiro. "Deixem passar a ajuda humanitária", gritavam os manifestantes aos soldados da força de segurança venezuelana. A polícia e o exército não divulgaram uma estimativa de quantas pessoas participaram do protesto.

Empresário de SC contrata funcionário e descobre que é irmão que nunca conheceu

  • 23 Fev 2019
  • 12:37h

Foto: Antonio Nunes/Arquivo pessoal

O empresário de Blumenau, no Vale do Itajaí, Antonio Nunes conheceu o irmão mais novo há pouco mais de uma semana. Ele contratou Maicon em janeiro e durante uma viagem de carro pela empresa descobriu o parentesco. Os dois ainda têm um irmão do meio, Jefferson.

Primeiro irmão

A história começa com a mãe. Segundo Antonio, ela não tinha condições de cuidar dos filhos e doou os três. Ele, o mais velho, ficou com a avó. Jefferson e Maicon foram dados cada um para uma família diferente."A família do Jefferson sabia tudo sobre anossa. Quando o pai dele faleceu, a mãe dele falou nome de mãe, tudo certinho. Ele me achou bem fácil", conta Antonio. Ele e Jefferson se conheceram em 2016 e, desde então, procuravam pelo terceiro irmão. A única informação que tinham sobre ele era a data de nascimento.

Busca

Eles procuraram se havia algum documento sobre a adoção na prefeitura, mas não tiveram sucesso. "A gente sabia que tinha uma cabeleireira que na época fez a parte da doação, mediou a doação. Ela conhecia a família que queria adotar e conhecia a minha mãe, uma coisa nesse sentido", diz Antonio.Ele procurou a mulher. "Faz um ano e meio, dois anos, eu fui atrás dessa cabeleireira pra saber se ela conhecia a família. Ela falou que não conhecia mais, não tinha mais contato com a mulher que adotou. A única coisa que ela sabia era que o pai adotivo se chamava João".

Bahia emite alerta sobre aumento de 301% nos casos de Dengue em 2019

  • Ascom I Sesab
  • 23 Fev 2019
  • 11:03h

(Foto: Divulgação)

O número de casos de Dengue, doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, cresceu 301,4% em 2019, se comparado ao mesmo período de 2018. Até o dia 16 de fevereiro desse ano foram notificados 3.725 casos em 123 municípios. O município de Feira de Santana lidera com 1.520 registros e quatro óbitos. Outros dois óbitos foram confirmados, sendo um em Salvador e outro em Candeias. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) solicita que os municípios realizem mutirões de limpeza, com atividades de vistoria e remoções de focos do vetor nas residências, juntamente com caminhadas de conscientização e distribuição de materiais informativos. O governo da Bahia já distribuiu 7.400 kits para serem utilizados pelos agentes de controle de endemias dos 417 municípios. Com investimento superior a R$ 2,6 milhões, cada kit é composto de 26 itens, como pesca larva, pipetas de vidro, tubos de ensaio, álcool, esponja, lanterna de led recarregável, bacia plástica, dentre outros materiais. “Os agentes de controle de endemias têm um papel fundamental na eliminação de focos do Aedes aegypti, pois na visita aos imóveis, eles eliminam criadouros, orientam moradores e realizam mobilizações”, afirma o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas. O titular da pasta estadual da Saúde ainda ressalta que “construir uma estratégia agressiva de combate ao mosquito e controle dos agravos é fruto de um esforço conjunto do poder público, empresas e sociedade em geral, visto que mais de 80% dos focos estão dentro das casas”. A distribuição desses kits se configura como um apoio essencial aos municípios, considerando que a maioria tem dificuldades para aquisição de bens e equipamentos, bem como escassez de recursos. “Os materiais e equipamentos adquiridos pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) são todos padronizados pelo Ministério da Saúde”, destaca o secretário. O primeiro sintoma da Dengue é a febre alta, entre 39° e 40°C. Tem início repentino e geralmente dura de 2 a 7 dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira no corpo. Também pode haver perda de peso, náuseas e vômitos. A população deve procurar a unidade básica de saúde (UBS) mais próxima. Além do diagnóstico clínico, a equipe de saúde pode utilizar o teste rápido Dengue IgG / IgM da Bahiafarma, que foi o primeiro do gênero desenvolvido por um laboratório público brasileiro a obter registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O dispositivo detecta tanto anticorpos para infecções ativas (IgM), quanto para infecções anteriores (IgG), auxiliando no correto tratamento dos casos. Realizado com uma pequena amostra de sangue, o teste fornece o resultado em até 20 minutos. O produto é comercializado para o Ministério da Saúde e distribuído para todo o País.

