Vem aí o 1º Miss Gay Brumado 2018

  • 17 Nov 2018
  • 19:29h

Foto: Divulgação

Programado para acontecer no dia 08 dezembro a partir das 20h00min no espaço Celebrare, o 1º Miss Gay Brumado promete “parar a cidade e região”. O evento que é uma novidade no município, e, segundo um dos organizadores, a festa ficará marcada no calendário como um dos melhores eventos já realizados em Brumado, com muitas luzes, cores e glamour.  De acordo com a organização que fica por conta da Luxuria Produções e Eventos, já estão confirmadas as seguintes presenças: Banda Dirolex, Top Drag Porto Seguro Evellyn Houston, Miss Porto Seguro 2018 Samantha Shurts, Hillary Queen Porto Seguro e DJ Coala. Os ingressos são limitados, maiores informações e ingressos poderão ser adquiridos através do fone (73) 9-9911-0646 falar com Felipe.

Brasil: Empresário mata esposa e filha a facadas

  • G1
  • 17 Nov 2018
  • 18:48h

Foto: Reprodução/Facebook

Um empresário de 39 anos matou a esposa, uma médica de 33 anos, a filha do casal de quatro anos e depois se matou na madrugada deste sábado (17), em Araguari. De acordo com o Corpo de Bombeiros, por volta das 3h45, Thiago José de Aquino Marques dirigia o carro com a família quando, na Avenida Marechal Rondon, no Centro, bateu o veículo no muro de duas residências. Em seguida ele esfaqueou a esposa, Mariana Barbosa Paranhos, e depois ele mesmo. A a filha do casal, Valentina Paranhos de Aquino, foi encontrada esfaqueada no banco do carro. O homem e a criança morreram ao dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Araguari e a mulher no local do crime. A família morava em Uberlândia e de acordo com a Santa Casa de Araguari, Mariana era plantonista da ginecologia e obstetrícia da unidade deste de janeiro deste ano e estava de plantão nesta madrugada. Não se sabe ainda a motivação do crime.

Busca por aposentadoria cresce em meio a debate da reforma

  • Clayton Castelani | Folhapress
  • 17 Nov 2018
  • 16:40h

Em uma típica corrida para escapar da reforma da Previdência, 775,6 mil segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) pediram aposentadorias por tempo de contribuição no primeiro semestre deste ano. O número é 40% maior do que as 554,2 mil solicitações do benefício realizadas nos primeiros seis meses de 2016, antes de o presidente Michel Temer (MDB) ter enviado ao Congresso Nacional a sua proposta de mudanças nas regras. A tendência é que a busca pelo benefício continue alta no ano que vem, considerando que a reforma é prioridade para o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL). Na comparação com igual período de 2017, os requerimentos variaram 1%. Em 2018, as discussões da reforma foram suspensas por causa da intervenção federal no estado do Rio de Janeiro. Porém, para os trabalhadores que já têm direito à aposentadoria, antecipar o pedido ao INSS pode trazer mais prejuízo do que trariam as eventuais mudanças nas regras de concessão, avalia Elenice Hass de Oliveira Pedroza, secretária-geral do IBDP (Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário). O risco para esses segurados é o de abrir mão de uma renda consideravelmente maior, que poderia ser obtida com alguns meses a mais de contribuição ao INSS. "Nesse período que começam a falar de reforma, tem muita gente que corre para se aposentar", diz Pedroza. "Mas é preciso ter calma, já que um tempo a mais trabalhando pode melhorar a condição de renda que valerá para o resto da vida." A corrida pelas aposentadorias é desnecessária, pois o trabalhador que atinge os requisitos para receber o benefício antes da mudança nas regras tem o chamado direito adquirido. A manutenção desse direito é cláusula pétrea da Constituição, ou seja, não pode ser modificado nem mesmo por meio de uma PEC (proposta de emenda à Constituição). Para aqueles que estão próximos de alcançar o direito, também vale ter calma. Se mudanças profundas forem aprovadas, como a criação da idade mínima, haverá um período de transição.