Carnaval

Nos dias que antecedem a folia momesca, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado está realizando a pulverização de inseticida (UBV) com carros fumacê nos circuitos Dodô e Osmar. O trabalho será iniciado hoje (22) e terá dois ciclos, com intervalo de três dias. Após o Carnaval, a partir do dia 11 de março, também será aplicado o fumacê, com dois ciclos e intervalo de três dias. O objetivo desse trabalho é o controle do mosquito Aedes aegypti, responsável por transmitir doenças como a Dengue, Zika e Chikungunya e que pode também ser vetor para transmissão da febre amarela.

Preço médio da gasolina nas bombas tem nova queda e segue no menor valor desde janeiro de 2018, diz ANP

  • 23 Fev 2019
  • 10:11h

Foto: Marcelo Brandt/G1

O preço médio da gasolina nas bombas teve leve recuo nesta semana, segundo levantamento divulgado pela Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP) nesta sexta-feira (22). O valor por litro caiu 0,02%, de R$ 4,173 para R$ 4,172. Com mais um recuo – o 18º seguido -, o preço da gasolina segue no menor valor desde 6 de janeiro do ano passado (R$ 4,151). A ANP também apurou uma leve alta no preço do diesel. O valor médio por litro subiu 0,1%, de R$ 3,442 para R$ 3,444. O preço por litro do etanol subiu 0,6% no período, de R$ 2,744 para R$ 2,760.

Construção de ponte sobre o Rio De Contas vai começar semana que vem

  • Joana d'arck Cunha Santos
  • 23 Fev 2019
  • 09:09h

(Foto: Divulgação)

Em  audiência com o superintendente de Infraestrutura   Terrestre/SEINFRA , Saulo Pontes, o deputado federal Waldenor Pereira (PT) obteve a informação de que na próxima semana será iniciada a  obra de construção da ponte  sobre o  Rio de Contas, no trecho da BA-142 que liga o distrito de sussuarana ao município de Tanhaçu.  O parlamentar esteve com Saulo Pontes na ultima quinta-feira, 14, “quando  também solicitou uma operação tapa-buraco na estrada que liga  Anagé a Mucugê. Ele ainda acompanhou o pedido de reforma da estrada entre Sussuarana e o município de Andaraí,(BA 142), que depende de autorização do governo federal para liberação do financiamento aprovado junto ao Banco Europeu. "Embora o Governo Rui Costa tenha atendido todos os requisitos para a operação de crédito, os recursos ainda não sairam desde o Governo Temer", lamentou  Waldenor. Sobre a construção da nova ponte entre Sussuarana e Tanhaçu, antiga reivindicação da região apoiada pelos deputados Waldenor e Zé Raimundo (estadual),  ela terá  140 metros de cumprimento e largura aumentada de 4 metros atuais para 10 metros, adequada a um fluxo de 150 veículos por dia. A obra que vai envolver quase R$ 6 milhões beneficiará diretamente 62 mil habitantes dos municípios de Tanhaçu, Ituaçu, Contendas do Sincorá e Barra da Estiva. A ponte também é a principal ligação aos municípios de Brumado, Guanambi e Vitória da Conquista. Os deputados tem feito acompanhamento constante para a realização desse importante pleito da população regional que conta com a firme participação de lideranças políticas locais, como os ex-vereadores Ney Santana e Vado e o líder comunitário, Róger.

Número de mortos identificados da tragédia de Brumadinho sobe para 177, diz Polícia Civil

  • 23 Fev 2019
  • 08:14h

Foto: Washington Alves/Reuters

A Polícia Civil divulgou, no início da tarde desta sexta-feira (22), que o número de mortos identificados da tragédia de Brumadinho subiu para 177 (veja lista).Na relação de pessoas sem contato divulgada pela Vale por volta das 14h20, 133 pessoas levadas pelo mar de lama no último dia 25 de janeiro seguiam desaparecidas (veja lista).

29º dia de buscas

No 29º dia de buscas, os trabalhos continuam concentrados em áreas como o ITM e o almoxarifado. Os bombeiros informaram nesta sexta que também foi localizado uma espécie de container, que funcionava como sala de reuniões, onde possivelmente havia pessoas. Os militares ainda acompanham a drenagem da barragem B6, onde um cão sinalizou a possível presença de um corpo. No total, 117 militares foram empenhados nesta sexta, sendo 97 de Minas e 20 de outros estados. Quarenta e quatro máquinas estão à disposição, além de três cães farejadores e três aeronaves.

Homem denunciado pela enteada por estupro e tortura na BA deve responder por cerca de 10 crimes, diz MP

  • G1
  • 23 Fev 2019
  • 07:10h

Foto: Reprodução/Redes sociais

O homem que foi acusado pela enteada Eva Luana da Silva, de 21 anos, por estupro e tortura, no município de Camaçari, na região metropolitana de Salvador, deve responder por cerca de 10 crimes, de acordo com o Ministério Público da Bahia (MP-BA).Até esta sexta-feira (22), Thiago Oliveira Alves, natural de São Paulo, não havia apresentado defesa à Justiça. Segundo o MP-BA, ele tem até o sábado (23), para apresentar um advogado. Caso não haja representação, um juiz que acompanha o caso deve decretar que a defesa dele seja feita por um defensor público. A mãe de Eva e a irmã dela, uma criança de seis anos que é filha do suspeito, também constam como vítimas no processo. O MP-BA informou que não pode detalhar por quais crimes o réu vai responder, porque o processo corre em segredo de Justiça. No entanto, a promotoria disse que, com relação a Eva, ele foi indiciado por pelo menos seis crimes. As informações foram passadas pelo MP-BA na tarde desta sexta-feira (22), em coletiva de imprensa com as promotoras de Justiça Anna Karina Senna e Márcia Teixeira, que é coordenadora do Centro de Defesa dos Direitos Humanos. A promotora Anna Karina Senna detalhou ainda que parte dos crimes foi identificada pela delegada responsável pelo caso, e outra parte for anexada ao processo pelo próprio Ministério Público, a partir dos relatos e depoimentos de Eva. Segundo a Polícia Civil, ele já foi indiciado por estupro e tortura, mas nega as acusações. A promotora Anna Karina falou sobre a importância da denúncia pública de Eva: "É louvável a atitude dela, porque dá voz a milhares de vítimas que têm receio de denunciar", avaliou ela. Eva já havia prestado queixa contra o padrasto quando tinha 13 anos e que foi obrigada a retirar por conta de ameaças do suspeito. Os laudos de exame de corpo de delito feitos na época também devem ser anexados ao processo. Além dos cerca de 10 crimes listados no processo, Thiago deverá responder também por crimes contra a vida, a partir dos relatos de aborto da jovem. O MP-BA disse que esses crimes fazem parte de um processo separado, porque serão julgados por outra vara. De acordo com a promotora Anna Karina, a medida de separação foi tomada para que o caso tenha julgamento rápido. Ele está detido no Centro de Observação Penal de Salvador, que fica no Complexo Penitenciário da Mata Escura, no bairro de mesmo nome, em Salvador. Não há informações se ele está em uma cela separada dos outros detentos. O suspeito também foi exonerado do cargo de assessor técnico da prefeitura de Camaçari. A exoneração dele foi publicada no Diário Oficial do Município na quinta-feira (22). Ele já tinha deixado a posição desde 1º de fevereiro, dois dias depois da enteada ter denunciado novamente o caso à Polícia Civil, mas a oficialização da exoneração no Diário pela prefeitura só saiu na quinta. A administração da cidade divulgou nota de repúdio a Thiago na quarta (20).