Polícia descarta latrocínio e investiga morte de assessor parlamentar como homicídio

  • 17 Nov 2018
  • 15:33h

Jerrian Cunha foi morto a tiros a caminho de casa — Foto: Reprodução/Facebook

A Polícia Civil da Bahia descartou a hípotese de latrocínio no caso do estudante e assessor parlamentar Jerrian Cunha Silva, de 28 anos, que foi atacado a tiros em Salvador. A informação foi divulgada na tarde deste sábado (17). Conforme a polícia, o caso, que está sob investigação da 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central), do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), é tratado como homicídio. Contudo, ainda não há informações sobre autoria e motivação do crime. Jerrian foi morto na última segunda-feira (12), quando voltava para casa, após o trabalho. De acordo com a polícia, ele foi abordado por dois homens em uma moto, quando passava pela Avenida Edgar Santos, no bairro de Narandiba, onde morava atualmente. Em contato com o G1, o irmão de Jerrian, Pedro Cunha, contou que o assessor parlamentar nunca relatou ameaças para a família, mas acredita que a atividade política dele na região da Chapada Diamantina possa ter relação com o caso. "Não relatou ameaça por que aqui em casa nós o aconselhávamos a não denunciar as irregularidades por medo de algo contra ele, então, para não nos preocupar, não nos relatava. Mas é uma possibilidade. O meu irmão sempre denunciou irregularidades nos municípios da Chapada, chegou a ser intimado algumas vezes. É possível que alguém tenha se sentido prejudicado por isso", conta. Segundo Pedro, Jerrian morava em Salvador desde agosto do ano passado, quando começou a estudar Ciências Sociais na Universidade Estadual da Bahia (Uneb). O jovem era o terceiro de quatro irmãos - dois homens e duas mulheres. Tanto Pedro quanto as duas irmãs de Jerrian, que moram em São Paulo, retornaram para a Bahia para acompanhar as investigações. A família é natural da cidade de Boninal, na Chapada, mas os pais moram atualmente em Seabra, na mesma região do estado. "Estamos muito abalados. Ele era o mais próximo dos meus pais, vinha com mais frequência a nossa casa em Seabra. Meus pais estão bastante tristes e inconformados. Meu irmão nunca teve nenhum problema com drogas, bebidas, sempre teve muitos amigos, ajudou muita gente... Nos conforta a quantidade de pessoas que nos procuram para relatar o quanto ele era especial, além de Deus, a quem cremos e confiamos incansavelmente", relata Pedro. O jovem foi enterrado na última quarta-feira (14), no distrito de Macambo, na cidade de Boninal, na região da Chapada Diamantina. Na manhã do domingo, a família se reunirá com os amigos de Jerrian para uma missa de sétimo dia. A cerimônia será realizada na Igreja Matriz de São Sebastião, em Seabra. "Como família, esperamos que a justiça prevaleça. Algo aconteceu e é necessário que se descubra o que foi e que se puna os culpados", desabafa Pedro.

IPVA 2018 em atraso pode ser regularizado com desconto na multa

  • Bahia Notícias
  • 17 Nov 2018
  • 13:26h

(Foto: Divulgação)

O condutor que não pagou o IPVA ao longo do ano de 2018 ainda pode regularizar a situação, obtendo desconto de 70% no valor da multa caso o pagamento seja efetuado antes do ajuizamento da execução fiscal. Se ainda não tiver sido notificado, o contribuinte pode fazer o pagamento nas agências ou caixas eletrônicos do Banco do Brasil, Bradesco e Bancoob, com o número do Renavam.O imposto também pode ser quitado através do Documento de Arrecadação Estadual (DAE), emitido no site da Secretaria da Fazenda do Estado (clique aqui), no Canal Inspetoria Eletrônica (clicar em “IPVA” e depois em “DAE para pagamento”). Caso receba notificação, o contribuinte deve, após acessar a opção Inspetoria Eletrônica, clicar em “IPVA” e depois em “DAE Para Pagamento”, optar por “Exercícios Notificados”, imprimir o DAE e quitar o débito em qualquer banco. Neste caso, não há desconto na multa. Se preferir, o contribuinte pode dirigir-se a uma unidade de atendimento da Sefaz-Ba nos postos da rede SAC na capital e no interior ou nas inspetorias fazendárias localizadas no interior do estado. A última placa do cronograma é a de final zero, que tem como prazo limite para pagamento o dia 30 de novembro.