Mulher espancada por quatro horas recebe alta; reconstrução da face deve durar seis meses

  • Extra Globo
  • 22 Fev 2019
  • 20:13h

As cirurgias necessárias para a reconstrução do rosto de Elaine Caparroz, de 55 anos, serão feitas em duas etapas e podem durar seis meses. Segundo o cirurgião Ricardo Cavalcanti Ribeiro, chefe do setor no Hospital Casa de Portugal, no Rio Comprido, onde Elaine está internada, a fase inicial será a reconstrução dos ossos, já que ela tem fraturas múltiplas na face. Depois, daqui a até seis meses, serão feitas as correções estéticas. A alta da paisagista está confirmada para sexta-feira, às 9h. Ela apresenta quadro estável, segundo boletim médico. — Quando se tem ferimentos desse tipo, é preciso esperar o organismo cicatrizar as lesões e os tecidos ficarem todos maturados antes de iniciar o tratamento. A gente vai avaliar isso daqui a alguns meses, para aí sim determinar o que precisará ser feito. Já as cirurgias de reconstrução dos ossos da face serão feitas em algumas semanas. O cirurgião destaca que Elaine teve um importante edema facial e ainda está com o rosto muito inchado, com diversas escoriações. As agressões, ainda segundo Ribeiro, deixaram o septo nasal e o assoalho da órbita quebrados, o que pode trazer uma obstrução respiratória para a vítima. A cirurgia para reconstruir esses ossos deverá ser feita daqui a um mês. O médico aponta também uma anemia, devido à grande perda de sangue de Elaine. — Vou acompanhar de perto a evolução do caso. Agora é aguardar. De acordo com o cirurgião, a operação não foi realizada anteriormente porque, quando a vítima deu entrada no hospital, no último sábado, seu estado de saúde era grave. O médico explica que há uma ordem de prioridades no atendimento, e que, naquele momento, quando a equipe a atendeu no setor de emergência, a preocupação era minimizar o risco de morte. Apesar de comum, a cirurgia é considerada complexa: — Sempre tem um grau de complexidade. São cirurgias com objetivo de realinhar o que foi fraturado. O que tiver desalinhado, realinha-se.

Governo prevê 8 milhões de novos empregos com reforma

  • 22 Fev 2019
  • 19:15h

Com a aprovação da reforma da Previdência Social, cuja proposta foi encaminhada nesta semana pela equipe econômica do governo ao Legislativo, o Brasil deverá ter oito milhões de empregos a mais em quatro anos, entre 2020 e 2023. A estimativa consta em estudo da Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia, divulgado nesta sexta-feira (22). Segundo o secretário de Política Econômica, Adolfo Sachsida, sem a reforma, o rombo previdenciário, que somou R$ 290,2 bilhões em 2018 e bateu recorde, continuará avançando e gerando déficits nas contas públicas. "Estamos sempre comparando em relação ao cenário sem reforma. Sem reforma, vai estar perdendo empregos. No fundo, você olha a diferença daqui a 5 anos com reforma e sem reforma", explicou o secretário em entrevista ao G1. Sachsida afirma, ainda, que na ausência de mudanças das regras previdenciárias, o estrago seria "muito grande". No ano passado, as contas do governo apresentaram o quinto ano de resultado negativo – com um rombo de R$ 120 bilhões. Com a aprovação da reforma, a previsão do governo é de que as contas públicas voltem ao azul (superávits primários, ou seja, sem contar as despesas com juros) em 2022. Sem a reforma, as contas continuaram deficitárias, com o rombo atingindo 1,1% do PIB em 2022."Como vai ser financiado [o déficit]? Com mais e mais dívida pública. Quanto maior for a dívida pública, as taxas de juros começam a subir também. [A economia] entra em um circulo vicioso. Aumenta a dívida publica, aumentam os juros, o investimento cai, o consumo, o PIB cai, o emprego cai. Temos uma situação muito delicada se não aprovarmos a reforma previdenciária", disse Sachsida. Nas projeções da Secretaria de Política Econômica, o Brasil entraria novamente em recessão no fim do ano que vem sem a aprovação da reforma da Previdência. A recessão, que foi registrada na economia brasileira em 2015 e 2016, se caracteriza por dois trimestres consecutivos de queda do Produto Interno Bruto (PIB). "Se não aprovarmos a reforma da Previdência, rapidamente a dívida pública vai dar um pulo e vamos ter de aumentar os juros também. Esse aumento de juros, o efeito dele sobre o PIB é muito rápido. E já no segundo semestre de 2020, nós vamos voltar a um cenário recessivo. Sem a reforma da previdência, vamos ter problema daqui a um ano já", declarou o secretário. A previsão do Ministério da Economia é de que, sem mudanças nas regras previdenciárias, a taxa básica de juros da economia fixada pelo Banco Central, atualmente em 6,5% ao ano, avançaria para 11,4% ao ano até o fim deste ano – atingindo 13,4% ao ano em 2020, 15,1% em 2021 e chegando a até 18,5% ao ano em 2023. "Na hora em que você não aprova [a reforma], [o juro] sobe rápido", disse Sachsida. O governo também estimou que a aprovação da reforma também teria um impacto sobre a renda do trabalhador brasileiro. A expectativa é de que, na ausência de mudanças, cada brasileiro teria, em 2023, uma perda em sua renda anual de R$ 5,8 mil em relação ao cenário com reforma. De acordo com o secretário, essa é a divisão dos recursos que estariam a mais na economia, divididos pelo número de habitantes. É o impacto no chamado "PIB per capita". "A reforma favorece os mais pobres. É mais dinheiro para as famílias mais pobres", acrescentou.

Bebianno envia cartas a conhecidos e alerta: 'Se algo acontecer comigo, abram'

  • Metro1
  • 22 Fev 2019
  • 18:09h

O ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência do governo de Jair Bolsonaro (PSL), Gustavo Bebianno, enviou cartas para pessoas próximas diante da probabilidade de alguém lhe causar algum mal. A informação foi divulgada pela coluna Radar, da Revista Veja."Se algo acontecer comigo, abram", escreveu o ex-ministro para duas pessoas. Bebianno foi exonerado oficialmente na segunda-feira (18), após atrito com o filho do presidente, o vereador Carlos Bolsonaro (PSL). Ligado ao partido que elegeu o presidente, o ex-ministro divulgou áudios de conversas com Jair Bolsonaro para provar que houve diálogo enquanto ele esteve no centro de uma polêmica sobre candidaturas laranjas do PSL em Pernambuco. Carlos havia chamado Bebianno de mentiroso e negou que eles tivesse conversado.