Jaguaquara: Criminosos sequestram motorista na BR-116 e levam 18 rodas de carreta

  • Blog do Marcos Frahm
  • 17 Nov 2018
  • 11:47h

Foto: Repórter Ed Santos

Criminosos voltaram a agir na região do Distrito Stela Dubois – Entroncamento de Jaguaquara, localidade que fica nas margens da Rodovia Santos Dumot-BR-116 e roubaram as rodas de uma carreta na madrugada desta sexta-feira (16). O condutor do veículo de placa PLD-8769, licença de Simões Filho/BA, que transportava uma carga de brinquedos de SP para Pernambuco teria sido surpreendido após parar para pernoitar no estacionamento de um posto de combustível no Entroncamento de Lafaiete Coutinho, quando por volta da 01h30 acordou com criminosos quebrando o pára-brisa e lhe algemando no banco da carreta em seguida.Os bandidos, com armas em punho, depois de terem imobilizado o motorista Florisvaldo Dantas seguiram com o caminhão e ameaçando a vítima pela BR-116, em direção do distrito Stela, onde desviaram para a Rodovia BA-250, estrada de acesso a Itiruçu e, no povoado de Lagoa Nova, adentraram em uma estrada vicinal e estacionaram a carreta para subtrair 18 pneus da parte traseira. Os marginais fugiram em um carro de passeio, levando os pneus e deixando a vítima no local, que conseguiu pular a janela e caminhar pela BA-250, tendo recebido apoio de um homem que fazia caminhada às 04h30 e lhe ajudou a se desvencilhar da algema. Florisvaldo acionou a Polícia Militar que lhe encaminhou à Delegacia de Jaguaquara para o registro da ocorrência.

Namorado mata mulher após sentir ciúmes vendo o ex no enterro da mãe dela

  • iBahia
  • 17 Nov 2018
  • 10:14h

Foto: Reprodução

Uma mulher foi morta a facadas pelo namorado nesta quinta-feira (15), em Pelotas (RS). O feminicídio ocorreu dentro da casa da vítima, onde estava sua filha, de 17 anos, que presenciou a morte da mãe. Segundo a delegada Maria Angélica Silva, responsável pelas investigações, o homem tinha um histórico de violência doméstica, ainda que a namorada, identificada como Jussara Guiote Cames, de 48 anos, não tivesse registrado ocorrência.— A filha dela estava na casa e viu a discussão. Quando saiu do quarto, ouviu gritos no calor da violência, e viu o acusado com a faca na mão, a mãe caída num canto e perguntou: "O que você fez?". Ela conseguiu sair de casa para pedir ajuda, enquanto ele fugiu de bicicleta, mas acabou sendo preso, e a faca, que estava com ele, foi apreendida. Fiz o pedido de prisão preventiva. Não há informações ainda sobre quantas facadas a vítima levou, mas sabemos que foram vários golpes — disse Silva. A adolescente prestou depoimento na Delegacia da Mulher de Pelotas ainda durante a madrugada desta sexta-feira, o que contribuiu para J.P.G.S, de 66 anos, ser preso em flagrante. Ela disse que o homem estava com ciúmes de seu pai, ex-marido de Jussara.De acordo com a delegada, a mãe da vítima morreu um dia antes em decorrência de um problema de saúde e, no sepultamento, o ex-marido falou com ela. Por causa disso, o namorado iniciou uma discussão na noite desta quinta-feira. — Havia um ciúme doentio criado na cabeça dele — ressaltou Silva. A adolescente disse que o namorado da mãe ofereceu uma sopa para Jussara, que recusou, dizendo que estava cansada e preferia descansar naquele momento. A delegada afirmou que a mulher tinha voltado de outra cidade, onde ocorreu o enterro da mãe. O casal não morava junto, mas pessoas próximas à vítima disseram à polícia que J.P.G.S. era ciumento e tinha um histórico de violência doméstica. Silva frisou que havia contra ele um boletim de ocorrência registrado em 2012 por outra mulher, com quem ele teve um relacionamento amoroso, antes de namorar Jussara. — Testemunhas contam que já vinha acontecendo ameaças por ciúmes, por ele não aceitar algumas coisas no relacionamento. O feminicídio não é algo que ocorre de uma hora para a outra. A violência doméstica faz parte de um ciclo que ocorre por questões do machismo. O homem acha que pode agredir ofender e a mulher. Há momentos de explosão, passando pela fase de reconciliação, quando a mulher acredita naquelas promessas, mas depois passa um tempo e começa tudo de novo. Por isso, é importante a intervenção de profissionais e também a denúncia da vítima — disse a delegada. A filha da vítima foi encaminhada para a rede de proteção de testemunhas para receber apoio psicológico. Silva ressaltou que esse apoio também é oferecido para as vítimas de violência doméstica

Brasil: Após sair do velório da irmã, pastor, mulher e sobrinha morrem em acidente

  • G1
  • 17 Nov 2018
  • 08:59h

Foto: Mauro Severiano/ Arquivo pessoal

O pastor evangélico João Batista Gomes, de 60 anos, a mulher dele, Sueli Pereira de Matos Gomes, de 49, e a sobrinha Irene Lúcia Gomes, de 49, morreram em um acidente entre o carro em que eles viajavam e um caminhão, na GO-222, em Anápolis, a 55 km de Goiânia. A filha do casal e o caminhoneiro também ficaram feridos. João também trabalhava como chefe de gabinete do vereador de Anápolis Mauro Severiano. Ao G1, o político contou que a família estava voltando de Itaberaí, onde ocorreu o velório da irmã de João Batista e mãe de Irene. “Enterramos a irmã dele em Itaberaí e voltamos para Anápolis. Eu vim na frente e ele saiu cerca de uma hora depois. É uma tragédia”, lamentou Severiano. O acidente aconteceu por volta das 15h30, no Setor Santa Cecília, no perímetro urbano de Anápolis. Segundo o Corpo de Bombeiros, testemunhas relataram que o carro do pastor, um Ford Eco Sport, bateu de frente contra o caminhão quando tentava fazer uma ultrapassagem. No entanto, as circunstâncias do acidente só poderão ser confirmadas pela perícia. João Batista, Sueli e Irene morreram no local do acidente. Já a filha do casal foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada ao Hospital de Urgências de Anápolis (Huana). O caminhoneiro foi levado para a mesma unidade de saúde.

Com saída de cubanos, 10 cidades na BA ficarão sem nenhum médico na assistência básica, diz Sesab

  • 17 Nov 2018
  • 07:12h

Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Dez cidades baianas, todas com menos de 40 mil habitantes, ficarão sem nenhum médico para atendimento na assistência básica com a saída dos profissionais cubanos do programa Mais Médicos, anunciada nesta semana pelo governo do país. O executivo estadual estima que a decisão vai afetar a vida de cerca de 3 milhões de pessoas, que ficarão sem assistência. A Bahia, que abriga 10% do total de médicos cubanos hoje no país, é o segundo estado que mais vai perder profissionais do Mais Médicos— fica atrás apenas de São Paulo, que tem 16% de todos os médicos de Cuba hoje no país. Atualmente, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), a Bahia possui 1.522 médicos do Programa Mais Médicos, que estão alocados em 363 dos 417 municípios. Deste total de profissionais, 846 são cubanos, que estão distribuídos em 317 municípios — há médicos também de países como México, Espanha e Angola. Os cubanos atendem, diariamente, 20,4 mil pessoas no estado — 326 mil mensalmente e 3 milhões anualmente. A estimativa do governo é que esses profissionais comecem a deixar o estado já a partir do dia 25 de novembro. Os municípios baianos onde só médicos cubanos trabalham na assistência básica e que perderão 100% dos profissionais são:

  • Apuarema (3 médicos)
  • Central (6)
  • Correntina (8)
  • Itagibá (3)
  • Lafaiete Coutinho (2)
  • Lajedão (2)
  • Nova Itarana (3)
  • Nova Soure (5)
  • Palmeiras (4)
  • Pedro Alexandre (6)

Do total de municípios que contam atualmente com o programa Mais Médicos na Bahia, em 99, o número de médicos cubanos representa mais de 50% do total de profissionais da atenção básica. Ainda conforme dados do governo local, 17 comunidades indígenas também ficarão sem assistência em todo o estado.