Ministro da saúde visita Bahia e alerta sobre risco de sarampo no estado

  • 22 Fev 2019
  • 17:16h

Foto: João Souza/G1

O ministro da saúde, Henrique Mandetta, afirmou, em um evento realizado em Salvador, nesta sexta-feira (22), que a situação do Brasil em relação ao sarampo é preocupante. Conforme Mandetta, os locais com epidemia da doença estão com baixo índice de vacinação e, se o vírus continuar se propagando, pode ser que chegue ao estado baiano."Hoje eu não coloquei a questão vacina aqui para não misturar os canais, a gente estava falando de comportamento, de prevenção, de doenças sexualmente transmissíveis. Agora [a doença] entrou em Roraima, fez uma epidemia em Roraima, fez uma epidemia em Manaus, começou uma epidemia em Belém. Ou seja, todo mundo com vacina muito baixa. Se isso continuar se propagando, a Bahia pode vir a ser um estado com problemas de sarampo", afirmou Mandetta.Henrique Mandetta esteve na capital baiana para participar do lançamento nacional da campanha de carnaval de prevenção a doenças sexualmente transmissíveis. O evento foi realizado no Centro de Convenções do Monte Pascoal Praia Hotel, no bairro da Barra.Ainda no lançamento da campanha, o ministro disse que, caso o avanço da doença não seja controlado, o país pode ter impacto em outros setores. "[Se a doença avançar] o Brasil pode perder o certificado de área livre de sarampo. Se isso ocorrer, a gente tem dificuldades de receber turistas, tem dificuldades nos negócios. Os brasileiros para saírem do Brasil vão ter dificuldades, e a gente começa um enfrentamento muito grande para resgatar o programa nacional de imunização de vacina, porque, infelizmente, está muito baixo o nível de vacinação de crianças e jovens brasileiros", disse.De acordo com a Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), neste ano ainda não houve registro de caso de sarampo no estado.Segundo a Sesab, os últimos casos foram registrados no ano passado, na cidade de Ilhéus, no sul do estado, depois que um turista de Manaus chegou infectado no município, e outras duas pessoas ficaram doentes após contato com ele.

Governo divulga regras para a declaração do Imposto de Renda 2019

  • Folhapress
  • 22 Fev 2019
  • 16:13h

O governo publicou na madrugada desta sexta-feira (22), no Diário Oficial da União, as regras para a declaração do Imposto de Renda 2019. A declaração deve ser apresentada de 7 de março a 30 de abril, pela internet, e é obrigatória para quem recebeu rendimentos tributáveis cuja soma foi superior a R$ 28.559,70 durante o ano de 2018.O programa gerador da declaração estará disponível na próxima semana no site da Receita Federal. Outra opção é declarar pelo aplicativo "Meu Imposto de Renda", que estará disponível para Android e iOS. A pessoa física pode optar pelo desconto simplificado, correspondente a dedução de 20% do valor dos rendimentos, limitado a R$ 16.754,34. Para quem perder o prazo ou não apresentar a declaração será cobrada uma multa de 1% sobre o total do imposto, sendo o valor mínimo R$ 165,74 e máximo 20% do total. O saldo do imposto será pago em até oito lotes mensais e sucessivos, desde que não seja menor que R$ 50. Os impostos de valor inferiores a R$ 100 devem ser pagos em quota única.

Brasil: Jovem morre após sofrer queimaduras em acidente com churrasqueira

  • 22 Fev 2019
  • 15:12h

Foto: Facebook/Reprodução

Uma jovem morreu nessa quarta-feira (20) depois de sofrer queimaduras de primeiro e segundo grau causadas em um acidente com uma churrasqueira em Comodoro, a 677 km de Cuiabá. O marido dela tentou colocar álcool na churrasqueira e ocorreu uma explosão que atingiu a jovem.Evelin Caroline Cruz dos Santos, de 23 anos, estava internada no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC) desde o dia 1º de fevereiro. O acidente ocorreu no dia 17 de janeiro. O corpo da jovem foi liberado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cuiabá. Segundo a DHPP, Caroline foi transferida de Cáceres, a 220 km de Cuiabá, para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do PSMC. Caroline sofreu o acidente quando estava perto de uma churrasqueira, do modelo de disco, na companhia do marido dela. A família da vítima, que é natural de Vilhena, Rondônia, disse ao G1 que Caroline comentou que o marido manuseava um recipiente com álcool quando aconteceu o acidente. Ela estava sentada ao lado da churrasqueira e o marido foi colocar mais álcool na churrasqueira. O marido dela não teria visto a altura do fogo e recipiente explodiu assim que ele colocou o produto. Caroline foi atingida pelo álcool e pelas chamas. Inicialmente ela foi levada às pressas para um hospital em Comodoro. Depois, foi transferida para Cáceres e posteriormente para a capital mato-grossense, onde desde então estava internada. O corpo da jovem foi transladado para Rondônia. O velório está previsto para começar ao meio-dia desta quinta-feira (21) na Câmara de Vereadores de Colorado do Oeste. O sepultamento está previsto para às 17h no cemitério municipal.