Três pessoas ficam feridas após carro em que estavam atropelar vaca em Jussiape

  • G1
  • 16 Nov 2018
  • 20:14h

Foto: Divulgação/Polícia Militar

Um homem e duas mulheres ficaram feridos após o carro em que estavam atropelar uma vaca na BA-148, região da cidade de Jussiape, sudoeste da Bahia. O animal não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O acidente aconteceu na noite de quinta-feira (15). O trio foi socorrido por equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para a Santa Casa de Misericórdia de Jussiape. O estado de saúde das vítimas não foi revelado. O nome das vítimas não foi divulgado pela polícia. O veículo e o animal foram removidos da pista, mas a polícia não soube detalhar por qual órgão.

Renovação do Fies é prorrogada

  • 16 Nov 2018
  • 18:14h

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) prorrogou para o dia 23 de novembro o prazo para renovação semestral dos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do 2º semestre de 2018. A portaria foi publicada nesta sexta (16) no Diário Oficial da União.A nova regra vale para os contratos simplificados e não simplificados.Também foi prorrogado para 23 de novembro o prazo para a transferência integral de curso ou de instituição de ensino, e o prazo para soliticar a dilatação do período de utilização do financiamento referente ao 2º semestre de 2018. Os aditamentos dos contratos deverão ser feitos pelo sistema SisFies.

Justiça baiana suspende apreensão de veículos com IPVA atrasado

  • Bahia Notícias
  • 16 Nov 2018
  • 17:05h

O juiz Evandro Reimão dos Reis, da 10ª Vara de Salvador, em uma liminar, proibiu a apreensão de veículos por falta de pagamento de IPVA. A ação foi movida pela Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Bahia (OAB-BA). A decisão impede que o Estado da Bahia, Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran) e Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), apreendam os veículos, “ainda que o seu licenciamento não esteja atualizado, por motivo de não pagamento do IPVA”. A liminar diz ainda que as razões que fundamentam o pedido de tutela da OAB-BA se mostram relevantes e que a apreensão de veículos com IPVA atrasado traz constrangimento aos proprietários. “A retenção de veículo por falta de pagamento do IPVA, a par de evidente inconstitucionalidade, submete o proprietário/detentor do veículo assim apreendido a vexatória e gravosa situação”, diz. A liminar também estabelece pena de R$ 2 mil, aplicada aos réus, por veículo apreendido pela não quitação do IPVA, devendo, como forma de demonstrar o cumprimento da ordem judicial, serem apresentados relatórios mensais de veículos apreendidos e o respectivo motivo, bem como daqueles que deixaram de ser licenciados após protocolização de pedido do proprietário. “A ação inicialmente proposta perante o TJ-BA foi remetida à Justiça Federal e a equipe da Procuradoria se manteve diligente. A concessão da liminar não esgota nosso trabalho, mas é sem duvida uma vitória da OAB em prol da população”, frisou a gerente da Procuradoria de Prerrogativas da OAB-BA, Isabelle Borges e Silva. "Essa prática vem sendo reiteradamente reconhecida como inconstitucional pelo STF”, declarou a tesoureira da OAB, Daniela Borges. Na última quarta-feira (14), o pleno do TJ-BA começou a julgar um processo com o mesmo tema, mas relacionado a cidade de Vitória da Conquista. A sessão culminou com a expulsão de um advogado por parte do presidente do TJ, desembargador Gesivaldo Britto.

Mulher é presa na Bahia por dopar turistas estrangeiros com 'boa noite, Cinderela' e roubar 2,6 mil euros

  • 16 Nov 2018
  • 16:16h

Foto: Arquivo pessoal

Uma mulher de 33 anos foi presa em Salvador, suspeita de aplicar golpes em turistas estrageiros na capital baiana após dopar as vítimas com o golpe conhecido como "boa noite, Cinderela". Naiara Barbosa dos Santos foi apresentada à imprensa nesta sexta-feira (16). De acordo com as investigações, após drogar as vítimas, Naiara roubava dinheiro e objetos de valor.A titular da Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur), Marita Souza relatou os golpes que a mulher aplicou em dois turistas, um francês e um italiano, que ela conheceu em Itapuã e no Pelourinho, dois dos bairros mais procurados na capital baiana pelos visitantes. Das duas vítimas, ela conseguiu roubar, além de celulares e notebook, 2.600 euros.De acordo com a delegada, em 22 de outubro, a suspeita dopou o turista francês, que ela conheceu no bairro de Itapuã, e depois roubou um notebook, 2 mil euros e o celular da vítima."Ela conheceu ele em Itapuã, e depois foram para o bairro de Ondina, para um apartamento que ele havia alugado. Depois de dopar ele, ela deixou o lugar com os pertences da vítima", disse Marita.O delegado Demerval Amoedo, que também participa das investigações, detalhou que o turista francês ficou dois dias desacordado."Ainda não sabemos o que ela usa para dopar, ela não fala. As vítimas passaram por exames, mas o resultado do laudo ainda não saiu", disse.Já com relação ao turista italiano, a delegada Marita Souza disse que o caso ocorreu em março deste ano. Na ocasião, ela conheceu a vítima no Pelourinho e aplicou o golpe na Barra. "Dessa vítima, ela levou 600 euros. Dopou o homem e deixou ele na areia da praia. A vítima foi achada sangrando", contou. A polícia informou que as suspeitas do envolvimento dela no caso do turista italiano só foram descobertas após ela ser presa pelo caso do turista francês. A Polícia Civil disse, ainda, que desde 2007, Naiara responde a dois processos de roubo contra turistas aplicando o mesmo golpe.

Tanhaçu: Mais de 100 animais morrem em um intervalo de dois dias

  • G1
  • 16 Nov 2018
  • 15:09h

(Foto: Ilustrativa / g1)

Ao menos 105 animais morreram em um intervalo de dois dias em uma fazenda da zona rural de Tanhaçu, no sudoeste da Bahia. De acordo com a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), intoxicação alimentar é a principal suspeita das mortes.Na terça-feira (13), 60 animais foram encontrados mortos na Fazenda Pica-pau. Desde então, outros animais morreram na mesma localidade. Até a quinta-feira (15), o número chegou a 105.De acordo com a Adab, que investiga a causa das mortes, por conta do período estiagem na região, o gado se alimentava com milho e sementes de algodão. Normalmente, essas são as opções dos criadores para a falta de pastagem em tempos de seca.Os indícios são de que os animais tenham ingerido uma quantidade concentrada e não volumosa, em altas doses de aditivo alimentar, o que teria gerado uma reação intoxicante.Ainda segundo a Adab, até a manhã desta sexta-feira (16), 4 animais foram periciados. A análise nesses animais comprova a tendência da intoxicação. O laudo final da causa das mortes deve sair nos próximos dias.

Governo diz que seleção de médicos brasileiros para substituir cubanos será neste mês

  • 16 Nov 2018
  • 14:11h

Foto: TV Verdes Mares/Reprodução

O Ministério da Saúde informou na manhã desta sexta-feira (16) que a seleção de médicos brasileiros para ocuparem as vagas que serão deixadas pelos profissionais cubanos do programa Mais Médicos ocorrerá ainda em novembro. Na última quarta (14), o Ministério da Saúde Pública de Cuba anunciou a decisão de deixar o programa Mais Médicos, criado durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff. Cuba enviava profissionais para atuar no Brasil desde 2013. O governo cubano atribuiu a decisão a "declarações ameaçadoras e depreciativas" de Bolsonaro. O presidente eleito afirma que Cuba não quis aceitar condições para continuar no programa. De acordo com o Ministério da Saúde, a formulação do edital para substituição dos médicos cubanos será finalizada ainda nesta sexta, durante reunião com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas). "O Ministério da Saúde realizará reunião com a Opas (Organização Pan-Americana de Saúde) para a definição da saída dos médicos cubanos e entrada dos profissionais brasileiros que serão selecionados por edital. Será finalizada a proposta de edital para selecionar profissionais para as 8.332 vagas que serão deixadas pelos médicos cubanos", informou a pasta. "A seleção de profissionais brasileiros em primeira chamada do edital será realizada ainda no mês de novembro e o comparecimento aos municípios, imediatamente após a seleção", completou o Ministério da Saúde. O Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) informou ter sido avisado pela embaixada de Cuba que os médicos do país deixarão o Brasil até o fim do ano. De acordo com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), a saída de cubanos do Mais Médicos afetará 28 milhões de pessoas. "Entre os 1.575 municípios que possuem somente médico cubano do programa, 80% possuem menos de 20 mil habitantes. Dessa forma, a saída desses médicos sem a garantia de outros profissionais pode gerar a desassistência básica de saúde a mais de 28 milhões de pessoas", diz a entidade.